Scielo RSS <![CDATA[Cadernos de Saúde Pública]]> http://www.scielosp.org/rss.php?pid=0102-311X20080009&lang=en vol. 24 num. 9 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielosp.org/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielosp.org <![CDATA[<B>Psychiatric Reform in Brazil</B>: <B>helping build and strengthen the Unified National Health System</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2008000900001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<B>Terminology for drug incidents in the hospital context</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2008000900002&lng=en&nrm=iso&tlng=en Incidentes com medicamentos geram problemas aos pacientes e custos adicionais ao sistema de saúde. A variedade de termos utilizada para comunicá-los propicia divergências nos resultados de pesquisas e confundem notificadores. Objetivou-se revisar os termos utilizados para descrever estes incidentes confrontando-os com as conceituações/definições oficiais disponíveis. Pesquisaram-se as bases PubMed, MEDLINE, IPA e LILACS para selecionar estudos publicados entre janeiro de 1990 e dezembro de 2005. Selecionaram-se 33 publicações. Verificou-se que a terminologia supranacional recomendada para descrever incidentes com medicamentos é insuficiente, mas que há consenso de uso das expressões em função do gênero do incidente. O termo Reação Adversa a Medicamento é mais utilizado quando não se verifica intencionalidade. A expressão Evento Adverso a Medicamento foi mais usada quando se descreviam incidentes durante a hospitalização; e Problema Relacionado a Medicamento foi mais utilizada em estudos que avaliaram atenção/cuidados farmacêuticos (uso/falta do medicamento). Ainda assim, a linha divisória entre essas três categorias não é clara e simples. Futuros estudos das relações entre as categorias e investigações multidisciplinares sobre erro humano podem subsidiar a proposição de novas conceituações.<hr/>In-hospital drug incidents cause problems for patients and additional costs for the health system. The variety of terms used to report them leads to disparities in research results and confuses the professionals that report them. This study aimed to review the terms used to describe drug incidents by collating them with the official concepts and definitions. PubMed, MEDLINE, IPA, and LILACS were searched to select studies published from January 1990 to December 2005. Thirty-three publications were selected. The supranational terminology recommended for describing drug incidents proved insufficient, but there was consensus that the expressions are used as a function of the type of incident. Adverse drug reaction is used when no intent is identified. Adverse drug event mainly describes incidents during hospitalization, and drug-related problem is used in studies on pharmaceutical care (use or lack of the drug). Still, the division between these categories is neither clear nor simple. Future studies on the relations between categories and multidisciplinary research on human error could support proposals for new concepts. <![CDATA[<B>Oral cancer epidemiology in a public laboratory in Mato Grosso State, Brazil</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2008000900003&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste trabalho foi analisar a epidemiologia do câncer de boca, dos casos diagnosticados pelo laboratório público do Estado de Mato Grosso, Brasil, após a instituição da política de atenção às doenças da boca e da face do estado. Trata-se de um estudo epidemiológico transversal. O objeto estudado foi o laudo histopatológico, pesquisando-se um total de 1.324 laudos emitidos entre janeiro de 2005 e dezembro 2006. Verificaram-se os casos de câncer de boca, o seu percentual em relação ao universo das lesões bucais e as seguintes variáveis: tipo histológico, sexo, idade e procedência dos pacientes (capital ou do interior). Após a análise dos dados verificaram-se 44 lesões de câncer de boca, representando 3% dos diagnósticos. O tipo histológico mais incidente foi o carcinoma epidermóide. A maioria dos diagnósticos foi referente aos homens na 5ª e 6ª décadas de vida residentes no interior do estado. Conclui-se com este estudo que em dois anos de funcionamento o serviço público de patologia bucal registrou um considerável número de casos de câncer de boca.<hr/>This study analyzed oral cancer epidemiology based on histopathology reports from a public laboratory in Mato Grosso, Brazil, after a specific policy was implemented for treating oral and facial diseases in the State. This was a cross-sectional epidemiological study, based on 1,324 histopathology reports issued from January 2005 to December 2006. The study identified 44 cases of oral cancer, or 3% of all oral lesions, and analyzed them in relation to the following variables: histological type, gender, age, and patient's place of residence (capital versus rest of State). The most common histological type was squamous cell carcinoma. Most of the diagnoses occurred in men in their 50s and 60s living in the interior of the State. During two years in operation, this public oral pathology service had recorded a considerable number of oral cancer cases. <![CDATA[<B>Accidents with foreign bodies in children under 15 years of age</B>: <B>epidemiological analysis of first aid services, hospitalizations, and deaths</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2008000900004&lng=en&nrm=iso&tlng=en Analisou-se os acidentes com corpo estranho entre menores de 15 anos, residentes em Londrina, Paraná, Brasil, atendidos em serviços de emergência/internação ou que morreram por estas causas, em 2001. Os dados foram obtidos nos hospitais gerais e no Núcleo de Informação em Mortalidade do município. Foram estudadas 434 crianças vítimas de acidentes com corpo estranho, revelando uma taxa de internação de 3,7% e uma taxa de óbito de 0,7%. Houve predomínio do sexo masculino (53,7%) e o maior coeficiente foi na faixa etária de 1 a 3 anos (7,2 por mil crianças). A penetração de corpo estranho em orifício natural (olho, fossas nasais e conduto auditivo) representou 94%, a inalação/ingestão de alimentos ocorreu em 2,8%, a inalação/ingestão de objetos em 2,5% e a inalação de conteúdo gástrico em 0,7% dos casos, sendo responsável por todos os óbitos. A presente investigação pode contribuir no sentido de permitir aos planejadores analisar tendências, priorizar ações que contemplem a prevenção e atenção às vítimas desses eventos e desenvolver estratégias para a reestruturação dos serviços a fim de tornar mais eficiente o gerenciamento dos recursos.<hr/>This study aims to analyze accidents involving foreign bodies among children less than 15 years of age residing in Londrina, Paraná State, Brazil, in terms of first aid, hospitalization, and death (2001). Data were obtained from general hospital records and the Municipal Mortality Database. A total of 434 accidents were analyzed, with a 3.7% hospitalization rate and 0.7% mortality. Boys predominated (53.7%), and the incidence rate was highest among children one to three years of age (7.2 per 1,000 children). Foreign body penetration in natural orifices (eyes, nostrils, and ears) accounted for 94%, inhalation/ingestion of food 2.8%, inhalation/ingestion of objects 2.5%, and aspiration of gastric contents 0.7%, and these causes accounted for all the deaths. The results contribute to epidemiological knowledge on such accidents and indicate the need to restructure health services in order to decentralize care for less complex injuries, besides emphasizing the need for preventive measures. <![CDATA[<B>Oral hygiene habits and use of dental services among teenage students in a city in southern Brazil</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2008000900005&lng=en&nrm=iso&tlng=en Estudo transversal investigando associação entre hábitos de higiene bucal e utilização dos serviços odontológicos, fatores sócio-demográficos e relacionados ao estilo de vida em amostra representativa de 1.170 escolares de 7ª série do ensino municipal de Gravataí, Rio Grande do Sul, Brasil. A associação entre os desfechos e sexo; cor da pele; inserção sócio-econômica; estilo de vida sedentário; uso de álcool e tabaco; e consumo de balas, refrigerantes e chocolates foi investigada com regressão de Cox univariada. Entre os jovens estudados, 77,8% escovavam os dentes > 3 vezes/dia, 31,9% utilizavam fio dental, 68,9% visitavam o dentista anualmente e 50% consultaram por motivo curativo. As meninas apresentaram maior freqüência de escovação do que os meninos. Os jovens com baixa inserção sócio-econômica, os com estilo de vida sedentário e os que experimentaram tabaco apresentaram menor uso diário de fio dental e consultas odontológicas anuais, e mais consultas curativas. O consumo de balas associou-se à menor utilização de serviços odontológicos e o de refrigerantes à maior freqüência de consultas curativas. O estilo de vida saudável associou-se com melhores hábitos de higiene bucal e utilização de serviços odontológicos.