Scielo RSS <![CDATA[Revista de Saúde Pública]]> http://www.scielosp.org/rss.php?pid=0034-891019730002&lang=en vol. 7 num. 2 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielosp.org/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielosp.org <![CDATA[<B>Infant mortality causes, County of Ribeirão Preto, S.P., Brazil</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89101973000200001&lng=en&nrm=iso&tlng=en Descrição do estudo de 1124 óbitos de menores de 5 anos, residentes em áreas urbanas da região de Ribeirão Preto, no período de julho de 1968 a junho de 1970, através da coleta de todas as informações registradas nos serviços assistenciais e de informações, obtidas em entrevistas às famílias e junto aos médicos responsáveis pelo atendimento. Foi observado o predomínio de óbitos no período neonatal. O coeficiente de mortalidade infantil foi estimado em 52,4 por mil nascidos vivos. Foi evidenciada a importância das causas infecciosas e as perinatais, chamando a atenção para os problemas assistenciais junto à infância, principalmente a escassez de pessoal paramédico treinado.<hr/>The study of 1124 deaths of under 5 years children residing in urban areas in the region of Ribeirão Preto, Brazil, in the period of June 1968 to July 1970, through the gathering of all information registered at the health care services and obtained through interviews with families and physicions responsible for the caring, is described. The predominance of deaths in the neonatal period is observed. The coefficient of infant mortality was estimated in 52.4 for a thousand live born. The importance of the infectious and perinatal causes is evidenced, as well as the health care problems regarding childhood chiefly and the want of trained paramedical personnel. <![CDATA[<B>An operational study of the referral system between a health unit and the Prof. Edgard Santos University Teaching Hospital (Bahia) Brazil</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89101973000200002&lng=en&nrm=iso&tlng=en Um estudo foi realizado objetivando analisar o sistema de referência desenvolvido por uma unidade sanitária localizada em uma comunidade não organizada e o Hospital Universitário Prof. Edgard Santos da Universidade Federal da Bahia. De março de 1971 a outubro de 1972, a unidade sanitária referiu para o Hospital Universitário 352 indivíduos de um total de 12.665 pacientes matriculados na unidade. Durante o período estudado apenas 170 completaram a referência. O valor do sistema de referência foi unidirecional. O autor estabeleceu uma série de comparações internacionais relativa ao fluxo de pacientes para o hospital, à idade, sexo e à natureza dos serviços propiciados tanto nos ambulatórios como no serviço de internamento do hospital. Chamou a atenção que o retorno para a unidade sanitária dos pacientes que completaram a referência foi muito baixa.<hr/>A study was made aiming at to analyse a referral system developed by a health unit located in a non-organized community and the Prof. Edgard Santos University Teaching Hospital of the Federal University of Bahia. From March, 1971 up to October, 1972, 352 out of 12,665 patients first seen in the health unit were refered by the health team to the university teaching hospital. Out of 352 only 170 got a complete reference during the above period. The value of the referral process was shown to be only unidirectional. International comparisons were made in regard to the flowing of patients to the hospital, age, sex, the nature of services provided by the teaching hospital in the OPD as well as in the In-Patient services. The returns of patients to the health unit among who had those completed the referral to the university hospital were shown to be very low. The reasons to explain these low rate of returns were not apparent in the present study. <![CDATA[<B>DMF and RLM</B>: <B>some results in white children, eight to twelve years old</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89101973000200003&lng=en&nrm=iso&tlng=en São apresentados alguns dados sobre CPO e MID (Índice de ataque ao 1&deg; molar permanente inferior direito). São estudadas as distribuições do MID e do CPO /MID = 0, ajustando-se a binomial e binomial negativa, respectivamente, tendo o teste de aderência acusado bom ajuste em 10 casos, dos 12 testados.<hr/>Data on DMF and right lower first permanent molar (RLM) are presented. Binomial and negative binomial distributions are fitted to the data, and the goodness of fit test indicates good fitting in 10 out of 12 cases. <![CDATA[<B>Quantification of the Nelson de Moraes's indicator (curve of proportional mortality)</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89101973000200004&lng=en&nrm=iso&tlng=en Propõe-se um critério para quantificação do indicador de Nelson de Moraes (curva de mortalidade proporcional) procurando eliminar as desvantagens do indicador não ter tradução numérica. Utilizando dados de Moraes, Ramos e próprios, são quantificadas Curvas de Mortalidade Proporcional de países desenvolvidos, do município de São Paulo e das regiões administrativas do Estado de São Paulo. A quantificação gera um indicador cujas cifras variam de valores negativos até o máximo teórico de + 50. São destacadas as vantagens da quantificação, que permite a hierarquização de diferentes regiões e a comparação simultânea da evolução do nível de saúde de um grande número de localidades.