Scielo RSS <![CDATA[Cadernos de Saúde Pública]]> http://www.scielosp.org/rss.php?pid=0102-311X19930002&lang=en vol. 9 num. 2 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielosp.org/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielosp.org <![CDATA[<B>Editorial</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X1993000200001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<B>Effects of occupational exposure to mercury in workers at a light bulb factory in Santo Amaro, São Paulo, Brazil</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X1993000200002&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente estudo teve como objetivo verificar a intoxicação por mercúrio metálico em trabalhadores de uma indústria de lâmpadas elétricas situada em Santo Amaro, São Paulo. Foram realizadas visitas à empresa para verificação do ambiente e das condições de trabalho, além de reuniões com os trabalhadores para uma melhor compreensão acerca do processo produtivo e de suas repercussões na saúde. Foram investigados 91 trabalhadores, dos quais 77 (84,62%) apresentaram quadro de intoxicação crônica. Entre os intoxicados, foram detectadas alterações nos testes neuropsicológicos em 76 (98,70%), alterações neurológicas em 69 (75,82%), alterações no exame clínico em 62 (68,13%) e alterações psiquiátricas em 59 (63,96%).<hr/>The aim of this research was to study metallic mercury poisoning in workers at a light bulb factory in Santo Amaro, São Paulo (Brazil). Visits were made to the factory to check both the work environment and the working conditions. Meetings with the workers took place in order to better understand the production process and how working conditions affect their health. Of the 91 workers investigated, 77 (84.62%) were chronically poisoned. Among chronically poisoned workers, 76 (98.70%) displayed neuropsychological alterations, 69 (75.82%) suffered from neurological impairments, 62 (68.13%) showed pathological findings under clinical examination, and 59 (63.96%) displayed psychiatric disorders. <![CDATA[<B>Nutritional deficiencies</B>: <B>specific control measures by the health sector</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X1993000200003&lng=en&nrm=iso&tlng=en Os autores descrevem e analisam o papel do setor saúde nos programas de controle das principaiss endemias carenciais, revisando os fundamentos teóricos e estabelecendo possíveis estimativas de reversão para os diversos problemas nutricionais considerados. O artigo representa uma contribuição para a análise das alternativas setoriais elaboradas em função das metas da Organização das Nações Unidas (Unicef - OMS - FAO) para o ano 2000, entre as quais figuram a redução do baixo peso ao nascer (abaixo de 2.500 gramas) para menos de 10%, a diminuição em 1/3 das anemias, o decréscimo de 50 na prevalência de desnutrições moderada e grave em crianças, e o controle virtual da hipovitaminose A e do bócio iodoprivo.<hr/>The authors describe and analyze the health sector's role in relation to ways of controlling major endemic nutritional deficiencies by reviewing the theoretical groundwork and establishing possible regression estimates for the various nutritional problems under study. The article is a contribution to the analysis of sectorial alternatives elaborated according to United Nations goals (UNICEF - WHO - FAO) for the year 2000. Among these goals, we stress reduction of the proportion of low birth weight (less than 2500 grams) to less than 10%; reduction of anemia cases to one-third of present cases; a reduction of 50% in prevalence of moderate and severe cases of malnutrition and the virtual control of vitamine A and iodine deficiencies. <![CDATA[<B>Action-oriented information systems</B>: <B>subsidies for activities by workers' health programs at the local level</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X1993000200004&lng=en&nrm=iso&tlng=en Nas últimas décadas o Brasil transformou-se em uma sociedade industrializada. A partir da perspectiva epidemiológica e considerando as mudanças que estão ocorrendo a população brasileira, particularmente nos aspectos da transição demográfica, discute-se neste trabalho a necessidade de repensar a abrangência e prioridade do sistema de vigilância epidemiológica no país. O estudo avalia o sistema de informação para a ação de acidentes do trabalho a nível local, implantado no Programa de Saúde dos Trabalhadores do SUDS-R-6 (Mandaqui), tendo por base os dados de uma empresa metalúrgica da região que o sistema identificava como apresentando um processo de produção com alto risco de acidentes. A participação dos trabalhadores acidentados na discussão sobre os riscos ambientais e processo de trabalho, permitiu esclarecer a multicausalidade envolvida nos acidentes ocorridos nesta empresa. É destacada a importância da participação dos trabalhadores organizados - através de seus sindicatos, nas ações de controle dos acidentes. Embora, nem sempre essa participação organizada seja possível, o setor saúde deve buscar formas de atuação que resgatem a experiência concreta dos trabalhadores.