Scielo RSS <![CDATA[Cadernos de Saúde Pública]]> http://www.scielosp.org/rss.php?pid=0102-311X20090011&lang=en vol. 25 num. 11 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielosp.org/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielosp.org <![CDATA[<B>The peer review process in health journals</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2009001100001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<b>Health care models for users of alcohol and other drugs</b>: <b>political discourse, knowledge, and practices</b>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2009001100002&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente artigo tem por objetivo caracterizar os modelos de atenção à saúde de usuários de álcool e outras drogas existentes no contexto brasileiro. Para tanto, realizou-se uma análise do discurso de políticas públicas de drogas no Brasil a partir da década de 1970. Tal análise foi contextualizada por uma breve digressão sobre os principais posicionamentos políticos identificados entre países do mundo para o enfrentamento de questões relacionadas ao consumo de substâncias psicoativas. As políticas públicas brasileiras de drogas apresentam-se, a partir da presente década, permeáveis ao enfoque da redução de danos, repercutindo na reorientação do modelo de atenção à saúde. Conclui-se que a estruturação e o fortalecimento de uma rede de atenção integral aos usuários de álcool e outras drogas e às suas famílias, centrada na atenção comunitária, orientada pela concepção ampliada de redução de danos e articulada com outras redes de serviços sociais e de saúde constitui, na atualidade, um importante desafio à saúde pública.<hr/>This article aims to characterize health care models for users of alcohol and other drugs in the Brazilian context. Discourse analysis was performed on public drug policy in Brazil from the 1970s. This analysis was contextualized by a brief digression on the main political positions identified in several countries of the world in relation to drug use problems. Beginning in the current decade, drug policies in Brazil have been receptive to harm reduction approaches, resulting in reorientation of the health care model. In conclusion, the structuring and strengthening of a network of care for users of alcohol and other drugs and their families, based on community care and the harm reduction approach and combined with other social and health services, is now a key public health challenge for the country. <![CDATA[<B>Social inequalities in premature cardiovascular mortality in a medium-size Brazilian city</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2009001100003&lng=en&nrm=iso&tlng=en As doenças cardiovasculares são a principal causa de morte em muitos países. No Brasil, a mortalidade por doenças cardiovasculares ocorre prematuramente em maior proporção do que em países ricos. Este estudo objetivou analisar a relação entre a mortalidade cardiovascular precoce e as condições sócio-econômicas no espaço urbano. Realizou-se um estudo ecológico, e as unidades de análise foram as regiões urbanas de um município da região sudeste de Minas Gerais. A relação entre a razão de mortalidade padronizada por doenças cardiovasculares e o Índice de Desenvolvimento Social (IDS) foi estudada por modelo linear generalizado com distribuição binomial negativa. Os bairros com melhores condições sócio-econômicas tiveram mortalidade por doenças cardiovasculares significantemente menor. A redução das desigualdades sócio-econômicas em cidades de médio porte pode contribuir para a redução das iniqüidades em saúde.<hr/>Cardiovascular diseases are the main cause of death in many countries. In Brazil, premature cardiovascular death is more frequent than in wealthy countries. The aim of this study was to analyze the relationship between premature cardiovascular death and socioeconomic conditions in urban areas. The study design was ecological, with the urban areas of a medium-size municipality in Minas Gerais State, Brazil, as the units of analysis. The relationship between standardized mortality ratio and social development index (SDI) was studied with a binomial negative generalized linear model. The urban regions with the best socioeconomic conditions had significantly lower cardiovascular mortality. The reduction of socioeconomic inequalities in medium-size cities could help decrease health inequities. <![CDATA[<B>Construct validity of a Portuguese version of the <I>Female Sexual Function Index</B></I>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2009001100004&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este trabalho teve como objetivos avaliar a validade de construto de uma versão do Female Sexual Function Index (FSFI). A versão foi inserida ao final de um questionário multidimensional e aplicada face a face em 235 mulheres esterilizadas. O índice de não resposta foi de 1,7%. A amostra apresentou-se bastante homogênea com baixa renda e nível educacional. Um coeficiente alfa de Cronbach de 0,948 indicou uma consistência interna muito alta. A análise fatorial demonstrou que o instrumento parece medir quatro fatores latentes: desejo/excitação, lubrificação, orgasmo/satisfação e dor. Isso pode referir-se a uma característica do próprio instrumento, às características da resposta sexual feminina ou ainda às peculiaridades culturais da amostra, o que pode interferir no entendimento das perguntas ou dos conceitos sobre os quais o instrumento versa. Assim aponta-se para necessidade de desenvolvimento de outros estudos na população geral para a definição do conjunto de propriedades do FSFI, como sua composição de fatores latentes e o estabelecimento de pontos de corte adequados à população brasileira.<hr/>This study aimed to evaluate the construct validity of a version of the Female Sexual Function Index (FSFI). The version was inserted into a multidimensional questionnaire and applied face-to-face to 235 sterilized women. Non-response rate was 1.7%. The sample proved to be highly homogeneous, with low income and education. Cronbach's alpha of 0.948 indicated high internal consistency. Factor analysis showed that the instrument was measuring four factors: desire/arousal, lubrication, orgasm/satisfaction, and pain. This may reflect characteristics of the instrument itself, female sexual response, or even the sample's cultural peculiarities, which can affect understanding of the questions or concepts with which the instrument deals. This study emphasizes the need for further research in the general population to determine the psychometric properties of the FSFI, such as its factor composition and definition of appropriate cut-off points for the Brazilian population. <![CDATA[<B>Lipid profile in adolescents</B>: <B>effect of intrauterine exposures</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2009001100005&lng=en&nrm=iso&tlng=en Avaliou-se o efeito do retardo de crescimento intra-uterino e de fatores de risco para o retardo de crescimento intra-uterino sobre o perfil lipídico em adolescentes pertencentes ao estudo de coorte de nascimentos de 1982 de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil. Em 2000, os participantes do sexo masculino foram identificados no alistamento militar; 79% (n = 2.250) foram entrevistados e 2.089 doaram amostra de sangue. No presente estudo, as variáveis dependentes foram o colesterol total e suas frações (VLDL, LDL, HDL), colesterol não-HDL, razão LDL/HDL e triglicerídeos. As exposições estudadas foram o retardo de crescimento intra-uterino, o índice de massa corporal (IMC) materno pré-gestacional e o tabagismo materno durante a gravidez. Após ajuste para fatores de confusão, o colesterol total, LDL e não-HDL foram maiores entre os adolescentes cujo IMC materno pré-gestacional estava no terceiro e quarto quartil. No entanto, tais associações desapareceram após controle para dieta, escolaridade e IMC do adolescente. O retardo de crescimento intra-uterino e o tabagismo materno na gravidez não foram associados com o perfil lipídico aos 18 anos de idade.