Scielo RSS <![CDATA[Ciência & Saúde Coletiva]]> http://www.scielosp.org/rss.php?pid=1413-812320070004&lang=en vol. 12 num. 4 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielosp.org/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielosp.org <![CDATA[<B>Brazil's hospital system: status and challenges</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000400001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<B>Trends in hospital care</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000400002&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo analisa as tendências observadas na assistência hospitalar brasileira, no que diz respeito ao cenário, situação atual, desafios e ao que necessita ser feito, tendo em vista os itens anteriores. As variáveis com as quais se trabalhou o cenário geral foram a demografia, o perfil epidemiológico, os recursos humanos, a tecnologia, a medicalização, os custos, a revisão do papel do cidadão, a legislação, a eqüidade, o hospitalocentrismo e a regionalização, o fracionamento do cuidado e a oferta de leitos. O cenário nacional foi estudado mediante o modelo empregado na assistência médica supletiva, o financiamento e a cadeia de produção na área de serviços de saúde. A situação atual apresenta os modelos de avaliação externa, a terceirização, o relacionamento público-privado, a desospitalização e o financiamento. Os desafios a serem enfrentados analisam a necessidade de se olhar o longo prazo, a busca por novos modelos jurídicos para o "negócio", o uso da informação e a informatização, o controle de custos e a necessidade do aumento da eficiência e do cumprimento dos ditames legais, de garantia de acesso e de integralidade na assistência, a incorporação da prevenção primária ao processo de atenção, a integração entre os setores público e privado e a incorporação do médico na solução dos problemas.<hr/>This paper analyses trends in the delivery of hospital services in Brazil, considering the setting, the current situation and its challenges, examining what still remains to be done. The variables studied for the analysis of the setting are: demography, epidemiological profile, human resources, technology, medicalization, costs, review of the role of the citizen, legislation, equity, hospital-centricity and regionalization, care fractioning and bed availability. The Brazilian setting was studied through the supplementary healthcare model, financing and the healthcare area production chain. The observations of the current situation present external evaluation models, outsourcing, public-private relationships, de-hospitalization and financing. The analysis of the challenges examines the need for long range planning, the quest for new legal models for the 'business', the use of information and information systems, cost controls and the need for enhanced efficiency and compliance with legal directives, guaranteed universal access to full healthcare facilities, the inclusion of primary prevention in healthcare procedures, integrating the public and private sectors and engaging physicians in solving problems. <![CDATA[<B><I>Accountability</I> and quality</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000400003&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo analisa as tendências observadas na assistência hospitalar brasileira, no que diz respeito ao cenário, situação atual, desafios e ao que necessita ser feito, tendo em vista os itens anteriores. As variáveis com as quais se trabalhou o cenário geral foram a demografia, o perfil epidemiológico, os recursos humanos, a tecnologia, a medicalização, os custos, a revisão do papel do cidadão, a legislação, a eqüidade, o hospitalocentrismo e a regionalização, o fracionamento do cuidado e a oferta de leitos. O cenário nacional foi estudado mediante o modelo empregado na assistência médica supletiva, o financiamento e a cadeia de produção na área de serviços de saúde. A situação atual apresenta os modelos de avaliação externa, a terceirização, o relacionamento público-privado, a desospitalização e o financiamento. Os desafios a serem enfrentados analisam a necessidade de se olhar o longo prazo, a busca por novos modelos jurídicos para o "negócio", o uso da informação e a informatização, o controle de custos e a necessidade do aumento da eficiência e do cumprimento dos ditames legais, de garantia de acesso e de integralidade na assistência, a incorporação da prevenção primária ao processo de atenção, a integração entre os setores público e privado e a incorporação do médico na solução dos problemas.<hr/>This paper analyses trends in the delivery of hospital services in Brazil, considering the setting, the current situation and its challenges, examining what still remains to be done. The variables studied for the analysis of the setting are: demography, epidemiological profile, human resources, technology, medicalization, costs, review of the role of the citizen, legislation, equity, hospital-centricity and regionalization, care fractioning and bed availability. The Brazilian setting was studied through the supplementary healthcare model, financing and the healthcare area production chain. The observations of the current situation present external evaluation models, outsourcing, public-private relationships, de-hospitalization and financing. The analysis of the challenges examines the need for long range planning, the quest for new legal models for the 'business', the use of information and information systems, cost controls and the need for enhanced efficiency and compliance with legal directives, guaranteed universal access to full healthcare facilities, the inclusion of primary prevention in healthcare procedures, integrating the public and private sectors and engaging physicians in solving problems. <![CDATA[<B>Hospital services and health plan private market</B>: <B>challenges and relationship</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000400004&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo analisa as tendências observadas na assistência hospitalar brasileira, no que diz respeito ao cenário, situação atual, desafios e ao que necessita ser feito, tendo em vista os itens anteriores. As variáveis com as quais se trabalhou o cenário geral foram a demografia, o perfil epidemiológico, os recursos humanos, a tecnologia, a medicalização, os custos, a revisão do papel do cidadão, a legislação, a eqüidade, o hospitalocentrismo e a regionalização, o fracionamento do cuidado e a oferta de leitos. O cenário nacional foi estudado mediante o modelo empregado na assistência médica supletiva, o financiamento e a cadeia de produção na área de serviços de saúde. A situação atual apresenta os modelos de avaliação externa, a terceirização, o relacionamento público-privado, a desospitalização e o financiamento. Os desafios a serem enfrentados analisam a necessidade de se olhar o longo prazo, a busca por novos modelos jurídicos para o "negócio", o uso da informação e a informatização, o controle de custos e a necessidade do aumento da eficiência e do cumprimento dos ditames legais, de garantia de acesso e de integralidade na assistência, a incorporação da prevenção primária ao processo de atenção, a integração entre os setores público e privado e a incorporação do médico na solução dos problemas.