<hr/>This study evaluated oral hygiene habits and use of dental services among teenage students, and analyzed their association with sociodemographic factors and life styles. This cross-sectional study included a representative sample of 1,170 seventh-graders from municipal public schools of Gravataí, Rio Grande do Sul State, Brazil. The Cox regression model for univariate analysis, modified for cross-sectional studies, was used to analyze the association between variables. Of the adolescents included in the study, 77.8% brushed their teeth three or more times a day, 31.9% flossed daily, 68.9% visited the dentist regularly, and 50% visited the dentist for dental treatment. Tooth brushing was more frequent among female adolescents. Lower socioeconomic status was associated with a lower frequency of daily flossing, fewer annual dental visits, and a greater prevalence of dental treatment visits. Similar results were found for adolescents with a sedentary lifestyle or that had tried smoking. The consumption of candy was associated with lower frequency of annual dental visits, and the consumption of soft drinks, with greater frequency of treatment visits. A healthy life style was associated with better oral hygiene habits and more frequent dental visits. <![CDATA[<B>Justifications for formula supplementation in low-risk newborns at a Baby-Friendly Hospital</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2008000900006&lng=en&nrm=iso&tlng=en A Iniciativa Hospital Amigo da Criança preconiza que não se dê a recém-natos nenhum outro alimento ou líquido além do leite materno, a não ser que haja indicação clínica (passo 6). Este estudo teve como objetivo verificar a prevalência e identificar justificativas alegadas para suplementação ao aleitamento materno em recém-nascidos de alojamento conjunto. A amostra foi composta por 300 recém-nascidos de um Hospital Amigo da Criança do Rio de Janeiro, Brasil, que usaram suplemento dentre os que permaneceram exclusivamente em alojamento conjunto. As justificativas alegadas para uso de suplemento foram classificadas como aceitáveis ou não segundo critérios da Iniciativa Hospital Amigo da Criança. A prevalência de uso de suplemento foi de 33,3%. As principais justificativas foram: hipogalactia/agalactia (36,8%), condições de risco para hipoglicemia (21,1%), parto cesáreo (7,9%), condições relativas ao sistema estomatognático (7,4%), condições maternas (6,3%) e ausência de resultado de teste rápido anti-HIV (4,5%). O parto cesáreo esteve associado à maior risco de uso de suplemento (RP = 2,1; IC95%: 1,77-2,55) em relação ao parto vaginal. A prevalência do uso de suplemento foi elevada, sendo 9% das justificativas alegadas aceitáveis.<hr/>The Baby-Friendly Hospital Initiative recommends not giving newborn infants any food or drink other than breast milk unless medically indicated. This study investigated the prevalence and alleged reasons for giving formula supplementation to rooming-in newborns at a Baby-Friendly Hospital. Participants were 300 formula-supplemented, exclusively rooming-in newborns at a Baby-Friendly Hospital in Rio de Janeiro, Brazil. Reasons for formula supplementation were classified as acceptable or unacceptable in accordance with the WHO/UNICEF Baby-Friendly Hospital Initiative guidelines. A supplementation prevalence of 33.3% was found. The main allegations were: hypogalactia/ agalactia (36.8%), conditions involving risk of hypoglicemia (21.1%), cesarean section (7.9%), stomatognathic system-related conditions (7.4%), maternal conditions (6.3%), and absence of maternal HIV serology (4.5%). Cesarean section was associated with a higher risk of supplementation (RP = 2.1; 95%CI: 1.77-2.55) as compared to vaginal delivery. Supplementation prevalence was high, and only 9% of the allegations were justified. <![CDATA[<B>Prevalence and factors associated with behavioral disorders in adolescents</B>: <B>a population-based study</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2008000900007&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este trabalho procurou estimar a prevalência e os fatores associados ao transtorno da conduta em adolescentes com idade entre 11 e 15 anos. Realizou-se um estudo transversal com 1.145 adolescentes na cidade de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. Os adolescentes responderam a um questionário auto-aplicado. O transtorno da conduta foi avaliado através do Mini International Neuropsychiatric Interview (MINI). Foi investigada a associação desta psicopatologia com sexo, idade, nível sócio-econômico, escolaridade do adolescente, reprovação na escola, religião, sedentarismo, consumo de álcool, tabagismo, uso de drogas, depressão e sofrer bullying. A regressão ordinal foi usada para a análise estatística. Estima-se que, entre os entrevistados, 29,2% tenham transtorno da conduta. Na análise multivariada, a chance de um adolescente apresentar um ponto a mais na escala que avalia transtorno da conduta foi 2,04 (IC95%: 1,53-2,71) vezes maior no sexo masculino. O consumo de bebida alcoólica, o uso de drogas e sofrer bullying estiveram associados com maior pontuação na escala de transtornos de conduta. Os resultados também mostraram que os fatores associados ao transtorno da conduta apontam para a forte interrelação entre comportamentos de saúde na adolescência.<hr/>This study proposed to estimate the prevalence of behavioral disorders and associated factors in adolescents (11-15 years), using a cross-sectional design (n = 1,145). Subjects answered a self-administered questionnaire. Behavioral disorder was assessed with the Mini International Neuropsychiatric Interview (MINI). The study analyzed disorders in relation to gender, age, socioeconomic status, schooling, failure in school, religion, smoking, sedentary lifestyle, alcohol consumption, drug use, depression, and bullying (as victim). Ordinal regression was used for the statistical analysis, with a hierarchical model for the outcome. An estimated 29.2% of the sample presented behavioral disorders. In the multivariate analysis, the odds ratio for a male adolescent to present one additional point on the behavioral disorder scale was 2.04 (95%CI: 1.53-2.71). Alcohol consumption, drug use, and suffering bullying were associated with higher scores on the behavioral disorder scale. The findings also showed that the factors associated with behavioral disorder showed a strong interrelationship between health behaviors in adolescence. <![CDATA[<B>Ten years of external control over water fluoridation in Chapecó, Santa Catarina State, Brazil</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2008000900008&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste estudo foi analisar a concentração de flúor na água de abastecimento público em Chapecó, Santa Catarina, Brasil, no período de 1995 a 2005 e, adicionalmente, avaliar a efetividade de uma intervenção ocorrida em 2003 na qualidade da fluoretação. Foram analisadas 989 amostras de água. Para adequação da concentração de flúor as amostras foram classificadas obedecendo a três critérios utilizados no Brasil. Uma intervenção político-jurídica foi realizada pela municipalidade no ano de 2003. A fim de avaliar a tendência da fluoretação ao longo de todo período e antes e depois da intervenção, utilizou-se o procedimento de Prais-Winsten. Nos dez anos analisados, o sistema de fluoretação de águas apresentou 46%, 32% e 43% de amostras adequadas, dependendo do critério adotado. Previamente à intervenção municipal, a proporção de amostras adequadas foi de 40%, 26% e 36%, aumentando para 63%, 49% e 61% após intervenção, segundo os diferentes critérios de análise. Verificou-se uma melhora na adequação da concentração de flúor após a intervenção municipal. Recomenda-se a continuidade da vigilância da fluoretação de águas, considerando-a processual e de caráter permanente.