Scielo RSS <![CDATA[Ciência & Saúde Coletiva]]> http://www.scielosp.org/rss.php?pid=1413-812320160009&lang=es vol. 21 num. 9 lang. es <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielosp.org/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielosp.org <![CDATA[The <em>Mais Médicos</em> (More Doctors) Program: assessments and prospects]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902652&lng=es&nrm=iso&tlng=es <![CDATA[Primary care in Brazil, and the <em>Mais Médicos</em> (More Doctors) Program in the Unified Health System: achievements and limits]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902655&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo Análise histórica das políticas de Atenção Primária no Brasil, com ênfase na Estratégia Saúde da Família (ESF) e no Programa Mais Médicos (PMM). Realizaram-se estudos de documentos e dados secundários oficiais, bem como de produção bibliográfica sobre esse tema. Constatou-se que houve consolidação da Atenção Primária como alternativa para o cuidado em saúde para grande parte da população do Brasil. Observaram-se, contudo, entraves estruturais que têm comprometido a efetividade e a sustentabilidade dessa política. Identificou-se que estes obstáculos decorrem, principalmente, do financiamento insuficiente e de modalidades de planejamento e de gestão ineficientes. O Programa Mais Médicos ampliou a cobertura assistencial e tornou mais equitativa a distribuição de médicos na Atenção Básica, não conseguindo, entretanto, resolver problemas estruturais do sistema público.<hr/>Abstract An historical analysis of Brazil's policies in Primary Healthcare, with emphasis on the Family Health Strategy (FHS), and the Mais Médicos Program (PMM). Studies were made of documents and secondary official data, and the bibliography that has been produced on this theme. It was found that primary healthcare has been established and successfully consolidated as an option in healthcare for a great part of the population of Brazil. There have, however, been structural hurdles, which have tended to compromise the effectiveness and sustainability of this policy. It was identified that these obstacles arise principally from insufficient financing and from inefficient modes of planning and management. The Mais Médicos Program has widened care coverage and made the distribution of primary healthcare doctors more equitable, although it has not resolved the structural problems of the public system. <![CDATA[Beyond the <em>Mais Médicos</em> (More Doctors) Program]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902664&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo Análise histórica das políticas de Atenção Primária no Brasil, com ênfase na Estratégia Saúde da Família (ESF) e no Programa Mais Médicos (PMM). Realizaram-se estudos de documentos e dados secundários oficiais, bem como de produção bibliográfica sobre esse tema. Constatou-se que houve consolidação da Atenção Primária como alternativa para o cuidado em saúde para grande parte da população do Brasil. Observaram-se, contudo, entraves estruturais que têm comprometido a efetividade e a sustentabilidade dessa política. Identificou-se que estes obstáculos decorrem, principalmente, do financiamento insuficiente e de modalidades de planejamento e de gestão ineficientes. O Programa Mais Médicos ampliou a cobertura assistencial e tornou mais equitativa a distribuição de médicos na Atenção Básica, não conseguindo, entretanto, resolver problemas estruturais do sistema público.<hr/>Abstract An historical analysis of Brazil's policies in Primary Healthcare, with emphasis on the Family Health Strategy (FHS), and the Mais Médicos Program (PMM). Studies were made of documents and secondary official data, and the bibliography that has been produced on this theme. It was found that primary healthcare has been established and successfully consolidated as an option in healthcare for a great part of the population of Brazil. There have, however, been structural hurdles, which have tended to compromise the effectiveness and sustainability of this policy. It was identified that these obstacles arise principally from insufficient financing and from inefficient modes of planning and management. The Mais Médicos Program has widened care coverage and made the distribution of primary healthcare doctors more equitable, although it has not resolved the structural problems of the public system. <![CDATA[Family and Community Medicine: now more than ever!]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902667&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo Análise histórica das políticas de Atenção Primária no Brasil, com ênfase na Estratégia Saúde da Família (ESF) e no Programa Mais Médicos (PMM). Realizaram-se estudos de documentos e dados secundários oficiais, bem como de produção bibliográfica sobre esse tema. Constatou-se que houve consolidação da Atenção Primária como alternativa para o cuidado em saúde para grande parte da população do Brasil. Observaram-se, contudo, entraves estruturais que têm comprometido a efetividade e a sustentabilidade dessa política. Identificou-se que estes obstáculos decorrem, principalmente, do financiamento insuficiente e de modalidades de planejamento e de gestão ineficientes. O Programa Mais Médicos ampliou a cobertura assistencial e tornou mais equitativa a distribuição de médicos na Atenção Básica, não conseguindo, entretanto, resolver problemas estruturais do sistema público.<hr/>Abstract An historical analysis of Brazil's policies in Primary Healthcare, with emphasis on the Family Health Strategy (FHS), and the Mais Médicos Program (PMM). Studies were made of documents and secondary official data, and the bibliography that has been produced on this theme. It was found that primary healthcare has been established and successfully consolidated as an option in healthcare for a great part of the population of Brazil. There have, however, been structural hurdles, which have tended to compromise the effectiveness and sustainability of this policy. It was identified that these obstacles arise principally from insufficient financing and from inefficient modes of planning and management. The Mais Médicos Program has widened care coverage and made the distribution of primary healthcare doctors more equitable, although it has not resolved the structural problems of the public system. <![CDATA[Some risks connected with medical training in the <em>Mais Médicos</em> (More Doctors) Program]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902670&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo Análise histórica das políticas de Atenção Primária no Brasil, com ênfase na Estratégia Saúde da Família (ESF) e no Programa Mais Médicos (PMM). Realizaram-se estudos de documentos e dados secundários oficiais, bem como de produção bibliográfica sobre esse tema. Constatou-se que houve consolidação da Atenção Primária como alternativa para o cuidado em saúde para grande parte da população do Brasil. Observaram-se, contudo, entraves estruturais que têm comprometido a efetividade e a sustentabilidade dessa política. Identificou-se que estes obstáculos decorrem, principalmente, do financiamento insuficiente e de modalidades de planejamento e de gestão ineficientes. O Programa Mais Médicos ampliou a cobertura assistencial e tornou mais equitativa a distribuição de médicos na Atenção Básica, não conseguindo, entretanto, resolver problemas estruturais do sistema público.<hr/>Abstract An historical analysis of Brazil's policies in Primary Healthcare, with emphasis on the Family Health Strategy (FHS), and the Mais Médicos Program (PMM). Studies were made of documents and secondary official data, and the bibliography that has been produced on this theme. It was found that primary healthcare has been established and successfully consolidated as an option in healthcare for a great part of the population of Brazil. There have, however, been structural hurdles, which have tended to compromise the effectiveness and sustainability of this policy. It was identified that these obstacles arise principally from insufficient financing and from inefficient modes of planning and management. The Mais Médicos Program has widened care coverage and made the distribution of primary healthcare doctors more equitable, although it has not resolved the structural problems of the public system. <![CDATA[Where now for the <em>Mais Médicos</em> (More Doctors) Program?]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902672&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo Análise histórica das políticas de Atenção Primária no Brasil, com ênfase na Estratégia Saúde da Família (ESF) e no Programa Mais Médicos (PMM). Realizaram-se estudos de documentos e dados secundários oficiais, bem como de produção bibliográfica sobre esse tema. Constatou-se que houve consolidação da Atenção Primária como alternativa para o cuidado em saúde para grande parte da população do Brasil. Observaram-se, contudo, entraves estruturais que têm comprometido a efetividade e a sustentabilidade dessa política. Identificou-se que estes obstáculos decorrem, principalmente, do financiamento insuficiente e de modalidades de planejamento e de gestão ineficientes. O Programa Mais Médicos ampliou a cobertura assistencial e tornou mais equitativa a distribuição de médicos na Atenção Básica, não conseguindo, entretanto, resolver problemas estruturais do sistema público.<hr/>Abstract An historical analysis of Brazil's policies in Primary Healthcare, with emphasis on the Family Health Strategy (FHS), and the Mais Médicos Program (PMM). Studies were made of documents and secondary official data, and the bibliography that has been produced on this theme. It was found that primary healthcare has been established and successfully consolidated as an option in healthcare for a great part of the population of Brazil. There have, however, been structural hurdles, which have tended to compromise the effectiveness and sustainability of this policy. It was identified that these obstacles arise principally from insufficient financing and from inefficient modes of planning and management. The Mais Médicos Program has widened care coverage and made the distribution of primary healthcare doctors more equitable, although it has not resolved the structural problems of the public system. <![CDATA[Impact of the <em>Mais Médicos</em> (More Doctors) Program in reducing physician shortage in Brazilian Primary Healthcare]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902675&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo O Programa Mais Médicos (PMM) foi implantado no Brasil com o objetivo de reduzir as desigualdades no acesso à Atenção Primária à Saúde (APS). Baseado em diversas evidências que apontavam para um cenário de profunda escassez de médicos no país, um dos seus eixos de ação foi a provisão emergencial desses profissionais em áreas vulneráveis, denominado de Projeto Mais Médicos para o Brasil. O artigo analisa o impacto do PMM na redução da escassez de médicos nos municípios brasileiros. Para tanto, lança mão do Índice de Escassez de Médicos em APS, o qual a identifica e a mensura nos períodos março de 2013 e setembro de 2015, antes e depois da implantação do programa. Os resultados mostram que ocorreu um substantivo aumento na oferta de médicos em APS no período, o que contribuiu para reduzir o número de municípios com escassez desses profissionais de 1.200 para 777. Este impacto também contribuiu para reduzir as desigualdades entre os municípios, mas as iniquidades distributivas permaneceram. Foi verificado ainda que ocorreu uma redução na oferta regular de médicos pelos municípios, sugerindo uma substituição da mesma pela do programa. Assim, permaneceu um quadro de insegurança assistencial em função da dependência dos municípios em relação ao provimento federal.