Scielo RSS <![CDATA[Ciência & Saúde Coletiva]]> http://www.scielosp.org/rss.php?pid=1413-812320080002&lang=en vol. 13 num. 2 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielosp.org/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielosp.org <![CDATA[<b>Rethinking ethics in qualitative health research</b>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232008000200001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<B>The need for adequate ethical guidelines for qualitative health research</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232008000200002&lng=en&nrm=iso&tlng=en This paper discusses adequacy as to the application of Brazilian guidelines, Resolution 196/96¹ and complementaries to qualitative health researches, considering that these are based on non-positivistic paradigms. Frequently, decisions about the research are made together with the studied community. There is a concern with justice and social change. And, since subjectivity can be considered their privileged instrument, such researchers seek a balance between objectivity and subjectivity, discussing how to overcome the researcher's view. We have studied the application and the concept of research found in international and in the Brazilian guidelines. We have noticed that they adopt a positivist conception of research, which establishes 1) the hypothesis test, 2) that all procedures are previously defined by the researcher; 3) neutrality of the researcher and of the knowledge produced. We will present some characteristics of qualitative research; the ethical implications in the way as qualitative research is conceived in non-positivist paradigms and a brief history of these guidelines. Our conclusion: it is inadequate to analyze qualitative researches using these documents, and we suggest the design of specific guidelines for them.<hr/>O artigo discute a adequação de aplicar a Resolução 196/96¹ do Conselho Nacional de Saúde - CNS, às pesquisas qualitativas em saúde, que se baseiam em paradigmas não positivistas. Nestas pesquisas, freqüentemente as decisões sobre a pesquisa são tomadas conjuntamente com a comunidade em estudo. Há a preocupação de favorecer a justiça e a mudança social. E, uma vez que a subjetividade pode ser considerada seu instrumento privilegiado, busca-se o balanço entre objetividade e subjetividade, e discute-se como superar a visão do pesquisador. Estudamos o âmbito de aplicação e a concepção de pesquisa presentes nas diretrizes éticas internacionais e brasileiras. Verificamos que elas adotam uma concepção positivista de pesquisa, que prevê: teste de hipótese, definição prévia de todos os procedimentos pelo pesquisador e neutralidade do pesquisador e do conhecimento produzido. Serão apresentadas algumas características das pesquisas qualitativas, as implicações éticas da maneira como a pesquisa qualitativa é concebida nos paradigmas não positivistas e um breve histórico dos documentos sobre ética em pesquisa. Concluímos que não é adequado analisar estas pesquisas com base nestes documentos e sugerimos a elaboração de diretrizes específicas. <![CDATA[<B>On ethics regimes and the problem of maintaining the face of qualitative research</B>: <B>a commentary on Iara C. Z. Guerriero's and Sueli Dallari's paper</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232008000200003&lng=en&nrm=iso&tlng=en This paper discusses adequacy as to the application of Brazilian guidelines, Resolution 196/96¹ and complementaries to qualitative health researches, considering that these are based on non-positivistic paradigms. Frequently, decisions about the research are made together with the studied community. There is a concern with justice and social change. And, since subjectivity can be considered their privileged instrument, such researchers seek a balance between objectivity and subjectivity, discussing how to overcome the researcher's view. We have studied the application and the concept of research found in international and in the Brazilian guidelines. We have noticed that they adopt a positivist conception of research, which establishes 1) the hypothesis test, 2) that all procedures are previously defined by the researcher; 3) neutrality of the researcher and of the knowledge produced. We will present some characteristics of qualitative research; the ethical implications in the way as qualitative research is conceived in non-positivist paradigms and a brief history of these guidelines. Our conclusion: it is inadequate to analyze qualitative researches using these documents, and we suggest the design of specific guidelines for them.