Scielo RSS <![CDATA[Ciência & Saúde Coletiva]]> http://www.scielosp.org/rss.php?pid=1413-812320150007&lang=es vol. 20 num. 7 lang. es <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielosp.org/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielosp.org <![CDATA[The importance of scientific publication in the development of public health]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000701972&lng=es&nrm=iso&tlng=es <![CDATA[The <em>Ciência & Saúde Coletiva</em> journal and the process of institutionalization of a field of knowledge and practices]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000701975&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo O presente trabalho toma como ponto de partida as noções que conformam o processo de institucionalização de um campo do conhecimento nas seguintes fases: 1. Diferenciação de temas, métodos e técnicas de conhecimentos ou disciplinas já existentes; 2. O tema anteriormente considerado periférico passa a ser olhado como parte de um determinado campo de conhecimento; 3. O novo campo passa a ser significante no conjunto de uma área e inicia a padronização do recrutamento de recursos humanos, seleção de especialistas e de recursos financeiros; 4. Consolidação do novo campo, construindo sua cultura dentro da comunidade científica, com suas redes sociais de comunicação, associações científicas e publicações próprias. O objetivo central é analisar o papel da Revista Ciência e Saúde Coletiva no processo de institucionalização da Saúde Coletiva; situar a Saúde Coletiva e suas etapas; fazer um breve relato sobre a história das publicações científicas, ressaltando as brasileiras do campo da saúde pública/saúde coletiva; e trabalhar os momentos iniciais da Revista.<hr/>Abstract This paper takes as its starting point the concepts that make up the process of institutionalization of a field of knowledge in the following phases: 1. Differentiation of subjects, methods and techniques of knowledge or existing disciplines, 2. The subject previously considered as peripheral is now seem as part of a particular field of knowledge, 3. The new field becomes significant in the set of an area and starts the standardization of recruitment of human resources, selection of experts and financial resources, and 4. Consolidation of the new field, building its culture within the scientific community, with its social networks of communication, scientific associations and its own publications. Our central objective is to analyze the role of the Ciência e Saúde Coletiva Journal in the process of institutionalization of the Collective Health; we situate the Collective Health and its stages, make a brief report on the history of scientific publications by emphasizing the Brazilian studies on the public health field, and work the early stages of the Journal <![CDATA[Indicators of national focus of the research published by Public Health journals edited in Brazil]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000701983&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo Esta comunicação reúne um conjunto de estatísticas e indicadores bibliométricos que explicitam a alta produção de artigos de centralidade nacional pela pesquisa em saúde pública e coletiva do Brasil, que tem nos periódicos editados nacionalmente a sua principal fortaleza. A predominância da publicação de autoria brasileira em português contribui para o baixo impacto por citações recebidas no âmbito dos índices bibliométricos Scimago/Scopus e JCR/WoS, que são utilizados para medir produção e desempenho das pesquisas e dos periódicos. Entretanto, o desempenho destes periódicos destaca-se no âmbito do SciELO e é competitivo internacionalmente no amplo contexto do Google Scholar Metrics. O desafio que se apresenta aos periódicos é o desenvolvimento e aplicação de políticas editoriais em prol da valorização da pesquisa com centralidade nacional e sua internacionalização.<hr/>Abstract This report presents a set of bibliometric indicators and statistics which explain the high level of production of articles on research in public and collective health in Brazil which are published in the main nationally edited journals in the field. The predominance of publications in the Portuguese language by Brazilian authors results in a lower impact in terms of citations received as measured by the bibliometric indexes Scimago/Scopus and JCR/WoS. These bibliometric indexes are used to measure the production and performance of research and journals. Nevertheless, the performance of these same journals stands out in SciELO, and is competitive internationally in the broader context of Google Scholar Metrics. The challenge faced by journals in Brazil is developing and applying editorial policies for the valuation of research with a national focus, and its internationalization. <![CDATA[Editorial challenges of the <em>Revista de Saúde Pública</em>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000701997&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo Os editores da Revista de Saúde Pública descrevem o perfil editorial da revista e discutem os desafios da publicação científica na área. É apresentada uma síntese histórica dos quase 50 anos da revista, com a projeção temporal de seus indicadores bibliométricos. São relacionados parâmetros qualitativos e quantitativos de seu perfil editorial e indexações. São discutidas as restrições orçamentárias e as ações que vêm sendo tomadas para enfrentá-las. Também se discute a dificuldade na alocação de revisores para os manuscritos submetidos ao processo de avaliação editorial; uma questão que afeta a publicação científica em muitas áreas de conhecimento. Em especial, buscou-se refletir sobre a proposição de medidas que visem dinamizar o processo editorial, atenuando a escassez de revisores e suas possíveis consequências prejudiciais para o processo editorial.<hr/>Abstract The editors of the Revista de Saúde Pública describe the journal's editorial profile and discuss the challenges of scientific publication in the area. A historical overview of almost 50 years of the journal is reported, with the temporal projection of their bibliometric indicators. Qualitative and quantitative parameters of its editorial profile and indexes are also reported. Budget constraints and the actions being taken to address them are discussed. The difficulty in allocating reviewers for manuscripts submitted to the editorial process is also discussed; an issue that affects scientific publication in many areas of knowledge. In particular, we sought to reflect on the proposal of measures to boost the editorial process by alleviating the shortage of reviewers and their possible harmful consequences for the editorial process. <![CDATA[A brief history of cadernos de Saúde Pública/reports in Public Health]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000702007&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo O presente artigo foi redigido para integrar o número comemorativo dos 20 anos da Ciência e Saúde Coletiva (C&amp;SC). Aproveitamos essa oportunidade para relembrar a trajetória exitosa de Cadernos de Saúde Pública (CSP) nos seus trinta anos de existência, passando de publicação trimestral de circulação restrita para um periódico mensal indexado nas principais bases de dados bibliográficas. Buscamos, adicionalmente, sintetizar alguns temas que abordamos em editoriais recentes, incluindo a internacionalização de periódicos, a demanda por artigos relevantes e originais, o plágio e a revisão por pares. Apresentamos também o sistema de gerenciamento de artigos desenvolvido por CSP e concluímos com uma reflexão sobre a cooperação entre os periódicos do campo da Saúde Coletiva.<hr/>Abstract This article was written as part of the 20th-year commemorative issue of Ciência e Saúde Coletiva (C&amp;SC). We take advantage of this opportunity to revisit the successful history of Cadernos de Saúde Pública (CSP)/Reports in Public Health in its 30 years of publication, progressing from a quarterly periodical with limited circulation to a monthly journal indexed in the main scientific databases. We also summarize some themes from our recent editorials, including the internationalization of scientific journals, the demand for relevant and original articles, plagiarism, and peer review. We also discuss the article submission management system developed by CSP and conclude with ideas on cooperation between journals in the public health field. <![CDATA[<em>Ciência & Saúde coletiva</em> Journal at the national and international context of scientific communication]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000702013&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo O artigo discute o papel da Revista Ciência &amp; Saúde Coletiva na disseminação do conhecimento no país e no exterior, os novos desafios por ela enfrentados e o papel dela na consolidação do campo da saúde pública. Para isso, seu histórico é esboçado, sua posição como periódico cientifico é situada e seus temas são analisados. Dentre as conclusões, destaca-se que a revista tanto se afigura como um espaço estruturado pelo habitus da saúde coletiva, quanto cria seu habitus que contribui para estruturar esse campo. Junto a isso, a revista contribui para o desenvolvimento de massa crítica da área e mantém o compromisso com o Sistema Único de Saúde brasileiro.