<hr/>Abstract The Mais Médicos (More Doctors) Program (PMM) was put in place in Brazil aiming to reduce inequalities in access to Primary Healthcare. Based on diverse evidence that pointed to a scenario of profound shortage of doctors in the country, one of its central thrusts was emergency provision of these professionals in vulnerable areas, referred to as the Mais Médicos para o Brasil (More Doctors for Brazil) Project. The article analyses the impact of the PMM in reducing shortage of physicians in Brazilian municipalities. To do this, it uses the Primary Healthcare Physicians Shortage Index, which identifies and measures the shortage in the periods of March 2003 and September 2015, before and after implementation of the program. The results show that there was a substantial increase in the supply of physicians in primary healthcare in the period, which helped reduce the number of municipalities with shortage from 1,200 to 777. This impact also helped reduce inequalities between municipalities, but the inequities in distribution persisted. It was also found that there was a reduction in the regular supply of doctors made by municipalities, suggesting that these were being simply substituted by the supply coming from the program. Thus, an overall situation of insecurity in care persists, reflecting the dependence of municipalities on the physician supply from the federal government. <![CDATA[Primary Health Care in Brazil and the <em>Mais Médicos</em> (More Doctors) Program: an analysis of production indicators]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902685&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo O presente estudo analisa a produção de consultas e encaminhamentos médicos e das equipes da estratégia saúde da família realizados na atenção básica no Brasil, com o enfoque no Programa Mais Médicos (PMM). Estudo seccional sobre a produção de trabalho do médico e das equipes que pertencem ou não ao PMM em 2014 a partir de dados secundários do SIAB e ESUS. Foram construídos indicadores absolutos, como total de consultas médicas mensais, encaminhamentos médicos e atendimentos a grupos de educação em saúde, e indicadores relativos, como taxas e produtividade semanal de consultas médicas, segundo o perfil de municípios brasileiros. A mediana do total de consultas médicas no Brasil produzidas no Brasil foi de 285 por mês, o que corresponde a uma média de 14,4 consultas/dia. Nos municípios mais pobres, a produção e a produtividade de consultas pelos médicos do PMM foi mais elevada. O volume de atividades educativas e procedimentos da equipe com Mais Médicos foi maior nas capitais brasileiras. O PMM expandiu o acesso aos serviços de saúde nas regiões com maior vulnerabilidade social, contribuindo para a consolidação da atenção básica em todo o território brasileiro.<hr/>Abstract This study analyzes the number of medical appointments and referrals performed in primary health care in Brazil focusing on the Mais Médicos Program (More Doctors Program). It is a cross-sectional study on the work of physicians included, or not, to the Mais Médicos Program in 2014. Based on validation protocols, a unified database was created from two health information system databases – SIAB and ESUS. Absolute indicators were defined: the total of medical appointments per month; medical referrals and community health education activities. In addition, other indicators were considered, such as weekly rates and productivity of appointments, in line with the profile of Brazilian municipalities. The mean of all appointments was 285 per month corresponding to an average of 14.4 appointments/day. In the poorest municipalities, the figures for the Mais Médicos Program physicians were higher than national rates. The educational activities provided by primary care teams that included a Mais Médicos Program professional were higher in Brazilian capital cities. The Mais Médicos Program achieved one of its main goals, which was to increase health access for vulnerable populations and to contribute towards the consolidation of primary health care in Brazil. <![CDATA[Emergency supply of doctors by the <em>Mais Médicos</em> (More Doctors) Program and the quality of the structure of primary health care facilities]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902697&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo No contexto das políticas de saúde no Brasil, observa-se um conjunto de ações para qualificação da atenção primária à saúde (APS), entre as quais os Programas Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade (PMAQ-AB), Mais Médicos (PMM) e Requalificação das UBS (Requalifica UBS). O artigo analisa a inserção de médicos do PMM segundo qualidade da estrutura das UBS, buscando reconhecer sinergias entre os três programas. Trata-se de estudo transversal com base em dados secundários do PMAQ-AB ciclos 1 e 2, do PMM e do Requalifica UBS. As UBS recenseadas no PMAQ-AB Ciclo 1 foram classificadas, segundo tipologia previamente elaborada, em cinco grupos hierarquizados de A (melhores) a E (reprovadas). Em seguida foram cotejadas com a alocação de profissionais do PMM e propostas Requalifica. Os resultados sinalizam convergências de investimentos dos três programas. Observa-se predomínio de incentivos nas UBS tipos B e C, indicando concentração de esforços em UBS com potencialidade de melhora da qualidade de sua estrutura. Além da ampliação do acesso, o componente provisão emergencial de médicos do PMM, somado à melhoria da infraestrutura e qualificação do processo de trabalho conflui para enfrentar a rotatividade e garantir a permanência de médicos na APS.<hr/>Abstract The health policy context in Brazil has featured a series of measures to improve primary health care (PHC), including a national access and quality improvement program (Programa Nacional de Melhoria do Acesso e Qualidade, PMAQ-AB) and the Mais Médicos Program (More Doctors, PMM) and upgrading PHC centers (‘Requalifica UBS’). The paper examines the PMM's placement of doctors, by quality of PHC structure, in an endeavor to identify synergies among the three programs. It reports on a transverse study based on secondary data from PMAQ-AB Cycles 1 and 2, the PMM and ‘Requalifica UBS’. The PHC facilities inventoried during PMAQ-AB Cycle 1 were classified, on pre-established typology, into five groups ranked from A (best) to E (failed). They were then compared in terms of PMM personnel allocated and Requalifica UBS proposals. The results point to convergences in investments by the three programs. Incentives targeted predominantly PHC facilities of types B and C, indicating a concentration of efforts on PHC facilities with potential for structural quality improvements. In addition to expanding access, the provision of doctors by the PMM, added to infrastructure upgrades and work process improvements, contributes to addressing high turnover and guaranteeing retention of doctors in PHC. <![CDATA[The <em>Mais Médicos</em> (More Doctors) Program, the infrastructure of Primary Health Units and the Municipal Human Development Index]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902709&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo O presente trabalho tem como objeto central o estudo do contexto em que atuam os profissionais do Programa Mais Médicos. Para isto, a pesquisa utiliza a escala de infraestrutura das UBSs, desenvolvida recentemente por Soares Neto e colegas para aprofundar o conhecimento das relações entre a infraestrutura das UBSs e o IDHM dos municípios que receberam médicos do PMM. Utilizando estatísticas exploratórias e inferenciais, o artigo mostra que das UBSs que receberam médicos do PMM, 65,2% têm infraestrutura de média qualidade e apenas 5,8% delas têm infraestrutura de baixa qualidade. A correlação de 0,50 entre o indicador de infraestrutura e o IDHM aponta para uma tendência moderada de que municípios com baixos IDHMs tenham UBSs mais precárias. Por meio de uma análise de regressão linear múltipla, pode-se inferir que o fator que mais contribui para o aumento do indicador de infraestrutura das UBSs é a renda média municipal. Por outro lado, o fator que afeta negativamente a infraestrutura das UBSs é estar localizada na região Norte ou Nordeste.<hr/>Abstract The main objective of this article was to examine the context in which professionals working within the Mais Médicos (More Doctors) Program operate. This study used the infrastructure scale of primary health units (PHUs), which was recently developed by Soares Neto and colleagues to provide more information regarding the relationship between the infrastructure of PHUs and the Municipal Human Development Index (MHDI) of municipalities that received Mais Médicos Program doctors. Using exploratory and inferential statistics, the article shows that 65.2% of the PHUs that received Mais Médicos Program doctors had medium-quality infrastructure and only 5.8% of them had low-quality infrastructure. The correlation of 0.50 between the infrastructure indicator and the MHDI points to a moderate tendency for municipalities with low MHDIs to have more precarious PHUs. Using multiple linear regression analysis it can be inferred that the main factor that contributed to the increase in the infrastructure indicator of the PHUs was the average municipal income. On the other hand, the factor that negatively affected the infrastructure of the PHUs was being located in the north or northeast regions. <![CDATA[The <em>Mais Médicos</em> (More Doctors) Program: the placement of physicians in priority municipalities in Brazil from 2013 to 2014]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902719&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo O provimento e a distribuição inadequada de profissionais de saúde são problemas que ocorrem em diversos países. O Programa Mais Médicos tem como objetivos a diminuição da carência de médicos e a redução das desigualdades regionais em saúde. Apresenta-se estudo descritivo sobre a alocação de médicos entre 2013 e 2014, empregando o banco de dados do Ministério da Saúde. Houve o provimento de 14.168 médicos nos 3.785 municípios que aderiram: 2.377 atendiam aos critérios de prioridade e/ou vulnerabilidade e receberam 77,7% dos médicos; 1.408 municípios, que receberam 22,3% dos médicos, não correspondiam às prioridades estabelecidas. Apresentam-se evidências da redução da carência de médicos, sobretudo nas regiões Norte e Nordeste. Nestas áreas residem cerca de 36% da população brasileira e houve a alocação 46,3% dos médicos. Contudo, questiona-se a introdução de um perfil de elegibilidade que possibilitou alocar 3.166 médicos em 1.408 municípios não prioritários. Conclui-se que este fato pode ter comprometido a capacidade de o Programa Mais Médicos atingir plenamente seus objetivos como política pública que visa à redução das desigualdades regionais no acesso à atenção básica em saúde. Outros estudos serão necessários para avaliar o impacto gerado pela implementação do Programa Mais Médicos.