<hr/>O artigo discute a adequação de aplicar a Resolução 196/96¹ do Conselho Nacional de Saúde - CNS, às pesquisas qualitativas em saúde, que se baseiam em paradigmas não positivistas. Nestas pesquisas, freqüentemente as decisões sobre a pesquisa são tomadas conjuntamente com a comunidade em estudo. Há a preocupação de favorecer a justiça e a mudança social. E, uma vez que a subjetividade pode ser considerada seu instrumento privilegiado, busca-se o balanço entre objetividade e subjetividade, e discute-se como superar a visão do pesquisador. Estudamos o âmbito de aplicação e a concepção de pesquisa presentes nas diretrizes éticas internacionais e brasileiras. Verificamos que elas adotam uma concepção positivista de pesquisa, que prevê: teste de hipótese, definição prévia de todos os procedimentos pelo pesquisador e neutralidade do pesquisador e do conhecimento produzido. Serão apresentadas algumas características das pesquisas qualitativas, as implicações éticas da maneira como a pesquisa qualitativa é concebida nos paradigmas não positivistas e um breve histórico dos documentos sobre ética em pesquisa. Concluímos que não é adequado analisar estas pesquisas com base nestes documentos e sugerimos a elaboração de diretrizes específicas. <![CDATA[<B>A difficult dialogue</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232008000200004&lng=en&nrm=iso&tlng=en This paper discusses adequacy as to the application of Brazilian guidelines, Resolution 196/96¹ and complementaries to qualitative health researches, considering that these are based on non-positivistic paradigms. Frequently, decisions about the research are made together with the studied community. There is a concern with justice and social change. And, since subjectivity can be considered their privileged instrument, such researchers seek a balance between objectivity and subjectivity, discussing how to overcome the researcher's view. We have studied the application and the concept of research found in international and in the Brazilian guidelines. We have noticed that they adopt a positivist conception of research, which establishes 1) the hypothesis test, 2) that all procedures are previously defined by the researcher; 3) neutrality of the researcher and of the knowledge produced. We will present some characteristics of qualitative research; the ethical implications in the way as qualitative research is conceived in non-positivist paradigms and a brief history of these guidelines. Our conclusion: it is inadequate to analyze qualitative researches using these documents, and we suggest the design of specific guidelines for them.<hr/>O artigo discute a adequação de aplicar a Resolução 196/96¹ do Conselho Nacional de Saúde - CNS, às pesquisas qualitativas em saúde, que se baseiam em paradigmas não positivistas. Nestas pesquisas, freqüentemente as decisões sobre a pesquisa são tomadas conjuntamente com a comunidade em estudo. Há a preocupação de favorecer a justiça e a mudança social. E, uma vez que a subjetividade pode ser considerada seu instrumento privilegiado, busca-se o balanço entre objetividade e subjetividade, e discute-se como superar a visão do pesquisador. Estudamos o âmbito de aplicação e a concepção de pesquisa presentes nas diretrizes éticas internacionais e brasileiras. Verificamos que elas adotam uma concepção positivista de pesquisa, que prevê: teste de hipótese, definição prévia de todos os procedimentos pelo pesquisador e neutralidade do pesquisador e do conhecimento produzido. Serão apresentadas algumas características das pesquisas qualitativas, as implicações éticas da maneira como a pesquisa qualitativa é concebida nos paradigmas não positivistas e um breve histórico dos documentos sobre ética em pesquisa. Concluímos que não é adequado analisar estas pesquisas com base nestes documentos e sugerimos a elaboração de diretrizes específicas. <![CDATA[<B>Rigor and ethics</B>: <B>challenges in qualitative research</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232008000200005&lng=en&nrm=iso&tlng=en This paper discusses adequacy as to the application of Brazilian guidelines, Resolution 196/96¹ and complementaries to qualitative health researches, considering that these are based on non-positivistic paradigms. Frequently, decisions about the research are made together with the studied community. There is a concern with justice and social change. And, since subjectivity can be considered their privileged instrument, such researchers seek a balance between objectivity and subjectivity, discussing how to overcome the researcher's view. We have studied the application and the concept of research found in international and in the Brazilian guidelines. We have noticed that they adopt a positivist conception of research, which establishes 1) the hypothesis test, 2) that all procedures are previously defined by the researcher; 3) neutrality of the researcher and of the knowledge produced. We will present some characteristics of qualitative research; the ethical implications in the way as qualitative research is conceived in non-positivist paradigms and a brief history of these guidelines. Our conclusion: it is inadequate to analyze qualitative researches using these documents, and we suggest the design of specific guidelines for them.