<hr/>Abstract The article discusses the role of the Ciência &amp; Saúde Coletiva Journal in the dissemination of knowledge in Brazil and in the international scientific community, its new challenges and role in the consolidation of the national public health field. Its history is outlined, positioning it as a scientific journal and the themes approached in it are analyzed. Among the findings, it is emphasized that the journal features a structured space by the habitus of public health, and creates its own habitus that contributes to structure this field. In addition, the journal contributes to the development of critical mass in the area and is committed to the Brazilian Public Health System. <![CDATA[The history of a movement: <em>Saúde em Debate</em> magazine and Brazilian health reform]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000702023&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo Neste artigo apresentamos momentos significativos da trajetória da revista Saúde em Debate. Para isso utilizamos documentos, estudos históricos, números da revista, trabalhos acadêmicos e depoimentos de sanitaristas que contribuíram para a sua criação. Nesses 39 anos de existência, embora possam ter ocorrido variações na política editorial da revista, o papel de ser um meio de intercâmbio e debate do pensamento crítico sanitário e de alguma forma intervir no processo politico nacional, não se alterou. A revista consolidou-se como um veículo de comunicação científica, especialmente nas áreas da política e da gestão em saúde, ampliando o escopo temático ao longo do tempo. Entre os desafios da revista, além de sua manutenção financeira, está em tornar-se, também, um instrumento de difusão do pensamento latinaomericano do campo da saúde.<hr/>Abstract This article traces significant moments in the history of the magazine Saúde em Debate – sourcing references and information from documents, historical studies, editions of the magazine, academic work and interviews with physicians and writers who contributed to its creation. In its 39 years of existence, although there may have been variations in the magazine's editorial policy, its role as a means for exchange of ideas and debate on critical health thinking, and making a contribution by in some way intervening in the Brazilian political process, has not changed. The magazine established itself with a firm reputation as a vehicle of scientific communication especially in the areas of health policy and management, expanding the scope of subjects over time. Among the challenges it has faced, as well as that of financial sustenance, has been its role as an instrument for dissemination of Latin American thinking in the field of health. <![CDATA[The Brazilian Journal of Epidemiology: 18 years of contributing to knowledge dissemination]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000702031&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo A Revista Brasileira de Epidemiologia está completando 18 anos como veículo da comunidade da Saúde na difusão de conhecimentos, tanto na perspectiva teórica quanto na analise da realidade sanitária, bem como no exercício da prática em serviços de saúde. Afinada com o conjunto de disciplinas do campo da Saúde Coletiva, as suas origens e concepções atendem aos movimentos do setor sanitário e seguem as áreas de atuação propostas nos “Planos Diretores para o Desenvolvimento da Epidemiologia no Brasil”. Tem apresentado ao longo do tempo demanda crescente para publicação de artigos, fato que tem favorecido seu crescente fator de impacto. A RBE adotou como política editorial disseminar sua produção de forma bilíngue, com o objetivo de proporcionar maior visibilidade internacional e atender, igualmente, os pesquisadores e os profissionais da área. Como os demais periódicos científicos nacionais, ressente-se da ausência de política nacional de ciência e tecnologia em um apoio mais efetivo visando a garantir a sua sustentabilidade. Como perspectiva futura, espera-se alcançar maior repercussão da revista nos meios acadêmicos, junto aos profissionais dos serviços de saúde e, não menos importante, altos impactos junto à sociedade em geral.<hr/>Abstract The Revista Brasileira de Epidemiologia (RBE - Brazilian Journal of Epidemiology) is completing 18 years as a vehicle for the dissemination of knowledge in the area of health. This knowledge relates to theoretical perspectives, the analysis of the reality of existing health conditions, as well as practices within health services. Fitting within all the disciplines of the field of public health, the origins of this journal, and the concepts that it covers, reflect movements within the health sector and also shadow the areas of operation proposed in the “Master Plans for the Development of Epidemiology in Brazil”. Over time, there has been increasing demand for the publication of articles within the journal, a fact that has favored its growing impact factor. The RBE adopted an editorial policy designed to disseminate its production in a bilingual form in order to attain greater international visibility and to meet the needs of both researchers and professionals in the field. Like all Brazilian scientific journals, it has suffered from the absence of national scien-tific and technological policies designed to provide more effective assistive in ensuring its sustainability. Looking towards the future, it is hoped that the RBE will achieve even greater impact within academia, in relation to health service professionals, and, not least, that it will achieve a high impact within society at large. <![CDATA[From occupational safety and health to Workers’ Health: history and challenges to the Brazilian Journal of Occupational Health]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000702041&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo A Revista Brasileira de Saúde Ocupacional (RBSO) é o periódico científico do campo da Saúde do Trabalhador publicado pela Fundacentro desde 1973. O percurso histórico, o desempenho atual, os desafios e as perspectivas futuras da RBSO são discutidos a partir de análise documental. A história da revista pode ser dividida em três períodos, começando durante o governo militar. No início, se constituiu em veículo de difusão de conhecimentos e da política de prevenção de acidentes, na qual a Fundacentro desempenhava papel central. No início dos anos 80 abre-se espaço para publicações de caráter técnico científico, assim como o campo da Saúde do Trabalhador surge em suas páginas. Em 2005-6, um processo de reestruturação é implementado, assegurando política e estruturas editoriais independentes. Desde 2006, 139 artigos originais e nove dossiês temáticos foram publicados; a Revista está indexada em 9 bases; Qualis/CAPES B1 na área Interdisciplinar e B2 em Saúde coletiva, com tendência ascendente no Fator de Impacto SciELO e índice h5 no Google Scholar. Todavia, a relativa baixa produção científica no campo e o alto índice de rejeição de manuscritos podem colocar em risco a sobrevivência do “lócus principal” para publicações científicas no campo da Saúde do Trabalhador.<hr/>Abstract The Revista Brasileira de Saúde Ocupacional (RBSO) - Brazilian Journal of Occupational Health - is an academic peer-reviewed journal in the field of Workers’ Health that has been published by Fundacentro since 1973. Its historical trajectory, current performance, challenges and future perspectives were approached, in this paper, from a documental analysis. The journal's history can be divided into three periods, starting during the military government. At the beginning, the journal was the official vehicle for the Brazilian occupational accidents prevention policy, in which Fundacentro played a central role. The early 1980s opens space for technical-scientific publications and the field of Workers’ Health emerges on the journal's pages. In 2005-6, a restructuring process is implemented, ensuring independent editorial policy and structures. Since 2006, 139 original papers and 9 thematic issues have been published. The journal is indexed in 9 bibliographic databases, has been ranked B1 in the field of interdisciplinary studies and B2 in the field of public health by CAPES, has an upward trend in the SciELO Impact Factor, and has an h-index of 5 in Google Scholar. Nevertheless, the low scientific production in the field and the high rate of rejection of manuscripts may jeopardize the survival of the journal, which is the main locus for scientific publications in the field of Workers’ Health. <![CDATA[Celebrating <em>Ciência & Saúde Coletiva</em>, reminiscing about the trajectory of Physis]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000702053&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo Descrevemos a história e as características da revista Physis, apresentando uma visão geral do que foi publicado nos 24 anos desde seu número inicial. Apresentamos alguns dados referentes a citações e uma discussão crítica dos mesmos. Encerramos com uma discussão dos movimentos observados recentemente nas políticas de agências governamentais com relação à política científica, manifestando nossa preocupação e defendendo uma política que privilegie a diversidade e a ampliação dos veículos de divulgação científica.