<hr/>This paper analyses trends in the delivery of hospital services in Brazil, considering the setting, the current situation and its challenges, examining what still remains to be done. The variables studied for the analysis of the setting are: demography, epidemiological profile, human resources, technology, medicalization, costs, review of the role of the citizen, legislation, equity, hospital-centricity and regionalization, care fractioning and bed availability. The Brazilian setting was studied through the supplementary healthcare model, financing and the healthcare area production chain. The observations of the current situation present external evaluation models, outsourcing, public-private relationships, de-hospitalization and financing. The analysis of the challenges examines the need for long range planning, the quest for new legal models for the 'business', the use of information and information systems, cost controls and the need for enhanced efficiency and compliance with legal directives, guaranteed universal access to full healthcare facilities, the inclusion of primary prevention in healthcare procedures, integrating the public and private sectors and engaging physicians in solving problems. <![CDATA[<B>Hospitals and the new reality</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000400005&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo analisa as tendências observadas na assistência hospitalar brasileira, no que diz respeito ao cenário, situação atual, desafios e ao que necessita ser feito, tendo em vista os itens anteriores. As variáveis com as quais se trabalhou o cenário geral foram a demografia, o perfil epidemiológico, os recursos humanos, a tecnologia, a medicalização, os custos, a revisão do papel do cidadão, a legislação, a eqüidade, o hospitalocentrismo e a regionalização, o fracionamento do cuidado e a oferta de leitos. O cenário nacional foi estudado mediante o modelo empregado na assistência médica supletiva, o financiamento e a cadeia de produção na área de serviços de saúde. A situação atual apresenta os modelos de avaliação externa, a terceirização, o relacionamento público-privado, a desospitalização e o financiamento. Os desafios a serem enfrentados analisam a necessidade de se olhar o longo prazo, a busca por novos modelos jurídicos para o "negócio", o uso da informação e a informatização, o controle de custos e a necessidade do aumento da eficiência e do cumprimento dos ditames legais, de garantia de acesso e de integralidade na assistência, a incorporação da prevenção primária ao processo de atenção, a integração entre os setores público e privado e a incorporação do médico na solução dos problemas.<hr/>This paper analyses trends in the delivery of hospital services in Brazil, considering the setting, the current situation and its challenges, examining what still remains to be done. The variables studied for the analysis of the setting are: demography, epidemiological profile, human resources, technology, medicalization, costs, review of the role of the citizen, legislation, equity, hospital-centricity and regionalization, care fractioning and bed availability. The Brazilian setting was studied through the supplementary healthcare model, financing and the healthcare area production chain. The observations of the current situation present external evaluation models, outsourcing, public-private relationships, de-hospitalization and financing. The analysis of the challenges examines the need for long range planning, the quest for new legal models for the 'business', the use of information and information systems, cost controls and the need for enhanced efficiency and compliance with legal directives, guaranteed universal access to full healthcare facilities, the inclusion of primary prevention in healthcare procedures, integrating the public and private sectors and engaging physicians in solving problems. <![CDATA[<B>The authors reply</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000400006&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo analisa as tendências observadas na assistência hospitalar brasileira, no que diz respeito ao cenário, situação atual, desafios e ao que necessita ser feito, tendo em vista os itens anteriores. As variáveis com as quais se trabalhou o cenário geral foram a demografia, o perfil epidemiológico, os recursos humanos, a tecnologia, a medicalização, os custos, a revisão do papel do cidadão, a legislação, a eqüidade, o hospitalocentrismo e a regionalização, o fracionamento do cuidado e a oferta de leitos. O cenário nacional foi estudado mediante o modelo empregado na assistência médica supletiva, o financiamento e a cadeia de produção na área de serviços de saúde. A situação atual apresenta os modelos de avaliação externa, a terceirização, o relacionamento público-privado, a desospitalização e o financiamento. Os desafios a serem enfrentados analisam a necessidade de se olhar o longo prazo, a busca por novos modelos jurídicos para o "negócio", o uso da informação e a informatização, o controle de custos e a necessidade do aumento da eficiência e do cumprimento dos ditames legais, de garantia de acesso e de integralidade na assistência, a incorporação da prevenção primária ao processo de atenção, a integração entre os setores público e privado e a incorporação do médico na solução dos problemas.<hr/>This paper analyses trends in the delivery of hospital services in Brazil, considering the setting, the current situation and its challenges, examining what still remains to be done. The variables studied for the analysis of the setting are: demography, epidemiological profile, human resources, technology, medicalization, costs, review of the role of the citizen, legislation, equity, hospital-centricity and regionalization, care fractioning and bed availability. The Brazilian setting was studied through the supplementary healthcare model, financing and the healthcare area production chain. The observations of the current situation present external evaluation models, outsourcing, public-private relationships, de-hospitalization and financing. The analysis of the challenges examines the need for long range planning, the quest for new legal models for the 'business', the use of information and information systems, cost controls and the need for enhanced efficiency and compliance with legal directives, guaranteed universal access to full healthcare facilities, the inclusion of primary prevention in healthcare procedures, integrating the public and private sectors and engaging physicians in solving problems. <![CDATA[<B>Amplified clinic, democratic management and care networks as theoretical and pragmatic references to the hospital reform</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000400007&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este ensaio utiliza elementos da concepção Paidéia para sugerir diretrizes para a reforma do hospital contemporâneo. A concepção Paidéia sugere a reorganização do processo de trabalho com base nos conceitos de clínica ampliada e gestão democrática. Em vez de centrar o processo de trabalho em linhas de produção, é proposto um modo alternativo para organizar a atenção aos pacientes, um novo artesanato com autonomia profissional e clara definição de responsabilidade clínica. É também realizada uma análise das dificuldades e das conseqüências da integração do hospital em sistemas públicos de saúde.<hr/>This paper uses elements of the Paideia concept to suggest guidelines for contemporary hospital reform, particularly the reorganization of work processes based on the concepts of extended general practice and democratic management. Instead of production-line work processes, an alternative way of structuring patient care is proposed, newly crafted with professional autonomy and clearly defined clinical responsibilities. An analysis is also presented of the difficulties and consequences of integrating hospitals with public health systems. <![CDATA[<B>Obstacles found in the construction of a democratic and participatory hospital management model</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000400008&lng=en&nrm=iso&tlng=en Um caminho para a modernização gerencial tem se pautado na perspectiva mais dialógica em torno da construção de um projeto de qualificação da assistência que tem como característica importante a ênfase na gestão colegiada em todos os níveis, a partir do conceito de co-gestão. O estudo visa avaliar quase dez anos de adoção do modelo colegiado de gestão em um hospital público do estado do Rio de Janeiro, buscando caracterizar se houve algum impacto na sua micropolítica. O objetivo da pesquisa é identificar e analisar como a equipe de enfermagem viveu a implantação do modelo de gestão colegiada neste hospital. O material empírico recebeu dois níveis de tratamento analítico. Primeiramente, foi feito um agrupamento das falas dos atores em blocos temáticos. Já o segundo nível analítico foi feito através de uma leitura transversalizada dos temas anteriores, tendo como condutor da leitura o conceito de "ruído". Notamos pelas falas dos entrevistados que estes "ruídos" operam no interior da organização, demonstrando que o processo gerencial adotado, da forma como vem sendo conduzido, é insuficiente para conseguir adentrar e intervir sobre a micropolítica institucional, deixando lacunas entre o que propõe o modelo de gestão colegiada e a realidade vivenciada pelos trabalhadores.