<hr/>Over the course of recent decades, Brazil has become an industrialized society. From an epidemiological perspective and considering changes that have been occurring in the Brazilian population, particularly concerning demographic and epidemiological transitions, this paper discusses the need to adapt the epidemiological surveillance system in order to incorporate the surveillance of non-transmissible diseases. The authors analyze the information system for work-related accidents in the Workers' Health Program, under SUDS (the Unified Decentralized Health System) for the Mandaqui Region (in the Northern part of the city of São Paulo), based on data from a local metalworking industry identified by the information system as a high-risk site for work-related accidents. The article also focuses on the importance of organized workers participating in actions to control work-related accidents. Although such participation is not always possible, the health sector must incorporate the workers' own concrete experience in order to develop more effective actions to prevent accidents at the workplace. <![CDATA[<B>Measuring the impact of promoting breastfeeding in primary health care services in Pelotas, Rio Grande do Sul, Brazil</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X1993000200005&lng=en&nrm=iso&tlng=en Através da aplicação de um questionário padronizado a todas as mães que procuraram os serviços de puericultura das unidades sanitárias (US) da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), RS, em setembro de 1990, buscou-se conhecer o impacto dos grupos de gestantes na promoção do aleitamento materno. Os resultados obtidos para 347 crianças revelaram que quase metade delas pertencia a famílias com renda inferior a dois salários mínimos mensais; 1/4 de suas mães apresentavam escolaridade inferior a quatro anos, sendo estas as que mais frequentaram os grupos. Apesar da maioria das mães ter feito pré-natal e pouco menos da metade ter participado dos grupos de gestantes, 1/3 das crianças estavam desmamadas aos três meses de idade e cerca de 80% delas haviam recebido chás nos primeiros meses. Os dados obtidos revelam um serviço com sérias deficiências em incentivar o aleitamento e em retardar a introdução de outros alimentos na dieta infantil. Espera-se, a partir dos dados obtidos, poder contribuir para a reestruturação dos programas existentes, bem como poder demonstrar que, a partir de recursos mínimos e de uma metodologia relativamente simples, é possível avaliar a qualidade dos serviços oferecidos à população.<hr/>All mothers with children enrolled in the Program for Child Growth and Development at primary care units belonging to the Federal University of Pelotas (UFPel) in the state of Rio Grande do Sul, Brazil, were interviewed with a standardized questionnaire. This research aimed to assess the impact of the "Groups of Expecting Mothers" in the promotion of breastfeeding. The family income of almost half of the 347 children studied was two times the minimum wage. About 1/4 of the children's mothers had spent less than four years in school, and these were the mothers who attended the Groups most frequently. Most of the mothers received prenatal care and nearly half of then participated in the Groups. In contrast, 1/3 of the children were weaned at the age of three months and almost 80% received tea in the early months of life. The results show that the Groups of Expecting Mothers suffer serious limitations in promoting breastfeeding and in postponing the introduction of foods other than breast milk in the children's diet. Data obtained in this study are intended to help strengthen action under current programs and to show that with minimum resources and a rather simple methodology it is possible to assess the quality of health services available to the population. <![CDATA[<B>Exposure to organic mercury in riparian populations on the Upper Madeira river, Rondonia, Brazil, 1991</B>: <B>preliminary results</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X1993000200006&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente trabalho discute os resultados da concentração de mercúrio total em amostras de cabelo da população ribeirinha do Alto Madeira, Rondônia. Dentre as 311 amostras de cabelo analisadas, 51% (n=158) apresentam concentrações de mercúrio acima de 10 ppm. A variabilidade nas exposições ao mercúrio é ilustrada por uma família onde cinco indivíduos apresentam as concentracões de mercúrio mais elevadas (entre 90,6 e 303,1 ppm), enquanto em outros cinco indivíduos da mesma unidade familiar tais concentrações variam entre 7,0 e 13,3 ppm. Especial atenção deve ser dirigida à população feminina em idade reprodutiva, dado que o feto apresenta maior vulnerabilidade a menores exposições ao mercúrio orgânico. Neste estudo, 53% (n=37) da população feminina em idade reprodutiva (grupo etário 4) apresentam concentração de mercúrio superior a 10 ppm.