<hr/>Abstract We describe the history and characteristics of the journal Physis by presenting an overview of what was published in the 24 years since its first issue. We present some data relating to quotations and a critical discussion of same. We end with a discussion of recently observed movements in policies of government agencies regarding scientific policy, expressing our concern and advocating a policy fomenting the diversity and the broadening of the scope of vehicles of scientific dissemination. <![CDATA[An interdisciplinary space of scientific communication in Collective (Public) Health: the journal interface - Communication, Health, Education]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000702059&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo Faz-se uma reflexão sobre a experiência de 17 anos de produção de periódico científico de natureza interdisciplinar, a revista “Interface: Comunicação, Saúde, Educação,” que tem como escopo os campos da Saúde Coletiva, da Educação e da Comunicação. Examina-se, também, retrospectivamente os temas publicados pelo periódico, buscando-se reconhecê-los nas diferentes seções desta publicação. Por fim, analisa-se o periódico em sua evolução.<hr/>Abstract This is a reflection upon 17 years of experience in the production of an interdisciplinary scientific journal, the publication “Interface: Communication, Health, Education,” whose scope is in the fields of Collective (Public) Health, Education and Communication. It also examines retrospectively the themes published by the journal, seeking to identify them in different sections of this publication. Finally, the evolution of the journal is analyzed. <![CDATA[Saúde e Sociedade Journal: partnership and openness to new approaches]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000702069&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo O texto relata a trajetória do periódico científico Saúde e Sociedade, editado desde 1992 pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo em parceria com a Associação Paulista de Saúde Pública. Apresenta o contexto da época de criação do periódico, sua missão, voltada à divulgação da contribuição das Ciências Humanas e Sociais à Saúde, os principais desafios enfrentados ao longo de sua história até os dias de hoje, as metas e as estratégias para melhoria da qualidade científica, da visibilidade da revista, da indexação em diferentes bases bibliográficas nacionais e internacionais, da internacionalização e da sustentabilidade, com reafirmação de seus princípios fundantes.<hr/>Abstract The text traces the trajectory of the Saúde e Sociedade scientific journal, published by the School of Public Health, University of São Paulo in partnership with the Associação Paulista de Saúde Pública since 1992. It presents the context of the era in which the journal was created and its mission of divulging the contributions of Human and Social Sciences to Health Care, the challenges it has faced over the length of its history until today, its goals and strategies for improving scientific quality, the journal's visibility, becoming indexed in various national and international bibliographic databases and about its internationalization and sustainability, reaffirming its founding principles. <![CDATA[Epidemiology and Health Services: the trajectory of the Brazilian National Health System Journal]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000702081&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo A Epidemiologia e Serviços de Saúde – Revista do Sistema Único de Saúde do Brasil (RESS) é um periódico científico editado pelo Ministério da Saúde. Continuação do Informe Epidemiológico do SUS (IESUS), de 1992. Passou a denominar-se Epidemiologia e Serviços de Saúde em 2003. A RESS privilegia a epidemiologia nos serviços de saúde. Sua missão é difundir o conhecimento epidemiológico aplicável às ações de vigilância, prevenção e controle de doenças e agravos de interesse da saúde pública, visando ao aprimoramento dos serviços oferecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O artigo descreve a trajetória da RESS, desde sua criação como IESUS, até sua consolidação como importante periódico científico brasileiro da área da saúde coletiva. São destacadas inciativas que contribuíram para o desenvolvimento do periódico, a exemplo da revisão e implementação de seu plano de fortalecimento, da ampliação de seu corpo editorial, da realização de ações voltadas à promoção da integridade na publicação, além de atividades de divulgação, que incluíram a criação do Prêmio RESS Evidencia. Como resultado, a RESS logrou expressiva evolu-ção em seus indicadores de desempenho e indexa-ção em bases bibliográficas relevantes.<hr/>Abstract Epidemiology and Health Services – Brazilian National Health System Journal (Epidemiologia e Serviços de Saúde - RESS) is a scientific journal published by the Brazilian Ministry of Health. It is the continuation of the Brazilian National Health System Epidemiological Report (Informe Epidemiológico do SUS - IESUS), created in 1992. Its name changed to Epidemiology and Health Services in 2003. RESS is centred on epidemiology in health services. Its mission is to disseminate epidemiological knowledge applicable to the surveillance, prevention and control of diseases relevant to Public Health, aiming to improve the services offered by the Brazilian National Health System. This article describes RESS’ trajectory, right from its creation as IESUS, up until its consolidation as an important Brazilian scientific journal in the Public Health field. Initiatives that have contributed to the journal's development are highlighted, such as the revision and implementation of the plan to strengthen the journal, the growth of its editorial board, actions aimed at promoting publication integrity, as well as activities to disseminate it, including the creation of the RESS Evidencia Prize. As a result, RESS has evolved greatly in terms of its performance indicators and was indexed in relevant bibliographical databases. <![CDATA[Body dissatisfaction among pregnant women: an integrative review of the literature]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000702091&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo A imagem corporal de gestantes deve ser alvo de atenção por parte dos profissionais, tendo em vista a promoção da saúde materna infantil. O objetivo da presente revisão integrativa foi analisar a literatura sobre imagem e insatisfação corporal em gestantes. Foram buscados artigos nas bases de dados Scopus, PubMed, BVS e PsycINFO utilizando o cruzamento de “pregnancy” com as palavras-chave: “body image” e “body dissatisfaction”. Após a adoção dos critérios de inclusão e exclusão foram analisados 40 estudos. Estes apontam dados inconclusivos quanto à insatisfação corporal durante a gestação. Presença de sintomas depressivos, baixa autoestima, atitude alimentar inadequada e ganho de peso fora dos limites recomendados têm sido associados a uma imagem corporal negativa. Contradições nos achados podem estar relacionados às diferenças nos instrumentos utilizados para mensurar a imagem corporal. Pelo possível impacto de uma imagem corporal negativa durante a gestação na saúde materna e infantil, são recomendadas novas investigações, em especial o desenvolvimento de um instrumento avaliativo de imagem corporal específico para gestantes.