<hr/>A path leading to management modernization is based on an approach stressing dialog and discussions of the construction of a healthcare enhancement project whose main characteristic is its emphasis on joint management concepts at all levels. This paper assesses almost ten years of management by committee in a public hospital in Rio de Janeiro State, Brazil, seeking impacts on its micro-policies. The intention is to identify and analyze how the nursing staff experienced the implantation of this management model in the hospital. Empirical matters were analyzed at two levels: initially the comments of the players were grouped into themes, followed by cross-theme readings that analyzed the concept of "noise". The remarks made by the respondents indicated that this "noise" functions within the organization, demonstrating that the selected management process and the manner in which it was conducted are not sufficient to penetrate and intervene in institutional micro-policies, leaving gaps between the proposals set forth by this management model and the real situation of the workers. <![CDATA[<B>University hospitals in Brazil: challenges and future perspectives</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000400009&lng=en&nrm=iso&tlng=en A mudança das instituições hospitalares verificada internacionalmente envolve particularmente os Hospitais Universitários (HU). O presente artigo objetiva promover uma reflexão acerca de desafios dos HU brasileiros. O texto atém-se à análise daqueles hospitais vinculados às Instituições Federais de Ensino Superior. Há substantiva heterogeneidade entre os HU, envolvendo desde os perfis assistenciais, porte e modelos de gestão. No Brasil, os HU são agentes nucleares de duas políticas de Estado - educação e saúde. É no âmbito dos HU que se manifestam os tensionamentos inerentes à complexidade de articulação de tais políticas. Os HU têm sido incitados a oferecer respostas a problemas que transcendem sua capacidade. Cabe fortalecer a sustentabilidade organizacional dos HU, incluindo a capacidade de implantação de mecanismos de saneamento financeiro, de indicadores de avaliação e gestão, a incorporação das questões afetas à qualidade dos serviços prestados, a transparência e a responsabilidade social. Aos HU cabem melhorar as condições de saúde da população. A efetivação desses papéis é mais ampla do que conceber os HU somente como instituições prestadoras de serviços. O futuro e a afirmação dos HU dependerá da sua capacidade de contribuir para ações integradoras nas políticas de Estado para a saúde e educação.<hr/>The changing process of health care services affects the University Hospitals (UH) in a particular manner. This paper aims to analyse the challenges and future perspectives of the Brazilian UH. In order to do so, only the UH affiliated to the Brazilian Federal Teaching Institutions were analysed. There is a substantial heterogeneity amongst UH in Brazil, in terms of size and organizational structure as well as in the type of health care provided. Brazilian UH represent core elements of two State policies: Education and Health. Consequently, the existing tensions between these two policies, to some extent, often reflect on the UH. Also, the UH must frequently address challenges that go beyond their purpose. Organizational sustainability remains a crucial issue to the UH. This concept entails effective financial and management skills, outcomes monitoring and evaluation mechanisms, and accountability. UH in Brazil have two main roles: providing health care and integrating the National Health System. From a future perspective, the UH shall be conceived from a much broader perspective than that of institutions that only provide health care. The future of Brazilian UH relies on their capacity to provide effective support to the State Health and Education policies. <![CDATA[<B>Hospital care financing in Brazil</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000400010&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente artigo analisa as características gerais do financiamento do setor saúde no Brasil e as principais mudanças ocorridas na ultima década no âmbito do SUS e da assistência suplementar, abordando as especificidades da atenção médico-hospitalar nesses dois segmentos, com ênfase no primeiro, em relação ao financiamento e às normas que os regem. O artigo apresenta as inovações nas modalidades de remuneração/contratação dos serviços hospitalares e outros fatores que vêm induzindo mudanças no perfil da rede assistencial, e finaliza com breves considerações das iniciativas gerenciais e regulatórias relacionadas à sustentabilidade financeira do setor.<hr/>This paper analyses the general characteristics of the healthcare financing in Brazil, together with major changes during the past decade in terms of the National Health System and the private supplementary component, discussing the specific characteristics of hospital care in both segments, emphasizing the former and considering aspects of their funding and regulation. This paper presents innovations in reimbursement schemes and contracts for hospital services, in addition to other factors that have prompted changes in delivery networks, ending with some brief remarks on managerial and regulatory initiatives related to the quest for sustainable healthcare financing. <![CDATA[<B>Constructing the "management pact" for Brazil's National Health System (SUS)</B>: <B>from supervised decentralization to network management</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000400011&lng=en&nrm=iso&tlng=en Observada na distância do tempo, a implantação do SUS enfrenta descompassos gerenciais. Primeiro, as pressões, sempre maiores, por reforma do Estado que minimalize custos afetam a proposta de atendimento universal do sistema. Depois, a difícil convivência entre o princípio da descentralização com o conceito de rede, aqui entendida não só como ligação entre esferas diferenciadas de gestão, mas o modo pelo qual o acesso a um direito é exercido em rede, desde o planejamento. Por outro lado, decisões operacionais sobre a saúde foram descentralizadas, mas o repasse das verbas para efetivar tais decisões não foi. No aspecto administrativo, a descentralização da gestão de saúde sofreu solução de continuidade com a edição da Norma Operacional de Assistência à Saúde 01/2001. No aspecto gerencial, a implantação do conceito de rede, a arma mais eficiente para enfrentar a verticalização de estruturas decisórias, enfrenta "gargalos" operacionais e financeiros que impedem os diferentes atores das diferentes organizações de falarem a mesma "linguagem", o meio mais eficaz para gerar "vínculos" interorganizacionais. Porém, a efetiva interação de linguagens só será obtida no processo de construção de pactos de gestão.<hr/>Over time, the implementation of Brazil's National Health System (SUS) has encountered management problems. Initially, steadily rising pressures calling for State reform and trimmer costs affect the universal healthcare that is the purpose of this system. Conflicts then flare up between the decentralization principle and the network concept, viewed here as not merely links among different spheres of management, but rather the model through which access to a right is exercised through a network. Operating decisions on healthcare have been decentralized, while the budget transfers underwriting these decisions remain unchanged. From the civil service standpoint, the decentralization of healthcare management was halted by the issue of the Operational Healthcare Directive in January 2001. From the management standpoint, the introduction of the network concept - which is the most effective weapon against verticalizing decision structures - must deal with operating and financial bottlenecks that prevent players in different organizations from speaking the same 'language', which is the most effective way of building up inter-organizational links. Effective interaction among these languages will be attained only through constructing management pacts. <![CDATA[<B>The relationship between hospitals and health plans organizations in the scope of ANS Health Insurance Qualification Program</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000400012&lng=en&nrm=iso&tlng=en No mercado de saúde suplementar brasileiro, o modelo de remuneração fee-for-service ainda predomina nas relações entre os hospitais e as operadoras de planos de saúde. Com o advento do Programa de Qualificação da Saúde Suplementar (PQSS), uma ótica focada na qualidade da assistência prestada ao beneficiário, as operadoras de planos de saúde serão avaliadas conforme indicadores de desempenho assistenciais estabelecidos por esse programa. O presente estudo discute as implicações desse modelo no relacionamento entre operadoras de saúde e hospitais, a partir de consultas realizadas com dezoito gestores de operadoras a respeito do uso na gestão hospitalar de indicadores de desempenho compatíveis com os adotados pelo PQSS. Na percepção dos entrevistados, apenas três hospitais utilizam esses tipos de indicadores, sendo que dois deles são hospitais pertencentes a operadoras de saúde. O alinhamento de interesses entre a operadora e a sua rede credenciada de prestadores, nos moldes propostos pelo PQSS, implicará em modificações do modelo de remuneração entre esses players do mercado, no sentido da inclusão do desempenho e da qualidade da assistência prestada pela rede credenciada ao beneficiário como um dos componentes da valoração remunerativa.