<hr/>This study aimed to analyze fluoride concentration in the public water supply in Chapecó, Santa Catarina State, Brazil, from 1995 to 2005 and to assess the effectiveness of a fluoridation quality intervention in 2003. A total of 989 water samples were analyzed. Fluoride concentrations were classified according to three different criteria used in Brazil. The city conducted a political and legal intervention in 2003. The Prais-Winsten procedure was used to evaluate the fluoride concentrations over time. In the ten years, the water fluoridation system showed 46%, 32%, and 43% of adequate samples, depending on the criterion. Prior to the municipal intervention, the proportion of adequate samples was 40%, 26%, and 36%, increasing to 63%, 49%, and 61% after the intervention, according to the three criteria. Fluoride concentration improved after the municipal intervention. On-going surveillance is recommended, including water fluoridation, dental caries, and dental fluorosis. <![CDATA[<B>Caseload profile in emergency services</B>: <B>sentinel events for monitoring primary health care</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2008000900009&lng=en&nrm=iso&tlng=en O estudo tem como ponto de partida a hipótese de que determinadas ocorrências nosológicas atendidas em pronto-socorro, escolhidas com base no conceito de evento sentinela, podem estar relacionadas a falhas da atenção básica e ser utilizadas na formulação de um indicador para o monitoramento desta atenção. Foram utilizados dados quantitativos e qualitativos sobre ocorrências previamente escolhidas e atendidas em pronto-socorro. Usando-se a triangulação de métodos, verificaram-se as diferenças das freqüências dessas ocorrências entre as áreas/unidades básicas de saúde (UBS) de procedência dos pacientes e as motivações determinantes da procura pelo pronto-socorro. As freqüências das ocorrências apresentaram valores de 30% a 42,8% conforme a área/UBS de procedência (Ç2 = 9,19 e p = 0,027). As entrevistas sugeriram a existência de causalidade entre o motivo declarado da procura do pronto-socorro e a atuação das unidades básicas. Conclui-se que: (1) a freqüência das ocorrências escolhidas foi influenciada pelas áreas/UBS de procedência das pessoas; (2) essa influência decorre, em parte, da situação da atenção básica; (3) o instrumental estudado é simples e pode contribuir para o gestor local no acompanhamento cotidiano da situação dos serviços básicos.<hr/>The study's hypothesis was that certain disease entities treated in emergency services, based on the sentinel event concept, are related to flaws in primary care and can be used to develop an indicator for monitoring such care. Quantitative and qualitative data were used on previously selected occurrences treated in the emergency department. Using triangulation of methods, the differences were verified in the frequencies of these occurrences between the areas of patients' residence/ primary care units and the motivations leading them to seek the emergency department. Distribution of the frequency of these events varied from 30% to 42.8%, according to the area of residence/ primary care unit (Ç2 = 9.19 and p = 0.027). The interviews suggested the existence of causality between the reason stated for seeking the emergency service and the performance of the primary care units. In conclusion: (1) the frequency of the selected occurrences was influenced by the area of residence/ location of the primary care unit; (2) this influence results partially from the primary care performance; and (3) the study instrument is simple and can help local administrators monitor the daily performance of primary care services. <![CDATA[<B>Prevalence of mental disorders at a referral center for the Family Health Program in Santa Cruz do Sul, Rio Grande do Sul State, Brazil</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2008000900010&lng=en&nrm=iso&tlng=en Entre as dez primeiras causas de anos vividos com incapacidade no mundo, sete são transtornos mentais. Centros de atendimento primário são fundamentais para as políticas de saúde mental, conforme a Organização Mundial da Saúde. Este estudo tem por objetivo verificar a prevalência de transtornos mentais entre indivíduos que buscaram atendimento médico na unidade de referência de uma equipe do Programa Saúde da Família (PSF) em Santa Cruz do Sul, Rio Grande do Sul, Brasil, e verificar a influência de diagnóstico psiquiátrico na utilização de recursos da saúde. Dos 754 indivíduos que participaram do estudo, 51,1% (IC95%: 47,5-54,7) foram diagnosticados como portadores de diagnóstico psiquiátrico, sendo que estes utilizaram de forma significativamente mais freqüente recursos da saúde nos últimos 12 meses. Transtornos mentais representam impacto negativo na qualidade de vida e bem-estar dos portadores, assim como aumento de uso dos recursos da saúde por sintomas não tratados e por ser fator de mau prognóstico para outras doenças não-psiquiátricas. Esses resultados reforçam a necessidade da inclusão efetiva do tema saúde mental nas metas e intervenções dos PSFs no Brasil.<hr/>Among the ten leading causes of disability-adjusted life years, seven are mental disorders. Primary health care centers are crucial to public mental health policies, according to the World Health Organization. This study aimed to verify the prevalence of mental disorders among individuals seeking care at the referral center for a Family Health Program (FHP) team in Santa Cruz do Sul, Rio Grande do Sul State, Brazil, and the influence of psychiatric diagnosis on utilization of the health system. Of the 754 participants, 51.1% had a psychiatric diagnosis. Subjects with a psychiatric diagnosis showed significantly higher use of the health system in the previous 12 months. Mental disorders have a negative impact on well-being and quality of life, besides increasing the use of health resources due to untreated symptoms and because mental disorders contribute negatively to the prognosis of non-psychiatric medical conditions. These results show the importance of including mental health care in the FHP in Brazil. <![CDATA[<B>Reproductive characteristics and utilization of preventive health services by childbearing-age women</B>: <B>results of two cross-sectional population-based studies in the far South of Brazil</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2008000900011&lng=en&nrm=iso&tlng=en Em 1995 e 2004 foram realizados dois estudos transversais representativos com mulheres de 15 a 49 anos em Rio Grande, Rio Grande do Sul, Brasil, visando avaliar alguns indicadores básicos de saúde. A amostra incluiu 1.339 mulheres em 1995 e 1.311 em 2004. Aplicou-se questionário padronizado no domicílio investigando sobre características demográficas, sócio-econômicas, reprodutivas e utilização de serviços preventivos de saúde. A análise consistiu em comparar estes indicadores nos dois estudos pelo teste do qui-quadrado. Observou-se melhoria nas condições de habitação, saneamento, escolaridade, mas piora da renda familiar. A idade média de início das atividades sexuais diminuiu, a taxa de gravidez na adolescência aumentou em 33% assim como aumentou a realização de exame citopatológico de colo uterino em 48% e mama em 30%. A utilização de métodos contraceptivos diminuiu 3%, enquanto o uso de preservativos masculinos passou de 8% para 21%. Esforços deveriam ser feitos não somente visando incentivar a realização de exames de mama e citopatológico de colo uterino como também de retardar o início das atividades sexuais e de promover o uso de métodos contraceptivos, especialmente de preservativos.