<hr/>Abstract The body image of pregnant women is an issue that should be further investigated by professionals in the area, especially in view of the fact that maternal and infant health has gained such prominence. The scope of this integrative review is to analyze the literature relating to body image and body dissatisfaction among pregnant women. Research was based on articles extracted from the Scopus, PubMed, BVS and PsycINFO databases, by cross-referencing “pregnancy” with the keywords “body image” and “body dissatisfaction.” Once the inclusion and exclusion criteria had been adopted, forty studies were analyzed. These produced inconclusive data about body dissatisfaction during pregnancy. Symptoms of depression, low self-esteem, an inadequate approach towards healthy eating and weight gain above recommended limits have been associated with a negative body image. The contradictory findings could be related to the different instruments used to measure body image. In view of the possible impact that a negative body image can have on maternal and infant health during pregnancy, it is recommended that further investigations are made, in particular related to the development of a specific tool to evaluate the body image of pregnant women. <![CDATA[Vulnerability synthetic indices: a literature integrative review]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000702105&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo O conceito de vulnerabilidade é delimitado por processos sociais dinâmicos e multigeracionais que envolvem pelo menos três dimensões: exposição a trajetórias de riscos, capacidades internas e externas de reação e possibilidades de adaptação baseada tanto na intensidade do risco quanto na resiliência das pessoas. Com o objetivo de identificar e descrever os índices sintéticos de vulnerabilidade, realizou-se uma revisão integrativa de literatura. Foram consultados artigos de acesso livre indexados nas bases de dados Bio-Med, Bireme, PubMed, Reldalyc, SciELO e Web of Science, com utilização de descritores controlados nos idiomas inglês e português, para todos os intervalos temporais disponíveis, com seleção e análise de 47 estudos que apresentaram resultados de 23 índices sintéticos de vulnerabilidade. Os resultados apontaram que os índices sintéticos de vulnerabilidade abordam 4 categorias temáticas: determinantes sociais de saúde; socioambiental e condições climáticas; família e curso da vida; territórios e espaços geográficos específicos. Concluiuse que a delimitação dos componentes e indicadores, bem como das metodologias adotadas para a construção dos índices sintéticos precisam ser avaliados mediante as limitações e vantagens em retratar a vulnerabilidade por meio de medidas resumo na formulação de políticas e nas tomadas de decisão visando ao desenvolvimento humano.<hr/>Abstract The concept of vulnerability is delimited by dynamic social and multigenerational processes involving at least three dimensions: exposure to risk trajectories, internal and external capabilities of reaction and possibilities of adaptation based on both the intensity of risk and the resilience of people. In order to identify and describe the synthetic indices of vulnerability, there was an integrative literature review. We consulted free access articles indexed in the following databases: BioMed, Bireme, PubMed, Reldalyc, SciELO and Web of Science; and we used controlled descriptors in English and Portuguese for all time slots available with selection and analysis of 47 studies that reported results of 23 synthetic indices of vulnerability. The results showed that the synthetic indices of vulnerability address four themes: social determinants of health; environmental and climatic conditions; family and course of life; territories and specific geographic areas. It was concluded that the definition of the components and indicators, as well as the methodologies adopted for the construction of synthetic indices need to be evaluated by means of the limitations and advantages of reporting the vulnerability through summary measures in policy formulation and decision-making aimed at human development. <![CDATA[Boletim Epidemiológico Paulista (Paulista Epidemiologic Bulletin) - persistent trajectory]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000702121&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo O Bepa – Boletim Epidemiológico Paulista, criado em 2004, é uma publicação mensal da Coordenadoria de Controle de Doenças (CCD), órgão da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo (SES-SP) responsável pelo planejamento e execução das ações de promoção à saúde e prevenção de quaisquer riscos, agravos e doenças, nas diversas áreas de abrangência do Sistema Único de Saúde de São Paulo (SUS-SP). Originalmente tendo como proposta a publicação ágil de informações objetivas, sofreu transformações ao longo dos anos e configurou-se como ferramenta para ações do serviço e gestores de saúde. Financiado exclusivamente com recursos públicos, esforça-se para manter a periodicidade mensal e a divulgação de dados epidemiológicos, descrição de ações programáticas, análises de situação de saúde e relatos marcantes para a história da saúde pública paulista.<hr/>Abstract The Paulista Epidemiologic Bulletin (Bepa), created in 2004 is a monthly publication from the Coordinating Office of Diseases Control (CCD), from the State Office of Health of Sao Paulo (SES-SP) responsible for planning and executing actions of health promotion and preventing any risks and diseases throughout the covered areas of the system (SUS-SP). Originally as a proposal of a fast publication of objective informations it suffered transformations along the years and turned out to be an important tool for service actions and health managers. Funded exclusively by public resources it tries hard to maintain the monthly periodicity and disclosure of epidemiologic data, description of programmatic actions, health situation analysis and striking reports concerning the history of public health in Sao Paulo. <![CDATA[Ilza Veith (1912-2013) and Genevieve Miller (1914-2013): long lives dedicated to the history of medicine]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000702125&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo O artigo analisa aspectos biobibliográficos de duas historiadoras da medicina: Ilza Veith (1912-2013) e Genevieve Miller (1914-2013). Ambas fizeram a sua formação no Institute of History of Medicine da Johns Hopkins University e tiveram como mentor intelectual o historiador Henry Ernest Sigerist (1891-1957). Autoras de obras originais, Ilza no campo da medicina oriental e Genevieve no campo da história da ciência, ao longo da carreira tiveram importante participação na pesquisa, docência e divulgação da história da medicina, marcada pelo pioneirismo de suas atividades.<hr/>Abstract This article analyzes bibliographic aspects of two historians of medicine: Ilza Veith (1912-2013) and Genevieve Miller (1914-2013). Both women trained at the Institute of History of Medicine at Johns Hopkins University and both had the historian Henry Ernest Sigerist (1891-1957) as their intellectual mentor. Both women were the authors of original works, Ilza in the field of oriental medicine and Genevieve in the field of the history of science, and throughout their careers they made important contributions to research, teaching and the dissemination of the history of medicine, which was marked by their pioneering activities. <![CDATA[Guilherme Rodrigues da Silva: the development of the field of collective health in Brazil]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000702129&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo Este artigo retrata a trajetória acadêmica do professor Guilherme Rodrigues da Silva e a sua contribuição na formação da Saúde Coletiva brasileira. Três aspectos fundamentais são abordados: a ativa participação na educação médica, tanto na graduação como na pós-graduação; sua aplicação em pesquisas científicas voltadas para o estudo de doenças negligenciadas e no desenvolvimento da metodologia epidemiológica; sua contribuição no estabelecimento de políticas de saúde com ênfase no Sistema Único de Saúde – SUS.<hr/>Abstract This article describes the academic trajectory of Professor Guilherme Rodrigues da Silva and his contribution in the formation of Collective Health in Brazil. Three key aspects are covered: active participation in medical education, both undergraduate and graduate level; its application in scientific research for the study of neglected diseases and the development of epidemiological methodology; his contribution in establishing health policy with emphasis on the Unique Health System (Sistema Único de Saúde – SUS). <![CDATA[Health at the border: quantitative and qualitative analysis of patients treated at the Maternal and Child Care Center in Foz do Iguaçu, Brazil]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000702135&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo Foz do Iguaçu participa do SIS-Fronteiras e instalou o Centro Materno Infantil (CMI), ofertando atendimento ao pré-natal das gestantes brasileiras moradoras no Paraguai (brasiguaias). Para analisar as características do CMI e comparar o perfil de brasiguaias com gestantes brasileiras residentes no Brasil, conciliou-se abordagem quanti-qualitativa na metodologia. Verificou-se que gestantes brasiguaias atendidas no CMI procuram o local devido à precariedade do sistema de saúde paraguaio. Elas são mais jovens, apresentam maior paridade, menor escolaridade e não têm companheiro, quando comparadas às moradoras no Brasil. Elas omitem onde moram, tentando minimizar a possiblidade de terem atendimento inferior ao das brasileiras do local, ou terem negado seu direito à consulta; e buscam o serviço de obstetrícia tardiamente para evitar a negativa do atendimento. Elas geram custo alto para o município, sobretudo pela desinformação sobre a sua história reprodutiva e gestacional, o que aumenta as chances de serem submetidas a parto cesáreo e de internação da mãe e/ou do bebê, por complicações. Ações efetivas em relação à saúde materno-infantil nas zonas de fronteira precisam ser priorizadas.