<hr/>In Brazilian health insurance sector, the fee-for-service model still remains the major payment method for health services, and predominates in the relationship between hospitals and private health insurance companies. After the creation of Health Insurance Qualification Program (HIQP), which focuses on the quality of the assistance given to consumers, the health insurance companies will be evaluated by health care performance indicators, established by this program. The present study discusses the impact of this pattern on the relationship between health insurance companies and hospitals, by analyzing data from interviews carried through with 18 health insurance managers, regarding the use - in hospital management - of performance indicators compatible to those adopted by HIQP. According to the managers perception, only three hospitals use this sort of indicators, two of them which are hospitals managed by the health insurance companies. The alignment of interests between health plans organizations and health care providers, at the HIQP proposed template, will imply changes in payment models between these market players, towards the inclusion of performance and quality of assistance given to users by providers, as components of wage determination. <![CDATA[<B>Small hospitals and their insertion in Brazil's National Health System (SUS)</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000400013&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo analisa o segmento dos hospitais de pequeno porte (HPP) brasileiros, considerando sua distribuição geográfica, sua natureza jurídica, tipo de unidade sanitária, estrutura e produção de serviços. Tendo em vista que a Portaria GM/MS No 1.044¹ de 2004 induz estes hospitais a adequar seu perfil ao novo papel que lhe foi definido na rede, foram comparados dados referentes a dezembro de 2005 com os de abril de 2004. Os resultados mostram que os HPP representam 62% da rede hospitalar brasileira e 18% dos leitos existentes, distribuídos, majoritariamente, em municípios de pequeno porte interioranos. São hospitais de baixa complexidade e densidade tecnológica e exibem uma baixa taxa de ocupação (32,8%). Não se observam mudanças no perfil da sua produção entre 2004 e 2006, em função do tempo decorrido desde a implantação da política e fundamentalmente porque esta política não foi acompanhada de uma política de investimentos e de recursos humanos. Trata-se de um segmento estratégico para a integralidade do cuidado no SUS, por sua participação no parque hospitalar e por sua capilaridade para o interior do país e pelo seu potencial de agregar resolubilidade à atenção básica, de garantir continuidade da assistência entre os diferentes níveis de complexidade.<hr/>This paper analyses small hospitals (less than fifty beds) in Brazil, in terms of their geographical distribution, legal status, types of wards and units, structures and service production. Under a directive published in April 2004, the Ministry of Health contracts and encourages these hospitals to adapt their profiles to the new roles assigned to them in the health system; consequently, data from December 2005 is compared to data from April 2004. Results: Small hospitals represent 62% of Brazil's hospital network, with 18% of current beds. Located mainly in upstate municipalities with less than 300,000 inhabitants, they offer limited complexity and technological density, with a low occupancy rate (32.8%). There are no changes in their production profiles between 2004 and 2006, due to the brief period since the implementation of Brazil's small hospitals policy in 2004, which has not been supported by the corresponding investment plans and human resources policies. This is a strategic hospital segment for providing all-round care in the Brazil's National Health System, due to its nationwide capillarity, endowed with ample potential for providing primary care while ensuring seamless links with other levels of complexity. <![CDATA[<B>Quality in the public health services emergency and some considerations about recent events at Rio de Janeiro city</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000400014&lng=en&nrm=iso&tlng=en A busca da qualidade nos serviços de saúde, em especial nos serviços de emergência, é o foco do Programa QUALISUS do Ministério da Saúde. Tomando como exemplo a crise dos serviços de emergência hospitalar no município do Rio de Janeiro, este artigo discute algumas das características estruturantes desse programa, com ênfase no aumento da responsabilização e vínculo das equipes, na modificação do acolhimento nos serviços de emergência e na integração e constituição de redes assistenciais. Identifica possibilidades de soluções para a crise do sistema de saúde localizadas não somente no âmbito do financiamento. Sugere a busca de uma nova identidade, de caráter sistêmico, como a redefinição e integração das vocações assistenciais, organização de fluxos, repactuando o processo de trabalho dos serviços de saúde, tendo como central o usuário.<hr/>The main focus of the QUALISUS Program run by Brazil's Ministry of Health is the quest for quality in healthcare services, particularly in hospital emergency rooms. Taking as an example the crisis in health emergency services in Rio de Janeiro, this paper discusses some structural characteristics of this Program, emphasizing enhanced responsibility and a stronger team spirit for modified intake systems and building up of seamlessly integrated healthcare networks. Identifying possible solutions for this crisis based not only on funding, it suggests a quest for a new identity, redefining and integrating healthcare vocations, structuring flows and revising the work processes of healthcare services through a systemic approach focused on the user. <![CDATA[<B>From records to indicators</B>: <B>the management of health care information production in hospitals</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000400015&lng=en&nrm=iso&tlng=en A valorização da utilização de indicadores assistenciais no monitoramento do desempenho dos sistemas de serviços de saúde cresceu de forma significativa nas últimas décadas. A expansão do Sistema Único de Saúde/SUS e do Sistema de Saúde Suplementar, e as formas de gestão adotadas estimularam o uso de indicadores na avaliação do desempenho, qualidade e segurança nos hospitais, sendo propostos sistemas de indicadores. Não houve uma correspondente preocupação com as condições de produção dos dados e informações para esses indicadores nos serviços de saúde. O artigo discute algumas das condições necessárias para a qualidade nos indicadores para a gestão da assistência nos hospitais: uma cultura de valorização da informação clínica, administrativa e de pesquisa, compartilhada por todos, e a adequada gestão dos registros clínicos, estatísticas hospitalares e sistemas de informações hospitalares. Não existem propostas prontas para a gestão da informação nos hospitais, fazendo-se necessário desenvolver uma capacidade institucional de incorporar e utilizar, na forma mais adequada para cada instituição e contexto, competências e recursos materiais e humanos diversificados, para que a gestão da informação se transforme em um processo dinâmico e parte da gestão do serviço como um todo.