<hr/>This study assessed the effects of intrauterine growth restriction and risk factors for intrauterine growth restriction on blood lipids in adolescents from the 1982 birth cohort in Pelotas, Rio Grande do Sul State, Brazil. All male subjects were identified in 2000 when enrolling in the national army; 79% (n = 2,250) were interviewed, and 2,089 provided blood samples. The following outcome variables were studied: total cholesterol and fractions (VLDL, LDL, and HDL), non-HDL cholesterol, LDL/HDL ratio, and serum triglycerides. The explanatory variables were intrauterine growth restriction, maternal pre-gestational body mass index (BMI), and maternal smoking during pregnancy. After adjusting for confounding variables, total, LDL, and non-HDL cholesterol levels were slightly and significantly higher among adolescents whose mothers were in the 3rd and 4th quartiles of pre-gestational BMI. However, these associations disappeared after adjusting for the adolescent's diet, schooling, and BMI. Other associations were not significant (p > 0.05). <![CDATA[<B>Reliability of dengue mortality data in two national health information systems, Brazil, 2000-2005</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2009001100006&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo analisa a concordância (bruta e ajustada) dos óbitos de dengue registrados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) e Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) no Brasil, no período de 2000 a 2005. Foi realizado um estudo epidemiológico observacional, seccional e descritivo de concordância dos dados de mortalidade por dengue nesses dois sistemas de informação. A concordância bruta e ajustada por chance (índice kappa) geral, no período de análise, foi de 99,9% e 19,6%, respectivamente. No ano com maior número de casos (2002), esses valores foram de 99,9% e 28,2%, respectivamente. A variação da proporção de óbitos concordantes de dengue nas Unidades Federadas (UF) brasileiras foi de 0% a 33%, e a Região Centro-Oeste foi a que apresentou maior mediana. Este estudo discute a importância da análise integrada e rotineira dos sistemas de informação em saúde com intuito de seu aprimoramento e a ampliação de seu uso para a avaliação e formulação de políticas de saúde adequadas.<hr/>We analyze the crude and adjusted reliability of dengue mortality data from the Notifiable Diseases Information System and the Mortality Information System in Brazil from 2000 to 2005. An observational, cross-sectional, descriptive epidemiological study was conducted. Overall crude agreement and chance-adjusted agreement (kappa index) over the study period were 99.9% and 19.6%, respectively. In the year with the most dengue cases (2002), these values were 99.9% and 28.2%, respectively. The proportion of concordant dengue deaths by State varied from 0% to 33%, and the Central-West region showed the highest median. We discuss the importance of integrating and continuing to analyze health information systems and recommend improving and increasing the use of these systems for appropriate public health evaluations. <![CDATA[<B>Factors associated with fruit and vegetable intake among adults in a southern Brazilian city</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2009001100007&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste estudo foi descrever a freqüência de consumo de frutas, legumes e verduras por adultos de 20 a 69 anos de Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil, e analisar fatores associados. Foi realizado em 2006 um estudo transversal de base populacional, incluindo 972 adultos. A freqüência do consumo de frutas, legumes e verduras foi medida por meio de três perguntas referentes ao consumo habitual destes no ano anterior. O desfecho foi o consumo regular de frutas, legumes e verduras. Cerca de 1/5 da população adulta (20,9%) consumia regularmente frutas, legumes e verduras. Indivíduos do sexo feminino, com 60 anos ou mais, das classes A e B, ex-fumantes e não sedentários apresentaram maior prevalência de consumo de frutas e legumes e verduras. A freqüência do consumo de frutas, legumes e verduras na população adulta residente no Município de Pelotas está aquém das recomendações atuais do Ministério da Saúde, em especial entre os homens mais jovens, de menor nível sócio-econômico e que não praticam atividade física no lazer. Políticas públicas que estimulem uma alimentação saudável são urgentemente necessárias.<hr/>The study aimed to describe the frequency of fruit and vegetable intake among adults (20-69 years of age) and to identify associated factors. This population-based study in 2006 included 972 adults in Pelotas, Southern Brazil. Consumption of fruits and vegetables was evaluated with three questions on habitual food intake during the year prior to the interview. The outcome variable was regular consumption of fruits and vegetables. Only one in five adults (20.9%) reported consuming fruits and vegetables regularly. Female gender, age 60 years or older, higher socioeconomic status, former smoking, and physical activity were associated with the outcome variable. According to the results, fruit and vegetable intake among adults fails to meet current Ministry of Health recommendations, particularly among male, young, poor, and physically inactive adults. Interventions to encourage healthy diet are urgently needed. <![CDATA[<B>Oral health among institutionalized elderly in Belo Horizonte, Minas Gerais State, Brazil</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2009001100008&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este estudo transversal descreveu a saúde bucal de idosos residentes em instituições de longa permanência de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. Uma amostra de 335 idosos acima de 60 anos de idade foi aleatoriamente selecionada. Os dados foram coletados dos registros das instituições, por entrevista e exame clínico da cavidade bucal. Avaliaram-se a higiene bucal, a cárie dentária coronária e radicular e a doença periodontal. Foi observada placa bacteriana em 76% das superfícies dentárias e 57% dos idosos usuários de prótese total superior apresentaram placa em pelo menos uma das superfícies. O CPOD foi de 30,8, com predomínio do componente perdido (94,2%) e 57,1% dos idosos apresentaram experiência de cárie radicular. A maioria dos idosos (78,2%) apresentou como pior condição periodontal sextante nulo e 64,5% dos sextantes válidos apresentaram bolsa periodontal de 4mm a 5mm e 47% perda inserção de 4mm a 5mm (47%). A saúde bucal dos idosos é precária, representada por higiene bucal deficiente, alta experiência de cárie, acentuada perda dentária e presença de bolsa periodontal.