<hr/>Abstract Foz do Iguaçu participates in the SIS-Fronteiras program and installed the Maternal and Child Care Center (CMI) to offer prenatal care service to pregnant Brazilian women resident in Paraguay (Brasiguaias). To analyze the characteristics of the CMI and compare the profile of Brasiguaias with pregnant Brazilian women resident in Brazil, a quantitative and qualitative approach in methodology was applied. It was found that Brasiguaias go to the CMI because of the precariousness of services of the Paraguayan Health System. They tend to be younger, bear more children, have lower education and are unmarried compared with pregnant Brazilian woman resident in Brazil. They omit where they live to avoid being denied the right or receiving inferior treatment than local pregnant Brazilian women and seek obstetric treatment later to avoid being denied attendance. Pregnant Brazilian women resident in Paraguay are onerous to the municipality, especially due to misinformation about their reproductive and pregnancy history, which increases the chances of undergoing cesarean delivery and hospitalization of the mother and/or infant due to complications. Effective actions in relation to maternal and child health in the border areas need to be prioritized. <![CDATA[Qualitative study on adolescents’ reasons to non-adherence to dental treatment]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000702147&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo O estudo buscou refletir sobre os discursos dos adolescentes nas justificativas para a não adesão ao tratamento odontológico. Esta investigação qualitativa deriva de uma pesquisa quantitativa dirigida a adolescentes de 15 a 19 anos, de escolas estaduais que pertenciam à área de 34 Unidades de Saúde da Família em Piracicaba, SP, no ano de 2012. Os adolescentes foram avaliados, diagnosticados e encaminhados para tratamento odontológico. Um ano após esta intervenção e com a não adesão ao tratamento, utilizou-se do método qualitativo para compreender em profundidade este fenômeno. Foram realizadas 25 entre-vistas, com roteiro semiestruturado, dividido em três blocos: adotou ou não as condutas recomendadas; argumentos que justificaram a não adoção das condutas recomendadas; dimensões relacionadas à importância da saúde bucal. A análise de conteúdo temática foi adotada e a não adesão foi relacionada com alguns aspectos e agrupadas configurando em: não prioridade; prioridade e mudança de prioridade. Concluiu-se que as principais justificativas para a não adesão estão relacionadas com diferentes prioridades e o aparelho ortodôntico mostrou-se como potente estimulador do interesse e do estabelecimento de prioridades na atenção à saúde bucal entre os adolescentes.<hr/>Abstract The study aimed to reflect on adolescents’ speeches regarding their justifications for non-adherence to dental treatment. This is a qualitative research derived from a quantitative research aimed at adolescents from 15 to 19 years of public schools belonging to the area of 34 Primary Health Units – Family Health, in Piracicaba, SP, in 2012. The adolescents were evaluated, diagnosed and referred for dental treatment. One year after this intervention and with non-adherence to treatment, we used a qualitative method to deeply understand this phenomenon. We conducted 25 interviews with a semi-structured script, divided into three blocks: adopted or did not adopt actions recommended; arguments justifying the non-adherence of recommended actions; dimensions related to oral health importance. We adopted the thematic analysis and non-adherence was related to some aspects and grouped in: no priority; priority and change of priority. We concluded that the main reasons for non-adherence are related to different priorities, and orthodontic brace was a potent stimulator of interest and establishment of priorities in oral health care among adolescents. <![CDATA[Stressor events in the family environment that are indicative of mental health problems in children of school age]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000702157&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo O objetivo deste artigo é avaliar a relação entre eventos estressores ocorridos no último ano na família de crianças e adolescentes com indicativos de problemas de saúde mental em uma amostra de estudantes de duas escolas de uma cidade no sul do Brasil. Estudo transversal com 1.075 estudantes matriculados em duas escolas públicas de ensino fundamental (uma estadual e outra municipal). Foi utilizado o Strengths and Difficulties Questionnaire para avaliação de fatores emocionais e comportamentais da criança, e a Escala de Avaliação de Reajustamento Social de Holmes e Rahe (1967) para avaliar os eventos estressores. Foram utilizados o teste qui-quadrado e a regressão de Poisson, com ajuste robusto para variância, expressando os resultados em razão de prevalências (RP) e intervalos de confiança de 95%. As chances de apresentar problemas de hiperatividade foram 1,42 (IC 95% 1,10-1,83) vezes maiores no tercil intermediário e 1,37 (IC 95% 1,06-1,78) no tercil superior, quando comparados ao tercil inferior. Quanto aos problemas de relacionamento, as chances foram de 1,49 (IC 95% 1,15-1,93) vezes maiores no tercil superior ao serem comparados com o tercil inferior. Os resultados sugerem que fatores ambientais podem ser fortemente relacionados à etiologia dos transtornos mentais na infância e adolescência.<hr/>Abstract The scope of this article is to evaluate the relationship between stressor events that occurred last year in the family of children and adolescents that are indicative of mental health problems in a sample of students from two schools in a city in southern Brazil. It involved a cross-sectional study with 1,075 students enrolled in two public elementary schools. The Strengths and Difficulties Questionnaire was used to assess emotional and behavioral factors of the child and the Social Readjustment Rating Scale (SRRS) of Holmes and Rahe (1967) to assess stressor events. The chi-square and Poisson regression test with robust variance adjustment for expressing the results in the prevalence ratio (PR) and confidence intervals of 95% were used. The chances of presenting problems of hyperactivity were 1.42 (95% CI 1.10 to 1.83) times higher in the intermediate tercile and 1.37 (95% CI 1.06-1.78) in the higher tercile compared with the lower tercile. With respect to relationship problems the chances were of 1.49 (95% CI 1.15 to 1.93) times higher in the higher tercile when compared with the lower tercile. The results suggest that environmental factors may be strongly related to the etiology of mental disorders in childhood and adolescence. <![CDATA[The inclusion of sexuality as an essential aspect of comprehensive care for individuals with mental disorders]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000702165&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo O estudo teve o objetivo de compreender as representações de usuários e de profissionais de serviços de saúde mental acerca da sexualidade dos primeiros. Entrevistaram-se individualmente 39 usuários e 54 profissionais de serviços públicos de saúde mental por meio de seis grupos focais. A análise dos dados fundamentou-se na Análise Estrutural de Narração. Pessoas com transtornos mentais (PTM) não representam saúde sexual como direito e encontram dificuldades para se cuidarem em face de estereótipos de gênero e pelo contexto de exclusão e pobreza. Entre os profissionais, as representações foram de negação da sexualidade das PTM, entendendo-a como “fora do normal” e que deve ser reprimida. Diálogos sobre sexualidade com os usuários são quase inexistentes. Os profissionais não estão preparados para assistência integral, o que requer capacitação permanente nos serviços e inclusão do tema na formação básica nas carreiras da área da saúde, de forma interdisciplinar.