<hr/>Utilization of health care indicators in the monitoring of health system performance has become increasingly important in the last decades. The expansion of the public National Health System, Sistema Único de Saúde/SUS, growth of the private health sector and implementation of specific types of health care regulation models stimulated the utilization of indicators in the evaluation of hospital care quality and performance and proposals of national indicator systems. This was not accompanied with a corresponding investment in the conditions in which the needed data and information are produced in health services. The objective of this article is to identify some of the necessary conditions for health care performance indicator quality in hospitals: a pervasive institutional culture favoring clinical, administrative and research information and adequate organization and administration of clinical registers, hospital statistics and hospital information systems. No ready made universal hospital information packages will be able to achieve this, and each institution has to develop the ability to incorporate and use, according to specific needs and contexts, capabilities and material and human resources that will turn information management into a dynamic process and part of hospital management in general. <![CDATA[<B>Production chain supply management for public hospitals</B>: <B>a logistical approach to healthcare</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000400016&lng=en&nrm=iso&tlng=en Apesar de sua relevância para a operação dos hospitais, a discussão sobre processo logístico, abastecimento e cadeia de suprimentos em organizações de saúde está notadamente ausente da literatura nacional. O presente artigo descreve uma metodologia para a organização do setor de abastecimento de materiais médico-hospitalares de hospitais públicos, desenvolvida com base em uma abordagem de pesquisaação. A premissa que norteou as intervenções propostas para o setor foi a de que grande parte dos problemas em unidades médico-assistenciais do Sistema Único de Saúde nessa área decorria do fato de setores clínicos e administrativos não se identificarem como uma cadeia produtiva integrada o que os setores clínicos produzem não é transparente para os setores ligados ao abastecimento e vice-versa. São apresentados um histórico do desenvolvimento da metodologia, a descrição de suas principais etapas e uma discussão à luz da literatura recente e de alguns conceitos de qualidade e de gestão da cadeia de suprimentos.<hr/>Despite their importance for hospital operations, discussions of healthcare organization logistics and supply and materials management are notably lacking in Brazilian literature. This paper describes a methodology for organizing the supply of medical materials in public hospitals, based on an action-research approach. Interventions were based on the assumption that a significant portion of problems in Brazil's National Health System (SUS) facilities derive from the fact that their clinical and administrative departments do not see themselves as belonging to the same production chain - neither the hospital nor the supply department is aware of what the other produces. The development of the methodology and its main steps are presented and discussed, against a background of recent literature and total quality and supply chain management concepts. <![CDATA[<B>The importance of hormesis to public health</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000400017&lng=en&nrm=iso&tlng=en Hormesis is a specific type of nonmonotonic dose response whose occurrence has been documented across a broad range of biological models and diverse types of exposure. The effects that occur at various points along this curve can be interpreted as beneficial or detrimental, depending on the biological or ecologic context in which they occur. Because hormesis appears to be a relatively common phenomenon that has not yet been incorporated into regulatory practice, the objective of this commentary is to explore some of its more obvious public health and risk assessment implications, with particular reference to issues raised recently within this journal by other authors. Hormesis appears to be more common than doseresponse curves that are currently used in the risk assessment process. Although a number of mechanisms have been identified that explain many hormetic doseresponse relationships, better understanding of this phenomenon will likely lead to different strategies not only for the prevention and treatment of disease but also for the promotion of improved public health as it relates to both specific and more holistic health outcomes. We believe that ignoring hormesis is poor policy because it ignores knowledge that could be used to improve public health.<hr/>A hormese é um tipo específico de dose-resposta não monotônica cuja ocorrência vem sendo documentada largamente por vários modelos biológicos e para diversos tipos de exposição. Os efeitos que ocorrem em múltiplos pontos de uma curva podem ser interpretados como benéficos ou maléficos, dependendo do contexto biológico ou ecológico em que ocorram. Como a hormese parece ser um fenômeno relativamente comum que ainda não foi incorporado em práticas regulatórias, o objetivo deste ensaio é explorar algumas das suas implicações mais óbvias para a saúde pública e avaliação de risco, com ênfase particular nas questões assinaladas atualmente por autores da revista Environmental Health Perspectives. A hormese parece ser mais comum que outras curvas de dose-resposta usadas atualmente no processo de avaliação de riscos. Embora inúmeros mecanismos que explicam relações de dose-resposta desse tipo tenham sido identificados, o melhor entendimento deste fenômeno provavelmente conduzirá a diferentes estratégias de prevenção, de tratamento de doenças e de promoção de uma melhor saúde pública, posto que se relaciona com resultados de saúde tanto específicos quanto mais holísticos. Acreditamos que ignorar a hormese é praticar uma política pobre no campo da saúde pública. <![CDATA[<B>Hospitals and health professional education</B>: <B>contemporary challenges</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000400018&lng=en&nrm=iso&tlng=en O lugar do hospital na formação em saúde e as demandas dos próprios hospitais em relação à formação de profissionais para atenção e gestão hospitalares estão em processo de redefinição, tendo em vista a busca por qualidade, integralidade, eficiência e controle de custos nos sistemas de saúde. O artigo procura contextualizar os dilemas e tensões em cada um desses campos, reconhecendo a complexidade da organização hospitalar, seu lugar crítico na prestação de serviços e seu profundo envolvimento no engendramento do modelo médico-hegemônico no âmbito das práticas e da formação em saúde.<hr/>Both the role of hospitals in health professionals education and hospital's needs in terms of professionals for health care and hospital management are changing as health systems move towards quality, comprehensiveness, efficiency and costs control. The article intends to analyze dilemmas and challenges in each of these fields, acknowledging hospitals' complexity, their critical role on healthcare delivery and their deep involvement in the hegemonic orientation for health education and practice. <![CDATA[<B>Pharmaceutical services for inpatients provided by hospital pharmacies in Brazil</B>: <B>a review of the literature</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000400019&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo discute a produção científica relacionada à farmácia hospitalar brasileira direcionada à internação, na tentativa de ampliar a visão sobre características e prioridades. Foram localizados dezessete artigos nas bases de dados Medline e Lilacs condizentes com os critérios de inclusão e exclusão definidos a priori. A maioria ateve-se aos componentes ensino/pesquisa, logística e farmacotécnica, a partir da observação de hospitais públicos localizados no Sudeste. Percebe-se a escassez de textos relacionados a atividades estruturais como gerenciamento e seleção. Estima-se que à formação acadêmica dos farmacêuticos atrele-se a percepção da manipulação como atividade preponderante nos serviços embora, atualmente, esta seja necessária apenas em um número restrito de hospitais. Soma-se a isto a baixa adequação das atividades realizadas a normas legais e padrões estabelecidos e a inexistência de revista brasileira dedicada ao tema e indexada pela BVS. Tendo em vista a maior freqüência de trabalhos oriundos do setor público, há, aparentemente, ou maior liberdade de atuação do farmacêutico neste setor ou menor produção científica, quantificada por publicações, no setor privado.