<hr/>This study assessed the oral health of the institutionalized elderly in Belo Horizonte, Minas Gerais State, Brazil. A sample of 335 individuals over 60 years of age was randomly selected. Data were collected through interviews, review of medical records, and clinical examination by a single researcher. Oral health was evaluated in terms of oral hygiene, caries, and periodontal disease. Bacterial plaque was present on 76% of the dental surfaces, and 57% of the elderly using upper dentures presented plaque on at least one of its surfaces. DMF-T index was 30.8, with the missing component representing 94.2%. Missing sextant was the worst periodontal finding in 78.2% of the elderly. Among the valid sextants, there was a higher prevalence of 4 to 5mm periodontal pocket and attachment loss from 4 to 5mm (47%). According to the findings, institutionalized elderly suffer from precarious oral health, with deficient oral hygiene, high caries rate, tooth loss, and periodontal pocket. <![CDATA[<B>Healthy eating according to teenagers</B>: <B>perceptions, barriers, and expected characteristics of teaching materials</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2009001100009&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este estudo visou avaliar percepções, barreiras e características de materiais educativos de promoção de alimentação saudável descritas por adolescentes. Realizaram-se quatro grupos focais com 25 adolescentes com perguntas sobre: percepção e motivação para modificar a dieta; conceito de alimentação saudável e barreiras para sua adoção; e características de impressos para a promoção de práticas alimentares saudáveis. Observou-se uma freqüente indecisão quanto a classificar a dieta como saudável. Os adolescentes referiram não se sentir confiantes para modificar a dieta, mas relataram conceitos adequados sobre alimentação saudável. As principais barreiras citadas foram focadas em aspectos pessoais e sociais, como: a tentação, o sabor dos alimentos, a influência dos pais e a falta de tempo e de opções de lanches saudáveis na escola. Para os jovens, materiais educativos de promoção de alimentação saudável devem reforçar seus benefícios imediatos e destacar mensagens alarmantes sobre os riscos à saúde advindos de uma alimentação inadequada.<hr/>The aim of this study was to evaluate perceptions, barriers, and characteristics of teaching materials to promote healthy eating, as described by teenagers. Four focus groups were conducted with 25 adolescents, including questions on: perceptions regarding diet and motivations to change; concepts of (and barriers to) healthy eating; and characteristics needed for teaching materials to promote healthy eating. The teens were often undecided when attempting to classify a diet as healthy. They generally reported feeling insecure about making dietary changes, but showed adequate notions of healthy eating. The main barriers involved personal and social characteristics: temptation, food flavors, parental influence, and lack of time and options for healthy snacks at school. According to these teenagers, educational materials for promotion of healthy eating should emphasize the immediate benefits and emphasize high-impact messages on the health risks of unhealthy diet. <![CDATA[<B>Self-reported hypertension</B>: <B>validation in a representative cross-sectional survey</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2009001100010&lng=en&nrm=iso&tlng=en Com o objetivo de investigar a validade do auto-relato de hipertensão arterial, realizou-se estudo transversal, de base populacional, com indivíduos de 20 anos ou mais de idade, residentes em Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil, selecionados por amostragem probabilística em dois estágios. A pressão arterial foi medida duas vezes (cinco minutos de intervalo) em 2.949 participantes visitados em casa. Aqueles com pressão sistólica 140mmHg e/ou diastólica 90mmHg foram revisitados, e a pressão medida mais duas vezes. Conforme padrão-ouro, hipertensão foi definida pela média das pressões na segunda visita ou uso de medicação anti-hipertensiva. O auto-relato foi obtido por meio da pergunta: "Algum médico disse que o(a) Sr.(a) tem pressão alta?". A prevalência auto-referida foi 33,6%, e a medida, 29,5%. A sensibilidade foi 84,3% (IC95%: 81,7-86,7), especificidade 87,5% (IC95%: 86,0-88,9), valor preditivo positivo 73,9% (IC95%: 71,0-76,6) e negativo de 93,0% (IC95%: 91,8-94,1). O auto-relato mostrou-se válido para monitoração da prevalência de hipertensão, um dos mais importantes fatores de risco para as doenças crônicas não transmissíveis.<hr/>To assess the validity of self-reported hypertension, a population-based cross-sectional study was carried out in Pelotas, Southern Brazil. Individuals aged 20 years were selected through probabilistic two-stage sampling. All 2,949 participants had their blood pressure measured twice (5 minutes apart) during a household visit. Those presenting systolic pressure 140mmHg and/or diastolic pressure 90mmHg were revisited. The gold standard for hypertension was the mean of the two measures taken at the second visit and/or use of anti-hypertensive drugs. Self-reported hypertension was obtained through the question: "Has any doctor ever said that you have high blood pressure?". Prevalence rates for self-reported and measured hypertension were 33.6% and 29.5%, respectively. Sensitivity was 84.3% (81.7-86.7%), specificity 87.5% (86.0-88.9%), positive predictive value 73.9% (71.0-76.6%), and negative predictive value 93.0% (91.8-94.1%). Self-reporting is a reliable method for monitoring prevalence of hypertension, one of the most important risk factors for chronic non-communicable diseases. <![CDATA[<B>Factors associated with maintenance of teeth in adults in the State of São Paulo, Brazil</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2009001100011&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste trabalho foi verificar a associação entre ter vinte ou mais dentes e variáveis sócio-demográficas, econômicas, de uso de serviços odontológicos e de autopercepção de saúde bucal. Este trabalho foi um estudo transversal em adultos de 35 a 44 anos, em cidades representativas do Estado de São Paulo, Brasil. Além do exame, os pesquisados responderam a uma entrevista. Foram examinados 1.612 adultos. A análise dos dados se restringiu aos indivíduos dentados, divididos em dois grupos (1-19 dentes e 20 ou mais dentes). Foi usado o teste qui-quadrado e regressão logística (p < 0,05). A maioria (72,1%) apresentou mais de vinte dentes. Verificou-se que a menor escolaridade apresentou forte associação com a maior falta de elementos dentários; além disso, o fato de ser mulher, ter mais idade, morar na região rural, ter cinco pessoas ou mais residindo na mesma casa, ter renda familiar baixa, buscar atendimento em rede pública e ir ao dentista motivado por dor foram diretamente relacionados com mais dentes ausentes.