<hr/>This study analyzes mercury concentration in hair samples obtained from the population living in the Upper Madeira River basin, Rondonia. Out of 311 hair samples analyzed, 51% (n=158) had a mercury concentration of over 10 ppm. The wide variability of mercury concentration is well-illustrated by a family in which there were 5 cases with the highest mercury concentrations (90.6 to 303.1 ppm), while in another 5 household members, the concentration ranged from 7.0 to 13.3 ppm. Special atention must be paid to women in the childbearing age, since the fetus is more vulnerable to lower mercury concentrations. 53% (n=37) females in the reproductive age bracket (age group 4) displayed a mercury concentration above 10 ppm. <![CDATA[<B>A critical appraisal of an institutional journal</B>: <B>Memórias do Instituto Oswaldo Cruz</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X1993000200007&lng=en&nrm=iso&tlng=en Criadas e mantidas durante muitos anos para difundir exclusivamente os resultados de pesquisas de uma instituição, as Memórias do Instituto Oswaldo Cruz vêm passando, desde a década de 1980, por mudanças que as transformaram numa revista aberta. São analisadas as condições em que se deu seu surgimento e o excelente papel que desempenharam na difusão dos conhecimentos produzidos pelo Instituto Oswaldo Cruz. O fato de ter sido uma revista diferente das editadas por sociedades científicas não diminui sua importância. A opção atual, que procura dar à revista uma inclinação internacional, com possibilidades de competir no mercado estrangeiro, para o que contribuiria a preferência dada a artigos escritos em inglês, suscita questionamentos quanto ao papel dos periódicos especializados brasileiros no quadro de nosso desenvolvimento científico.<hr/>The journal Memórias do Instituto Oswaldo Cruz, founded and maintained over the course of many years for the exclusive publication of research results from one single institution, has undergone changes over the last decade which have resulted in an open journal. Conditions leading to the journal's founding and the excellent role it has played in the dissemination of knowledge produced by the Instituto Oswaldo Cruz are examined. The fact that it has differed from journals published by scientific societies does not diminish its importance. The present option to give this journal an international slant, with possibilities for competing on the foreign market, and which would be facilitated by the preference given to papers written in English, raises some questions about the role of Brazilian specialized journals within the framework of our scientific development. <![CDATA[<B>Long-term controlled field experiment on the competition between two species of <I>Biomphalaria</I> (<I>Mollusca, Basommatophora</I>), the snail vectors of <I>Schistosoma mansoni</I> in Northeastern Brazil</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X1993000200008&lng=en&nrm=iso&tlng=en A long-term controlled field experiment on the interactions of the populations of Biomphalaria glabrata (target population) and B. straminea (competitor) was carried out in the county of Alhandra, state of Paraíba, Brazil, during the period 1980 through 1989. Results obtained in the current paper show that the snail B. straminea has strong competitive advantages over B. glabrata. In six out of nine streams the native population of B. glabrata were totally excluded and replaced by B. straminea. There is evidence showing that seasonal dryness has marked influence on the phenomenon studied in this paper. In all the streams were B. straminea already predominated, return of B. glabrata was never observed.