<hr/>Two surveys were conducted (1995 and 2004) on women 15-49 years of age in Rio Grande, Rio Grande do Sul State, southern Brazil, assess patterns in their use of preventive health services. The sample included 1,339 women in 1995 and 1,311 in 2004. A standardized household questionnaire covered their demographic, socioeconomic, reproductive, and health care-utilization characteristics. The chi-square test was used to compare indicators in the two studies. During the study period, housing conditions, running water, sanitation, and schooling improved, but family income decreased. Mean age at sexual initiation decreased by one year, teenage pregnancy increased 33%, and clinical breast examination and Pap smears increased 48% and 30%, respectively. Overall use of contraceptive methods declined by 3%, but condom use increased from 8% to 21%. Efforts are needed to improve coverage for breast examination and Pap smears, postpone sexual initiation, and promote the use of contraceptive methods, especially condoms. <![CDATA[<B>Total mercury in muscle of the shark <I>Prionace glauca</I> (Linnaeus, 1758) and swordfish <I>Xiphias gladius</I> Linnaeus, 1758, from the South-Southeast coast of Brazil and the implications for public health</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2008000900012&lng=en&nrm=iso&tlng=en Foram analisadas as concentrações de mercúrio total (THg) em tecido muscular do tubarão azul Prionace glauca e do teleósteo Xiphias gladius, vulgarmente conhecido como espadarte, provenientes das regiões sul e sudeste da costa brasileira, para verificar se estas se encontram dentro dos padrões legais para consumo humano. As amostras foram obtidas utilizando-se o programa REVIZEE, de agosto a setembro de 2001, e por intermédio de uma empresa de pesca em Itajaí, Santa Catarina. Foi analisado um total de 95 espécimes, testando-se as correlações entre THg, comprimento (cm) e peso (kg). As concentrações de mercúrio total em todas as amostras variaram de 0,13 a 2,26µgg-1 (peso úmido). A média de mercúrio total em P. glauca foi de 0,76 ± 0,48µgg-1 (p.u.), e em X. gladius foi de 0,62 ± 0,31µgg-1 (p.u.) com diferença não significativa (teste Mann-Whitney, p < 0,05). Em cerca de 16% das amostras, o THg excedeu o limite de 1µgg-1 (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e em 62% excedeu o limite de 0,5µgg-1 (Organização Mundial da Saúde - OMS). O consumo regular (100 g.dia-1) de P. glauca e de X. gladius resultaria em uma ingestão diária de THg que excederia em mais de duas vezes o limite diário de ingestão recomendado pela OMS.<hr/>Total mercury (THg) was analyzed in muscle tissue from the blue shark Prionace glauca and the swordfish Xiphias gladius, obtained from the South and Southeast coast of Brazil, to verify compliance with current limits for human consumption. Samples were obtained through the REVIZEE Program and a commercial fishery in Itajaí, Santa Catarina State. A total of 95 specimens were analyzed (48 X. gladius and 47 P. glauca), and correlations were checked between THg and fish length and weight. THg ranged from 0.13 to 2.26µgg-1 (fresh weight), and there was no significant difference between the means for P. glauca, 0.76 ± 0.48µgg-1 (f.w.) and X. gladius, 0.62 ± 0.31 (Mann-Whitney test, p < 0.05). In 16% of samples, THg was above the limits set by the National Health Surveillance Agency (ANVISA), namely 1µgg-1, and 62% exceeded the World Health Organization (WHO) limit of 0.5µgg-1. The ingestion of 100g/ day-1 of P. glauca or X. gladius would result in a daily THg intake of more than twice the WHO (1990) suggested limit. <![CDATA[<B>The costs of implementing and operating an oral health service from the perspective of the service and society</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2008000900013&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste estudo foi avaliar custos de implantação e manutenção da assistência odontológica no setor público. Os custos foram atualizados/depreciados de acordo com a vida útil e considerados na perspectiva do serviço e da sociedade. Os resultados mostraram que, para o serviço, o custo total de implantação de uma unidade odontológica com sete consultórios foi de R$ 860.643,67 no primeiro ano e R$ 545.419,23 para manutenção, sendo clínica geral a especialidade mais cara. Para a sociedade, o custo total foi de R$ 990.065,06 (implantação) e R$ 668.369,55 (manutenção) e a especialidade mais cara foi prevenção. Custos de capital representaram um pequeno percentual dos custos de uma unidade odontológica, entretanto, deveriam ser considerados, pois podem modificar os resultados. Devido ao alto custo, intervenções preventivo-promocionais realizadas no ambiente clínico não deveriam ser recomendadas, devendo ser substituídas por ações populacionais amplas e de menor custo, uma vez que valores consideráveis necessitam ser desembolsados pela população de baixa renda para participar de programas públicos gratuitos.<hr/>The aim of this study was to assess the costs of setting up and maintaining dental care in the public sector. Costs were updated or depreciated according to the service's lifespan and were analyzed from the perspective of the service itself and society. According to the findings, for the service the total cost of setting up a dental care unit with seven rooms was BRL$860.643.67 in the first year, plus BRL$545,419.23 for maintenance, and clinical dental care was the most expensive specialty. For society, the total cost was BRL$990,065.06 (implementation) and BRL$668,369.55 (maintenance), and the most expensive specialty was prevention (US$1.00 = BRL$1.62). Capital costs represented a small percentage of total costs for a dental care unit, but they need to be considered, since they can modify the results. Due to the high costs, preventive and promotional interventions should not be performed in the clinical setting, but should be replaced by broader and less expansive population-based interventions, since considerable sums need to be spent by the low-income population to participate in free public programs. <![CDATA[<B>Definition of priority medicines for monitoring laboratory quality in Brazil</B>: <B>the interface between health surveillance and the National Drug Policy</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2008000900014&lng=en&nrm=iso&tlng=en A Política Nacional de Medicamentos tem como importante diretriz a qualidade dos medicamentos oferecidos à população. Objetivou-se definir prioridades para análise pelo Programa Nacional de Verificação da Qualidade de Medicamentos. Como critério, utilizou-se a presença do medicamento em, no mínimo, três Programas de Assistência Farmacêutica do Ministério da Saúde. Critérios adicionais foram a presença na Relação Nacional de Medicamentos Essenciais de 2002 (RENAME) e a indicação para as vinte principais causas de Anos de Vida Perdidos Ajustados por Incapacidade (DALY). Informações do Ministério da Saúde e legislação foram fontes da pesquisa. Classificaram-se os medicamentos segundo o Anatomical Therapeutic Chemical Classification System (ATC) da OMS. Nos 13 programas de assistência farmacêutica, existiam 893 produtos classificados em 449 diferentes códigos ATC. Foram considerados prioritários 28 fármacos, 26 constantes na RENAME e 12 indicados nas causas de DALY. Recomenda-se, à Agência Nacional de Vigilância Sanitária e à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos, estabelecer estratégia integrada para garantia de qualidade integral desses medicamentos, abrangendo qualidade laboratorial, registro, boas práticas de fabricação e informações para profissionais de saúde e população.<hr/>A key objective of the Brazilian National Drug Policy is the quality of medicines supplied to the population. This study aimed to set priorities for the analysis of the National Program for Quality Control of Medicines. The main criterion was the drug's presence in at least three Pharmaceutical Care Programs under the Ministry of Health. Additional criteria were presence on the National List of Essential Drugs (RENAME) in 2002 and its indication for the 20 main causes of disability-adjusted life years (DALY). The sources were data from the Ministry of Health and related legislation. The drugs were classified according to the Anatomical Therapeutic Chemical Classification System (ATC) of the WHO. The 13 pharmaceutical care programs included 893 products classified in 449 different ATC codes. Twenty-eight drugs were considered priorities, 26 of which were listed on the RENAME and 12 indicated as causes of DALY. It is recommended that the National Health Surveillance Agency and Secretariat of Science, Technology, and Strategic Inputs establish an integrated strategy to guarantee comprehensive quality of these drugs, including laboratory quality, registration, good manufacturing practices, and information for health professionals and the general population. <![CDATA[<B>A contribution to institutionalized health evaluation</B>: <B>a proposal for self-evaluation</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2008000900015&lng=en&nrm=iso&tlng=en No âmbito das ações voltadas à institucionalização da avaliação da atenção básica em saúde no Brasil, o Ministério da Saúde propõe uma avaliação formativa, de caráter normativo, para conhecer como está a implantação do projeto Fortalecimento da Capacidade Técnica das Secretarias Estaduais de Saúde em Monitoramento e Avaliação, integrante da Política Nacional de Avaliação da Atenção Básica. Um dos objetivos foi desenvolver uma matriz de auto-avaliação utilizando a abordagem de método rápido de avaliação (REM). Este artigo apresenta as etapas concluídas na construção da matriz de auto-avaliação, acompanhado da fundamentação na qual se embasou a produção da mesma. A proposta final de auto-avaliação foi construída com base em um modelo teórico de avaliação, desenvolvido para a avaliação formativa. Inclui as principais ações propostas à gestão estadual de saúde com todos os indicadores testados, dando assim maior validade interna e consistência. A perspectiva final é que este instrumento, utilizado de forma participativa, como explicita a proposta, auxilie na identificação do alcance dos objetivos e das ações do projeto, identificando situações que podem interferir em diferentes contextos.