<hr/>Abstract The scope of this study was to understand the representations of mental health service patients and professionals concerning the sexuality of the former. Thirty-nine patients and 54 professionals of the public mental health services, divided up into six focal groups, were interviewed individually. Data analysis was based on the Structural Analysis of Narrative technique. Individuals with mental disorders do not perceive sexual health as a right and have difficulty taking care of themselves in the face of gender stereotypes, and for the contexts related with exclusion and poverty. Among the mental health service professionals, sexuality negation of mentally-ill individuals had been the commom representation. They classify this behavior as “not a normal representation” and believe that it must be restrained. Dialogues about sexuality with users are almost inexistent. Mental health service professionals are not prepared for integral assistance, which requires permanent qualification and the inclusion of this subject in the fundamental formation of health related careers, in a interdisciplinary way. <![CDATA[Guardianship Councilors’ views on the effectiveness of the existing network in providing full protection to children and teenagers in situations of sexual violence]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000702173&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo O artigo objetivou conhecer a ótica dos conselheiros tutelares sobre as principais dificuldades de atuação e mobilização da rede para garantir a proteção integral de crianças e adolescentes em situação de abuso e exploração sexual no município do Rio de Janeiro. O estudo qualitativo, a partir da análise temática de 12 entrevistas (individuais e grupos focais), reconstituiu o cenário desenhado pelos conselheiros e os limites percebidos de sua atuação. Os resultados apontam como problemas percebidos a insuficiência de instituições para atendimento especializado, profissionais despreparados, morosidade, falta de comunicação e de articulação interinstitucionais para garantir as medidas de proteção necessárias aos casos.<hr/>Abstract This article aimed to ascertain the point of view of Guardianship Councilors about the main difficulties of operation and mobilization faced by the Guardianship Councils network in ensuring full protection to children and teenagers in a situation of sexual abuse and exploitation in the municipality of Rio de Janeiro. The qualitative study, based on thematic analysis of 12 interviews (with individuals and as focus groups), reconstituted the scenario reported by the Councilors and the limitations that they experienced on their sphere of activity. The results indicate the following problems perceived: (i) insufficiency of institutions for specialized care; (ii) professionals without the necessary training/experience; (iii) delays; and (iv) lack of communication and coordination between institutions able to ensure the necessary protection measures for the cases concerned. <![CDATA[Dynamics of intergenerational family relationships from the viewpoint of elderly residents in the city of Jequié (Bahia), Brazil]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000702183&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo Objetivou-se descrever a dinâmica das relações familiares intergeracionais na ótica de idosos. Trata-se de um estudo de abordagem qualitativa, desenvolvido com 32 pessoas idosas cadastradas na área de abrangência de uma Estratégia de Saúde da Família em um município do Estado da Bahia. Os dados foram coletados através de entrevista semiestruturada, durante o primeiro semestre de 2013, por meio de visitas domiciliares. Aplicou-se a análise de conteúdo temática, sendo construídas quatro categorias: relações familiares intergeracionais harmônicas; relações familiares intergeracionais conflituosas; relações familiares permeadas pelo cuidado intergeracional com o idoso; relações intergeracionais permeadas pelo cuidado dos idosos para com os seus netos. As categorias possibilitaram a compreensão da dinâmica das relações familiares intergeracionais na ótica de idosos, desvelando um conviver em família pautado no cuidado, apoio, união familiar e até mesmo conflitos.<hr/>Abstract This study aimed to describe the dynamics of intergenerational family relationships from the viewpoint of the elderly. It is a study of qualitative approach, developed with 32 elderly people registered in the coverage area of a Family Health Program in a city in the state of Bahia. Data were collected through semi-structured interviews during the first half of 2013, through home visits. We applied to thematic content analysis, and four categories emerged: harmonic intergenerational family relationships; conflicting intergenerational family relationships; family relationships permeated by intergenerational carefor the elderly; intergenerational relationships permeated by elderly caring for their grandchildren. The categories enabled an understanding of the dynamics of intergenerational family relationships from the viewpoint of elderly, unveiling family relationships guided in the care, support, family unity and even conflicts. <![CDATA[HIV infection in male adolescents: a qualitative study]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000702193&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo A redução gradativa da incidência de Aids entre homens que fazem sexo com homens não tem acontecido na faixa etária mais jovem que, ao contrário, está aumentando. Objetivamos conhecer as vulnerabilidades de adolescentes do sexo masculino que favoreceram a contaminação pelo HIV. Realizamos estudo qualitativo por meio de entrevistas com homens jovens soropositivos em tratamento, cujo diagnóstico foi feito na adolescência. Gravamos e transcrevemos as entrevistas na íntegra e as analisamos através de leitura intensiva, classificação por temas, e interpretação na perspectiva hermenêutica-dialética em diálogo com a literatura. Entrevistamos 16 homens jovens, cujo diagnóstico ocorreu entre 11 e 19 anos e em todos eles a via de transmissão do HIV foi sexual, sendo 12 homo e 4 heterossexuais. Evidenciou-se como situações de vulnerabilidade a descrença na possibilidade de contaminação, a sujeição sexual, a homofobia e a exploração sexual comercial. Este estudo demonstra a grande importância da formulação de políticas públicas em saúde sexual e reprodutiva que contemple adolescentes e jovens do sexo masculino com a perspectiva de masculinidade em toda sua amplitude e ações para diversidade sexual.<hr/>Abstract The gradual reduction in the incidence of AIDS among men who have sex with men has not occurred in the youngest age group; on the contrary, it is growing. This paper examines the vulnerabilities of adolescent males at risk of HIV infection. This is a qualitative study conducted through interviews with HIV positive young men undergoing treatment, whose diagnosis was made during adolescence. The interviews were recorded and transcribed in full. They were analyzed by intensive reading, classified by issues, and interpreted from a hermeneutic-dialectic perspective in dialogue with the literature. We interviewed 16 young men whose diagnosis occurred between the ages of 11 and 19 and for all of them the method of HIV transmission was sexual; 12 of the men were homosexual and 4 were heterosexual. It was evident that vulnerable situations included disbelief in the possibility of contamination, subjection to sex, homophobia and commercial sexual exploitation. This study demonstrates the importance of the formulation of public policies on sexual and reproductive health, which include adolescents and young men. These policies should embody the perspective of masculinity in all its widest aspects, as well as actions in favor of sexual diversity. <![CDATA[A decision-support tool for the control of urban noise pollution]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000702201&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo Com a preocupação cada vez maior em atingir uma melhor qualidade de vida nos centros urbanos, várias ferramentas são disponibilizadas a fim de nortear ações e planos para minimizar ou mitigar os impactos nocivos à população. Este trabalho procura contribuir com uma metodologia de quantificação da população exposta ao ruído, por meio de uma classificação da poluição sonora urbana. A partir da contagem de fluxo de veículos e composição de tráfego ao redor de quadras urbanas, foi gerado um mapa de ruído por simulação computacional. As quadras urbanas foram classificadas quanto à faixa de ruído e sua população foi estimada com base nos setores censitários e na metragem de área construída. Os dados de classes acústicas de quadras e número de moradores por quadra foram comparados, permitindo estimar a população exposta a níveis de ruído acima de 65 dB(A), limite superior ao estabelecido pela legislação. Como resultado, foi possível desenvolver um mapa da área de estudo que permite rápida identificação de quadras prioritárias para ações de mitigação ao ruído.