<hr/>Abstract The inadequate placement and distribution of health professionals are problems that occur in various countries. The scope of the “Programa Mais Médicos” (More Doctors Program) was to reduce the shortfall of physicians and diminish regional inequalities in health. A descriptive study on the placement of physicians between 2013 and 2014 using the Ministry of Health database is presented. There was an allocation of 14,168 physicians to the 3,785 municipalities that signed up to the program: 2,377 met the priority and/or vulnerability criteria and received 77.7% of the physicians; 1,408 received 22.3% of the physicians, but did not meet the established priorities. This study reveals the reduction in the lack of physicians, mainly in the North and Northeast. These regions account for 36% of the Brazilian population and 46.3% of the physicians were allocated there. However, the introduction of an eligibility profile, which allocated 3,166 physicians in 1,408 non-priority municipalities is questionable. The conclusion drawn is that this may have hindered the ability of the Mais Médicos Program to fully achieve its objectives as a public policy aimed at reducing regional inequalities of access to primary healthcare. Further studies are necessary to evaluate the impact of the Mais Médicos Program. <![CDATA[The implementation of the <em>Mais Médicos</em> (More Doctors) Program and comprehensiveness of care in the Family Health Strategy]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902729&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo O Programa Mais Médicos (PMM) é uma estratégia do governo do Brasil que visa à ampliação do acesso a profissionais médicos e, consequentemente, melhorias na qualidade dos serviços de Atenção Primária à Saúde. Objetivou-se analisar a percepção dos outros membros das equipes de saúde da família acerca da integralidade nas práticas a partir da incorporação do médico do Programa. Estudo em 32 municípios pobres nas cinco regiões do Brasil, nos quais foram entrevistados 78 profissionais de saúde, não médicos, das equipes que receberam médicos do PMM. As entrevistas foram submetidas à análise de conteúdo auxiliada pelo software Atlas.ti. Os principais achados revelaram o aumento do acesso e da acessibilidade ao serviço de saúde da Estratégia Saúde da Família; acolhimento humanizado e vínculo: compreensão, parceria, amizade e respeito; o resgate da clínica: tempo dedicado, escuta atenta, exame físico minucioso; o desejo e a disponibilidade para resolver problemas; a continuidade dos cuidados; a garantia de visitas domiciliares e as equipes multiprofissionais articuladas em redes. Conclui-se que o Programa Mais Médicos contribuiu na presença de traços de integralidade nas práticas de saúde, impactando positivamente na melhoria da Atenção Básica à Saúde.<hr/>Abstract The Mais Médicos (More Doctors) Program is a Brazilian government program that aims to expand access to medical care and thus improve the quality of primary healthcare delivery. This study aims to analyze the perceptions of nondoctor members of the Family Health Strategy teams regarding comprehensiveness of care after the inclusion of doctors from the program. The study encompassed 32 poor municipalities in Brazil's five geographical regions. A total of 78 health workers were interviewed. The interviews were transcribed and analyzed using content analysis and the software Atlas.ti Version 1.0.36. The study found that the program led to: an increase in access to and accessibility of services provided under the Family Health Strategy; humanized care and the establishment of bonds - understanding, partnership, friendship and respect; going back to clinical approaches - dedicated time, listening attentively, and detailed physical examination; the desire and willingness to resolve problems; continuity of care; guarenteeing home visits; and coordination of multidisciplinary teams in networks. It was concluded that the Mais Médicos Program contributed to the enhancement of comprehensiveness, thus leading to improvements in primary health care delivery. <![CDATA[Assessment of the scope of practice of physicians participating in the <em>Mais Médicos</em> (More Doctors) Program, and associated factors]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902739&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo O objetivo deste estudo foi caracterizar o escopo de prática de médicos inseridos na Atenção Primária em Saúde (APS), participantes do Programa Mais Médicos (PMM) e investigar os fatores associados à execução de maior número de atividades clínicas. Trata-se de um estudo exploratório transversal realizado entre janeiro e março de 2016, por meio de questionário autoaplicável, contendo uma lista de 49 procedimentos, atividades e ações realizadas na APS. Participaram do estudo 1.241 médicos, a maioria do sexo feminino, entre 40-49 anos de idade, de nacionalidade cubana. Os médicos realizaram uma média de 22,8 ± 8,2 procedimentos, porém, relataram saber fazer um número maior. Fatores associados à realização de maior número de procedimentos foram sexo masculino, menor tempo de graduação, dois anos ou menos de atuação na UBS, atuar na região geográfica Norte ou Sul, em municípios de pequeno porte e mais distantes da sede da região de saúde. O principal motivo para não realizar os procedimentos e atividades que relataram saber fazer foi a falta de materiais e a infraestrutura inadequada. Os resultados revelam que o escopo de prática dos médicos do PMM está abaixo de suas capacidades, sendo necessárias intervenções para o ampliar.<hr/>Abstract The purpose of this study was to characterize the scope of practice of physicians working in primary healthcare participating in the Mais Médicos (More Doctors) Program (‘PMM') and investigate the factors associated with execution of a larger number of clinical activities. It is an exploratory study carried over January to March 2016, through a self-applied questionnaire containing a list of 49 procedures, activities and actions carried out in primary healthcare. A total of 1,241 physicians took part in the study, most of them female, between age 40 and 49, and of Cuban nationality. The physicians carried out an average of 22.8 ± 8.2 procedures; they reported knowing how to carry out a larger number of procedures. Factors associated with executing a larger number of procedures were: being male, having graduated more recently, two years or less practicing in their primary healthcare unit, practicing in the North or South geographical regions, in small towns and more distant from the regional health headquarters. The main reason for not carrying out the procedures and activities that they reported knowing how to do was the lack of materials and inadequate infrastructure. The results show that the scope of practice of the physicians of the PMM is lower than their capacities, and that interventions with the intention of widening their scope are necessary. <![CDATA[Evaluation of user satisfaction and service responsiveness in municipalities enrolled in the <em>Mais Médicos</em> (More Doctors) Program]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902749&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo A finalidade do Programa Mais Médicos é diminuir a carência de médicos e reduzir as desigualdades regionais no acesso à atenção à saúde. O estudo objetivou avaliar a satisfação dos usuários com os médicos do Programa e a responsividade destes serviços de saúde. Estudo transversal descritivo realizado em 32 municípios com 20% ou mais de extrema pobreza com 263 usuários dos serviços de saúde. Aplicou-se um questionário estruturado com perguntas abertas e fechadas. Os usuários expressaram satisfação quanto ao atendimento médico, às informações recebidas sobre a doença e o tratamento, e a clareza e a compreensão das indicações. O bom desempenho técnico e humanizado dos médicos contribuiu para a satisfação dos usuários que ressaltaram a importância da continuidade do programa. Na dimensão responsividade, a maioria dos usuários externou contentamento quanto aos aspectos não médicos do cuidado: rapidez no agendamento, tempo de espera inferior a uma hora e privacidade. As sugestões dos usuários de melhorias na infraestrutura, maior disponibilidade de medicamentos e presença de mais médicos, devem ser consideradas pelos gestores do Sistema Único de Saúde para avançar na garantia do direito constitucional de acesso à saúde no Brasil.<hr/>Abstract The Mais Médicos (More Doctors) Program (PMM) addresses shortages of doctors, one of whose objectives is to reduce regional inequalities in access to health care. This descriptive cross-sectional study evaluated service responsiveness and user satisfaction with PMM doctors among 263 users of the public health system in 32 municipalities with 20% or more of extreme poverty. Questionnaires of open and closed questions were used. Users were satisfied with patient-doctor relationships, information about diseases and treatment and the clarity and comprehensibility of medical indications. The doctors' technical and humanised conduct helped ensure satisfaction among users, who stressed the importance of the programme's continuance. As regards responsiveness, most users were pleased with the non-medical aspects of care: prompt scheduling of appointments, waiting times of less than one hour and privacy. Users suggested improving infrastructure and making more medicines and more doctors available, which should be considered by SUS managers to help ensure access to the right to health guaranteed in Brazil's constitution. <![CDATA[Analysis of the <em>Mais Médicos</em> (More Doctors) Program in terms of its institutional arrangements: sector cooperation, federative relations, social participations and territoriality]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902761&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo O artigo analisa o Programa Mais Médicos, adotando como referencial o conceito de arranjo institucional, compreendido como as regras, organizações e processos que definem o desenho específico de uma determinada política pública, estabelecendo a articulação entre os seus atores e interesses. A adoção desse conceito permite compreender a dinâmica dos atores participantes desse arranjo e como se articulam a governança, a construção da decisão e a governabilidade dos atores, bem como o reflexo de todos esses fatores no desempenho da política pública. O aprofundamento da análise baseou-se em quatro categorias, consideradas fundamentais, para se compreender um arranjo organizacional no caso brasileiro: a intersetorialidade, as relações federativas, a participação social e a territorialidade.<hr/>Abstract This article analyzes the Mais Médicos (More Doctors) program based on the concept of an institutional arrangement, understood as the set of rules, organizations and processes that define the specific design of a given public policy, defining how it will articulate across players and interests. This concept will allow us to understand the dynamics of the players in this arrangement, as well as their governance, decision-making and governability, and how these factors reflect on public policy performance. A deeper analysis is based on four categories considered essential to understand an organizational arrangement in Brazil: sector cooperation (sometimes referred to as intersecoriality), federative relationships, social involvement and territoriality. <![CDATA[<em>Mais Médicos</em> (More Doctors) Program: its contribution in view of WHO recommendations for provision of doctors]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902773&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo Este estudo tem como objetivo analisar se o Programa Mais Médicos (PMM) contemplou as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) relacionadas ao aprimoramento da atração, do recrutamento e da retenção de profissionais de saúde em áreas remotas e rurais. Trata-se de um estudo descritivo, qualitativo, baseado em análise documental, no intuito de comparar se as recomendações publicadas em 2010 pela OMS foram contempladas na Lei 12.871/13, que instituiu o PMM. Ao total, foram sistematizadas 16 recomendações da OMS, para as quais o PMM atendeu a 37,5%. Entre as recomendações não contempladas, encontram-se a ausência de programas de desenvolvimento da carreira e de medidas de reconhecimento público. Algumas recomendações que não foram atendidas pela PMM já estavam sendo desenvolvidas, tais como o Programa Nacional de Bolsa Permanência para estudantes de nível superior e a inserção de diferentes profissionais de saúde no SUS (Estratégia Saúde da Família). O programa apresenta fatores inovadores, como a mudança curricular do curso de medicina e o serviço médico obrigatório, entretanto, poderia ter feito mais investimentos na categoria de apoio pessoal e profissional.