<hr/>In the context of measures to institutionalize the evaluation of primary health care in Brazil, the Ministry of Health proposed a formative and normative evaluation of the implementation of the project entitled Technical Capacity-Building of State Health Departments for Monitoring and Evaluation, as part of the National Policy for the Evaluation of Primary Care. One of the objectives was to develop a self-evaluation model using the rapid evaluation method (REM). This article presents the stages concluded to date in the self-evaluation model, together with the theoretical references. The final self-evaluation proposal was based on a theoretical evaluation model developed for formative evaluation and included the principal actions proposed for State health management, with all the tested indicators, thus increasing the internal validity and consistency. The final perspective is that this instrument, used with a participatory approach as provided in the proposal, helps assess the extent to which the project's objectives and actions are achieved, while identifying situations that can interfere in different contexts. <![CDATA[<B>Patterns of minor psychiatric disorders among battered women treated at an emergency care unit</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2008000900016&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este estudo de corte transversal teve como objetivo descrever o padrão de ocorrência de distúrbios psíquicos menores entre mulheres de 15 a 49 anos, atendidas em um hospital de emergência de Salvador, Bahia, Brasil, e que sofreram diferentes tipos de violência. As mulheres foram identificadas a partir de entrevistas face a face, utilizando-se o Abuse Assessment Screen. Para avaliar o estado mental, utilizou-se uma versão do Self-Reporting Questionnaire (SRQ-20). Do total de 273 mulheres, 77,3% (IC95%: 78,2-82,2) apresentaram escore igual ou acima de sete no SRQ-20, sugerindo provável morbidade psiquiátrica. Mulheres que sofreram mais de um tipo de violência (RP = 1,31; IC95%: 1,11-1,56) e foram agredidas nos últimos 12 meses (RP= 1,30; IC95%: 1,08-1,58) apresentaram maior prevalência de distúrbios psíquicos menores. Os resultados sugerem uma associação positiva entre violência e doença mental, o que requer medidas mais eficazes de atenção às vítimas, como a criação de redes institucionais que garantam a integralidade da assistência às mulheres.<hr/>The aim of this cross-sectional study was to describe the patterns in minor psychiatric disorders among women who suffered different types of violence. Using a version of the Abuse Assessment Screen, face-to-face interviews were conducted in a cluster sample of women ages 15 to 49 years using an emergency care hospital. Women's mental status was assessed with a version of the Self-Reporting Questionnaire (SRQ-20). From a total of 273 women, 77.3% (95%CI: 78.2-82.2) scored 7 or more on the SRQ-20, indicating the presence of psychiatric illness. The findings suggest that women who had experienced more than one type of violence (PR = 1.31; 95%CI: 1.11-1.56) and who had been battered in the previous 12 months (PR = 1.30; 95%CI: 1.08-1.58) were more likely to suffer minor mental disorders. The results show a positive association between violence and mental illness, suggesting the need for more effective measures in the care of victims, such as the creation of institutional nets to guarantee comprehensive care for women. <![CDATA[<B>Lower back pain in health insurance policyholders</B>: <B>prevalence and associated factors</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2008000900017&lng=en&nrm=iso&tlng=en Com o objetivo de determinar a prevalência de dor lombar nos últimos três meses e fatores associados foi realizado um estudo transversal, com indivíduos de ambos os sexos, de 20 a 59 anos titulares do plano de saúde da COOPERSINOS da Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Foram utilizados questionários auto-aplicados incluindo questões demográficas, sócio-econômicas, ocupacionais e hábitos de vida. Entre os 775 indivíduos a prevalência de dor lombar no último ano foi de 52,8% (IC95%: 49,3-56,3) e nos últimos três meses foi de 46% (IC95%: 42,5-49,5). Através de regressão de Poisson foram encontradas associações para dor lombar nos últimos três meses nos indivíduos de 40 a 49 anos, naqueles que consideravam seu trabalho penoso e nos fumantes. Apesar da elevada prevalência de dor lombar na população estudada e de ter provocado dificuldades no desempenho das atividades laborais, a condição não foi incapacitante. Mesmo que 29,9% dos trabalhadores tenham referido dificuldades para realizar suas atividades de vida diária ou no trabalho por dor lombar, detectou-se absenteísmo muito baixo.<hr/>A cross-sectional study was conducted with individuals of both sexes (20-59 years of age), all covered by the COOPERSINOS Health Care Plan of Vale do Rio dos Sinos University. The study aimed to determine the prevalence of lower back pain and associated factors in the previous three months. A self-applied questionnaire included socioeconomic, demographic, occupational, and lifestyle questions. Prevalence of lower back pain among the 775 individuals was 52.8% in the previous year (95%CI: 49.3-56.3) and 46% in the previous three months (95%CI: 42.5-49.5). Poisson regression for lower back pain in the previous 90 days showed an association with: (1) age 40-49 years; (2) self-reported strenuous or difficult work; and (3) smoking. Despite the high prevalence of lower back pain and difficulty in performing work activities, the pain was not disabling. Although 29.9% of workers reported some difficulty in performing their daily or work-related activities due to lower back pain, absenteeism was quite low. <![CDATA[<B>Involvement of workers from municipal outpatient services in Uberaba, Minas Gerais State, Brazil, in the reorganization of services under the Unified National Health System</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2008000900018&lng=en&nrm=iso&tlng=en Esta pesquisa foi desenvolvida em dois ambulatórios municipais de especialidades na cidade de Uberaba, Minas Gerais, Brasil. Busca compreender a implicação dos trabalhadores de saúde no seu trabalho e nas propostas de reorganização de serviços de saúde, sob a ótica deles e considerando a gestão participativa preconizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A pesquisa foi realizada com nove trabalhadores que apresentam ou não formação específica em saúde, mas estão envolvidos com atividades no setor. Os participantes foram sorteados por categoria profissional ou função (grupos: odontológico, infra-estrutura, médico, serviço social, psicologia, coordenação, enfermagem e farmacêutico e bioquímico), considerando-se um participante por "categoria" de cada serviço. O conteúdo foi analisado fundamentando-se nos procedimentos da análise estrutural de narração. Foram identificadas três categorias: a gerência, implicação no trabalho e implicação nas propostas do SUS. Ressalta-se que este estudo não pretende universalizar resultados sobre a implicação dos trabalhadores em saúde, no geral, mas aponta para a importância de se compreender a interação entre o modelo gerencial e a reorganização de serviços preconizada pelo SUS.