<hr/>Abstract Improving the quality of life is increasingly seen as an important urban planning goal. In order to reach it, various tools are being developed to mitigate the negative impacts of human activities on society. This paper develops a methodology for quantifying the population's exposure to noise, by proposing a classification of urban blocks. Taking into account the vehicular flow and traffic composition of the surroundings of urban blocks, we generated a noise map by applying a computational simulation. The urban blocks were classified according to their noise range and then the population was estimated for each urban block, by a process which was based on the census tract and the constructed area of the blocks. The acoustical classes of urban blocks and the number of inhabitants per block were compared, so that the population exposed to noise levels above 65 dB(A) could be estimated, which is the highest limit established by legislation. As a result, we developed a map of the study area, so that urban blocks that should be priority targets for noise mitigation actions can be quickly identified. <![CDATA[Women's experiences and care practices in the cancer treatment process]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000702211&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo Este artigo pretende compreender a visão das pacientes com câncer sobre o processo de adoecimento e os procedimentos terapêuticos que experimentam. Os tratamentos de câncer provocam uma série de consequências físicas e emocionais nas pacientes, assim, estas passam por uma reestruturação e elaboram mecanismos para “cuidarem de si”. A metodologia utilizada foi a etnográfica, desencadeada por meio de entrevistas, anotações em diário de campo e observação participante. A etnografia revelou como essas mulheres, submetidas ao tratamento convencional em determinado hospital, criam tecnologias de cuidado compartilhadas baseadas na sociabilidade.<hr/>Abstract This article seeks to understand the viewpoint of cancer patients about the disease process and the therapeutic procedures that they experience. Cancer treatments provoke a series of physical and emotional consequences in patients. Thus, patients undergo a restructuring of life and establish mechanisms to “take care of themselves.” The methodology used was an ethnographic approach through interviews, field notes and participant observation. The ethnographic approach revealed how these women being given conventional treatment in a given hospital create shared care technologies based on sociability. <![CDATA[Determinants of active aging according to quality of life and gender]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000702221&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo Os objetivos deste estudo foram construir um indicador de envelhecimento ativo e testar sua associação com qualidade de vida e possíveis determinantes segundo gênero. O estudo AGEQOL (Aging, Gender and Quality of Life) entrevistou 2052 indivíduos com 60 anos e mais de idade residentes em Sete Lagoas, MG, Brasil. A associação entre envelhecimento ativo, qualidade de vida e possíveis determinantes foi realizada por meio da regressão logística múltipla, com nível de 5% de significância estatística, separadamente para cada gênero. A maioria dos homens pertenceu ao grupo com envelhecimento ativo (58,0%), enquanto 51,8% das mulheres foram alocadas no grupo com envelhecimento normal (p &lt; 0,001). A qualidade de vida nos domínios Físico, Psicológico e Escore total mantiveram-se associada ao desfecho no modelo final para ambos os gêneros. Entre os homens, os fatores comportamentais e participação comunitária foram preditores positivos para envelhecimento ativo. Mulheres com maior renda, que não sofreram quedas e com participação comunitária tiveram maior chance de pertencer ao grupo com envelhecimento ativo. Conclui-se que qualidade de vida e a participação em grupos são os principais determinantes de envelhecimento ativo, e que os demais fatores determinantes associados são diferentes para cada gênero.<hr/>Abstract The scope of this study was to construct an indicator of active aging and assess its association with quality of life and possible determinants according to gender. The AGEQOL (Aging, Gender and Quality of Life) study was used to interview 2052 individuals aged 60 years and older residing in Sete Lagoas in the State of Minas Gerais. The association between active aging, quality of life and possible determinants was performed by multiple logistic regression with a 5% level of statistical significance separately for each gender. Most men were in the active aging group (58%), and 51.8% of women were in the normal aging group (p &lt; 0.001). The quality of life in the Physical, Psychological, and total Score domains remained associated with the outcome in the final model for both genders. Among the men, the behavioral and community participation factors were positive predictors of active aging. Women with higher incomes, who did not suffer falls and engaged in community participation, had a better chance of belonging to the active aging group. The conclusion drawn is that quality of life and participation in groups are the main determinants of active aging, and the other factors associated with active aging are different for each gender. <![CDATA[Greater access to information on how to prevent oral cancer among elderly using primary health care]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000702239&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo Na promoção de saúde, as ações educativas são prioridade na Estratégia de Saúde da Família (ESF). Evidencia-se a eficácia dessas ações na adesão a comportamentos saudáveis e na redução nas taxas de morbimortalidade por câncer bucal. Objetivou-se identificar se o acesso a informações sobre como prevenir o câncer bucal é maior entre idosos residentes em domicílios cadastrados na ESF. Utilizou-se o SPSS® na obtenção de estimativas corrigidas pelo efeito do desenho amostral, considerando as magnitudes das associações do acesso a tais informações com os determinantes pessoais, uso dos serviços/custos com a saúde, comportamentos relacionados à saúde e desfechos da saúde. Dentre os 492 idosos, 58,9% relataram ter tido acesso a tais informações. Verificaramse maiores chances de acesso entre residentes em domicílios cadastrados na ESF; com maior renda per capita (2,01/1,18-3,43); não tabagistas (2,00/1,16-3,46); que realizaram autoexame bucal (6,35/3,46-11,64); e que não autoperceberam incômodo na boca, cabeça ou pescoço (2,06/1,024,17). O acesso foi maior entre os residentes em domicílios cadastrados na ESF. Determinantes pessoais, comportamentos relacionados à saúde e desfechos de saúde sofrem influência ou influenciam a oferta e o acesso a essas informações.<hr/>Abstract Educative actions are an important component of health promotion in Brazil's primary healthcare program, the Family Health Strategy (FHS). The efficacy of these actions is evidenced by compliance with healthy behaviors and in the reduction of rates of mortality and morbidity. The objective of this study was to identify whether access to information regarding the prevention of oral cancer is greater among elders whose residences are registered with the FHS. SPSS® was utilized to obtain estimates that were corrected for sample design, considering the magnitude of the associations between access to such information with personal determinants, the use and cost of healthcare, health-related behaviors and health outcomes. 58.9% of the 492 participating elders reported having access to such information. We verified that there was a greater chance for access among residents of houses registered by the FHS; those with greater per capita income (2.01/1.183.43); non-smokers (2.00/1.16-3.46); those that realized oral self-examination (6.35/3.46-11.64); and those that did not perceive discomfort in the mouth, head or neck (2.06/1.02-4.17). Access was greater among residents of homes registered by the FHS. Personal determinants of health, health-related behaviors and health outcomes are influenced or influence access to information regarding the prevention and management of oral diseases. <![CDATA[The permanent relation between biology, power and war: the dual use of the biotechnological development]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000702255&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo Ao longo do século XX, o avanço biológico teve uma relação cada vez mais estreita com as estratégias de poder, na busca pela ponta tecnológica. A partir de 1970, a manipulação de agentes patogênicos recombinados geneticamente foi o grande salto tecnológico que transcendeu radicalmente a biologia tradicional e reforçou as relações bélicas da ciência. Deu-se a abertura da revolução biotecnológica, com novas perspectivas para o campo político-militar da ciência. Foi a partir deste ponto do desenvolvimento biotecnológico que se criou um novo paradigma para a guerra, bem como para as ciências da vida, gerando novos desafios para a Saúde Internacional no século XXI. Através de uma trajetória histórica relacionada ao poder, o objetivo deste texto é apresentar o mecanismo de articulação entre ciência e poder e contribuir para a compreensão sobre a maneira pela qual o campo militar está naturalmente inserido no desenvolvimento biotecnológico que, em sua essência, produz biotecnologias de uso civil e militar.