<hr/>O artigo discute a adequação de aplicar a Resolução 196/96¹ do Conselho Nacional de Saúde - CNS, às pesquisas qualitativas em saúde, que se baseiam em paradigmas não positivistas. Nestas pesquisas, freqüentemente as decisões sobre a pesquisa são tomadas conjuntamente com a comunidade em estudo. Há a preocupação de favorecer a justiça e a mudança social. E, uma vez que a subjetividade pode ser considerada seu instrumento privilegiado, busca-se o balanço entre objetividade e subjetividade, e discute-se como superar a visão do pesquisador. Estudamos o âmbito de aplicação e a concepção de pesquisa presentes nas diretrizes éticas internacionais e brasileiras. Verificamos que elas adotam uma concepção positivista de pesquisa, que prevê: teste de hipótese, definição prévia de todos os procedimentos pelo pesquisador e neutralidade do pesquisador e do conhecimento produzido. Serão apresentadas algumas características das pesquisas qualitativas, as implicações éticas da maneira como a pesquisa qualitativa é concebida nos paradigmas não positivistas e um breve histórico dos documentos sobre ética em pesquisa. Concluímos que não é adequado analisar estas pesquisas com base nestes documentos e sugerimos a elaboração de diretrizes específicas. <![CDATA[<B>Ethical guidelines and qualitative research on health</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232008000200006&lng=en&nrm=iso&tlng=en This paper discusses adequacy as to the application of Brazilian guidelines, Resolution 196/96¹ and complementaries to qualitative health researches, considering that these are based on non-positivistic paradigms. Frequently, decisions about the research are made together with the studied community. There is a concern with justice and social change. And, since subjectivity can be considered their privileged instrument, such researchers seek a balance between objectivity and subjectivity, discussing how to overcome the researcher's view. We have studied the application and the concept of research found in international and in the Brazilian guidelines. We have noticed that they adopt a positivist conception of research, which establishes 1) the hypothesis test, 2) that all procedures are previously defined by the researcher; 3) neutrality of the researcher and of the knowledge produced. We will present some characteristics of qualitative research; the ethical implications in the way as qualitative research is conceived in non-positivist paradigms and a brief history of these guidelines. Our conclusion: it is inadequate to analyze qualitative researches using these documents, and we suggest the design of specific guidelines for them.<hr/>O artigo discute a adequação de aplicar a Resolução 196/96¹ do Conselho Nacional de Saúde - CNS, às pesquisas qualitativas em saúde, que se baseiam em paradigmas não positivistas. Nestas pesquisas, freqüentemente as decisões sobre a pesquisa são tomadas conjuntamente com a comunidade em estudo. Há a preocupação de favorecer a justiça e a mudança social. E, uma vez que a subjetividade pode ser considerada seu instrumento privilegiado, busca-se o balanço entre objetividade e subjetividade, e discute-se como superar a visão do pesquisador. Estudamos o âmbito de aplicação e a concepção de pesquisa presentes nas diretrizes éticas internacionais e brasileiras. Verificamos que elas adotam uma concepção positivista de pesquisa, que prevê: teste de hipótese, definição prévia de todos os procedimentos pelo pesquisador e neutralidade do pesquisador e do conhecimento produzido. Serão apresentadas algumas características das pesquisas qualitativas, as implicações éticas da maneira como a pesquisa qualitativa é concebida nos paradigmas não positivistas e um breve histórico dos documentos sobre ética em pesquisa. Concluímos que não é adequado analisar estas pesquisas com base nestes documentos e sugerimos a elaboração de diretrizes específicas. <![CDATA[<B>Methodological procedures and ethical decisions</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232008000200007&lng=en&nrm=iso&tlng=en This paper discusses adequacy as to the application of Brazilian guidelines, Resolution 196/96¹ and complementaries to qualitative health researches, considering that these are based on non-positivistic paradigms. Frequently, decisions about the research are made together with the studied community. There is a concern with justice and social change. And, since subjectivity can be considered their privileged instrument, such researchers seek a balance between objectivity and subjectivity, discussing how to overcome the researcher's view. We have studied the application and the concept of research found in international and in the Brazilian guidelines. We have noticed that they adopt a positivist conception of research, which establishes 1) the hypothesis test, 2) that all procedures are previously defined by the researcher; 3) neutrality of the researcher and of the knowledge produced. We will present some characteristics of qualitative research; the ethical implications in the way as qualitative research is conceived in non-positivist paradigms and a brief history of these guidelines. Our conclusion: it is inadequate to analyze qualitative researches using these documents, and we suggest the design of specific guidelines for them.