<hr/>This study was conducted in two specialized municipal outpatient clinics in the city of Uberaba, Minas Gerais State, Brazil. The study analyzes the involvement of professionals in their work and the reorganization of health services from their perspective, considering the participatory management recommended by the Unified National Health System (SUS). The study included nine workers with or without specific health training, all involved in health sector activities. Participants were selected according to profession or job (groups: dentistry, infrastructure, medicine, social work, psychology, coordination, nursing, pharmacy, and biochemistry), with one participant per "category" for each clinic. The content was submitted to structural narrative analysis. Three analytical categories were identified: management, involvement in work, and involvement in the SUS proposals. The study was not intended to generalize results on health workers' involvement, but it does highlight the importance of understanding the interaction between the management model and the reorganization of services as recommended under the SUS. <![CDATA[<B>Oral health in the context of the Family Health Program</B>: <B>preventive practices targeting individual and public health</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2008000900019&lng=en&nrm=iso&tlng=en As práticas profissionais refletem a estruturação dos serviços de saúde, relacionando-se aos princípios norteadores do modelo de atenção vigente. Nesse sentido, objetivou-se conhecer as práticas preventivas e educativas em saúde bucal realizadas pelos dentistas do Programa Saúde da Família de Natal, Rio Grande do Norte, Brasil. Realizou-se entrevista estruturada com 80 dentistas e análise documental no SIA-SUS (Sistema de Informações Ambulatoriais do SUS) e no Sistema de Informação de Atenção Básica. As atividades individuais de orientação de higiene bucal e de aplicação tópica de flúor, entre todos os entrevistados, corresponderam a 87,5% e 95%, respectivamente. Em âmbito coletivo, todos que atuavam nas escolas (91,2%) realizavam aplicação tópica de flúor, enquanto 86,2% desenvolviam ações educativas. Nos registros do SIA-SUS, as atividades preventivas representaram 41% do total de procedimentos. Dentre essas, aplicação tópica de flúor gel por sessão correspondeu a 24,4% e escovação supervisionada, a 31%. Quanto às atividades educativas, 57,4% realizaram-se no estabelecimento de saúde e 42,6%, na comunidade. Diante dos resultados, constatou-se que as práticas preventivas direcionam-se à cárie dentária, com maior atenção aos escolares, sendo necessária ampliação para diferentes problemas bucais, grupos e espaços sociais.<hr/>Professional practices reflect the structuring of health services and are related to the underlying principles of the prevailing health care model. This study focused on preventive and educational practices by dentists in the Family Health Program in Natal, Rio Grande do Norte State, Brazil. A structured interview was held with 80 dentists, in addition to analysis of documents from the Outpatient Database of the Unified National Health System (SIA-SUS) and the Primary Care Database. Individual activities involving orientation for oral hygiene and topical application of fluoride were reported by 87.5% and 95% of dentists, respectively. At the collective level, all the dentists that worked in schools (91.2%) performed topical fluoride application, while 86.2% conducted educational activities. According to SIA-SUS records, preventive activities accounted for 41% of all procedures. Among these, topical application of fluoride gel per sitting and supervised brushing accounted for 24.4% and 31%, respectively. As for educational activities, 57.4% were held in the health care unit and 42.6% in the community. The findings indicate that the preventive practices focus on dental caries, particularly in schoolchildren, and that they need to be expanded to include other oral health problems. <![CDATA[<B>Raising children with mental disabilities</B>: <B>mothers' narratives</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2008000900020&lng=en&nrm=iso&tlng=en Avanços tecnológicos neonatais têm proporcionado maior sobrevida de bebês com problemas graves de saúde. Muitos terão seu desenvolvimento comprometido (deficiência mental) e demandarão cuidados diferenciados. A família necessita se reorganizar a fim de poder atender às necessidades desta criança. Esta pesquisa buscou identificar os significados construídos por estas mães diante desta situação e os obstáculos que tiveram que enfrentar para alcançar o que consideravam o melhor tratamento para os filhos. Utilizou-se como metodologia a análise de narrativas, a partir de referências da antropologia médica e da lingüística. As narrativas revelaram em seus enredos mais típicos o impacto do diagnóstico e a busca de artifícios no cotidiano para adaptar-se aos cuidados com o filho, assim como as dificuldades enfrentadas na rede pública para obterem uma atenção que consideravam adequada. A valorização dos personagens da rede de apoio revelou a importância deste tipo de suporte nestas situações.<hr/>Technical advances in neonatology have increased the life expectancy of children with serious health problems. Many of these children experience developmental delay (mental disability) and require special care. The family must adapt to better provide for the child's needs. This study aimed to identify mothers' reactions and the obstacles they face to obtain what they consider the best treatment for their children. The study methodology was based on analysis of the mothers' narratives, drawing on medical anthropology and linguistics. The most typical plots in the narratives showed the impact of the diagnosis and the search for means to adapt to the child's care, as well as the difficulties encountered in the public health system to obtain what the mothers considered adequate care. The value ascribed to characters in the support network showed the importance of such support in these situations. <![CDATA[<B>Use of urine lead level as an exposure indicator and its relationship to blood lead</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2008000900021&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste trabalho foi verificar se há correlação estatisticamente significativa entre as concentrações de chumbo no sangue (Pb-S) e urina (Pb-U). A espectrometria de absorção atômica eletrotérmica foi utilizada na determinação da concentração de chumbo no material biológico. As amostras de sangue e de urina foram coletadas entre trabalhadores expostos ocupacionalmente (95) e entre adultos (130) e crianças até 15 anos (22) expostos ambientalmente. Após um teste que mostrou diferenças significativas entre Pb-U e as três categorias previamente determinadas, pontos de corte em Pb-U puderam ser fixados para a predição dos valores de Pb-S pela curva ROC. Assim, para Pb-U até 0,55 µg.dL-1, pode-se esperar que Pb-S seja menor do que 10 µg.dL-1, ao passo que níveis de chumbo no sangue até 27,6 µg.dL-1 são esperados quando o teor do metal na urina é menor do que 2,05 µg.dL-1. Logo, a urina pode ser utilizada em substituição ao sangue para avaliação da exposição ocupacional ao chumbo. Contudo, recomenda-se cautela no caso da exposição ambiental, devendo-se utilizar o chumbo urinário como uma estimativa do conteúdo do metal no sangue.<hr/>The aim of this work was to verify whether there are statistically significant correlation between the concentrations of lead in blood (Pb-B) and urine (Pb-U). Electrothermal atomic absorption spectrometry was used in the determination of lead concentration in biological material. Venous blood and spot urine were collected from workers occupationally exposed (95), adults (130) and children up to 15 years old (22) environmentally exposed. After a test showing significant differences between Pb-U and the three categories previously determined, cutting points for Pb-U were established to predict Pb-B values by the ROC curve. Thus, it is expected that Pb-B is lower than 10 µg.dL-¹ with Pb-U up to 0.55 µg. dL-¹, whereas lead levels in blood below 27.6 µg. dL-¹ are expected when the amount of the metal in urine is lower than 2.05 µg.dL-¹. So, urine can be used to replace blood for the assessment of the occupational exposure to lead. However, caution is advised in the case of environmental exposure, since urinary lead should be used just as an estimation of the metal content in blood. <![CDATA[<B>Socio-demographic factors and the dengue fever epidemic in 2002 in the State of Rio de Janeiro, Brazil</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2008000900022&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este estudo analisou a epidemia de dengue em 2002 e o contexto sócio-demográfico do Estado do Rio de Janeiro, Brasil, por meio de técnicas de análise espacial e de modelagem estatística. Calculou-se a taxa de incidência, segundo casos de dengue notificados e residentes no estado em 2002. Foram avaliadas associações entre tal incidência e variáveis sócio-demográficas, e a autocorrelação espacial usando-se o Índice Global de Moran, o qual revelou dependência espacial tanto para a variável desfecho quanto para as independentes. Foi utilizado o modelo de regressão linear multivariada. As variáveis: proporção de população urbana, percentual de população com água canalizada e percentual de cobertura de Programa Saúde da Família (PSF), explicaram 30,2% da variabilidade total das taxas de incidência para essa epidemia. Os resíduos não revelaram autocorrelação espacial. As associações encontradas se deram na direção esperada e tais achados são corroborados por outros estudos, que encontraram maiores incidências de dengue em localidades caracterizadas pela crescente urbanização e por déficit na rede de canalização e abastecimento de água, e que também evidenciaram o PSF como importante facilitador das estratégias de controle do vetor.