<hr/>Um estudo experimental de campo sobre a interação populacional entre Biomphalaria glabrata (população-alvo) e Biomphalaria straminea (competidor) foi realizado no município de Alhandra, PB, no período de 1980 a 1989. Os resultados deste experimento nos levam a considerar que é possível a indução de um processo competitivo entre B. glabrata e B. straminea, uma vez que em nove dos criadouros trabalhados até o final, seis deles tiveram as populações da espécie endêmica totalmente substituídas pelo caramujo competidor. O processo competitivo ocorreu mais eficazmente naqueles criadouros sujeitos à dessecação, o que parece ter favorecido a espécie competidora, que resiste bem mais aos períodos de seca. Não houve regressão do processo, ou seja, em todos os riachos onde B. straminea se estabeleceu, o caramujo alvo não voltou a proliferar. <![CDATA[<B>Public health, local health units, and the Brazilian health system</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X1993000200009&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo focaliza o desenvolvimento da saúde pública no Brasil com o intuito de analisar os problemas com os quais se depara o processo atual de municipalização dos serviços de saúde. Argumenta-se que a postura neoliberal ou conservadora tornou-se incapaz de articular uma proposta viável para o sistema de saúde. Por outro lado, a proposta reformista concentra sua atenção no sistema de saúde e sua administração, tendo como modelo a postura positivista das ciências naturais e administrativas. Argumenta-se que apenas uma mudança radical no paradigma da medicina, na qual a dimensão coletiva e social predomina sobre a dimensão biológica e individual, permitiria conciliá-la com as necessidades de saúde da população.<hr/>This article focuses on the development of public health in Brazil, with the aim of analyzing the present process of decentralization of health care. The authors argue that the neoliberal or conservative position is unable to offer a reasonable solution to problems in the health care system. On the other hand, the reformist position concentrates its attention on the health system and its administration, taking as its model a positivistic approach to natural and administrative sciences. The authors further argue that only a radical change in the prevailing medical paradigm and a predominance of social over biological aspects would meet the health needs of the population. <![CDATA[<B>Smoking prevalence among students from a metropolitan area in the southern region of Brazil, 1991</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X1993000200010&lng=en&nrm=iso&tlng=en Em 1991, foi realizado um estudo de prevalência sobre o hábito de fumar entre 864 alunos da 6ª à 8ª série do 1º grau de oito escolas municipais de Sapiranga, Rio Grande do Sul. A coleta de dados foi feita através de um questionário aplicado e recolhido por professoras treinadas, em sala de aula. Entre os escolares, 3,2% eram fumantes, embora 20,3% tenham sido expostos pelo menos uma vez ao tabaco. A idade média de início do hábito foi de 14,7 anos no sexo masculino e 15,0 no sexo feminino. A prevalência mostrou uma tendência a aumentar junto com a idade e com o ano escolar. Quanto ao sexo, o número de fumantes foi significativamente maior no sexo masculino (p < 0,05). O hábito de fumar do irmão mais velho e do pai parece reforçar a adesão do escolar ao mesmo.<hr/>A prevalence study on smoking habits was carried out in 1991, among 864 school children from eight municipal schools in Sapiranga, in the State of Rio Grande do Sul, Brazil, from the 6th through 8th grade of primary school. Data was collected in class, using a questionnaire applyed by trained teachers. Among students, 3.2% were smokers, although 20.3% had been exposed to tobacco. Males had begun the smoking habit at a mean age of 14.7 years and females at about 15 years old. The prevalence showed an increasing trend by age and individual school grade. As for gender, male smokers outnumbered females (p < 0,05). Smoking by older brothers and fathers seems to be positively associated with acquisition of the habit by school children. <![CDATA[<B>Health surveys from a planning perspective</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X1993000200011&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este trabalho discute a importância dos inquéritos de saúde no acompanhamento do processo de distritalização do sistema de saúde. Os principais conceitos que embasam os inquéritos e a bibliografia acerca dos usos que foram feitos dos inquéritos de saúde são revisados. A despeito dos autores dedicados a este tema afirmarem a importância dos inquéritos para o planejamento dos serviços de saúde, este trabalho encontrou evidências de que, na prática, são muito raros os relatos de sua aplicabilidade. Os principais problemas metodológicos são também discutidos. A proposta da realização de inquéritos de demanda mais ágeis e de menor complexidade metodológica poderia ser, para alguns autores, a saída para a sua utilização no planejamento em saúde.