<hr/>O artigo discute a adequação de aplicar a Resolução 196/96¹ do Conselho Nacional de Saúde - CNS, às pesquisas qualitativas em saúde, que se baseiam em paradigmas não positivistas. Nestas pesquisas, freqüentemente as decisões sobre a pesquisa são tomadas conjuntamente com a comunidade em estudo. Há a preocupação de favorecer a justiça e a mudança social. E, uma vez que a subjetividade pode ser considerada seu instrumento privilegiado, busca-se o balanço entre objetividade e subjetividade, e discute-se como superar a visão do pesquisador. Estudamos o âmbito de aplicação e a concepção de pesquisa presentes nas diretrizes éticas internacionais e brasileiras. Verificamos que elas adotam uma concepção positivista de pesquisa, que prevê: teste de hipótese, definição prévia de todos os procedimentos pelo pesquisador e neutralidade do pesquisador e do conhecimento produzido. Serão apresentadas algumas características das pesquisas qualitativas, as implicações éticas da maneira como a pesquisa qualitativa é concebida nos paradigmas não positivistas e um breve histórico dos documentos sobre ética em pesquisa. Concluímos que não é adequado analisar estas pesquisas com base nestes documentos e sugerimos a elaboração de diretrizes específicas. <![CDATA[<B>Anthropological contributions for thinking and acting in the health area and its ethical dilemas</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232008000200008&lng=en&nrm=iso&tlng=en This paper attempts to analyze the way in which the issue of ethics in social research is dealt by institutional commissions based in biomedicine criteria. This discussion is particularly important for Social Sciences in Health, as our projects must necessarily be presented to Committees for assessment. In actual fact, Resolution Nº 196/1996 issued by the National Health Council establishes this mandatory requirement for all social areas. However, there is a question among researchers working with social issues, arguing that the health sector is moving outside its field when attempting to regulate actions in other fields of investigation. Grounded on philosophical anthropology, this paper is divided into three parts: (1) elements of anthropological foundations of ethics; (2) contributions of Anthropology to thinking about ethics and human rights in health; (3) internal and external questioning about anthropological practice. I conclude that if the ethical issue that involves human beings cannot be reduced to the procedures established by Ethics Committees, discussions in greater depth are required among social scientists on the construction of a practice based on and guided by respect for the intersubjectivity of all the players engaged in a research project.<hr/>Neste artigo, busco problematizar a forma como a questão da ética em pesquisa social vem sendo tratada hoje pelas comissões institucionais inspiradas nas questões da biomedicina. Essa discussão é particularmente importante para as Ciências Sociais em Saúde pois existe uma obrigatoriedade de apresentação dos nossos projetos para avaliação dos comitês. A rigor, na concepção da Resolução 196/1996 do Conselho Nacional de Saúde, essa obrigatoriedade cobre todas as áreas sociais. No entanto, existe questionamento dos pesquisadores que lidam com o social, argumentando que o setor saúde extrapola quando tenta regular ações de outros campos de investigação. Fundamentado na antropologia filosófica, este texto se divide em três partes: (1) alguns elementos sobre fundamentos antropológicos da ética; (2) contribuições da Antropologia para pensar a ética e a realização dos direitos humanos em saúde; (3) questionamentos internos e externos sobre a prática antropológica. Concluo dizendo que, se a questão ética que envolve seres humanos não pode se reduzir aos procedimentos demandados por Comissões de Ética, é preciso aprofundar a discussão dos cientistas sociais na construção de uma prática pautada e orientada pelo respeito à intersubjetividade de todos os atores envolvidos numa pesquisa. <![CDATA[<B>Research and the (free and) informed consent</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232008000200009&lng=en&nrm=iso&tlng=en The aim of this article was to reflect about the Free and Informed Consent (IC) in qualitative researches in the health field. Coming from the experience of being part of a CER (Committee for Ethic in Research) in the health area the authoresses place in debate some important questions, exploring them and conducting suggestions. One of these questions and topic of analysis is the meaning of IC, as for the participant as for the researcher.<hr/>Este artigo teve como objetivo refletir sobre o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE) em pesquisas qualitativas no campo da saúde. Partindo da sua experiência de pertencimento a um CEP (Comitê de Ética em Pesquisa), na área da saúde, as autoras colocam em discussão algumas questões importantes, problematizando-as e encaminhando sugestões. Uma dessas questões e objeto da reflexão é o significado do TCLE, tanto para o participante como para o pesquisador. <![CDATA[<B>Ethical aspects considered by researchers who use qualitative approaches in health</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232008000200010&lng=en&nrm=iso&tlng=en The paper first analyzes the ethical question of qualitative researches from the philosophical viewpoint, and the bioethical question as an interdisciplinary gap that enlarges from the seventies. Afterwards, the question on qualitative research considered as technique and art is raised and understood in a philosophical way of thinking science as a theoretical body, which is epistemically organized in the face of the social reality investigation, and as a movement instituted to defend and discuss the properties of these methodologies. Anthropology is used as an example, and some parts of the codes of professional ethics of anthropology, sociology and psychology are presented. Finally, particularities of the social science fields are discussed, as well as the need to develop a code of ethics for qualitative research. In addition, ethical ways to work in social researches are suggested.