<hr/>This cross-sectional study investigated the association between the presence of 20 or more teeth and sociodemographic and economic variables, use of dental care, and self-perceived oral health in adults. The sample consisted of 1,612 individuals aged 35 to 44 years, representative of the State of São Paulo, Brazil. In addition to the dental examination, subjects answered a questionnaire. Analysis in this study was limited to dentate individuals, divided into two groups (1 to 19 versus 20 or more teeth). The chi-square test and logistic regression were used (p < 0.05). Most individuals (72.1%) had more than 20 teeth. Less schooling was heavily associated with tooth loss, as were female gender, older age, rural residence, 5 or more people in the same household, low income, seeking treatment in the public health system, and seeking care due to toothache. <![CDATA[<B>Changing in dietary intake by women in the Municipality of Rio de Janeiro, Brazil, from 1995 to 2005</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2009001100012&lng=en&nrm=iso&tlng=en Compara-se o consumo alimentar de mulheres de 35 anos e mais investigado em dois estudos transversais de base populacional desenvolvidos no Rio de Janeiro, Brasil, em 1995-1996 (n = 1.014) e 2004-2005 (n = 1.001). Utilizou-se questionário de freqüência do consumo de alimentos para estimar o consumo de alimentos e o índice de massa corporal (IMC = peso/estatura²) para avaliar o estado nutricional. A prevalência da obesidade (IMC 30kg/m²) aumentou no período de 10 anos (16,6% para 24%). O consumo de diversos alimentos com alta densidade energética sofreu incremento, como: biscoitos salgados, doces, bacon, lingüiça/salsicha e hambúrguer. Outros foram relatados com menor freqüência: manteiga/margarina, maionese, batata frita ou chips, e açúcar. Frutas, leite, feijão, raízes e tubérculos, e carnes tiveram redução do consumo. Mulheres com escolaridade elevada apresentaram maior redução no consumo de frutas e carnes. As mudanças na prevalência da obesidade parecem estar relacionadas com as modificações do consumo de alimentos e dependentes do grau de escolarização.<hr/>This article compares food intake by women 35 years or older in two population-based cross-sectional studies in Rio de Janeiro, Brazil, in 1995-1996 (n = 1,014) and 2004-2005 (n = 1,001). Food intake was assessed with a food-frequency questionnaire, and nutritional status was defined according to body mass index (BMI = weight/height²). Prevalence of obesity (BMI 30kg/m²) increased in the ten-year period (16.6% to 24%). Many high energy density (kcal/g) foods showed a statistically significant increase in the period, such as crackers, candies, bacon, sausage, and hamburger. Some high energy density items were reported less frequently: butter, mayonnaise, potato chips, and sugar. The intake of fruits, milk, beans, roots and potatoes, and meat decreased in the 10-year period. Women with more education showed a larger reduction in fruit and meat intake and a smaller reduction in fish, dairy product, and root and potato intake. Changes in prevalence of obesity were associated with numerous changes in food intake, depending on the level of schooling. <![CDATA[<B>Financial and economic sustainability of public spending on health care by local governments</B>: <B>an analysis of data from municipalities in Mato Grosso State, Brazil</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2009001100013&lng=en&nrm=iso&tlng=en O financiamento do SUS é regido pelo modelo de federalismo fiscal, pelas regras de partilha do Orçamento da Seguridade Social (OSS), por normas do Ministério da Saúde, e pela Emenda Constitucional nº. 29 (EC-29), que vincula à saúde recursos dos entes federados brasileiros. Discute-se aqui a sustentabilidade do gasto público com saúde no nível municipal. Foram estudados 21 municípios, utilizando-se dados dos balanços municipais. De 1996 a 2006 as receitas correntes gerais per capita subiram 280% acima da inflação acumulada e do Produto Interno Bruto (PIB) nacional, variando conforme o porte do município, o qual também definiu a composição dos orçamentos municipais. Já o orçamento que conforma a base da EC-29 elevou-se bem menos (178%), impondo limitações ao incremento da contrapartida municipal em saúde. Acredita-se que o observado nesses municípios se reproduza em milhares de municípios brasileiros e comprometa a capacidade de investimento municipal em saúde, principalmente a partir de 2008. A situação ainda pode se agravar tendo em vista a extinção da Contribuição Provisória sobre a Movimentação ou Transmissão de Valores e de Créditos e Direitos de Natureza Financeira (CPMF), a tramitação dos Projetos de Lei nº. 306/08 e nº. 233/08, e a recessão mundial, a partir da crise do sistema financeiro norte-americano.<hr/>Brazil's Unified National Health System is financed according to a model known as fiscal federalism, the fund-sharing rules of the Social Security Budget, Ministry of Health norms, and Constitutional Amendment 29 (EC-29), which links Federal, State, and municipal resources to health. This article discusses the sustainability of public spending on health at the municipal level. Twenty-one municipalities were studied, using municipal budget data. From 1996 to 2006, total current per capita revenues increased by 280% above the accumulated inflation and Gross Domestic Product, varying by size of municipality, which also defined the composition of the municipal budgets. Meanwhile, the budget comprising the basis for EC-29 increased less (178%), thus placing limits on the municipal share of health spending. The results observed in these municipalities are believed to reflect the reality in thousands of other Brazilian municipalities, thus jeopardizing the capacity for municipal investment in health, especially beginning in 2008. The situation may become even worse, considering the repeal of the so-called Bank Transaction Tax (CPMF), Bills of Law 306/08 and 233/08 (currently under review in the National Congress), and the world recession stemming from the U.S. financial crisis. <![CDATA[<B>Association between anthropometric nutritional status and socioeconomic conditions among adolescents in Niterói, Rio de Janeiro State, Brazil</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2009001100014&lng=en&nrm=iso&tlng=en Investigou-se a relação entre o estado nutricional e a situação sócio-econômica familiar de adolescentes moradores de Niterói, Rio de Janeiro, Brasil. Os dados de 523 adolescentes, pertencentes a uma amostra probabilística de 1.734 domicílios, foram coletados entre janeiro e dezembro de 2003 e representam os 71.922 jovens residentes em Niterói. As análises incluíram a estimação de intervalos de confiança de razões de prevalência e testes de distribuições proporcionais e de independência entre classes de estado nutricional e classes de renda familiar per capita e as faixas de número de moradores do domicílio. Foi encontrada uma associação positiva significativa entre baixo peso/magreza e o número de moradores do domicílio (sexo masculino: p < 0,05; sexo feminino: p < 0,001). O número de moradores do domicílio encontra-se diretamente associado ao baixo peso/magreza em adolescentes. Foi evidenciada uma tendência positiva de aumento na proporção de adolescentes com sobrepeso/obesidade segundo os quintos de renda familiar per capita.