<hr/>This study analyzed the dengue fever epidemic in 2002 and the socio-demographic context of the State of Rio de Janeiro, Brazil, using spatial analysis and statistical modeling. The incidence rate was calculated for resident dengue cases in the State in 2002. The study analyzed associations between incidence and socio-demographic variables and spatial autocorrelation using the Moran Global Index, which showed spatial dependence for both the outcome and the independent variables. A multivariate linear regression model was used. The variables' proportion of urban population, percentage of the population with running water, and percentage of coverage by the Family Health Program (FHP) explained 30.2% of the total variance in the epidemic's incidence rate. The model's residuals did not show spatial autocorrelation. The associations were in the expected direction, and the findings are corroborated by other studies that showed higher dengue incidence in areas characterized by growing urbanization and deficient running water and water supply, while highlighting the FHP as an important facilitator of vector control strategies. <![CDATA[<B>Use of medication by Brazilian retirees</B>: <B>2 - Response rate and item completeness in a postal survey in Belo Horizonte, Minas Gerais State, Brazil</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2008000900023&lng=en&nrm=iso&tlng=en São descritos a taxa de resposta e o preenchimento de questionários auto-administrados num inquérito postal sobre o perfil de utilização de medicamentos por aposentados e pensionistas do INSS, de 60 anos ou mais de idade no Município de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, em 2003. Os questionários foram enviados duas vezes para os endereços de 800 indivíduos sorteados por amostragem aleatória simples, com base no banco de dados do INSS. A taxa de resposta ao inquérito postal foi de 47,8% e não houve diferença significativa tanto entre participantes e não participantes quanto entre respondentes iniciais e tardios em relação às características selecionadas. Para a maioria das variáveis sócio-demográficas e de saúde, os percentuais de omissão de respostas não ultrapassaram 5%, tanto no total da amostra, quanto em cada um dos subgrupos de respondentes. As informações mais omitidas ocorreram para as variáveis relativas ao uso de medicamentos, com destaque para a não-utilização de medicamentos que deveriam ser usados, a dose e laboratório fabricante do medicamento. Nossos resultados indicam que o detalhamento de aspectos relacionados ao uso de medicamentos deve ser reconsiderado em questionários de autopreenchimento.<hr/>This paper reports on the response rate and completeness of item response in a self-administered postal survey questionnaire on use of medication by retirees 60 years or older under the Brazilian Social Security System, in Belo Horizonte, Minas Gerais State, in 2003. Questionnaires were sent in two rounds to 800 postal addresses of subjects selected by simple random sampling. The response rate was 47.8%, and there were no significant differences in the selected characteristics between respondents and non-respondents, or between early and late respondents. For almost all socio-demographic and health variables, item omission was less than or equal to 5% for both the entire sample and early or late responders. For all the medicines used, the dose and laboratory were the main items omitted. The findings indicate that details on drug use should be reevaluated in self-administered questionnaires. <![CDATA[<B>Feeding preference of sand flies in the Amazon, Maranhão State, Brazil</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2008000900024&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste estudo foi determinar as fontes alimentares sanguíneas de flebotomíneos por meio da reação da precipitina, em Buriticupu, na Amazônia maranhense, Brasil, de julho de 2002 a junho de 2004. Foram detectadas reações simples (87,6%), duplas (8%) e não reagentes (4,4%). A presença de flebotomíneos alimentados com sangue humano (6,7%) e de possíveis reservatórios de Leishmania no peridomicílio ajuda a explicar a ocorrência de casos autóctones de leishmaniose tegumentar no Município de Buriticupu.<hr/>The objective of this study was to determine the blood feeding sources for sand flies based on the precipitin test in Buriticupu, Amazon Region, Maranhão State, Brazil, from July 2002 to June 2004. Single (87.6%) and double (8%) reactions and non-reactive samples (4.4%) were found. The presence of sand flies fed on human blood (6.7%) and blood of animals that are possible peridomiciliary Leishmania reservoirs helps explain the reporting of autochthonous tegumentary leishmaniasis cases in Buriticupu. <![CDATA[<B>Elderly women dealing with institutionalization</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2008000900025&lng=en&nrm=iso&tlng=en O tema desta pesquisa é a institucionalização de idosos sob a perspectiva dos estudos de gênero. O objetivo é entender os efeitos do processo de institucionalização na vida de idosas e estratégias para enfrentar esta situação. A metodologia é qualitativa e a pesquisa foi realizada em uma instituição de longa permanência para idosos, que atende 110 pessoas procedentes da região do Alto Uruguai, Rio Grande do Sul, Brasil. Para a coleta dos dados foram organizados grupos de discussão com a participação de dez idosas. Utilizou-se a análise de conteúdo e foram identificadas três categorias principais: o asilo como instituição total, gênero, e estratégias de enfrentamento à institucionalização. Metade das mulheres escolheu viver no asilo, enquanto que outras denunciaram a situação de internação e consideram o asilo "um depósito de velhos". A categoria gênero atravessa o fazer das mulheres que realizam atividades domésticas no "lar", para ajudar a passar o tempo. As estratégias para enfrentar o asilamento compreendem os rituais religiosos, as atividades artesanais e passeios.<hr/>This study focused on institutionalization of the elderly from the perspective of gender studies. The aim was to understand the effects of institutionalization on the lives of elderly women and their strategies to deal with this situation. The study used a qualitative methodology and was conducted in a long-term care facility for the elderly, with 110 individuals from Alto Uruguai, Rio Grande do Sul State, Brazil. Data collection used discussion groups with ten elderly women participating. Content analysis was used and identified three main categories: the nursing home as a total institution, gender, and strategies to deal with institutionalization. Half of the women had chosen to live in the nursing home, while the others complained about their confinement to what they considered "a dump for old people". The gender category permeated the women's lives, which included domestic activities in the "home" in order to pass the time. Strategies to deal with institutionalization included religious rituals, handicrafts, and walks. <![CDATA[<B>Cooperation between regulatory authorities from developing countries in the evaluation of vaccine clinical trials</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2008000900026&lng=en&nrm=iso&tlng=en O tema desta pesquisa é a institucionalização de idosos sob a perspectiva dos estudos de gênero. O objetivo é entender os efeitos do processo de institucionalização na vida de idosas e estratégias para enfrentar esta situação. A metodologia é qualitativa e a pesquisa foi realizada em uma instituição de longa permanência para idosos, que atende 110 pessoas procedentes da região do Alto Uruguai, Rio Grande do Sul, Brasil. Para a coleta dos dados foram organizados grupos de discussão com a participação de dez idosas. Utilizou-se a análise de conteúdo e foram identificadas três categorias principais: o asilo como instituição total, gênero, e estratégias de enfrentamento à institucionalização. Metade das mulheres escolheu viver no asilo, enquanto que outras denunciaram a situação de internação e consideram o asilo "um depósito de velhos". A categoria gênero atravessa o fazer das mulheres que realizam atividades domésticas no "lar", para ajudar a passar o tempo. As estratégias para enfrentar o asilamento compreendem os rituais religiosos, as atividades artesanais e passeios.