<hr/>O trabalho analisa a questão da ética nas pesquisas qualitativas a partir da colocação da ética no campo filosófico e da bioética como espaço interdisciplinar, que se expande a partir dos anos setenta. Passa-se, em seguida, à questão da pesquisa qualitativa vista como técnica e arte, entendendo-a como forma filosófica de pensar a ciência, como um corpo teórico, que se estrutura epistemicamente frente à investigação da realidade social e como um movimento que se institui na defesa e argumentação das propriedades dessas metodologias. Destaca-se, como exemplo, a antropologia e apresentam-se alguns trechos dos códigos de ética profissional da antropologia, sociologia e psicologia. Na terceira parte do artigo, discute-se a procedência de um código de ética para a pesquisa qualitativa e as particularidades do campo das ciências sociais e algumas sugestões de como trabalhar de forma ética nas pesquisas sociais. <![CDATA[<B>Is the principlist model still satisfactory for the analysis of the morality of the scientific research involving human beings?</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232008000200011&lng=en&nrm=iso&tlng=en O artigo discute a aplicação do principialismo à pesquisa envolvendo seres humanos a partir da pergunta se o modelo é ainda pertinente na situação de pluralização paradigmática nas ciências e de multiplicação dos modelos de avaliação ética, vigentes nas sociedades complexas contemporâneas. Destaca o fato do desenvolvimento da moderna medicina científica ter-se dado fortemente calcado na experimentação em humanos e que, até meados do século XX, bastava a princípio a boa intenção do pesquisador para que uma pesquisa fosse justificada moralmente, mas que, com a dupla transição paradigmática em Ciência e em Ética, delineou-se uma pluralização e complexificação tanto do campo do saber-fazer científico como do campo da ética aplicada à pesquisa científica, a qual se encontrará na inconfortável situação de ter que lidar, no plano normativo, com uma contestação permanente dos paradigmas científicos e éticos. No campo da ética, outros princípios passam também a orientar as decisões, como o princípio de proteção, aplicável às situações de carência em que se encontram, sobretudo, as populações do Terceiro Mundo. O artigo defende a pertinência do principialismo devido a sua postura filosófica geral e método, mas destaca suas insuficiências quando aplicado à saúde pública e à pesquisa nos países dependentes.<hr/>This paper discusses the application of principlism to research involving human subjects, starting from the question of its pertinence in the current situation of the paradigmatic pluralization on science and the multiplication of models of ethical evaluation in the complex societies. Highlights that the development of modern scientific medicine depended strongly on human experimentation and that up to the mid 20ieth century the good intention of the researcher was, theoretically, enough to justify a research morally, but that with the twofold paradigmatic transition in Science and in Ethics, occurred in the course of the 20ieth century, a pluralization and complexification took form in both the scientific know-how and the field of ethics applied to scientific research, which on normative level was in the uncomfortable situation of having to deal with a permanent contestation of scientific and ethic paradigms. In the field of ethics, other principles also pass to guide decisions such as the principles of protection, applicable to situations of need as they arise mainly in the case of the populations of the Third World. Finally, principlism is pertinent in its general philosophic posture and methodological value, but insufficient when applied to the moral problems of public health and in particular to research ethics in dependent countries. <![CDATA[<B>Re-imagining the "subject</B>: <B>"conceptual and ethical considerations on the participant in qualitative research</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232008000200012&lng=en&nrm=iso&tlng=en O conceito convencional biomédico de "sujeito humano" está distante da definição holística de saúde da Organização Mundial da Saúde (OMS). O "sujeito humano" nas políticas nacionais e internacionais sobre ética em pesquisa é altamente individualista, uma pessoa autônoma, em contraste com a definição holística de pessoa saudável da OMS. Este trabalho sugere que a pesquisa qualitativa oferece uma saída para este dilema. Nós precisamos re-conceituar o "sujeito" humano na linha da definição holística de saúde da OMS. Este trabalho oferece conceitos sobre "participantes de pesquisa" derivados da pesquisa qualitativa como uma maneira essencial de re-conceituar o "sujeito" humano. Além disso, o trabalho de campo, ou pesquisa etnográfica, tal como conduzida pelos pesquisadores qualitativos, oferece uma maneira útil de adquirir uma compreensão mais completa sobre saúde em uma dada população.