<hr/>This study focused on the relationship between nutritional and socioeconomic status among adolescents in Niterói, Rio de Janeiro State, Brazil. Data from 523 adolescents living in 1,734 households were collected from January to December 2003, from a total of 71,922 adolescents living in Niterói. Subjects were selected through a probabilistic household sample. The analyses included the estimation of confidence intervals for prevalence ratios and proportional distributions and independence tests between categories of nutritional status and per capita family income and number of residents per household. There was a significant positive association between underweight/thinness and number of residents in the same household (male: p < 0.05; female: p < 0.001). Number of residents in the same household was positively associated with prevalence of underweight/thinness in adolescents. Overweight/obesity was positively associated with per capita family income. <![CDATA[<B>Five-year survival and prognostic factors in a cohort of breast cancer patients treated in Juiz de Fora, Minas Gerais State, Brazil</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2009001100015&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste estudo foi analisar a sobrevida de cinco anos e os fatores prognósticos em mulheres com câncer invasivo da mama, submetidas à cirurgia e assistidas em Juiz de Fora, Minas Gerais, Brasil, com diagnóstico da doença entre 1998 e 2000. As variáveis analisadas foram: idade, cor, local de residência, variáveis relacionadas ao tumor e ao tratamento. Foram estimadas as funções de sobrevida pelo método de Kaplan-Meier, e o modelo de riscos proporcionais de Cox foi utilizado para avaliação prognóstica. A sobrevida estimada foi de 81,8%. Tamanho tumoral e comprometimento de linfonodos axilares foram os fatores prognósticos independentes mais importantes, com risco de óbito aumentado para mulheres com tamanho do tumor maior que 2,0cm (HR = 1,97; IC95%: 1,26-3,07) e com metástase para gânglios axilares (HR = 4,04; IC95%: 2,55-6,39). Tais achados enfatizam a importância do diagnóstico e tratamento precoces. O acesso às ações de rastreamento nos diversos níveis de assistência, especialmente para o grupo considerado como de maior risco, deve ser uma prioridade para os gestores de saúde no país.<hr/>The purpose of this study was to analyze five-year survival and the main prognostic factors among women with invasive breast cancer diagnosed from 1998 to 2000 that had undergone surgical treatment in the city of Juiz de Fora, Minas Gerais State, Brazil. Study variables were: age, skin color, place of residence, tumor-related variables, and treatment-related variables. Survival functions were calculated by the Kaplan-Meier method, and multivariate analysis was performed using the Cox proportional hazard model. Disease-specific survival was 81.8%. Tumor size and lymph node involvement were the main independent prognostic factors in the study population, with increased risk of death for women with tumor size greater than 2.0cm (HR = 1.97; 95%CI: 1.26-3.07) and positive axillary lymph nodes (HR = 4.04; 95%CI: 2.55-6.39). The results emphasize the need for earlier diagnosis and treatment. Access to screening at different levels of care, mainly for women at high risk, should be a key priority for the Unified National Health System in Brazil. <![CDATA[<B>Prevalence of physical abuse in childhood and exposure to parental violence in a Brazilian sample</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2009001100016&lng=en&nrm=iso&tlng=en O estudo objetivou avaliar a prevalência de abuso físico e exposição à violência parental na infância, segundo características sócio-demográficas. Um procedimento de amostragem de múltiplos estágios foi usado para selecionar 3.007 indivíduos de 14 anos de idade ou mais, entre 2005/2006, incluindo sujeitos de todas as regiões do país, assim, os resultados são nacionalmente representativos. Foram acessadas experiências de abuso físico (bater, bater com alguma coisa, queimar/escaldar, ameaçar/usar faca ou arma) e exposição à violência parental (testemunhou ameaça e/ou agressão física parental) na infância. Realizaram-se as análises através do teste qui-quadrado de Pearson. A prevalência de história de abuso físico na infância foi de 44,1%, sendo que 33,8% relataram história de abuso físico moderado e 10,3% abuso físico severo. A prevalência de exposição à violência parental foi de 26,1%, sendo que 7,5% testemunharam violência parental moderada e 18,6% testemunharam violência parental severa na infância. Análises combinadas entre estes dois tipos de violência demonstraram significativas associações entre elas. Estes resultados podem ajudar na implementação de estratégias de intervenção alertando profissionais de saúde para alta prevalência deste tipo de violência na população.<hr/>The aim of this study was to investigate the prevalence of physical abuse and exposure to parental violence during childhood, in relation to socio-demographic characteristics. Multi-stage sampling was used to select 3,007 individuals 14 years or older in 2005-2006, from all regions of the country. The study detected cases of physical abuse (beating, striking with objects, burning or scalding, threatening and/or using knives or firearms) and exposure to parental violence (witnessing parental threats and/or actual physical aggression) during childhood. Analyses were performed with the Pearson chi-square test. Prevalence of history of physical abuse in childhood was 44.1% (33.8% moderate, 10.3% severe). Prevalence of exposure to parental violence was 26.1% (7.5% witnessed moderate parental violence and 18.6% severe). Combined analyses of these two types of violence showed significant associations between them. The findings may help implement intervention strategies to call the attention of health professionals to the high prevalence of this type of violence. <![CDATA[<B>Women's representations and experiences with vaginal and cesarean delivery in public and private maternity hospitals</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2009001100017&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este estudo analisa as diferentes representações e experiências quanto ao parto vaginal e cesárea de mulheres de diferentes estratos sócio-econômicos, bem como a natureza das relações profissionais de saúde/usuárias no contexto institucional em que estão inseridas. A pesquisa de natureza qualitativa foi desenvolvida em três maternidades do Município do Rio de Janeiro, Brasil, sendo uma pública, uma conveniada com o SUS e uma particular, com mulheres que tiveram os dois tipos de parto. Os resultados revelam que o modelo de organização dos serviços público e privado apresentam variações que produzem diferentes tipos de assistência e de relação entre os profissionais de saúde e as usuárias, dando forma a experiências distintas entre as mulheres pesquisadas. Todavia, ao empreendermos uma crítica assentada nas relações de gênero, podemos verificar que o modelo de assistência ao parto permanece submetendo quem deve ser sujeito e reproduzindo o projeto da medicalização - mesmo que este processo se manifeste de formas diferenciadas entre os grupos estudados -, o que reduz o campo da assistência e inviabiliza um lugar de poder diferenciado das usuárias.