<hr/>This study examines the importance of household surveys for evaluating the implementation of district-based health systems for the delivery of health services. The concepts underlying health surveys and the literature on health surveys in the Third World are reviewed, and significant methodological problems are also discussed. Although many authors dealing with this issue consider household health surveys of capital importance for the planning of health services, that was not the situation encountered by the author, who rarely found examples of the applicability of such studies. The potential use of less complex and quicker studies was a solution proposed by some authors to increase the presence of surveys in health planning. Finally, national health surveys are also analyzed. <![CDATA[<B>Chagas' disease and its control in Latin America</B>: <B>an analysis of possibilities</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X1993000200012&lng=en&nrm=iso&tlng=en A doença de Chagas segue como importante agravo à saúde na maior parte da América Latina, afetando 16 milhões de pessoas e colocando sob risco outras dezenas de milhões de indivíduos, geralmente de origem rural, pobres e socialmente marginalizados. As estratégias e insumos ao controle da endemia concentram-se no controle do vetor e da transmissão transfusional, mostrando-se eficientes e estando disponíveis há pelo menos duas décadas. Sua implementação depende basicamente de vontade política e de disponibilidade técnica e orçamentária, como demonstrado no exemplo brasileiro. São discutidos aspectos epidemiológicos e operacionais da luta antichagásica, o que envolve um horizonte de reformulação e aprimoramento dos próprios sistemas de saúde dos países endêmicos. O controle da doença é viável, constituindo-se num desafio às autoridades sanitárias e à opção dos países pela esfera social. Em particular, a superação da doença de Chagas pode ser um importante fator de catálise para a almejada unidade latino-americana.<hr/>Chagas' disease is still a major public health problem in Latin America, affecting about 15 million individuals and leaving tens of millions of others at risk, most of whom are from rural areas and are socially marginalized. The main strategies and tools for the control of the disease are related to the vectorial and transfusional transmission of the parasite. Regular programs have proven effective, as in Brazil, and they depend basically on political will and basic technical and financial conditions. Epidemiologic and operational aspects of Chagas' disease control are discussed in this study, involving the reformulation and improvement of the health systems in affected countries. The fact that control can be attained is emphasized as a challenge to Latin American governments and public health officials. Control of Chagas' disease may be an additional part of the dream of Latin American unity. <![CDATA[<B>The reorganization of health services</B>: <B>reflections on the relationship between decentralization, local autonomy and citizens' participation</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X1993000200013&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste artigo são feitas algumas considerações históricas e teóricas acerca das categorias "descentralização", "autonomia local" e "participação do cidadão" no estudo do processo de reorganização dos serviços de saúde. Considera-se a necessidade de aprofundarem-se os estudos, no sentido de estabelecer os determinantes e os limites de uma descentralização dos serviços de saúde associada a uma maior autonomia local e a uma maior participação do cidadão. São sugeridas algumas hipóteses e a forma como desenvolvê-las.<hr/>This paper discusses certain historical and theoretical aspects pertaining to the concepts of decentralization, local autonomy, and citizens' participation in studies on the reorganization of health services. Further studies should be undertaken to identify determinants of and limits to the reorganization of health services, greater local autonomy and citizens' participation. Various hypotheses and future courses of study are proposed. <![CDATA[<B>Paleopatologia e paleoepidemiologia</B>: <B>estudos multidisciplinares</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X1993000200014&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste artigo são feitas algumas considerações históricas e teóricas acerca das categorias "descentralização", "autonomia local" e "participação do cidadão" no estudo do processo de reorganização dos serviços de saúde. Considera-se a necessidade de aprofundarem-se os estudos, no sentido de estabelecer os determinantes e os limites de uma descentralização dos serviços de saúde associada a uma maior autonomia local e a uma maior participação do cidadão. São sugeridas algumas hipóteses e a forma como desenvolvê-las.