<hr/>The conventional biomedical concept of the "human subject" is out of step with World Health Organization's (WHO) holistic definition of health. The "human subject" in international and national research-ethics policies is a highly individualistic, autonomous person, in contrast to WHO's holistic definition of the healthy person. Qualitative research, this paper suggests, offers a way out of this conundrum. We need to reconceptualize the human "subject" in line with WHO's holistic definition of health. The paper offers concepts of "research participants" derived from qualitative research as an essential way to reconceptualize the human "subject." Moreover, field work, or ethnographic research, as undertaken by qualitative researchers presents a useful way of gaining a fuller understanding of issues of health in a given population. <![CDATA[<B>Beyond the informed consent procedure</B>: <B>continuing consent in human research</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232008000200013&lng=en&nrm=iso&tlng=en An ethnographic field study about informed consent in hepatitis C clinical trials provides insight into how changes in protocol requirements and patient health status triggered the actions and decisions of researchers and human subjects during the conduct of these trials. U.S. federal guidelines recommend that informed consent should be conceptualized as more than a one-time event. Rather, a process of continuing consent should be the standard but little is understood about how exactly this process should unfold. We used a proposed typology of continuing consent to frame our analysis and were able to document that only some of the proposed types took place at the site of our study. The most frequent practice involved the researchers' re-consent of their subjects for major protocol revisions. Only one subject dissented and chose to withdraw even though he was technically eligible to continue in the study. Two other types of continuing consent were not observed. We discovered an additional type of continuing consent not described in the typology whereby subjects gave implied consent through their cooperation and adherence to the on-going requirements of the protocols. Implications for the informed consent process and the need for further research are presented.<hr/>Um estudo etnográfico sobre o consentimento informado em pesquisas clínicas sobre Hepatite C permite compreender como as mudanças no protocolo e estado da saúde do paciente influenciam as ações e decisões dos pesquisadores e sujeitos durante estas pesquisas. As diretrizes federais americanas recomendam que o consentimento informado deva ser entendido como algo mais do que um evento único. Mais precisamente, deve-se seguir um processo de consentimento contínuo como padrão, mas pouco se sabe sobre como exatamente esse processo deve ser desenvolvido. Usamos uma tipologia de consentimento contínuo para nortear a análise e documentamos que só alguns dos tipos propostos ocorreram em nosso campo de estudo. A prática mais freqüente tratava do re-consentimento dos sujeitos para as principais revisões do protocolo. Só um sujeito não consentiu e escolheu sair da pesquisa, apesar de ser tecnicamente elegível para o estudo. Dois outros tipos de consentimento contínuo não foram observados. Descobrimos um tipo adicional de consentimento contínuo, não descrito na tipologia, no qual os sujeitos deram um consentimento implícito por meio de sua cooperação e adesão aos protocolos em andamento. São apresentadas algumas implicações para o processo de consentimento informado e a necessidade de outras pesquisas. <![CDATA[<B>Participative research and health researcher's ethical formation</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232008000200014&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente artigo discute o conceito de ética como morada e modo de habitar e busca articulá-lo a elementos da pesquisa participante de matriz etnográfica, mostrando a relação indissociável entre método e ética nesta perspectiva. Focaliza, sobretudo, a idéia de autonomia do sujeito ético, associando-a às temáticas da auto-reflexão e da alteridade na etnografia. Aborda, ainda, a pesquisa participante de cunho etnográfico como prática propícia à formação ética do pesquisador na área de saúde.