<hr/>Abstract In order to examine whether Brazil's Mais Médicos (More Doctors) Programme (PMM) reflected World Health Organisation (WHO) recommendations for improved attraction, retention and recruitment of health workers in remote and rural areas, this descriptive, qualitative study drew on document analysis in order to compare the WHO recommendations published in 2010 with Brazil's Law No. 12,871/13, which instituted the PMM. Of the 16 WHO recommendations systematised here, the PMM met 37.5%. Recommendations not incorporated into the PMM include career development programmes and public recognition strategies. Although reflecting WHO recommendations and already in place elsewhere in the SUS prior to announcement of the PMM, the National Retention Grant Programme and multi-professional teams (as in the Family Health Strategy) were not implemented by the PMM. The programme contains innovative components such as a new curriculum for medical schools and compulsory medical service. On the other hand, the PMM could have invested more in personal and professional support. <![CDATA[The <em>Mais Médicos</em> (More Doctors) Program: panorama of the scientific output]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902785&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo Apesar dos avanços conquistados pela Atenção Primária e Estratégia Saúde da Família no SUS, ainda persistem desafios com relação à universalização do acesso e à qualidade dos serviços, tendo como um dos fatores a defasagem e a distribuição desigual de médicos. O Governo brasileiro propôs o Programa Mais Médicos (PMM) para o Brasil, considerado como um conjunto de medidas para avançar no provimento, fixação e formação de médicos no SUS. Este estudo consiste em uma revisão bibliográfica do Programa Mais Médicos, com o objetivo de mapear e dimensionar a produção científica sobre o mesmo, bem como sistematizar os achados e apresentar os resultados a partir de uma análise crítica. Foram selecionadas 54 publicações, as quais avaliam o Programa Mais Médicos em termos de efetividade, de análise do processo de implantação, de análise da mídia e dos discursos de atores, da formação e da análise jurídica e constitucional. Foram também sistematizadas as críticas e as limitações encontradas. Com relação à análise, de forma geral, as avaliações do Programa são positivas, apresentando mudanças importantes no processo de trabalho nos serviços e na formação. Destaque para os estudos que apontam o Programa como um importante instrumento para a efetivação do direito à saúde.<hr/>Abstract Despite the progress achieved by the Primary Health Care and Family Health Strategy in the Unified Health System (SUS) challenges still remain with regard to the universality of access and the quality of services, one of the factors being the unequal distribution of physicians. The Brazilian Government established the Mais Médicos Program (More Doctors Program), in order to move forward in the provision, placement and training of physicians in the SUS. This study consists of a review of the literature of the Mais Médicos Program, in order to map and assess the scientific production on the Program, as well as summarize the findings and present the results of the analysis. Fifty-four publications were selected, which evaluate the Program in terms of effectiveness, analysis of the implementation process, the media and the statements of the actors and assessment of the legal and constitutional precepts. The criticisms and limitations found were also systematically analyzed. With respect to the analysis, evaluations of the Program are overwhelmingly positive, showing important changes in the work processes in services and training. The studies that show the Program as being an important instrument for the effective implementation of the right to health are highlighted. <![CDATA[Academic tutorship of the <em>Mais Médicos para o Brasil</em> (More Doctors to Brazil) Project in Santa Catarina: the ethical-political viewpoint]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902797&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo O estudo teve por objetivo identificar os fundamentos que conduzem a tutoria acadêmica do Projeto Mais Médicos para o Brasil em Santa Catarina, a partir da unidade de análise “valores realizados”. Trata-se de um estudo exploratório e compreensivo realizado, em 2015, com tutores catarinenses, profissionais de referência descentralizados dos Ministérios da Educação e da Saúde e profissionais de referência técnica do Ministério da Educação. Utilizou-se como instrumentos de coleta de dados entrevista semiestruturada e grupo focal. Com base na categoria Provimento emergencial como força inovadora da operação cultural Programa Mais Médicos, a análise foi conduzida pelo método ético-político. Revelaram-se três fundamentos: apagar incêndios, qualificação do Projeto e perspectiva processual. Concluiu-se que a tutoria acadêmica das atividades produtivas de médicos do provimento emergencial não corresponde a um enfrentamento pedagógico isolado, pois é parte e consequência do desenvolvimento histórico da teoria e da prática. A atividade corresponde dialeticamente a movimentos de ruptura, resistência, emancipação e não prescinde da reflexão coletiva sobre os valores eleitos e realizados no agir deliberativo.<hr/>Abstract This study aims to identify the fundamentals that drive the academic tutorship of the Mais Médicos para o Brasil (More Doctors for Brazil) project in Santa Catarina, based on the unit of analysis entitled values achieved. It is an exploratory and comprehensive study carried out in 2015, with tutors of the State of Santa Catarina, decentralized reference professionals of the Education and Health Ministries, and key reference professionals of the Education Ministry. Focus groups were used as the instrument for collection of data, through semi-structured interview. Based on the category Emergency care as a force of innovation in the Mais Médicos Program, the analysis was conducted from an ethical-political approach. Three fundamentals emerged: ‘Putting out fires’, ‘Qualification of the Project’, and ‘the procedural point of view’. It was concluded that academic tutorship of the productive activities of doctors in emergency care is not an isolated pedagogical approach, since it is a part and a consequence of the historic development of the theory and of the practice. The activity corresponds, dialectically, to movements of rupture, resistance, emancipation and also requires collective reflection about the values chosen and achieved in the acts of decision. <![CDATA[Physicians' reflections on the personal learning process and the significance of distance learning in family health]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902807&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo O artigo objetiva apresentar as reflexões dos profissionais do Programa Mais Médicos sobre o significado do curso de especialização em Saúde da Família, para a prática profissional e os aprendizados mais relevantes. Trata-se de um estudo com abordagem qualitativa tendo como base empírica os depoimentos registrados no item “Reflexão crítica sobre seu processo pessoal de aprendizagem” dos trabalhos de conclusão do curso de especialização da Universidade Federal de Pelotas. Para análise textual foram selecionados aleatoriamente 101 relatos de um total de 1.011 trabalhos concluídos de junho a dezembro de 2015, em sete estados das regiões norte, nordeste e sul. As barreiras iniciais foram vencidas com o apoio dos orientadores e integração da equipe, com destaque às ferramentas de ensino para o aprimoramento da prática clínica e organização estratégica do trabalho, além de maior compreensão sobre o sistema de saúde público. O reforço no aprendizado da língua portuguesa e a troca de experiência nos fóruns foram considerados aspectos positivos valiosos. Apesar da dificuldade no acesso à Internet em alguns municípios, foi reafirmado o papel central da educação permanente e a viabilidade da metodologia da problematização, mesmo a distância.<hr/>Abstract The scope of the article is to present the reflections of professionals from the Mais Médicos Program (More Doctors Program) on the significance of the specialization course in Family Health in terms of professional practice and learning the most important concepts. This is an empirically based qualitative study on the statements recorded in the “Critical reflection on their personal learning process” of the final work of the specialization course at the Federal University of Pelotas. For textual analysis, 101 reports were randomly selected from a total of 1,011 reports completed in seven states of the North, Northeast and South of Brazil from June to December 2015. The initial barriers were overcome with tutor support and team integration, with emphasis on teaching tools for the improvement of clinical practice and strategic organization of work and greater understanding of the public health system. Fostering the learning of the Portuguese language and the exchange of experience in the forums were considered valuable positive aspects. Despite the difficulty in Internet access in some municipalities it reaffirmed the central role of ongoing education and the viability of the problem-solving methodology, even from a distance. <![CDATA[The <em>Mais Médicos</em> (More Doctors) Program in Northeast: evaluation of hospitalizations for Primary Healthcare-sensitive conditions]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902815&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo Este artigo analisa o incremento de profissionais na Região Nordeste propiciado pelo Programa Mais Médicos. A efetividade do incremento foi analisada por meio do indicador internações por condições sensíveis à Atenção Primária. A metodologia utilizada foi a abordagem quantitativa, a partir de dados acerca da distribuição e do provimento de médicos nos estados, e das internações por diarreia e gastroenterite no período de setembro de 2012 a agosto de 2015. A seleção do agravo considerou os aspectos da sua elevada frequência no período, simplicidade de intervenção e ocorrência histórica no Nordeste. Os resultados mostram que o Programa Mais Médicos influenciou na redução das internações por essa condição sensível, que diminuíram 35% no período investigado, com diferenças importantes entre os estados. Apesar da importância do aporte de profissionais médicos para o sistema de saúde, sabe-se que isoladamente o efeito do incremento profissional de uma categoria é limitado para o aprimoramento da APS.