<hr/>This paper discusses the literature on hospital pharmacy services for in-patients in Brazil, seeking a broader view of its characteristics and priorities. Seventeen papers were located in the Medline and Lilacs databases that complied with the pre-defined inclusion/exclusion criteria. Most of them were related to teaching and research, logistics and compounding, based on observations in public hospitals in Southeast Brazil. Few studies focused on core activities such as management and selection. The academic syllabus through which pharmacy students are trained may underlie the perception that compounding is the preponderant aspect of hospital pharmacy services, although this is required in only a few institutions. Added to this is poor compliance by pharmacy activities with established norms and standards and the lack of an indexed Brazilian publication in this field. As there were far more studies of the public sector than its private counterpart, it seems as though there is either greater freedom of action in the former or less scientific output in the latter, quantified by published studies. <![CDATA[<B>The use of Data Envelopment Analysis (DEA) for Brazilian teaching hospitals´ evaluation</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000400020&lng=en&nrm=iso&tlng=en De modo a demonstrar como a modelagem por Análise Envoltória de Dados (DEA) permite aferir o desempenho dos hospitais e subsidiar a avaliação da implantação da Política de Reestruturação dos Hospitais de Ensino, desenvolve-se um estudo de caso com os 31 hospitais gerais pertencentes a universidades federais brasileiras. Consideram-se indicadores de assistência, ensino e pesquisa e utiliza-se o programa IDEAL (Interactive Data Envelopment Analysis Laboratory) como ferramenta de avaliação de desempenho. O IDEAL, desenvolvido no país, é o único no mundo capaz de prover a visualização tridimensional da fronteira de produtividade, facilitando a análise exploratória e escolha das variáveis pertinentes, assim como a compreensão dos resultados do modelo (multiplicador e envelope) pelo especialista e decisor. A título de exemplo, é apresentado o benchmark dos hospitais universitários por meio de indicadores de resultado (outputs), que consideram as diferenças estruturais e/ou as demandas regionais (inputs). A modelagem também permite indicar as mudanças necessárias para as unidades ineficientes (alterações nos vetores de inputs e/ou outputs) e gerar recomendações sobre a distribuição dos recursos públicos baseada em qualidade/eficiência.<hr/>In order to demonstrate how DEA modeling can be helpful for hospital performance assessments conducted in compliance with Brazil's Teaching Hospital Policy, a case study is presented of 31 general hospitals linked to Federal Universities. It considers data on assistance, teaching and research and the use of the IDEAL (Interactive Data Envelopment Analysis Laboratory) software as a tool for assessing their efficiency. Developed in Brazil, this unique software provides a three-dimensional view of the productivity frontier, for easier exploratory analyses and selection of pertinent variables, with a better understanding of the outputs of the model (multiplier and envelope) for specialists and decision-makers. As an example, a University Hospital benchmark is presented through outputs that take structural and regional input differences into consideration. This modeling also indicates the changes required in the inefficient units (alterations to input and/or /output vectors), setting forth recommendations on public financing based on quality/efficiency. <![CDATA[<B>Perspectives of the evaluation of Brazil's National Health Humanization Policy</B>: <B>conceptual and methodological aspects</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000400021&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo tem a finalidade de abrir o debate sobre as perspectivas da Avaliação no âmbito da Política Nacional de Humanização/Ministério da Saúde (PNH/HumanizaSUS). Nesse sentido, procurou-se sistematizar alguns marcos referenciais na área da Avaliação em Saúde, distinguindo duas vertentes de direcionamento da Avaliação na PNH: uma, apontando para metodologias de definição de indicadores de monitoramento das ações relacionadas à humanização; e outra, apontando para a realização de pesquisas avaliativas com ênfase na busca do impacto das ações. Ambas as vertentes foram pontuadas ressaltando as especificidades que devem ser reconhecidas na aproximação e utilização das metodologias avaliativas na esfera da PNH. Para reforçar tais especificidades e perspectivas de aproximação, buscou-se não somente registrar a amplitude e complexidade dos dispositivos e ações propostos no âmbito do HumanizaSUS, como também fazer uma breve revisão de conceitos e componentes englobados na área de monitoramento e avaliação.<hr/>The purpose of this paper is to prompt discussions of the perspectives of the Evaluation of Brazil's National Health Humanization Policy being implemented by the Ministry of Health (PNH/HumanizaSUS). It strives to systemize some Health Evaluation benchmarks, distinguishing two key aspects of this evaluation: one examines methodologies for the definition of Humanization actions monitoring indicators; the other analyzes evaluatory surveys measuring the impacts of these actions. Both aspects were scored, highlighting specific characteristics that must be recognized in the approach and use of evaluation methodologies under the aegis of this Policy. In order to strengthen such specific characteristics and approach perspectives, it explores the extent and complexity of the tools and actions proposed in the field covered by this Policy, while also offering an brief review of the concepts and components encompassed by the Monitoring and Evaluation area. <![CDATA[<B>Socioeconomic, anthropometric and food intake characterization of severely obese people</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000400022&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste estudo foi caracterizar pacientes obesos mórbidos atendidos em ambulatórios de cirurgia bariátrica da cidade de Fortaleza - CE, quanto a aspectos socioeconômicos, antropométricos e alimentares. Tratou-se de uma pesquisa do tipo exploratória, transversal e analítica, na qual foram entrevistados cinqüenta pacientes de dois ambulatórios públicos e um privado de cirurgia bariátrica, sendo 74% do sexo feminino e 26% do masculino, com uma idade média de 35 &plusmn; 8,6 anos, com renda média familiar de 4,69 &plusmn; 3,78 salários mínimos, no grupo atendido em instituição pública, e de 15,18 &plusmn; 12,63 nos obesos que procuraram clínica privada; 70% dos participantes tinham escolaridade igual ou superior ao ensino médio. O índice de massa corporal (IMC) médio foi de 47,5 &plusmn; 7,2 Kg/m&sup2;. O padrão alimentar foi caracterizado por uma maioria consumindo dieta hipercalórica, hiperlipídica, hiperprotéica, hipoglicídica e elevado em colesterol e fibras dietéticas. Conclui-se que os pacientes possuem um padrão alimentar de risco para o agravamento da sua situação ponderal, necessitando de ações educativas intensificadas preparatórias para a cirurgia bariátrica.<hr/>The purpose of this study is to characterize morbid obese patients treated at bariatric surgery clinics in Fortaleza, Ceará State, Brazil, analyzed by socioeconomic, anthropometric and food intake aspects. Based on an exploratory, transversal and analytical design, this survey interviewed fifty patients being treated at one private and two public bariatric surgery clinics; 74% were female and 26% male. Their average age was 35 &plusmn; 8.6 years old, with an average family income of 9.32 &plusmn; 14.14 minimum wages; with an average family income of 4.69 &plusmn; 3.78 minimum wages for the group treated at public clinics, and an 15.18 &plusmn; 12.63 minimum wages for the obese patients seen at the private clinic; at least 70% of the participants held high school diplomas. The average Body Mass Index (BMI) was 47.5 &plusmn; 7.2 Kg/m&sup2;, with their food intake standard characterized largely by the consumption of high-energy, high-fat, low carbohydrate items, high in cholesterol and dietary staple fibers. It is concluded that the patients have a food intake standard that offers the risk of worsening their weight situation, requiring more intensive educational actions in preparation for bariatric surgery. <![CDATA[<B>Work conditions and professional profiles of nutritionists who graduated from the Ouro Preto Federal University, Minas Gerais State, Brazil: 1994 - 2001</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000400023&lng=en&nrm=iso&tlng=en Objetivamos elaborar um perfil profissional e descrever as condições de trabalho dos nutricionistas egressos da Universidade Federal de Ouro Preto/MG, em suas diferentes áreas de atuação. Realizamos uma investigação quanti-qualitativa, baseada na aplicação de questionários estruturados à totalidade dos profissionais formados pela UFOP no período de 1994 a 2001 (N=356) e entrevistas semi-estruturadas com catorze profissionais, selecionados dentre o universo de respondentes dos questionários (n=90). A análise dos questionários identificou que 67% dos profissionais atuam na Nutrição Clínica, 44% na Alimentação Coletiva, 14% na Docência e 11% na Nutrição Social. A maioria (57%) informou o desejo de permanecer na área em que estavam atuando. Entre os profissionais que desejavam mudar de área de atuação, 44,5% atuava na Alimentação Coletiva. Apesar dos vínculos precários observados, a Nutrição Clínica é a área onde encontramos o maior número de profissionais satisfeitos com suas condições de trabalho. Os resultados deste estudo desvelaram as condições de trabalho de um grupo de nutricionistas, para os quais nem sempre a estabilidade no emprego era o principal determinante de satisfação profissional.