<hr/>The present article discusses Ethics concept as dwell and way of dwelling, aiming to articulate it with some elements of participative research from an ethnographic matrix. Mainly, it focuses the idea of the ethical subject's autonomy, associating it with self-reflection and alterity in ethnography. Yet, it approaches the participative research in an ethnographic perspective as a praxis that induces to health researcher's ethical formation. <![CDATA[<B>Ethics in research with human beings</B>: <B>some issues about Psychology</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232008000200015&lng=en&nrm=iso&tlng=en This paper examines some ethical issues in research with human beings, especially addressing the area of Psychology, such as the use of ethical codes; minimum risk; informed consent; debriefing; confidentiality; and ethical committees. It suggests ways for researchers to increase understanding and the proper use of the ethical codes, to guarantee their own protection, and to avoid abuses of power. Special attention is given to methodological issues related to ethics.<hr/>Este artigo examina alguns aspectos éticos em pesquisa com seres humanos, especialmente endereçando a área da Psicologia, tais como o uso de resoluções éticas; risco mínimo; consentimento livre e esclarecido; decepção; confidencialidade e atuação de comitês de ética. Sugere caminhos aos pesquisadores para incrementar o entendimento e o uso apropriado de códigos de ética, para garantir sua própria proteção e evitar abuso de poder. Atenção especial é dada a assuntos metodológicos relacionados à ética. <![CDATA[<B>Henri Atlan's levels of Ethics and the challenge of the "fourth level"</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232008000200016&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo apresenta as idéias sobre a ética do biofísico e filósofo spinozista francês contemporâneo Henri Atlan, a partir de sua posição epistemológica singular, em constante trânsito entre a filosofia naturalista (em aliança com as ciências cognitivas) e a recusa aos fundamentos naturais da ética. Sublinha a defesa atlaniana da casuística em relação aos dilemas bioéticos e relaciona-a com sua proposta de diferentes níveis da ética. O texto introduz uma reflexão acerca de uma passagem possível entre os terceiro e quarto níveis de ética, assinalando seu impacto positivo na qualidade de vida de indivíduos e grupos sociais.<hr/>This article presents the ideas on ethics by the contemporary French biophysicist and Spinozist philosopher Henri Atlan, based on his singular epistemological position, in constant transit between naturalistic philosophy (in alliance with cognitive sciences) and his refusal to a natural foundations of ethics. It underlines Atlan's defense of casuistry towards bioethics dilemmas and associates it to his proposal of different levels of ethics. The text introduces a reflection concerning Atlan's ideas about the possible passage between the third and the fourth levels of ethics, stressing its positive impact in individuals and social groups' life quality. <![CDATA[<B>Research ethics in social sciences</B>: <B>new challenges</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232008000200017&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste artigo é discutir como princípios já consolidados da ética em pesquisa podem ser incorporados à prática de revisão ética de pesquisas em Ciências Humanas, em particular etnografias ou pesquisas que utilizem as técnicas de observação participantes e entrevista aberta. Para a discussão, o fio condutor será a análise dos procedimentos metodológicos e éticos utilizados na produção do documentário etnográfico "Uma História Severina". A análise do filme sugere como ampliar os horizontes do debate sobre ética em pesquisa para além dos fundamentos biomédicos do campo é uma tarefa urgente.<hr/>This paper aims to discuss how already established principles of research ethics can be incorporated to the ethical review of research projects in Social Sciences, particularly ethnographic studies or studies using the techniques of participant observation and open interviews. The discussion is guided by an analysis of the methodological and ethical procedures used in the production of the ethnographic documentary "Severina's Story". The analysis of the film shows the urgent need to expand the horizons of the debate around research ethics beyond the biomedical fundaments of this field. <![CDATA[<B>A systematic review about the scientific production with focus on the relation between health and environment</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232008000200018&lng=en&nrm=iso&tlng=en A discussão de questões ligadas à interface entre meio ambiente e saúde têm tomado importante dimensão na atualidade. Neste sentido, este artigo busca apresentar um levantamento da produção científica nacional e internacional sobre o assunto, visando identificar as temáticas mais freqüentes da referida produção. Os dados foram coletados durante os meses de março e abril de 2005, junto a dois portais de busca de publicações científicas disponíveis na web, sendo que 603 foram utilizadas como material de análise, por meio de categorização. Os dados evidenciaram que há um número significativo de países com produção científica na área, com supremacia de produção norte-americana e russa, cuja temática de maior relevância está relacionada com avaliação de riscos. O Brasil aparece como terceiro maior produtor, sendo que a maioria de sua produção está direcionada para o estudo de vetores transmissores de doenças infecto-contagiosas. Nos demais países, há diversificação de linhas de investigação. De uma forma geral, percebe-se que a produção de conhecimento na área ainda ocorre de forma muito isolada e fragmentada, sem valorizar a diversidade de fatores envolvidos nas questões ambientais, bem como sem dar espaço para a interdisciplinaridade e intersetorialidade tão importantes na análise da interface saúde meio ambiente.