<hr/>Working with the Nelson de Moraes's indicator (curve of proportional mortality) it is introduced a criterion to quantify the curves, trying in this way a numeric value that, synthetizing the contribution of the different age groups to the mortality, indicates the level of health. <![CDATA[<B>The engagement of the rural community of Cassia dos Coqueiros County (S. Paulo State, Brazil) in health programs</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89101973000200005&lng=en&nrm=iso&tlng=en Apresenta-se trabalho realizado no município de Cássia dos Coqueiros, (São Paulo, Brasil), para envolvimento da comunidade em programas de saúde, através da criação de uma entidade associativa, congregando lideres naturais, a ela atribuindo-se responsabilidades na execução de algumas tarefas comunitárias desses programas. Comentam-se os resultados alcançados no desenvolvimento de programas de educação sanitária, de uma campanha para construção de fossas secas, na qual a entidade associativa responsabilizou-se pela sua execução; e na melhoria de relacionamento e freqüência da população ao atendimento do posto médico local.<hr/>The engagement of the rural community of Cassia dos Coqueiros (S. Paulo State, Brazil) in health programs with the creation of an association entity congregating people with leadership is presented. Responsibilities for execution of some community tasks of these programs were given to the partnership. The results achieved in the development of health education programs are commented. A program of construction of pit privies was developed on the sponsorship of the association entity with good results. Improvement of the frequency of health examination and of the relationship of the people with the local health center is also commented. <![CDATA[<B>Medical care situation in the State of Ceara, Brazil</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89101973000200006&lng=en&nrm=iso&tlng=en Foi examinada a situação da assistência médico-sanitária e hospitalar no Estado do Ceará (Brasil), através da análise da oferta dos serviços oficiais de saúde pública, da assistência hospitalar e para-hospitalar, bem como dos recursos humanos existentes. Este Estado conta com 141 municípios e com uma população aproximada de 4.000.000 de habitantes. Os serviços oficiais de Saúde Pública são de responsabilidade do poder público Estadual em 59,6% das unidades sanitárias, o poder público Federal participa em 26,9% e o Municipal em 13,5%. O padrão quantitativo observado foi considerado satisfatório, pois encontrou-se em média uma unidade sanitária para cada 23.002 habitantes, aproximando-se do recomendado de um para cada 50.000 habitantes. A avaliação qualitativa, medida indiretamente através dos recursos laboratoriais e humanos existentes, apresentou-se deficitária uma vez que somente 16,7% das unidades sanitárias contam com laboratório e 12,3% não possuem médico, sendo que 21,7% (39) dos centros de saúde encontram-se fechados por carência deste tipo de profissional. Dos 141 municípios que compõem o Estado, 31 (22,4%) não possuem unidade sanitária e 25 (17,71%) não contam com nenhum recurso de saúde. No primeiro caso a população teoricamente descoberta de assistência médica é de 378.449 habitantes e no segundo é de 232.900 habitantes. Dos 103 hospitais existentes no Estado 77,7% é de responsabilidade do setor privado e 25% encontram-se concentrados na Capital do Estado. O padrão quantitativo encontrado de 1,84 leitos/1000 habitantes (7047 leitos), é baixo quando comparado com a média brasileira de 3,6 leitos, quando o teoricamente recomendado é em média de 4,5. Da total de leitos, 1,10/1000 são considerados gerais e 0,74/1000 especializados (tuberculose, lepra e psiquiatria). O padrão qualitativo de atendimento hospitalar é comprometido, uma vez que somente 22,3% dos estabelecimentos contam com laboratórios, 31,1% com aparelhos de Raios X e 11,6% com eletrocardiografia. A maior carência destes recursos encontram-se no Interior do Estado. Mais de 50% dos hospitais não contam com profissionais de saúde tais como enfermagem, nutricionistas, assistente social e técnicos. Dos 141 municípios, 62,7% (89) não possuem nenhum hospital, fazendo com que cerca de 1.300.000 habitantes estejam teoricamente descobertos da assistência hospitalar. Em relação às 86 unidades para-hospitalares existentes, embora a carência de dados seja maior, a situação é bastante semelhante à da assistência hospitalar. No Estado existem 1.207 médicos que proporcionam um padrão somente de 0,3/1000 habitantes quando o teoricamente recomendado é em média de 1/1000 habitantes. Além do número ser insuficiente há má distribuição, pois 77,7% destes profissionais estão concentrados na Capital do Estado (1,1/1000 habitantes). Somente 45,4% dos municípios contam com médicos residentes. Em relação a dentistas encontra-se um padrão quantitativo baixo de 0,28 profissionais por 2000 habitantes quando o geralmente aceito é de 1/2000 habitantes. Em relação ao pessoal paramédico, predominam, nos serviços oficiais de Saúde Pública, as atendentes e nos hospitais, como já foi mencionado mais de 50% não possue pessoal qualificado.