<hr/>This study focused on institutionalization of the elderly from the perspective of gender studies. The aim was to understand the effects of institutionalization on the lives of elderly women and their strategies to deal with this situation. The study used a qualitative methodology and was conducted in a long-term care facility for the elderly, with 110 individuals from Alto Uruguai, Rio Grande do Sul State, Brazil. Data collection used discussion groups with ten elderly women participating. Content analysis was used and identified three main categories: the nursing home as a total institution, gender, and strategies to deal with institutionalization. Half of the women had chosen to live in the nursing home, while the others complained about their confinement to what they considered "a dump for old people". The gender category permeated the women's lives, which included domestic activities in the "home" in order to pass the time. Strategies to deal with institutionalization included religious rituals, handicrafts, and walks. <![CDATA[<B>Vida e morte no trabalho</B>: <B>acidentes do trabalho e a produção social do erro</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2008000900027&lng=en&nrm=iso&tlng=en O tema desta pesquisa é a institucionalização de idosos sob a perspectiva dos estudos de gênero. O objetivo é entender os efeitos do processo de institucionalização na vida de idosas e estratégias para enfrentar esta situação. A metodologia é qualitativa e a pesquisa foi realizada em uma instituição de longa permanência para idosos, que atende 110 pessoas procedentes da região do Alto Uruguai, Rio Grande do Sul, Brasil. Para a coleta dos dados foram organizados grupos de discussão com a participação de dez idosas. Utilizou-se a análise de conteúdo e foram identificadas três categorias principais: o asilo como instituição total, gênero, e estratégias de enfrentamento à institucionalização. Metade das mulheres escolheu viver no asilo, enquanto que outras denunciaram a situação de internação e consideram o asilo "um depósito de velhos". A categoria gênero atravessa o fazer das mulheres que realizam atividades domésticas no "lar", para ajudar a passar o tempo. As estratégias para enfrentar o asilamento compreendem os rituais religiosos, as atividades artesanais e passeios.<hr/>This study focused on institutionalization of the elderly from the perspective of gender studies. The aim was to understand the effects of institutionalization on the lives of elderly women and their strategies to deal with this situation. The study used a qualitative methodology and was conducted in a long-term care facility for the elderly, with 110 individuals from Alto Uruguai, Rio Grande do Sul State, Brazil. Data collection used discussion groups with ten elderly women participating. Content analysis was used and identified three main categories: the nursing home as a total institution, gender, and strategies to deal with institutionalization. Half of the women had chosen to live in the nursing home, while the others complained about their confinement to what they considered "a dump for old people". The gender category permeated the women's lives, which included domestic activities in the "home" in order to pass the time. Strategies to deal with institutionalization included religious rituals, handicrafts, and walks. <![CDATA[<B>Políticas públicas no Brasil</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2008000900028&lng=en&nrm=iso&tlng=en O tema desta pesquisa é a institucionalização de idosos sob a perspectiva dos estudos de gênero. O objetivo é entender os efeitos do processo de institucionalização na vida de idosas e estratégias para enfrentar esta situação. A metodologia é qualitativa e a pesquisa foi realizada em uma instituição de longa permanência para idosos, que atende 110 pessoas procedentes da região do Alto Uruguai, Rio Grande do Sul, Brasil. Para a coleta dos dados foram organizados grupos de discussão com a participação de dez idosas. Utilizou-se a análise de conteúdo e foram identificadas três categorias principais: o asilo como instituição total, gênero, e estratégias de enfrentamento à institucionalização. Metade das mulheres escolheu viver no asilo, enquanto que outras denunciaram a situação de internação e consideram o asilo "um depósito de velhos". A categoria gênero atravessa o fazer das mulheres que realizam atividades domésticas no "lar", para ajudar a passar o tempo. As estratégias para enfrentar o asilamento compreendem os rituais religiosos, as atividades artesanais e passeios.<hr/>This study focused on institutionalization of the elderly from the perspective of gender studies. The aim was to understand the effects of institutionalization on the lives of elderly women and their strategies to deal with this situation. The study used a qualitative methodology and was conducted in a long-term care facility for the elderly, with 110 individuals from Alto Uruguai, Rio Grande do Sul State, Brazil. Data collection used discussion groups with ten elderly women participating. Content analysis was used and identified three main categories: the nursing home as a total institution, gender, and strategies to deal with institutionalization. Half of the women had chosen to live in the nursing home, while the others complained about their confinement to what they considered "a dump for old people". The gender category permeated the women's lives, which included domestic activities in the "home" in order to pass the time. Strategies to deal with institutionalization included religious rituals, handicrafts, and walks. <![CDATA[<B>Travesti</B>: <B>prostituição, sexo, gênero e cultura no Brasil</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2008000900029&lng=en&nrm=iso&tlng=en O tema desta pesquisa é a institucionalização de idosos sob a perspectiva dos estudos de gênero. O objetivo é entender os efeitos do processo de institucionalização na vida de idosas e estratégias para enfrentar esta situação. A metodologia é qualitativa e a pesquisa foi realizada em uma instituição de longa permanência para idosos, que atende 110 pessoas procedentes da região do Alto Uruguai, Rio Grande do Sul, Brasil. Para a coleta dos dados foram organizados grupos de discussão com a participação de dez idosas. Utilizou-se a análise de conteúdo e foram identificadas três categorias principais: o asilo como instituição total, gênero, e estratégias de enfrentamento à institucionalização. Metade das mulheres escolheu viver no asilo, enquanto que outras denunciaram a situação de internação e consideram o asilo "um depósito de velhos". A categoria gênero atravessa o fazer das mulheres que realizam atividades domésticas no "lar", para ajudar a passar o tempo. As estratégias para enfrentar o asilamento compreendem os rituais religiosos, as atividades artesanais e passeios.<hr/>This study focused on institutionalization of the elderly from the perspective of gender studies. The aim was to understand the effects of institutionalization on the lives of elderly women and their strategies to deal with this situation. The study used a qualitative methodology and was conducted in a long-term care facility for the elderly, with 110 individuals from Alto Uruguai, Rio Grande do Sul State, Brazil. Data collection used discussion groups with ten elderly women participating. Content analysis was used and identified three main categories: the nursing home as a total institution, gender, and strategies to deal with institutionalization. Half of the women had chosen to live in the nursing home, while the others complained about their confinement to what they considered "a dump for old people". The gender category permeated the women's lives, which included domestic activities in the "home" in order to pass the time. Strategies to deal with institutionalization included religious rituals, handicrafts, and walks.