<hr/>Abstract This paper analyzes the increase in professionals in Brazil's Northeastern Region resulting from the Mais Médicos (More Doctors) Program. The scale of the increase was analyzed through the indicator Hospitalizations for Primary-Care Sensitive Conditions (HPSCs). The method used was a quantitative approach, based on data on distribution of doctors and service they provided in these states, and on hospitalizations for diarrhea and gastroenteritis in the period September 2012 to August 2015. The choice of this condition took into account the aspects of: its high frequency in the period; the simplicity of intervention; and its historic occurrence in the Northeast. The results show that the Mais Médicos Program had an influence on the reduction of hospitalizations for this type of condition — they fell by 35% in the period investigated, with important differences between the states. In spite of the significant scale of the entry of medical professionals into the health system, it is known that in isolation simply increasing the number of professionals of a particular type has a limited effect in improving primary healthcare. <![CDATA[Analysis of the experience of Cuban physicians in a Brazilian metropolis in accordance with the Paideia Method]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902825&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo Esperávamos que o Programa Mais Médicos (PMM) tivesse provocado mudanças e reflexões diversas em cada município onde foi inserido. A fim de observar tais mudanças, buscamos analisar a experiência dos médicos cubanos de trabalho no PMM numa perspectiva centrada em atores, orientados pelo Método Paideia – metodologia que busca aumentar a capacidade dos sujeitos de analisar e intervir sobre a práxis. Lançamos mão de entrevistas semiestruturadas para perscrutar nosso objeto de pesquisa, que se constitui na experiência desses atores sociais inseridos profissionalmente no PMM numa metrópole com características singulares. Trabalhamos o material empírico instruídos pela Análise de Conteúdo e procedemos a Análise Temática. A partir do discurso dos sujeitos podemos dizer que as potencialidades do programa ultrapassaram barreiras iniciais, apresentando-se como uma ferramenta de tensão para a superação do modelo biomédico, em consonância com o método Paideia.<hr/>Abstract We had hoped that the Mais Médicos Program (More Doctors Program) would have generated several changes and reflections in each municipality in which it was deployed. In order to observe those changes, we sought to analyze the experience of Cuban physicians in the Mais Médicos program from an actor-centered perspective, based on the Paideia Method – an approach that seeks to enhance the ability of the subjects to analyze and intervene in their practice. We performed semi-structured interviews to analyze our research object that consisted in the experience of those actors included professionally in the Mais Médicos program in a metropolis with unique characteristics. In order to assess the interviews, we applied Content Analysis followed by Thematic Analysis. From the discourse of the actors, of which illustrative excerpts are transcribed in this article, we can affirm that the program's potential surpassed any initial barriers, presenting itself as fine-tuning instrument for replacing the biomedical model in line with the Paideia Method. <![CDATA[A comparative analysis of the implementation of the Mais Médicos (More Doctors) Program in municipalities in the State of Rio Grande do Sul, Brazil]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902837&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo A partir da implantação de uma estratégia programática governamental, o Programa Mais Médicos (PMM), tem ocorrido a inserção e o incremento da ocupação e atividade profissional médica em serviços de Atenção Primária à Saúde (APS) em todo o país. Considerada tal iniciativa, que resultados de curto prazo podem ser identificados e comparados entre agregados de municípios do Rio Grande do Sul? O artigo apresenta um estudo de caso-controle de agregados municipais, a partir de dados de fontes secundárias, com propósito exploratório e análise descritiva de um conjunto selecionado de indicadores correlatos aos serviços de APS. Observou-se o incremento de indicadores estruturais nos agregados de municípios com implantação do PMM. Para os indicadores de resultados selecionados, observou-se discreto incremento na produção de serviços nos agregados com PMM, contudo, não foram identificadas diferenças de impactos entre os agregados casos e controles. Estes resultados podem ter sido influenciados pelo exíguo tempo decorrido desde a implantação do PMM, por subnotificações de registro médicos no cadastro de estabelecimentos de saúde (CNES), além da predominância de caráter substitutivo de ocupações médicas nos municípios selecionados para o estudo e com PMM implantado.<hr/>Abstract The Mais Médicos (More Doctors) Program has led to an increase in the number of doctors and medical treatment in primary health care services across Brazil. This article presents the results of a case-control study of groups of municipalities based on secondary data sources. It aims to explore and discuss a set of indicators of primary health care service delivery. An improvement in performance against structural indicators was observed in municipalities where the program was implemented. With respect to the outcome indicators, a slight improvement in service delivery was observed in municipalities where the program was implemented. However, no difference was observed in impacts between the case and control municipalities. These results may have been influenced by the fact that the program has only been underway for a limited time, by underreporting of doctors by the National Health Facilities Register (CNES, acronym in Portuguese), and the predominantly substitutive nature of the allocation of medical professionals under the program in the selected municipalities. <![CDATA[Effectiveness of the Family Health Strategy in units with, and without, the <em>Mais Médicos</em> (More Doctors) Program in a municipality in the west of Paraná state, Brazil]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902849&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo Após dois anos de implantação do Programa Mais Médicos no país, estudar sua viabilidade faz-se necessário. Esta pesquisa teve como objetivo avaliar a efetividade da assistência oferecida na atenção primária, segundo a ótica dos profissionais de saúde, comparando-se unidades com e sem médicos do Programa Mais Médicos. Pesquisa quantitativa que utilizou para coleta de dados, o instrumento Primary Care Assesment Tool — Brasil, versão para profissionais de saúde, na totalidade das unidades de saúde da família, em município de médio porte, no interior do Paraná, de novembro de 2015 a fevereiro de 2016. Abrangeu 72 profissionais, 47 alocados em unidades da estratégia saúde da família e 25 nessas unidades contendo o programa. Os resultados evidenciaram que os escores dos atributos essencial (6,93) e geral (7,10) obtiveram valores considerados orientados aos preceitos da atenção primária, em ambas as unidades. Contudo, a acessibilidade (4,17), em ambas as unidades e coordenação — sistema de informações (6,57), em unidades com o Programa Mais Médicos, não atingiram avaliação satisfatória, o que remete à necessidade de alteração na organização da estratégia saúde da família, independente da implantação desse programa.<hr/>Abstract Two years after the Mais Médicos (More Doctors) Program, (Programa Mais Médicos — PMM) was put in place in Brazil, there is a need to study its feasibility. This study aims to evaluate the effectiveness of the primary healthcare service offered, from the point of view of the health professionals, comparing units which have, and which do not have, doctors from the Mais Médicos Program. It is a quantitative survey, using for data collection the instrument Primary Care Assessment Tool — Brazil, Version for Health Professionals, applied across the totality of the family health units in a medium sized municipality in the interior of the southern Brazilian State of Paraná, from November 2015 to February 2016. It covered 72 professionals, 47 of them allocated in Family Health Strategy (FHS) units and 25 in FHS units containing the Program. In both groups the scores for core attributes (6.93) and general attributes (7.10) were considered to be appropriate to the precepts of primary healthcare. However, the attributes accessibility (4.17), in both groups, and coordination — information system (6.57), in units with the Mais Médicos Program, did not reach the satisfactory level, indicating a need to alter the organization of the Family Health Strategy, whether the PMM program is implemented or not. <![CDATA[Service users' perceptions of the <em>Mais Médicos</em> (More Doctors) Program in the Municipality of Mossoró, Brazil]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902861&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo O Projeto Mais Médicos (PMM), lançado em 2013, buscou prover profissionais médicos para atuar na Atenção Primária à Saúde, em regiões prioritárias para o Sistema Único de Saúde. Neste artigo, analisa-se a percepção de usuários sobre o PMM, como resultado de investigação qualitativa que entrevistou pessoas atendidas na Estratégia de Saúde da Família (ESF) em que atuam médicos do projeto. Os entrevistados veem positivamente o PMM, por ele ter ampliado o acesso aos cuidados médicos, embora persistam barreiras organizacionais e técnicas que limitam o uso dos serviços. A atuação de médicos intercambistas foi bem avaliada, com ênfase na relação médico-usuário humanizada, caracterizada pela escuta, atenção e diálogo. Sobre a comunicação com esses profissionais, os usuários referem o idioma como uma barreira, que foi amenizada pelo uso de estratégias comunicacionais nas ESF. O PMM ofereceu resolução rápida e satisfatória para o problema histórico da dificuldade de acesso ao médico. Contudo a efetivação do sistema de saúde brasileiro exige a superação de insuficiências, como acesso a serviços especializados, problemas organizacionais e modelos de produção de serviços centrados na doença.