<hr/>The study presents the professional profiles and work conditions of nutritionists who graduated from the Ouro Preto Federal University, Minas Gerais State, Brazil, in their various spheres of action. A quanti-qualitative approach was adopted through questionnaires completed by all professionals graduating from this University between 1994 and 2001 (N=356), in addition to semi-structured interviews with fourteen professionals selected from the universe of the respondents (n=90). An analysis of these questionnaires showed that 67% of them work with Clinical Nutrition, 44% with Collective Nutrition, 14% with Education Programs and 11% with Social Nutrition. Most (57%) of the respondents expressed the desire to remain in the field where they were working. Among those wishing to move into a different area, 44.5% work with Collective Nutrition. Despite clearly precarious employment links, Clinical Nutrition is the field with the largest number of professionals satisfied with their work conditions. The findings of this study explore the work conditions of a group of nutritionists for whom job stability is not always the main factor for professional satisfaction. <![CDATA[<B>Fat people in the headlines</B>: <B>representations of <I>being fat</I> in weekly magazines</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000400024&lng=en&nrm=iso&tlng=en A cultura ocidental valoriza a magreza, embasada principalmente pelas descobertas da biomedicina, que acabou por transformar o corpo gordo em sinônimo não apenas de falta de saúde, mas em um "corpo desumanizado", um caráter pejorativo de falência moral. Assim, o presente trabalho teve por objetivo analisar as representações sociais acerca do ser gordo, através de uma análise qualitativa e interpretativa de catorze matérias que foram capas de duas revistas semanais brasileiras: Veja e IstoÉ, entre os anos de 1997 e 2002. Buscamos, através da análise bibliográfica em conjunto com o material de campo, refletir sobre as representações sociais sobre o ser gordo na atualidade. O artigo privilegiou a utilização do conceito de representações sociais, tal como é utilizado pelas ciências sociais, por nos permitir compreender por que algumas questões - neste caso, o indivíduo ser gordo - ganham visibilidade em um determinado momento. Sobressaiu das análises que as revistas destacam depoimentos baseados no saber científico e biomédico que legitimam a escolha de um tipo de corpo caracterizado como supostamente "ideal", por ser considerado sinônimo de saúde, felicidade e alegria: o magro. Assim, um cerco à gordura é declarado e estratégias de "luta" são formuladas, recaindo, em última análise, sobre o ser gordo.<hr/>Western culture places high value on slimness, based mainly on the discoveries of biomedicine that have transformed the fat body into a synonym not only of lack of health, but also a pejorative reflection of moral bankruptcy: a 'dehumanized body'. The purpose of this study was to analyze social representations of being fat through qualitative and interpretative analyses of fourteen cover stories published between 1997 and 2002 in Brazil by two weekly news magazines: VEJA and ISTOÉ. Through analyzing the bibliography and field materials, it examines the social representations of being fat today. This paper focuses on the concept of social representation and the ways in which this is used by the social sciences, leading to an understanding of why some issues - in this case the individual fat being - became more visible at a certain moment. These analyses show that the weekly magazines under analysis featured statements based on scientific and biomedical knowledge that legitimize the choice of a body type supposedly rated as 'ideal', viewed as synonymous with health, happiness and good cheer: the slim body. This brought fat under siege, with battle strategies being drawn up and - in the final analysis - falling back on being fat. <![CDATA[<B>The consolidation of private health plans in Brazil: challenges for the regulator</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000400025&lng=en&nrm=iso&tlng=en Pretendemos abordar aqui os efeitos da concentração econômica do mercado de planos de saúde, pois tal movimento pode resultar no fortalecimento das grandes operadoras, com conseqüências sobre o financiamento do Sistema Único de Saúde. A partir da ótica da economia política do setor, além de refletir sobre as características dessa concentração, discutimos se o aumento do poder de mercado exige do Estado uma postura mais ativa, em especial caso se queira preservar os princípios normativos da Agência Nacional de Saúde Suplementar - em defesa do consumidor, da concorrência regulada e do interesse público.<hr/>The effects of the financial consolidation of Brazil's private health plan market warrants investigation, as this trend could enhance the power of large plans and affect the financing of the National Health System. From the standpoint of the political economics of this sector, while reflecting on the features of this consolidation, this paper discusses whether this more powerful market clout might require the State to adopt a more active stance, especially if it wishes to enforce the normative principles of the National Supplementary Health Regulator in order to protect consumers, ensure regulated competition and defend the public interest. <![CDATA[<B>Tooth loss and the image of the dentist in a group of senior citizens</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000400026&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente estudo busca analisar as percepções, memórias e crenças de um grupo de idosos de origem japonesa quanto às perdas dentárias. Para o presente estudo, foram definidos em processo de amostragem aleatória simples quarenta indivíduos com critérios de inclusão a partir da geração (Issei e Nisei) e condição bucal (edêntulos e dentados), formando quatro grupos com dez indivíduos cada. Foram realizadas entrevistas domiciliares, com os indivíduos que preencheram os critérios de inclusão-exclusão para cada grupo. Utilizando como estratégia metodológica a construção do Discurso do Sujeito Coletivo, foram definidas as categorias de análise: motivo das perdas dentárias, momento das perdas e o papel do cirurgião-dentista. Dificuldades de acesso à assistência odontológica e a naturalização da perda dentária constituem fatores sociais e culturais fortemente imbricados que resultam em edentulismo precoce. Dor e medo são sentimentos estritamente ligados à imagem do cirurgião-dentista, ainda que se reconheça uma evolução na odontologia, tanto com relação aos equipamentos, materiais e técnicas utilizadas quanto à formação e conduta do profissional.