<hr/>This paper discusses certain historical and theoretical aspects pertaining to the concepts of decentralization, local autonomy, and citizens' participation in studies on the reorganization of health services. Further studies should be undertaken to identify determinants of and limits to the reorganization of health services, greater local autonomy and citizens' participation. Various hypotheses and future courses of study are proposed. <![CDATA[<B>La historia de Julian</B>: <B>memorias de heroína Y delincuencia</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X1993000200015&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste artigo são feitas algumas considerações históricas e teóricas acerca das categorias "descentralização", "autonomia local" e "participação do cidadão" no estudo do processo de reorganização dos serviços de saúde. Considera-se a necessidade de aprofundarem-se os estudos, no sentido de estabelecer os determinantes e os limites de uma descentralização dos serviços de saúde associada a uma maior autonomia local e a uma maior participação do cidadão. São sugeridas algumas hipóteses e a forma como desenvolvê-las.<hr/>This paper discusses certain historical and theoretical aspects pertaining to the concepts of decentralization, local autonomy, and citizens' participation in studies on the reorganization of health services. Further studies should be undertaken to identify determinants of and limits to the reorganization of health services, greater local autonomy and citizens' participation. Various hypotheses and future courses of study are proposed. <![CDATA[<B>Ecologia, epidemiologia e sociedade</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X1993000200016&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste artigo são feitas algumas considerações históricas e teóricas acerca das categorias "descentralização", "autonomia local" e "participação do cidadão" no estudo do processo de reorganização dos serviços de saúde. Considera-se a necessidade de aprofundarem-se os estudos, no sentido de estabelecer os determinantes e os limites de uma descentralização dos serviços de saúde associada a uma maior autonomia local e a uma maior participação do cidadão. São sugeridas algumas hipóteses e a forma como desenvolvê-las.<hr/>This paper discusses certain historical and theoretical aspects pertaining to the concepts of decentralization, local autonomy, and citizens' participation in studies on the reorganization of health services. Further studies should be undertaken to identify determinants of and limits to the reorganization of health services, greater local autonomy and citizens' participation. Various hypotheses and future courses of study are proposed. <![CDATA[<B>Morrendo à toa</B>: <B>causas da mortalidade no Brasil</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X1993000200017&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste artigo são feitas algumas considerações históricas e teóricas acerca das categorias "descentralização", "autonomia local" e "participação do cidadão" no estudo do processo de reorganização dos serviços de saúde. Considera-se a necessidade de aprofundarem-se os estudos, no sentido de estabelecer os determinantes e os limites de uma descentralização dos serviços de saúde associada a uma maior autonomia local e a uma maior participação do cidadão. São sugeridas algumas hipóteses e a forma como desenvolvê-las.<hr/>This paper discusses certain historical and theoretical aspects pertaining to the concepts of decentralization, local autonomy, and citizens' participation in studies on the reorganization of health services. Further studies should be undertaken to identify determinants of and limits to the reorganization of health services, greater local autonomy and citizens' participation. Various hypotheses and future courses of study are proposed. <![CDATA[<B>Black Mesa anasazi health</B>: <B>reconstructing life from patterns of death and disease</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X1993000200018&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste artigo são feitas algumas considerações históricas e teóricas acerca das categorias "descentralização", "autonomia local" e "participação do cidadão" no estudo do processo de reorganização dos serviços de saúde. Considera-se a necessidade de aprofundarem-se os estudos, no sentido de estabelecer os determinantes e os limites de uma descentralização dos serviços de saúde associada a uma maior autonomia local e a uma maior participação do cidadão. São sugeridas algumas hipóteses e a forma como desenvolvê-las.<hr/>This paper discusses certain historical and theoretical aspects pertaining to the concepts of decentralization, local autonomy, and citizens' participation in studies on the reorganization of health services. Further studies should be undertaken to identify determinants of and limits to the reorganization of health services, greater local autonomy and citizens' participation. Various hypotheses and future courses of study are proposed. http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X1993000200019&lng=en&nrm=iso&tlng=en