<hr/>Abstract The Mais Médicos (More Doctors) Program (MMP), which was launched in 2013, sought to provide doctors to work in primary health care in priority areas within the Brazilian Unified Health System (SUS). This article analyzes the perception of MMP service users through the results of a qualitative study that consisted of interviews with service users of the Family Health Strategy (ESF) in which doctors from the MMP worked. The service users who were interviewed had a positive view of the MMP because it had expanded access to health care, although there still remained organizational and technical problems that limited the use of services. The performance of foreign doctors was well viewed, with an emphasis on a humanized relationship between doctor and service user, which was characterized by listening, attention and dialogue. In terms of communication with these professionals, some service users referred to language as being a barrier, which was ameliorated by the use of communication strategies within the ESF. The MMP offered a quick and satisfactory resolution to the historical problem of difficulty of access to doctors in Brazil. However, the effectiveness of the Brazilian health system requires that weaknesses are overcome, such as access to specialized services, organizational problems and the implementation of service production models that are centered on illness. <![CDATA[Strengthening Primary Health Care in the municipalities in the Metropolitan Region of Porto Alegre, Brazil, after the introduction of the <em>Mais Médicos</em> (More Doctors) Program: an inter-municipal comparison]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902871&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo Este artigo visa propor uma adaptação da metodologia utilizada por Starfield e Shy (2002) para avaliar a qualidade da atenção primária em saúde (APS) dos municípios que aderiram ao Programa Mais Médicos. Os indicadores foram adaptados para cada um dos nove critérios propostos na metodologia original e aplicados para os municípios de médio e grande porte da Região Metropolitana de Porto Alegre, antes e depois destes integrarem o Programa Mais Médicos. Em 2014, os municípios foram agregados em três grupos, conforme seus escores. As análises de correlações entre diferentes grupos de escores dos municípios e os indicadores de saúde avaliados não se mostraram significativas, porém, as médias dos indicadores avaliados são melhores no grupo de municípios caracterizados com os melhores escores da APS. Em relação aos indicadores de renda, os maiores gastos per capita em saúde estão relacionados à melhor performance da APS nesses municípios. A adaptação desta metodologia pode indicar melhor compreensão das políticas relacionadas à determinação da saúde.<hr/>Abstract This article aims to propose an adaptation of the methodology used by Starfield and Shy (2002) to assess the quality of health care in the municipalities which joined the Mais Médicos (More Doctors) Program. The indicators were adapted for each one of the nine criteria proposed in the methodology and were applied to medium and large municipalities in the Metropolitan Region of Porto Alegre before and after they were integrated in the Mais Médicos Program. In 2014, the municipalities were grouped into three groups according to their scores. An analysis concerning any correlations between the different group scores for the municipalities and the health indicators that were evaluated, did not reveal anything significant. However the averages of the evaluated indicators were better in the group of municipalities characterized through having the best APS scores. In relation to the income indicator, the highest amount of money spent per capita in health is related to the best APS performance in the municipalities. An adaption of this methodology may be able to provide a better understanding of the policies related to health care. <![CDATA[The <em>Mais Médicos</em> (More Doctors) Program in Mato Grosso State, Brazil: implementation analysis]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902879&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo Embora os 224 profissionais contratados pelo Programa Mais Médicos (PMM) para fortalecer a Política Nacional da Atenção Básica (PNab), em 104 municípios do Estado do Mato Grosso, tenham encontrado importantes dificuldades em relação ao processo de trabalho, ocorreram avanços importantes na saúde das populações atendidas pelo Programa Mais Médicos (PMM). Este artigo analisa a implementação e o desenvolvimento do PMM em Mato Grosso (MT), de 2013 a 2015. Foram analisados dados primários obtidos em grupos focais e em entrevistas com os atores sociais das instituições envolvidas e secundários de relatórios dos supervisores, tutores, gestores e instituições que compõem a Comissão Estadual do PMM (CCE). Apesar das dificuldades na gestão política de implementação, os resultados apontam que a experiência foi positiva, pois supera antigos obstáculos, aumenta o acesso aos usuários, promove o debate sobre o tema, além de experimentar e propor caminhos para o fortalecimento da Atenção Básica em MT. Conclui-se haver necessidade de ampliar as discussões acadêmicas sobre o provimento, a formação médica, o modelo de assistência e a qualificação dos recursos humanos pela educação permanente através da integração ensino-serviço-comunidade.<hr/>Abstract Although the 224 health professionals engaged by the More Doctors for Brazil Project (Projeto Mais Médicos para o Brazil, PMMB) to strengthen the National Primary Health Care Policy (Política Nacional de Atenção Básica, PNab) in 104 municipalities of Mato Grosso (MT) State have encountered significant problems in the work process, important advances have resulted in the health of populations served by the More Doctors Programme (Programa Mais Médicos, PMM). This article analyses the implementation and development of the PMM in MT, from 2013 to 2015, on the basis of primary data from focus groups and interviews of social stakeholders at the institutions involved and secondary data from reports by supervisors, tutors, managers and institutions on the MT State Coordinating Committee (CCE) of the PMM. Despite political difficulties in managing implementation, the results show that the endeavour was beneficial in that it surmounted previous obstacles, afforded users greater access, prompted discussion of the problem and proposed and experimented with ways to strengthen primary health care. We conclude that there is a need for broader academic discussion of the provision and training of doctors, of the model of care and of human resource capacity-building by continuing professional development with integration among teaching, service and community. <![CDATA[Characteristics of the distribution of doctors in the <em>Mais Médicos</em> (More Doctors) Program in the states of Brazil's Northeast]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902889&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo As desigualdades no acesso aos serviços de saúde influenciadas pela carência e má distribuição geográfica de profissionais de saúde têm sido apontadas como um desafio para o país. Este artigo analisa a distribuição geográfica dos profissionais do Programa Mais Médicos alocados na Região Nordeste por meio de estudo transversal descritivo. Foram utilizados dados secundários cedidos pelo Ministério da Saúde e elaborados mapas temáticos de distribuição dos médicos na Região. Foram analisados dados de 4.716 médicos que passaram a integrar equipes de saúde em 1.294 municípios e seis Distritos Sanitários Indígenas entre os anos de 2013 e 2014. A maior parte dos municípios da Região recebeu entre um e cinco médicos. Os municípios mais beneficiados possuíam, pelo menos, 20% da população em situação de extrema pobreza. Os profissionais foram alocados em Centro de Saúde/Unidade Básica (99,9%). A maioria eram mulheres (57%) e a faixa etária média predominante foi de 45 a 49 anos (24%). Apesar dos avanços proporcionados pelo Programa, como a distribuição dos médicos para localidades com maior vulnerabilidade, alguns Estados permanecem com importantes vazios assistenciais.<hr/>Abstract Inequalities in access to health, reflecting shortages and inadequate geographical distribution of health professionals, have been indicated as a challenge for Brazil. This paper analyzes the geographical distribution of professionals of the Mais Médicos Program allocated in the Northeastern Region of Brazil, through a descriptive cross-sectional study. Secondary data provided by the Health Ministry were used, and thematic maps of distribution of doctors in the Region were prepared. Data on 4,716 doctors who became members of health teams in 1,294 municipalities in six Indigenous Health Districts in the years 2013 and 2014 were analyzed. The greater part of the municipalities of the Region received between one and five doctors. The municipalities most benefited had, at least, 20% of their population in extreme poverty. 99.9% of the doctors were allocated in a Health Center or Primary Healthcare Unit. The majority were women (57%), predominantly of the 45-49 age group (24%). In spite of the advances achieved by the Program – such as distribution of the doctors in locations with greater vulnerability – some States continue to have significant shortages of healthcare. <![CDATA[Expanding health access in the more vulnerable region in the state of São Paulo, Brazil: is this a reflection of the <em>Mais Médicos</em> (More Doctors) Program?]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902899&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo O Programa Mais Médicos visa ampliar o acesso à saúde em áreas provendo profissionais médicos, investimentos nas unidades de saúde e integração multiprofissional voltada à Estratégia de Saúde da Família. O Vale do Ribeira abriga 25 municípios e figura entre as regiões mais vulneráveis do estado e recebeu 41 médicos do PMM. O objetivo deste estudo é avaliar o acesso à saúde, comparando indicadores de produção, marcadores e situação de saúde antes e depois da implementação do PMM. Foram coletados dados do DATASUS, SIAB e Ministério da Saúde. Houve aumento em número de consultas de crianças menores de um ano, adultos, idosos, DST/AIDS e atendimento em grupos. Houve redução no número de consultas fora de área de abrangência, de hospitalizações por outras causas e no aleitamento materno exclusivo até quatro meses. Concluímos que após a implementação do programa houve melhora no acesso à saúde e no trabalho de promoção de saúde focado no território, um grande desafio na Atenção Primária à Saúde (APS). Supõe-se que por se tratar de área de alta vulnerabilidade e pressão assistencial, as internações por causas sensíveis à APS, assim como o encaminhamento aos serviços secundários, não tenham sido reduzidas a curto prazo.<hr/>Abstract The Mais Médicos (More Doctors) Program seeks to broaden access to health by providing medical professionals, investments in health units and multi-professional integration geared to the Family Health Strategy. Vale do Ribeira includes 25 cities and is among the most vulnerable regions in São Paulo. It has been allocated 41 physicians from the Program. This study is to evaluate access to health, comparing health indicators before and after the Program. We collected data from DATASUS, SIAB, and the Ministry of Health. There was a marked increase in the number of appointments for infants under one year of age, adults, the elderly, STD/HIV patients and group patient care. There was a decrease in appointments outside the catchment area, as well as hospital admissions for other causes, mothers exclusively breastfeeding their infants up to four months. We concluded that after deployment of the Program, there was an increase in health access and health promotion focused on an area that presents an enormous challenge for Primary Health Care (PHC). It would seem that, since this is a high vulnerability area with a large area for care, hospital admissions for PHC care-sensitive conditions, as well as referrals for secondary services, did not decrease. <![CDATA[Participation of small municipalities in the <em>Mais Médicos para o Brasil</em> (More Doctors to Brazil) Program in the macro-region of Northern Paraná]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902907&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo Resumo Em municípios de pequeno porte, que em geral são situados em áreas geográficas mais isoladas, combinado com situações de maior vulnerabilidade social e econômica, a escassez de médicos é um problema constante. O objetivo deste estudo foi identificar a participação e as características dos municípios de pequeno porte da macrorregião norte do estado do Paraná que aderiram ao Projeto Mais Médico para o Brasil (PMMB). Trata-se de um estudo quantitativo realizado em 82 municípios que utilizou dados primários e secundários. Os resultados revelaram que eram poucos os municípios que possuíam algum critério de adesão (6,1%), mas isso não representou um impedimento para que os demais aderissem ao projeto (75,6%). Os municípios que possuíam menores índices de desenvolvimento humano, que tinham população de mais de cinco mil habitantes, algum critério de adesão e que eram mais afastados, seja da sede da região, seja do município de médio/grande porte mais próximo foram os que mais aderiram ao PMMB. Não se pode negar que o PMMB reduziu de forma significativa a distribuição desigual de médicos no Brasil e na região de estudo. Contudo, a sustentabilidade dessa política precisa estar atrelada ao enfrentamento de outros desafios que ainda persistem no SUS.