<hr/>This study analyzes the different representations and experiences of women from different social classes, including issues related to their relations with hospital staff in different institutional settings. This qualitative study focused on women who had experienced both types of delivery, in three maternity hospitals in Rio de Janeiro, Brazil (one public, one fully private, and another private under an outsourcing agreement with the public health system). The study showed that variations in public and private service models result in different types of delivery care and different relations with staff, and are reflected in different birthing experiences for the women. However, a critical gender perspective shows that in both cases, the service models reproduce the medicalization of childbirth and women's submission as objects in the birthing process. Although this is manifested in different ways in the three groups, the end result is to reduce the range of care and the possibility of women's empowerment during childbirth. <![CDATA[<B>Influence of income on food expenditures away from home among Brazilian families, 2002-2003</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2009001100018&lng=en&nrm=iso&tlng=en Objetivou-se descrever e avaliar a influência da renda sobre a participação da alimentação fora do domicílio no Brasil. Utilizaram-se dados coletados pela Pesquisa de Orçamentos Familiares realizada em 2002/2003 (POF 2002/2003), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Analisaram-se os registros dos gastos com aquisições de alimentos e bebidas consumidos fora do domicílio. A associação entre a participação da alimentação fora do domicílio e a renda, ajustada para atributos sócio-demográficos, foi estudada por meio de modelos de regressão utilizados para estimação de coeficientes de elasticidade-renda. A alimentação fora do domicílio representou 21% do total dos gastos com alimentação; destaque-se que o incremento de 10% na renda aumentaria em 3% a participação da alimentação fora do domicílio. O efeito da renda sobre a participação da alimentação fora, ainda que sempre positivo, diminui conforme elevação da renda, sendo alto nos domicílios com renda inferior a R$68,70 per capita/mês. Há influência da renda nos gastos com alimentação fora do domicílio, assim a evolução favorável da renda resultará em aumento dessa forma de se alimentar.<hr/>This study describes and evaluates the influence of income on the percentage of food expenditures away from home for Brazilian families. Food acquisition data from the National Household Budget Survey conducted from 2002 to 2003 (POF 2002/2003) by the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE) or National Census Bureau was used in the analysis. Information on food-and-drink expenditures away from home was analyzed. The influence of income on the share of food purchased away from home in the household budget, adjusted for socio-demographic variables, was analyzed through elasticity coefficients estimated in multiple linear regression. Food purchased away from home accounted for 21% of total food expenditures by Brazilian households. A 10% increase in income increased the share of food purchased away from home by 3%. Income elasticity was high, especially for the lowest income families. The results demonstrate an important influence of income on food expenditures away from home, and higher income is associated with a greater share of food purchased away from home. <![CDATA[<B>Prevalence of asthma symptoms and risk factors among adolescents in Tubarão and Capivari de Baixo, Santa Catarina State, Brazil</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2009001100019&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste estudo foi medir a prevalência, a gravidade dos sintomas de asma e investigar fatores de risco associados entre a presença de chiado nos últimos 12 meses (asma atual) e fatores pessoais, geográficos e sócio-econômicos em adolescentes escolares de 13 e 14 anos matriculados em sétimas e oitavas séries dos municípios de Tubarão e Capivari de Baixo, Santa Catarina, Brasil. Este é um estudo transversal que utilizou o questionário ISAAC (International Study of Asthma and Allergies in Childhood), aplicado em 1.870 adolescentes de 42 escolas dos dois municípios, entre os meses de março a maio de 2005. A prevalência de asma atual foi de 11,8% e de asma "alguma vez na vida" foi 7,8%. A prevalência de despertar uma ou mais noites na semana foi de 2,1%; 8,1% tiveram 1-3 crises de chiado nos últimos 12 meses e 3,7% apresentaram limitação da fala. Na análise multivariada sexo feminino, história familiar, pai e mãe com asma, moradia alugada e fumante dentro de casa foram fatores de risco para asma atual. A prevalência de asma atual e a gravidade dos sintomas foram comparativamente menores em relação ao encontrado em outros estudos brasileiros.<hr/>This study aimed to measure the prevalence and severity of asthma symptoms and to investigate the association between asthma symptoms and personal, geographic, and socioeconomic variables in 13-14-year-old schoolchildren enrolled in the 7th and 8th grades in Tubarão and Capivari de Baixo, Santa Catarina State, Brazil. This was a cross-sectional study using the ISAAC (International Study of Asthma and Allergies in Childhood) written questionnaire, applied to 1,870 adolescents enrolled in 42 schools in the two cities, from March to May 2005. Prevalence of current asthma (defined as wheezing in the previous 12 months) was 11.8%, and there was a 7.8% lifetime prevalence of physician-diagnosed asthma. Prevalence of wheezing that interrupted sleep (one or more nights per week) was 2.1%; 8.1% had 1-3 wheezing attacks per year; and 3.7% had wheezing that disturbed their speech. According to multivariate analysis, female gender, family history, parental asthma, rental housing, and smoking inside the home were risk factors for current asthma. Prevalence and severity of current asthma were less than in other Brazilian studies. <![CDATA[<B>Quality and equity in prenatal care</B>: <B>a population- based study in Southern Brazil</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2009001100020&lng=en&nrm=iso&tlng=en Estudo de base populacional com objetivo de avaliar a cobertura da assistência pré-natal, de acordo com a renda familiar, em município do Sul do Brasil. As informações foram coletadas por questionário, com as mães nas primeiras 24 horas após o parto. Observa-se que a cobertura pré-natal, o inicio das consultas no primeiro trimestre, a realização de seis consultas ou mais, a execução do exame das mamas e do exame especular, a realização dos exames de laboratório da rotina pré-natal do Programa de Humanização no Pré-natal e Nascimento (PHPN) e a realização da ultra-sonografia, aumentam com a melhoria da renda familiar, sendo mais realizados nas gestantes do quartil de maior renda (p < 0,001). Apesar destes resultados, a prevalência de baixo peso ao nascer não apresentou diferença estatística significante entre os diferentes quartis. O serviço local de saúde mostrou-se pouco efetivo porque apenas 26,8% dos pré-natais foram classificados como adequados, segundo parâmetros do PHPN, e desigual porque as pacientes do menor quartil de renda tiveram o acompanhamento da sua gestação com qualidade inferior à das pacientes do quarto quartil.