<hr/>This study assesses perceptions, memories and beliefs about tooth loss in a group of Japanese-Brazilian senior citizens, selecting forty individuals through a random sampling process, with inclusion criteria related to their background (Issei/Nissei) and oral status (edentulous/non-edentulous), divided into four groups, each with ten subjects. Home interviews were conducted with individuals complying with the inclusion/exclusion criteria established for each group. Using the construction of the Collective Subject Discourse as a methodological strategy, the analysis categories were defined: cause of tooth loss, time of tooth loss and the role of the dentist. Difficulties in accessing dental care and natural acceptance of tooth loss are social and cultural factors that are strongly associated with early edentulism. Pain and fear are the feelings related to the image of the dentist. However, the participants acknowledge that Dentistry has progressed, in terms of equipment, materials and techniques, as well as the training and conduct of dentists. <![CDATA[<B>Fifty years of fluoridation of public water supplies in Brazil</B>: <B>benefits for the control of dental caries</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000400027&lng=en&nrm=iso&tlng=en A fluoretação da água de abastecimento público representa uma das principais e mais importantes medidas de saúde pública no controle da cárie dentária. O objetivo deste trabalho foi o de reafirmar, através de uma revisão de literatura, a importância e o alcance da fluoretação no controle da cárie dentária. Um dos meios mais efetivos para manter constante a presença de flúor na cavidade bucal, fundamental para controle da cárie dentária, a fluoretação da água é reconhecida como um importante fator para o declínio da prevalência da cárie dentária. Portanto, além de ser mantida, deve ser monitorada, a fim de que o teor de flúor seja mantido dentro dos padrões adequados para o controle da cárie e prevenção da fluorose dentária.<hr/>Fluoridation of public water supplies is among the most important public health measures for control of dental caries. Through a review of the literature, this study intends to reaffirm the importance and scope of fluoridation for caries control, as this is acknowledged as one of the most effective ways of ensuring the constant presence of fluoride in the oral cavity, which is vital for controlling caries. Water fluoridation is rated as an important factor for reducing caries, meaning that it should be maintained and also monitored, ensuring adequate fluoride levels for controlling caries while avoiding dental fluorosis. <![CDATA[<B>Remarks on drawing up a community health orthodontic assistance protocol</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000400028&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo desse estudo foi elaborar um protocolo de assistência ortodôntica em saúde coletiva. Um programa de prevenção e interceptação ortodôntica foi sugerido, com a inclusão de atitudes que visem à prevenção das oclusopatias em programas de saúde já existentes e a ampliação da oferta de serviços nas UBSs, abrangendo a instalação de mantenedores de espaço e procedimentos interceptores. Os possíveis problemas oclusais a serem abordados no programa interceptor foram discutidos e classificados em prioridades primária e secundária de atendimento, enfatizando os desvios oclusais que não deveriam ser tratados precocemente. A idade sugerida para abordagem seria a correspondente à da dentição decídua e início da dentição mista. A organização e inclusão de procedimentos ortodônticos são possíveis de ser aplicadas com o gerenciamento dos recursos físicos, humanos e financeiros e o estabelecimento de critérios para acesso aos serviços. A utilização de protocolo de assistência e o correto planejamento das ações ortodônticas podem possibilitar a realização de ações preventivas e interceptoras nas próprias UBSs, enquanto maiores recursos possam ser alocados para a criação de Centros de Referência de Especialidades, com a possível implantação de procedimentos em Ortodontia Corretiva.<hr/>This study offers help for drawing up a community health orthodontic assistance protocol, especially for the public health system. A preventive and interceptive orthodontic program is suggested through the inclusion of approaches in existing healthcare programs that may help prevent malocclusions, extending the services offered by Basic Healthcare Units to include fitting space retainer appliances and interceptive procedures. Possible occlusion problems are discussed and rated as high or low priority for treatment, stressing occlusal deviations that should not be treated precociously. Preventive and interceptive orthodontic treatment should primarily be offered to children with deciduous and mixed dentition. The management and inclusion of orthodontic procedures can be deployed through the management of physical, human and financial resources, establishing access criteria for these services. The use of an appropriate orthodontic assistance protocol and correct planning of orthodontic actions could pave the way for preventive and interceptive procedures at the Basic Healthcare Units, while more resources could be allocated to setting up Specialty Reference Centers offering more complex corrective orthodontic procedures. <![CDATA[<B>Knowledge of oral health and practices among mothers attending a mother-child dental care program</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000400029&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo do presente estudo foi avaliar a assimilação e as práticas preventivas em saúde bucal adotadas por mães de crianças que freqüentaram um programa odontológico de atenção materno infantil. O Programa Preventivo para Gestantes e Bebês (PPGB) é um programa de extensão vinculado à Universidade Federal do Piauí (UFPI), que tem como meta a conscientização de gestantes e mães de crianças de zero a 36 meses para a adoção de hábitos favoráveis à obtenção de saúde bucal. Realizou-se uma seleção aleatória de fichas clínicas de crianças que haviam participado do PPGB e, através destas fichas, foram enviadas cartas às mães. Houve um retorno de 281 mães, as quais foram submetidas a entrevistas envolvendo os temas abordados pelo programa. Pelos resultados obtidos, pôde-se concluir que as mães freqüentadoras do PPGB detêm um bom nível de informação e adotam, no âmbito familiar, práticas de saúde favoráveis ao controle e prevenção de doenças bucais.<hr/>This study assesses the assimilation of knowledge and preventive practices in oral health among the mothers of children assisted by a mother-child dental care program. The Preventive Program for Pregnant Mothers and Babies (PPPMB) is an extension project run by the Piauí Federal University (UFPI), whose goal is to make pregnant women and mothers of children from zero to 36 months old more concerned about habits fostering oral health. After a random selection of clinical record cards for children who had participated in this Program, letters were sent to their mothers. Feedback was received from 281 mothers, who responded through interviews that included questions on matters addressed by the Program. The findings indicate that mothers attending this Program were properly informed, adopting hygienic practices in their families that underpin the control and prevention of oral diseases. <![CDATA[<B>O desafio do conhecimento</B>: <B>pesquisa qualitativa em saúde</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232007000400030&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo do presente estudo foi avaliar a assimilação e as práticas preventivas em saúde bucal adotadas por mães de crianças que freqüentaram um programa odontológico de atenção materno infantil. O Programa Preventivo para Gestantes e Bebês (PPGB) é um programa de extensão vinculado à Universidade Federal do Piauí (UFPI), que tem como meta a conscientização de gestantes e mães de crianças de zero a 36 meses para a adoção de hábitos favoráveis à obtenção de saúde bucal. Realizou-se uma seleção aleatória de fichas clínicas de crianças que haviam participado do PPGB e, através destas fichas, foram enviadas cartas às mães. Houve um retorno de 281 mães, as quais foram submetidas a entrevistas envolvendo os temas abordados pelo programa. Pelos resultados obtidos, pôde-se concluir que as mães freqüentadoras do PPGB detêm um bom nível de informação e adotam, no âmbito familiar, práticas de saúde favoráveis ao controle e prevenção de doenças bucais.<hr/>This study assesses the assimilation of knowledge and preventive practices in oral health among the mothers of children assisted by a mother-child dental care program. The Preventive Program for Pregnant Mothers and Babies (PPPMB) is an extension project run by the Piauí Federal University (UFPI), whose goal is to make pregnant women and mothers of children from zero to 36 months old more concerned about habits fostering oral health. After a random selection of clinical record cards for children who had participated in this Program, letters were sent to their mothers. Feedback was received from 281 mothers, who responded through interviews that included questions on matters addressed by the Program. The findings indicate that mothers attending this Program were properly informed, adopting hygienic practices in their families that underpin the control and prevention of oral diseases.