<hr/>Abstract Doctor shortage is a constant problem in smaller cities and towns, which tend to be more vulnerable from a social and economic point of view, and located in geographically isolated areas. The goal of this study was to establish the share and characteristics of the small cities and towns in the macro-region of northern Paraná that subscribed to the Mais Médicos para o Brasil (PMMB) program. This is a quantitative study of 82 cities and towns using primary and secondary data. Results show that only a few of them (6.1%) had any adherence criteria, which was not an impediment for other cities and towns (75%) to adhere to the project. Cities and towns with over five thousand inhabitants, lower municipal HDI (Human Development Index), some adherence criteria and more geographically isolated, either from the main city in the region or the closest large or mid-sized city, tended to adhere to the PMMB. It is undeniable that the PMMB significantly reduced the uneven distribution of doctors in Brazil and the study region. However, the sustainability of this policy is linked to addressing other remaining challenges in the SUS system. <![CDATA[Interview: Evaluating the impact of the of the <em>Mais Médicos</em> (More Doctors) Program: how can we measure outcomes?]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902917&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo Resumo Em municípios de pequeno porte, que em geral são situados em áreas geográficas mais isoladas, combinado com situações de maior vulnerabilidade social e econômica, a escassez de médicos é um problema constante. O objetivo deste estudo foi identificar a participação e as características dos municípios de pequeno porte da macrorregião norte do estado do Paraná que aderiram ao Projeto Mais Médico para o Brasil (PMMB). Trata-se de um estudo quantitativo realizado em 82 municípios que utilizou dados primários e secundários. Os resultados revelaram que eram poucos os municípios que possuíam algum critério de adesão (6,1%), mas isso não representou um impedimento para que os demais aderissem ao projeto (75,6%). Os municípios que possuíam menores índices de desenvolvimento humano, que tinham população de mais de cinco mil habitantes, algum critério de adesão e que eram mais afastados, seja da sede da região, seja do município de médio/grande porte mais próximo foram os que mais aderiram ao PMMB. Não se pode negar que o PMMB reduziu de forma significativa a distribuição desigual de médicos no Brasil e na região de estudo. Contudo, a sustentabilidade dessa política precisa estar atrelada ao enfrentamento de outros desafios que ainda persistem no SUS.<hr/>Abstract Doctor shortage is a constant problem in smaller cities and towns, which tend to be more vulnerable from a social and economic point of view, and located in geographically isolated areas. The goal of this study was to establish the share and characteristics of the small cities and towns in the macro-region of northern Paraná that subscribed to the Mais Médicos para o Brasil (PMMB) program. This is a quantitative study of 82 cities and towns using primary and secondary data. Results show that only a few of them (6.1%) had any adherence criteria, which was not an impediment for other cities and towns (75%) to adhere to the project. Cities and towns with over five thousand inhabitants, lower municipal HDI (Human Development Index), some adherence criteria and more geographically isolated, either from the main city in the region or the closest large or mid-sized city, tended to adhere to the PMMB. It is undeniable that the PMMB significantly reduced the uneven distribution of doctors in Brazil and the study region. However, the sustainability of this policy is linked to addressing other remaining challenges in the SUS system. <![CDATA[<em>Mais Médicos</em> (More Doctors) Program – a view from England]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902919&lng=es&nrm=iso&tlng=es Abstract The Programa Mais Medicos (PMM) is a national strategy to increase the numbers of Brazilian trained doctors entering primary care and is possibly the most significant human resource intervention in Latin America in recent years. From an English perspective, there are clearly opportunities to learn the PMM. First, PAHO's role in the PMM provides an exemplar for an overarching human resource migration and recruitment role throughout the EU. The role of the WHO in influencing and overseeing the recruitment of doctors throughout the EU could be an opportunity for improved distribution, avoiding a reliance on market forces. Secondly, a centrally-coordinated and governed process following well-established criteria and guidance laid out in law has helped to ensure that doctors are allocated to regions of the greatest need. Finally, the deployment of primary care doctors to ensure that the needs of the whole population are met, including in hard-to-reach areas. However, Brazil should not fall into the trap of doing much, and evaluating little. Brazil is in an exciting position to conduct robust before-after studies regarding the improvement in access, outcomes and equity that the ESF has already been credited with. Evaluation must include the impact of the PMM on Cuba.<hr/>Resumo O Programa Mais Médicos (PMM) é uma estratégia nacional para aumentar o número de médicos brasileiros formados entrando na área de cuidados primários e é, sem dúvida, a intervenção de recursos humanos mais importante na América Latina nos últimos anos. De uma perspectiva inglesa, é evidente que existem oportunidades para aprender com o PMM. Em primeiro lugar, o papel da OPAS no PMM fornece um exemplo para um modelo de migração de recursos e recrutamento humano global em toda a UE. O papel da OMS em influenciar e fiscalizar o recrutamento de médicos em toda a UE poderia ser uma oportunidade para melhorar a distribuição, evitando a dependência nas forças de mercado. Em segundo lugar, um processo centralmente coordenada e governada de acordo com critérios bem estabelecidos e as orientações constantes da lei tem ajudado a garantir que os médicos sejam alocados em regiões de maior necessidade. Por fim, a implementação de médicos de cuidados primários garante que as necessidades de toda a população sejam atendidas, incluindo em áreas de difícil alcance. No entanto, o Brasil não deve cair na armadilha de avaliar pouco. O Brasil pode fazer estudos robustos sobre a melhoria do acesso pelos resultados e equidade com que a ESF já foi creditada. A avaliação deve incluir o impacto do PMM em Cuba. <![CDATA[Monitoring and evaluation of the PAHO/WHO cooperation project, the <em>Mais Médicos</em> (More Doctors) Program: a mid-term assessment]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902925&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo As relações de trabalho entre a Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) e as instituições de saúde do Brasil têm uma longa história de cooperação com benefícios mútuos que, em muitos casos, foram compartilhados com outras nações sob diversos enfoques de cooperação entre os países para o desenvolvimento da saúde. Um marco nesta relação é a cooperação técnica prestada ao Programa Mais Médicos (PMM). Esta cooperação agrega valor estratégico na redução das lacunas em matéria de igualdade de saúde e capitaliza a natureza única da experiência de cooperação Sul-Sul entre Cuba e Brasil, triangulada através da OPAS/OMS. Este artigo discute o papel da OPAS/OMS na avaliação da sua cooperação técnica com o PMM. Foi desenvolvido um marco de monitoramento e avaliação, visando identificar progressivamente os avanços na cobertura e qualidade dos serviços de atenção básica proporcionados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) por meio do PMM. Especial atenção foi dedicada à identificação das melhores práticas nos serviços de saúde, à análise dos resultados e impactos do PMM, e à gestão e divulgação dos conhecimentos produzidos pela sua implementação, através de plataforma de conhecimento. Alguns resultados relevantes do PMM são sinteticamente apresentados e discutidos.<hr/>Abstract Working relations between the Pan- American Health Organization/World Health Organization (PAHO/WHO) and Brazilian health institutions accumulated a long history of cooperation with mutual benefits, which in many cases were shared with other nations under various cooperation frameworks among countries for health development. A milestone in this relationship is the technical cooperation provided by PAHO/WHO to the More Doctors Program (Programa Mais Médicos - PMM). This cooperation has added both strategic value in reducing gaps in health equality and has capitalized on the unique nature of the Cuba-Brazil South-South cooperation experience, triangulated through PAHO/WHO. This paper discusses PAHO/WHO's role in the evaluation of its technical cooperation within PMM. A Monitoring and Evaluation (M&amp;E) Framework has been developed in order to progressively identify the advances in coverage and quality of primary health care provided by the Unified Health System (Sistema Único de Saúde - SUS) through the PMM. Special attention was given to identify best practices in health services, to analyze results and impacts of the PMM, and to manage and share knowledge that has been produced by its implementation, through a web-based knowledge platform. Some relevant results of PMM are briefly presented and discussed. <![CDATA[Impact of educational strategies in low-risk prenatal care: systematic review of randomized clinical trials]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902935&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo O objetivo deste estudo foi analisar a partir de uma revisão sistemática o impacto de estratégias educacionais desenvolvidas no pré-natal de baixo risco em resultados obstétricos. Foi feita a busca nas bases de dados PubMed, Medline, SciELO e Lilacs por ensaios clínicos randomizados com os desfechos de nascimento: peso ao nascer, prematuridade e aleitamento materno. Foram utilizados os descritores em combinação: prenatal, antenatal visits, education, health education, pregnancy outcomes, birthweight, prematurity, breastfeeding e randomized clinical trials. Após a avaliação da qualidade, incluiu-se nove estudos. As ações mostraram-se mais eficazes quando estendidas até o período pós-parto. A maior parte delas aconteceu durante as visitas domiciliares e apresentou impacto positivo na prática do aleitamento materno e peso ao nascer. A formação de grupos de gestantes contribuiu para menor prevalência de prematuridade. A amamentação mostrou-se o desfecho mais sensível às estratégias educativas. Práticas educativas durante o pré-natal contribuem para resultados obstétricos favoráveis por minimizarem dúvidas e anseios da mulher durante o processo de gestação, preparando-a para o parto e pós-parto, devendo ser incorporadas no processo de trabalho dos serviços de saúde.