<hr/>This population-based study aimed to evaluate prenatal coverage according to family income in a municipality (county) in Southern Brazil. Data were collected using a questionnaire with mothers in the first 24 hours postpartum. Prenatal coverage, first prenatal consultation in the first trimester, six or more consultations, breast and colposcopic examination, routine prenatal laboratory tests according to the protocol of the Program for Humanization of Prenatal and Delivery Care (PHPN), and prenatal ultrasound increased proportionally with family income, and all were more frequent in women from the highest income quartile (p < 0.001). Despite these results, the prevalence of low birth weight did not show a statistically significant difference between the quartiles. The local health service appeared not to be very effective, since only 26.8% of the women were classified as having received adequate prenatal care according to the PHPN criteria, and care was unequal, since quality of care for women in the lowest income quartile was inferior to that of women in the highest quartile. <![CDATA[<B>Serological survey for arboviruses in Juruti, Pará State, Brazil</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2009001100021&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo foi avaliar a prevalência de anticorpos para arbovírus na área de influência do Projeto Juruti antes da exploração mineral local. Foram examinados 1.597 soros humanos e 85 de animais silvestres. A pesquisa de anticorpos foi realizada pelo teste de inibição da hemaglutinação contra antígenos dos arbovírus mais prevalentes na Amazônia brasileira e IgM-ELISA para dengue e febre amarela. Soros humanos inibidores da hemaglutinação positivos para Mayaro e Oropouche foram também testados por IgM-ELISA. Anticorpos inibidores da hemaglutinação para alfavírus, orthobunyavirus e/ou flavivírus foram detectados, sendo 28,7% reações monotípicas. Infecções recentes para Oropouche (n = 23), Mayaro (n = 5), e dengue (n = 20) foram confirmadas por IgM-ELISA. A prevalência de anticorpos inibidores da hemaglutinação em soros de animais silvestres foi de 8,2% para flavivírus. Os resultados obtidos mostram que houve circulação ativa dos vírus Mayaro, Oropouche e dengue no período do estudo em humanos em Juruti, Pará, Brasil, e de diversos arbovírus em animais silvestres, indicando presença desses vírus em áreas do Município de Juruti.<hr/>This study aimed to measure the prevalence of antibodies to arboviruses in the area affected by the Juruti Project before local mining operations. A total of 1,597 human and 85 wild animal sera were examined, using the hemagglutination inhibition test against 19 antigens from the most prevalent arboviruses in the Brazilian Amazon and IgM-ELISA for dengue and yellow fever. Positive sera for Mayaro and Oropouche viruses were also tested by IgM-ELISA. Prevalence of hemagglutination inhibition antibodies to alphaviruses, flaviviruses, and orthobunyaviruses in humans was 28.7%, while for wild animals it was 8.2% for flaviviruses. Recent infections based on presence of IgM was confirmed for Mayaro (n = 5), Oropouche (n = 23), and dengue (n = 20). The results showed active circulation of the dengue, Mayaro, and Oropouche viruses in Juruti, as well as flaviviruses in wild animals, suggesting the circulation of these viruses in the Municipality of Juruti. <![CDATA[<B>Recruitment of smokers in the Rio de Janeiro subway, Brazil, as a strategy to increase access to quitline services</B>: <B>the impact of novelty</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2009001100022&lng=en&nrm=iso&tlng=en Criatividade e inovação das estratégias de recrutamento de fumantes são fundamentais para aprimorar as ações de controle do tabagismo. Atualmente, no Brasil, por meio das imagens de advertência presentes nos maços de cigarros, há uma divulgação permanente e intensa de mensagens que provocam sentimentos de perda associados ao tabagismo, os quais são importantes para estimular o acesso a linhas telefônicas de apoio à cessação. Comparou-se a taxa de ligação para aconselhamento telefônico observada após introdução de nova estratégia de recrutamento reativo focada no tema "fumar é perder fôlego" e adaptada ao cenário do metrô do Rio de Janeiro, com as taxas verificadas para duas outras estratégias reativas existentes. Independentemente da faixa etária, houve maior resposta para a nova estratégia proposta. Apesar da grande sensibilização, no Brasil, quanto aos malefícios do tabaco, novos formatos de comunicação abordando temas de relevância pessoal podem aumentar a quantidade e diversidade da população de fumantes recrutada para serviços de aconselhamento telefônico de suporte à cessação.<hr/>Creative and innovative strategies to recruit smokers are essential for improving tobacco control activities. Currently in Brazil, through health warning messages on cigarette packs, there is a permanent and intense spread of messages that provoke feelings of loss associated with smoking, which is important to encourage access to smoking quitlines. The study analyzed the call rate for telephone counseling after introducing a new strategy for reactive recruitment focused on the theme "smoking causes shortness of breath", adapted to the subway setting in Rio de Janeiro, as compared to the rates for two existing reactive strategies. Regardless of age bracket, there was a higher response to the new proposed strategy. Despite the major awareness-raising in Brazil concerning the ills of tobacco, new communications formats approaching personally relevant themes can increase the number and range of smokers recruited for telephone counseling to support cessation. <![CDATA[<B>Dengue prevention</B>: <B>focus on proficiency</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2009001100023&lng=en&nrm=iso&tlng=en Criatividade e inovação das estratégias de recrutamento de fumantes são fundamentais para aprimorar as ações de controle do tabagismo. Atualmente, no Brasil, por meio das imagens de advertência presentes nos maços de cigarros, há uma divulgação permanente e intensa de mensagens que provocam sentimentos de perda associados ao tabagismo, os quais são importantes para estimular o acesso a linhas telefônicas de apoio à cessação. Comparou-se a taxa de ligação para aconselhamento telefônico observada após introdução de nova estratégia de recrutamento reativo focada no tema "fumar é perder fôlego" e adaptada ao cenário do metrô do Rio de Janeiro, com as taxas verificadas para duas outras estratégias reativas existentes. Independentemente da faixa etária, houve maior resposta para a nova estratégia proposta. Apesar da grande sensibilização, no Brasil, quanto aos malefícios do tabaco, novos formatos de comunicação abordando temas de relevância pessoal podem aumentar a quantidade e diversidade da população de fumantes recrutada para serviços de aconselhamento telefônico de suporte à cessação.