<hr/>The situation of medical care in the State of Ceara (Brazil) was estimated through the analysis of the offering of the official services on public health, hospital and "para-hospital" care and by the existent human resources as well. This region has 141 towns and aproximately 4,000.000 inhabitants. The official services on Public Health are concerned to State public expense in 59.6% of the sanitary units; Federal government gives its participation in 26.9% and the city council helps in 13.5%. The quantitative standard observed was considered as been satisfactory, since as a rule there is one sanitary unit per each 23,002 inhabitants. This average is very near to the required one unit per each 50,000 inhabitants. The qualitative appreciation, considered indirectly through the actual laboratory and human resources, seemed to be inefficient since only 16.7% of the health units have laboratory and 12.3% have no physicians; 21.7 (39) of the health center are closed because of the lack of this kind of professional related above. Paralel to this situation one can detect the existance of equipments completely out of date and the nearly absolute defficiency in the section of drug supply. From the 141 towns which compose the Region of Ceara, 31 (22%) have no health unit and in 25 (17.7%) we don't find any health resource. In the first presented case the population of medical care theoretically found out is of 378,449 inhabitants and in the second case it is of 232,900 inhabitants. From the 103 actual hospitals in this present Region 77.7% is on the responsability of the private section and 25% is concentrated in the capital of the Region. The quantitative standard of 1.84 beds/1000 inhabitants (7047 beds) is extremely low when compared with the Brazilian average of 3.6 beds. The theoretically recomended average is 4.5 (beds). From the total number of beds 1.10/1000 are considered general and 0.74/1000 are specialized (tuberculosis, leprosy and psychiatry). The qualitative stantard of the hospital attendance is implicated since only 22.3% of the foundation have laboratory; 31.1% have X Ray apparatus and 11.6% present electro-cardiography. The most proeminent shortage of these resources occur in the countryside of this Region. More than 50.0% of the hospitals have no professional on health section, such us nursery, nutritionist, social work and technicians. From the 141 towns, 62.7% (89) have no hospitals, consequently about 1,300.000 inhabitants are theoretically in need of hospital care. Related to the 86 para-hospital units, through the lack of data is bigger, the situation is rather similar to the hospital care. There are 1207 physicians in the Region who offer a patterns of 0.3 physicians/1000 inhabitants when the recomended patern theorically is an average 1/1000. In spite of being a rather insignificant rate there is an unfair distribuition of physicians for 77.7% of these workers are concentrated in the capital of the Region (1.1/1000 inhabitants). Only 45.4% of the cities have resident physician, related to dentistry field one can observe a low quantitative pattern of 0,28 workers per 2.000 inhabitants when the generally acceptable amount is of 1/2000 inhabitants. Concerning with the para-medical workers there is a predominance of medical attendants in the Official Services of Public Heath and as it has already been mencioned above more than 50.0% have no qualified workers in the hospitals. <![CDATA[<B>Preventive medicine and medical care in the social welfare</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89101973000200007&lng=en&nrm=iso&tlng=en Foi apresentado um plano de aplicação de critérios de medicina preventiva à assistência ambulatorial oferecida pelo Instituto Nacional de Previdência Social a seus segurados em São Paulo. O plano, a ser implantado já no 2.&deg; semestre de 1973, compreenderá 4 programas básicos: de imunização, de combate à tuberculose, de assistência pré-natal e de assistência à infância. Cada um desses programas é apresentado em pormenores, compreendendo objetivos principais, prioridades e metas operacionais.