<hr/>Abstract This study aimed to analyze the impact of educational strategies developed in low-risk prenatal care on obstetric outcomes from a systematic literature review. This review consulted databases PubMed, Medline, SciELO and Lilacs, analyzing randomized clinical trials with the following birth outcomes: birth weight, prematurity and breastfeeding, using the following combination of keywords: pre-natal, antenatal visits, education, health education, pregnancy outcomes, birth weight, prematurity, breastfeeding and randomized clinical trial. Nine studies were included following quality evaluation. Actions prove to be more effective when extended to the postpartum period. Most of them occurred during home visits and had a positive impact on breastfeeding and birth weight. The establishment of groups of pregnant women contributed to lower prevalence of prematurity. Breastfeeding was found to be the outcome most sensitive to educational strategies. Educational practices during the prenatal period contributed to favorable obstetric outcomes as they minimized pregnant women concerns and anxiety during the pregnancy process, preparing them for childbirth and postpartum, and should be incorporated into health services’ work process. <![CDATA[Teaching-Service integration within the National Professional Health Education Reorientation Program]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902949&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo Revisão Integrativa da Literatura com o objetivo de identificar as características e descrever como a integração ensino-serviço se expressa nos estudos produzidos no âmbito do Pró-Saúde, publicados no Brasil, no período de 2007-2012. Para a busca, o termo Programa Nacional de Reorientação da Formação Profissional em Saúde foi inserido nas bases de dados: Biblioteca Virtual em Saúde, Google Acadêmico e Banco de Teses da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Foram selecionadas 41 publicações, sendo critérios de inclusão: artigos científicos; teses e dissertações; estudos nos idiomas inglês, português ou espanhol. A avaliação crítica dos estudos foi realizada mediante leitura minuciosa. Os resultados são apresentados em duas categorias: Diálogo e parceria como ferramentas para a integração ensino-serviço e Movimentos de mudança no ensino e no serviço a partir do Pró-Saúde. Os estudos demonstram que mudanças na formação e na prática de profissionais são possíveis e necessárias, sobretudo quando apoiadas em estratégias que estimulam a participação ativa dos sujeitos e confirmam a integração ensino-serviço como oportunidade de diálogo, promovida por essa política indutora.<hr/>Abstract This integrative literature review aimed at identifying the characteristics and describing how teaching-service integration is expressed in studies on Pró-Saúde (Charitable institution for social and hospital assistance) published in Brazil in the period 2007-2012. For the search, the term National Professional Health Education Reorientation Program was entered in the following databases: Virtual Health Library (BVS), Google Scholar and the Bank of Theses of the Coordination for the Improvement of Higher Education Personnel (CAPES). Forty-one publications were selected with the following inclusion criteria: scientific papers; theses and dissertations; studies in English, Portuguese or Spanish. The critical review of studies was performed through a comprehensive reading of the texts. Outcomes are presented in two categories: Dialogue and partnership as tools for teaching-service integration and Movements of change in teaching-service through Pró-Saúde. Studies have shown that changes in professional education and practice are possible and necessary, especially when supported by strategies that encourage active participation of subjects and confirm teaching-service integration as opportunity for dialogue, promoted by this inducing policy. <![CDATA[Children's Health in Brazil: orienting basic network to Primary Health Care]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902961&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo Revisão integrativa da literatura que analisou o conhecimento científico produzido sobre a orientação dos serviços de atenção básica brasileiros à Atenção Primária à Saúde com enfoque na saúde da criança. Foram realizadas buscas nas bases SciELO, Lilacs e Medline utilizando os descritores atenção primária à saúde, programa saúde da família, saúde da criança e avaliação de serviços de saúde. Selecionaram-se estudos publicados entre 2000-2013 em português, inglês e espanhol. Foram eleitos 32 estudos, os quais foram caracterizados quanto aos atributos da atenção primária estudados, região do país, tipo de estudo e área de atuação dos autores. Realizou-se análise temática das pesquisas resultando em duas categorias: atenção à criança no contexto da Atenção Primária à Saúde brasileira e Atributos da Atenção Primária à Saúde: limitações no cuidado à criança. Depreende-se que os serviços de Atenção Primária à Saúde brasileiros são heterogêneos quanto à presença e extensão dos atributos essenciais na atenção à saúde da criança carecendo mudanças estruturais e processuais nos serviços, a fim de melhor planejar as ações de cuidado na atenção básica.<hr/>Abstract This is an integrative literature review that analyzed the scientific knowledge produced on the orientation of Brazilian basic care services to primary health care focusing on child health. Searches were carried out in SciELO, Lilacs and Medline databases using descriptors “primary health care”, “family health program”, “child health” and “evaluation of health services”. Studies published in Portuguese, English and Spanish between 2000 and 2013 were selected. A total of 32 studies were chosen and characterized in relation to the features of primary health care, region of the country, type of study and authors' practice area. A thematic review of studies was conducted and resulted in two categories: child care in the context of Brazilian primary health care and primary health care features: limitations to child care. It can be understood that Brazilian primary health care services are heterogeneous regarding the presence and scope of essential child care characteristics. There is a lack of structural and process changes in the services to substantially plan child care actions in basic care. <![CDATA[Epidemiology Kept Simply: Introduction to Traditional and Modern Epidemiology]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902975&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo Revisão integrativa da literatura que analisou o conhecimento científico produzido sobre a orientação dos serviços de atenção básica brasileiros à Atenção Primária à Saúde com enfoque na saúde da criança. Foram realizadas buscas nas bases SciELO, Lilacs e Medline utilizando os descritores atenção primária à saúde, programa saúde da família, saúde da criança e avaliação de serviços de saúde. Selecionaram-se estudos publicados entre 2000-2013 em português, inglês e espanhol. Foram eleitos 32 estudos, os quais foram caracterizados quanto aos atributos da atenção primária estudados, região do país, tipo de estudo e área de atuação dos autores. Realizou-se análise temática das pesquisas resultando em duas categorias: atenção à criança no contexto da Atenção Primária à Saúde brasileira e Atributos da Atenção Primária à Saúde: limitações no cuidado à criança. Depreende-se que os serviços de Atenção Primária à Saúde brasileiros são heterogêneos quanto à presença e extensão dos atributos essenciais na atenção à saúde da criança carecendo mudanças estruturais e processuais nos serviços, a fim de melhor planejar as ações de cuidado na atenção básica.<hr/>Abstract This is an integrative literature review that analyzed the scientific knowledge produced on the orientation of Brazilian basic care services to primary health care focusing on child health. Searches were carried out in SciELO, Lilacs and Medline databases using descriptors “primary health care”, “family health program”, “child health” and “evaluation of health services”. Studies published in Portuguese, English and Spanish between 2000 and 2013 were selected. A total of 32 studies were chosen and characterized in relation to the features of primary health care, region of the country, type of study and authors' practice area. A thematic review of studies was conducted and resulted in two categories: child care in the context of Brazilian primary health care and primary health care features: limitations to child care. It can be understood that Brazilian primary health care services are heterogeneous regarding the presence and scope of essential child care characteristics. There is a lack of structural and process changes in the services to substantially plan child care actions in basic care. <![CDATA[Erratum]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232016000902977&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo Revisão integrativa da literatura que analisou o conhecimento científico produzido sobre a orientação dos serviços de atenção básica brasileiros à Atenção Primária à Saúde com enfoque na saúde da criança. Foram realizadas buscas nas bases SciELO, Lilacs e Medline utilizando os descritores atenção primária à saúde, programa saúde da família, saúde da criança e avaliação de serviços de saúde. Selecionaram-se estudos publicados entre 2000-2013 em português, inglês e espanhol. Foram eleitos 32 estudos, os quais foram caracterizados quanto aos atributos da atenção primária estudados, região do país, tipo de estudo e área de atuação dos autores. Realizou-se análise temática das pesquisas resultando em duas categorias: atenção à criança no contexto da Atenção Primária à Saúde brasileira e Atributos da Atenção Primária à Saúde: limitações no cuidado à criança. Depreende-se que os serviços de Atenção Primária à Saúde brasileiros são heterogêneos quanto à presença e extensão dos atributos essenciais na atenção à saúde da criança carecendo mudanças estruturais e processuais nos serviços, a fim de melhor planejar as ações de cuidado na atenção básica.<hr/>Abstract This is an integrative literature review that analyzed the scientific knowledge produced on the orientation of Brazilian basic care services to primary health care focusing on child health. Searches were carried out in SciELO, Lilacs and Medline databases using descriptors “primary health care”, “family health program”, “child health” and “evaluation of health services”. Studies published in Portuguese, English and Spanish between 2000 and 2013 were selected. A total of 32 studies were chosen and characterized in relation to the features of primary health care, region of the country, type of study and authors' practice area. A thematic review of studies was conducted and resulted in two categories: child care in the context of Brazilian primary health care and primary health care features: limitations to child care. It can be understood that Brazilian primary health care services are heterogeneous regarding the presence and scope of essential child care characteristics. There is a lack of structural and process changes in the services to substantially plan child care actions in basic care.