<hr/>Creative and innovative strategies to recruit smokers are essential for improving tobacco control activities. Currently in Brazil, through health warning messages on cigarette packs, there is a permanent and intense spread of messages that provoke feelings of loss associated with smoking, which is important to encourage access to smoking quitlines. The study analyzed the call rate for telephone counseling after introducing a new strategy for reactive recruitment focused on the theme "smoking causes shortness of breath", adapted to the subway setting in Rio de Janeiro, as compared to the rates for two existing reactive strategies. Regardless of age bracket, there was a higher response to the new proposed strategy. Despite the major awareness-raising in Brazil concerning the ills of tobacco, new communications formats approaching personally relevant themes can increase the number and range of smokers recruited for telephone counseling to support cessation. <![CDATA[<B>Rumo ao interior</B>: <B>médicos, saúde da família e mercado de trabalho</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2009001100024&lng=en&nrm=iso&tlng=en Criatividade e inovação das estratégias de recrutamento de fumantes são fundamentais para aprimorar as ações de controle do tabagismo. Atualmente, no Brasil, por meio das imagens de advertência presentes nos maços de cigarros, há uma divulgação permanente e intensa de mensagens que provocam sentimentos de perda associados ao tabagismo, os quais são importantes para estimular o acesso a linhas telefônicas de apoio à cessação. Comparou-se a taxa de ligação para aconselhamento telefônico observada após introdução de nova estratégia de recrutamento reativo focada no tema "fumar é perder fôlego" e adaptada ao cenário do metrô do Rio de Janeiro, com as taxas verificadas para duas outras estratégias reativas existentes. Independentemente da faixa etária, houve maior resposta para a nova estratégia proposta. Apesar da grande sensibilização, no Brasil, quanto aos malefícios do tabaco, novos formatos de comunicação abordando temas de relevância pessoal podem aumentar a quantidade e diversidade da população de fumantes recrutada para serviços de aconselhamento telefônico de suporte à cessação.<hr/>Creative and innovative strategies to recruit smokers are essential for improving tobacco control activities. Currently in Brazil, through health warning messages on cigarette packs, there is a permanent and intense spread of messages that provoke feelings of loss associated with smoking, which is important to encourage access to smoking quitlines. The study analyzed the call rate for telephone counseling after introducing a new strategy for reactive recruitment focused on the theme "smoking causes shortness of breath", adapted to the subway setting in Rio de Janeiro, as compared to the rates for two existing reactive strategies. Regardless of age bracket, there was a higher response to the new proposed strategy. Despite the major awareness-raising in Brazil concerning the ills of tobacco, new communications formats approaching personally relevant themes can increase the number and range of smokers recruited for telephone counseling to support cessation. <![CDATA[<B>La atención primaria de salud</B>: <B>más necessaria que nunca. Informe sobre la salud en el mundo</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2009001100025&lng=en&nrm=iso&tlng=en Criatividade e inovação das estratégias de recrutamento de fumantes são fundamentais para aprimorar as ações de controle do tabagismo. Atualmente, no Brasil, por meio das imagens de advertência presentes nos maços de cigarros, há uma divulgação permanente e intensa de mensagens que provocam sentimentos de perda associados ao tabagismo, os quais são importantes para estimular o acesso a linhas telefônicas de apoio à cessação. Comparou-se a taxa de ligação para aconselhamento telefônico observada após introdução de nova estratégia de recrutamento reativo focada no tema "fumar é perder fôlego" e adaptada ao cenário do metrô do Rio de Janeiro, com as taxas verificadas para duas outras estratégias reativas existentes. Independentemente da faixa etária, houve maior resposta para a nova estratégia proposta. Apesar da grande sensibilização, no Brasil, quanto aos malefícios do tabaco, novos formatos de comunicação abordando temas de relevância pessoal podem aumentar a quantidade e diversidade da população de fumantes recrutada para serviços de aconselhamento telefônico de suporte à cessação.<hr/>Creative and innovative strategies to recruit smokers are essential for improving tobacco control activities. Currently in Brazil, through health warning messages on cigarette packs, there is a permanent and intense spread of messages that provoke feelings of loss associated with smoking, which is important to encourage access to smoking quitlines. The study analyzed the call rate for telephone counseling after introducing a new strategy for reactive recruitment focused on the theme "smoking causes shortness of breath", adapted to the subway setting in Rio de Janeiro, as compared to the rates for two existing reactive strategies. Regardless of age bracket, there was a higher response to the new proposed strategy. Despite the major awareness-raising in Brazil concerning the ills of tobacco, new communications formats approaching personally relevant themes can increase the number and range of smokers recruited for telephone counseling to support cessation. <![CDATA[<B>Participação e saúde no Brasil</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2009001100026&lng=en&nrm=iso&tlng=en Criatividade e inovação das estratégias de recrutamento de fumantes são fundamentais para aprimorar as ações de controle do tabagismo. Atualmente, no Brasil, por meio das imagens de advertência presentes nos maços de cigarros, há uma divulgação permanente e intensa de mensagens que provocam sentimentos de perda associados ao tabagismo, os quais são importantes para estimular o acesso a linhas telefônicas de apoio à cessação. Comparou-se a taxa de ligação para aconselhamento telefônico observada após introdução de nova estratégia de recrutamento reativo focada no tema "fumar é perder fôlego" e adaptada ao cenário do metrô do Rio de Janeiro, com as taxas verificadas para duas outras estratégias reativas existentes. Independentemente da faixa etária, houve maior resposta para a nova estratégia proposta. Apesar da grande sensibilização, no Brasil, quanto aos malefícios do tabaco, novos formatos de comunicação abordando temas de relevância pessoal podem aumentar a quantidade e diversidade da população de fumantes recrutada para serviços de aconselhamento telefônico de suporte à cessação.<hr/>Creative and innovative strategies to recruit smokers are essential for improving tobacco control activities. Currently in Brazil, through health warning messages on cigarette packs, there is a permanent and intense spread of messages that provoke feelings of loss associated with smoking, which is important to encourage access to smoking quitlines. The study analyzed the call rate for telephone counseling after introducing a new strategy for reactive recruitment focused on the theme "smoking causes shortness of breath", adapted to the subway setting in Rio de Janeiro, as compared to the rates for two existing reactive strategies. Regardless of age bracket, there was a higher response to the new proposed strategy. Despite the major awareness-raising in Brazil concerning the ills of tobacco, new communications formats approaching personally relevant themes can increase the number and range of smokers recruited for telephone counseling to support cessation.