<hr/>Abstract Throughout the twentieth century, the biological advance had a closer and closer relation with the strategies of power in search of high technology. From 1970, the manipulation of genetically recombined pathogenic agents was a high technological breakthrough that radically over passed traditional biology and reinforced the war relations of science. The biotechnological revolution started along with new perspectives for the political and military field of science. From this point of the biotechnological development a new paradigm for war, as well as for the sciences of life, was then created and new challenges for International Health in the twenty first century came into scene. Through a historical account related to power, this paper is meant to present the mechanism of articulation existent between science and power and to contribute for understanding how the military field is naturally inserted in the biotechnological development which, in its essence, produces biotechnologies for civil and military uses. <![CDATA[Best practices in school food and nutrition units of public schools of Bayeux, PB, Brazil]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000702267&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo A ocorrência de surtos de doenças transmitidas por alimentos vem aumentando em escolas, e devido ao grande número de crianças que consomem a alimentação escolar como única refeição diária, esse fator se torna mais grave. Neste sentido, objetivou-se avaliar os aspectos higiênico-sanitários de Unidades de Alimentação e Nutrição Escolares (Uane) de escolas municipais de Bayeux/PB, quanto à adoção das Boas Práticas na Alimentação Escolar. Os dados foram coletados por meio de Lista de verificação própria para Uane, durante as visitas realizadas a essas unidades de 29 escolas. As Unidades avaliadas se encontravam em risco sanitário regular a muito alto quanto à estrutura e instalações, higienização dos manipuladores, do ambiente e dos alimentos. Foi verificado que 10,3% dos manipuladores utilizavam uniformes limpos e adequados, o ambiente e os equipamentos apresentavam estado precário em 75,9% e 89,7% das Unidades, respectivamente, o controle de pragas e vetores urbanos não era eficaz e a higienização dos hortifrutigranjeiros era realizada de maneira incorreta em 51,7% das Uane das escolas avaliadas. Pode-se concluir que a produção de refeições nas Uanes das escolas avaliadas não atende aos requisitos previstos pelas Boas Práticas na Alimentação Escolar.<hr/>Abstract The occurrence of foodborne illness outbreaks is increasing in schools, and due to the number of children who consume school meals as the only daily meal, this factor becomes even more worrisome. In this sense, the aim of this study was to evaluate the hygienic-health aspects of Food and Nutrition Units (SFNU) of public schools of Bayeux / PB in relation to the adoption of best practices in school food and nutrition. Data were collected through SFNU checklist during visits to units in 29 schools. The health risk of units evaluated was from regular to very high regarding structure and facilities, hygiene of food handlers, environment and food preparation. It was found that 10.3% of handlers used clean and adequate uniforms, and environment and equipment showed poor conservation status in 75.9% and 89.7% of Units, respectively; control of urban pests and vectors was not effective and cleaning of fresh produce was incorrectly conducted in 51.7% of SFNU of schools evaluated. It could be concluded that the production of meals in SFNU of schools evaluated does not meet the requirements established by the best practices in school food and nutrition. <![CDATA[Pathways for graduation evaluation in Dentistry: logical model building and validation criteria]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000702277&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo A universalização do acesso à saúde e a falência do modelo pedagógico centrado na mera transmissão de conhecimento tem levado a mudanças na formação de profissionais de saúde. O objetivo deste estudo foi proporcionar uma nova alternativa para avaliação de cursos de Odontologia, com base nas Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN) da área. Para isto, foi formulado um modelo lógico sobre o percurso necessário para a formação em saúde bucal, o que permitiu a construção de uma matriz de critérios, validada por meio da técnica de consenso Delfos, modificado com a participação de 33 “experts”. A matriz apresentou como dimensões a abordagem pedagógica, o perfil do egresso, a integração ensino-serviço e a orientação do cuidado em saúde. O detalhamento destas dimensões em subdimensões e critérios mensuráveis permitiu aprofundar elementos estruturantes das DCN, pouco explorados em outros estudos, sobre avaliação de cursos de graduação em Odontologia. O instrumento final proposto neste estudo representa alternativa diferenciada de avaliação da formação, tanto de cirurgiões-dentistas como de outros profissionais, considerando que as DCN de todos os cursos da área da saúde preveem a formação com foco nas necessidades de saúde da população, integrada ao SUS e baseada na aprendizagem centrada no estudante.<hr/>Abstract The need for universal access to health care and the failure of the pedagogical model centered on only the transmission of knowledge has led to changes in the training of health professionals. The aim of this study was to provide a new alternative for evaluation of Dentistry courses based on the National Curriculum Guidelines (NCG) of the area. For this, a logical model was formulated on the need for training in the oral health pathway which allowed for the construction of a criteria matrix, validated by Delphi consensus technique and modified by the participation of 33 “experts.” The matrix dimensions presented as a pedagogical approach the profile of graduates, the teaching-service integration and orientation of health care. The detailing of these dimensions into sub-dimensions and of measurable criteria allowed for deepening structural elements of the NCG unexplored in other studies evaluating undergraduate courses in Dentistry. The final instrument proposed in this study is differentiated alternative assessment training, for both dentists and other professionals, considering that the NCG of all healthcare courses provide for the training focused on the health needs of the population, integrated to Unified Health System (SUS) and based on student-centered learning. <![CDATA[Transversalidade Epistemológica da Saúde Coletiva: Saberes e Práticas]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232015000702291&lng=es&nrm=iso&tlng=es Resumo A universalização do acesso à saúde e a falência do modelo pedagógico centrado na mera transmissão de conhecimento tem levado a mudanças na formação de profissionais de saúde. O objetivo deste estudo foi proporcionar uma nova alternativa para avaliação de cursos de Odontologia, com base nas Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN) da área. Para isto, foi formulado um modelo lógico sobre o percurso necessário para a formação em saúde bucal, o que permitiu a construção de uma matriz de critérios, validada por meio da técnica de consenso Delfos, modificado com a participação de 33 “experts”. A matriz apresentou como dimensões a abordagem pedagógica, o perfil do egresso, a integração ensino-serviço e a orientação do cuidado em saúde. O detalhamento destas dimensões em subdimensões e critérios mensuráveis permitiu aprofundar elementos estruturantes das DCN, pouco explorados em outros estudos, sobre avaliação de cursos de graduação em Odontologia. O instrumento final proposto neste estudo representa alternativa diferenciada de avaliação da formação, tanto de cirurgiões-dentistas como de outros profissionais, considerando que as DCN de todos os cursos da área da saúde preveem a formação com foco nas necessidades de saúde da população, integrada ao SUS e baseada na aprendizagem centrada no estudante.<hr/>Abstract The need for universal access to health care and the failure of the pedagogical model centered on only the transmission of knowledge has led to changes in the training of health professionals. The aim of this study was to provide a new alternative for evaluation of Dentistry courses based on the National Curriculum Guidelines (NCG) of the area. For this, a logical model was formulated on the need for training in the oral health pathway which allowed for the construction of a criteria matrix, validated by Delphi consensus technique and modified by the participation of 33 “experts.” The matrix dimensions presented as a pedagogical approach the profile of graduates, the teaching-service integration and orientation of health care. The detailing of these dimensions into sub-dimensions and of measurable criteria allowed for deepening structural elements of the NCG unexplored in other studies evaluating undergraduate courses in Dentistry. The final instrument proposed in this study is differentiated alternative assessment training, for both dentists and other professionals, considering that the NCG of all healthcare courses provide for the training focused on the health needs of the population, integrated to Unified Health System (SUS) and based on student-centered learning.