<hr/>A plan of application of preventive medicine criteria to the outpatient clinics oferred by the National Institut of Social Welfare to their members in São Paulo is exposed. The plan, to be implanted in the second semester of 1973, will include 4 basic programs: immunization; combat against tuberculosis; prenatal care; and infant care. Each of these programs is presented in detail, including main objectives, priorities and operational aims. <![CDATA[<B>Omission of birth certificate</B>: <B>some educative aspects for its reduction</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89101973000200008&lng=en&nrm=iso&tlng=en São analisadas as causas que podem condicionar a ocorrência de sub-registros de nascimento, isto é, omissões de declaração de nascimento e propostas medidas visando à sua diminuição. Algumas causas envolvem alterações legislativas e outras dizem respeito a aspectos educativos. Dentre as primeiras, que atacam as chamadas causas orgânicas, são citados a gratuidade do atestado, a facilidade quanto ao local e o nível operacional dos registros. Quanto às medidas especiais, que se referem às causas sociais e culturais do povo, e lembrando que em nenhuma época de suas vidas são as pessoas esclarecidas quanto à importância dos registros de nascimento, são propostos um trabalho educativo nos Centros de Saúde e Hospitais e uma atuação nas escolas médicas e primárias.<hr/>Although by law, the birth should be registered, there have been several omissions. These omissions present a very important problem in Vital Statistics. Causes of the underresgistration are analysed and there are proposed some ways to reduce it. Some changes in legislation are suggested: the cancellation of legal fees for the birth registration, local and operational facilities for the filling of the birth certificate, as well as an educational work at health centers, schools of medicine and elementary schools, emphasizing the importance of the birth certificate. <![CDATA[<B>Socioeconomic and sanitary survey in families living in the Botucatu County (S. Paulo, Brazil) in 1969</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89101973000200009&lng=en&nrm=iso&tlng=en Foi realizado, em 1969, um levantamento de dados sócio-econômicos e sanitários da zona urbana de Botucatu. Trezentas e cinco famílias amostradas foram entrevistadas sobre: constituição familiar, idade, ocupação, renda, grau de instrução, condições sanitárias dos domicílios, conhecimento e uso de vacinas, demanda e opiniões relativas aos serviços de saúde. Algumas respostas foram associadas ao "status" sócio-econômico das famílias. As condições de saneamento básico estavam dentro de padrões quantitativos razoáveis e era alto o desconhecimento sobre o valor e número de doses das vacinas. Constatou-se acentuada dispersão de recursos para saúde, indicando falta de coordenação dos órgãos assistenciais; a demanda ao Centro de Saúde era baixa, quase restrita às crianças, indicando distorsão da percepção da comunidade com relação aos serviços médico-sanitários e necessidade de desenvolvimento adequado desses serviços, além de educação sanitária sistemática.<hr/>In 1969, a survey was carried out concerning the socio-economical and sanitary aspects of the inhabitants in Botucatu County (S. Paulo, Brazil). Three hundred and five families were interviewed. Data involving the composition of the family, age of the memores, occupation, salary, sanitary conditions of their houses, knowledge about vaccination and their opinions about health services were collected and analysed. Some results were associated with the socioeconomic status of the families. The basic sanitation conditions were adequate and of reasonable standard. Knowledge about the value of vaccination as well as the required doses were vague Resources available for health were fragmented on indication of the lack of coordenation among the health services. Health centers were mainly sought for the care of children, on indication of the population's low degree of knowledge about their purposes. It was concluded that an improvement of the community viewpoints about medical-sanitary aspects is desired and systematic health educaiton programs are necessary and urgent. <![CDATA[<B>Natural infection of <I>Oryzomys capito laticeps</I> in enzootic focus of cutaneous leishmaniasis in S. Paulo State, Brazil</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89101973000200010&lng=en&nrm=iso&tlng=en Assinala-se o isolamento de cepa de Leishmania braziliensis braziliensis em exemplar de Oryzomys capito laticeps capturado em foco enzoótico do Estado de São Paulo, Brasil. A identificação do parasita fez-se de acordo com o seu comportamento em inoculação experimental feita em hamsters. Pela primeira vez, relata-se possível papel de reservatório natural, desempenhado por esse roedor, em relação à leishmoniose cutâneo-mucosa.<hr/>Natural infection of silvatic rodent Oryzomys capito laticeps in an enzootic focus of cutaneous leishmaniasis in S. Paulo State, Brazil, is reported. The infection was due to the Leishmania braziliensis braziliensis and identification was reached by experimental inoculation of the isolated strain in hamsters. By the first time that rodent is incriminated as natural reservoir of the mucocutaneous form of leishmaniasis.