<hr/>The discussion on points linked to the interface between the environment and health has turned into a very important subject of interest nowadays. Thus, this article aims to show a survey of the national and international scientific production about this subject, in an attempt to identify the most frequent themes of this production. The data were collected during the months of March and April of 2005, from two homepages where scientific publications are available on the web, from which, 603 publications were used as analysis material, by means of categorization. The data showed that there is a very significant number of countries with scientific production on this area, being the most frequent the USA and Russia, whose most relevant theme area is related to risk evaluation. Brazil appears as the third most frequent country in terms of production and most of its work is directed to the study of vectors (transmitters) of infecting-contagious diseases. About the other countries, there is a diversification of lines of investigation. In general, it is perceived that the production of knowledge of this area still occurs in a very isolated and fragmented way, with little importance to the diversity of factors involved in the environmental questions, as well as with little space to interdisciplinary and inter sectorial work, so important in the analysis of the interface health-environment. <![CDATA[<B>Reviewing the environmental and human health knowledge base of carbon nanotubes</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232008000200019&lng=en&nrm=iso&tlng=en Carbon nanotubes (CNTs) are one of the most promising materials in nanotechnology. The various synthesis, purification and postprocessing methods produce CNTs with diverse physical characteristics, appliable in many fields. Their extensive projected use makes it important to understand their potential harmful effects. Besides showing a notable range of results of some toxicology studies, this review concluded that: a) there are different types of CNTs; thus, they cannot be considered a uniform group of substances; and b) in environmental compartments, CNTs can be bioavailable to organisms. Their properties suggest a possible accumulation along the food chain and high persistence. In organisms, CNT absorption, distribution, metabolism, excretion and toxicity depend on the inherent physical and chemical characteristics (e.g., functionalization, coating, length and agglomeration state), influenced by external environmental conditions during CNT production, use, and disposal. Thus, characterized exposure scenarios could be useful in toxicology studies. However, upon reaching the lungs in enough quantity, CNTs produce a toxic response (time and dose-dependent). The risks to human health and environment should be identified for a successful introduction of CNTs in future applications.<hr/>Os nanotubos de carbono(CNT)são um dos materiais mais promissores da nanotecnologia. Os métodos de síntese, purificação e pós-processamento produzem CNT com diversas características físicas e uso em várias áreas. A projeção de uso abrangente do CNT urge a compreensão de seus possíveis efeitos nocivos. Essa revisão mostra um leque de resultados de estudos toxicológicos e concluiu que: a) há diferentes tipos de CNT; portanto, não pode ser considerado um grupo uniforme de substâncias; e b) em compartimentos ambientais,o CNT pode ser biodisponível aos organismos. Suas propriedades sugerem possível acúmulo na cadeia alimentar e alta persistência. Em organismos, sua absorção, distribuição, metabolismo, excreção e toxicidade do dependem de características físicas e químicas inerentes (e.g., funcionalização, revestimento, comprimento e estado de aglomeração), influenciadas por condições ambientais externas durante a produção, uso e eliminação de CNT. Portanto, os cenários de exposição caracterizados podem ser úteis em estudos toxicológicos. Contudo, quando chega aos pulmões em quantidade suficiente, o CNT produz uma resposta tóxica (tempo e dose dependente). Os riscos à saúde humana e meio ambiente devem ser identificados para que o CNT possa ser usado com sucesso em futuras aplicações. <![CDATA[<B>Ethics in epidemiological research</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232008000200020&lng=en&nrm=iso&tlng=en This text focus, on a series of author's opinions, on the difficulties that the current system of regulation of ethics in research represents for the practice of the epidemiological research, in the Country. It introduces a few understandings concerning the present subject in the international literature, pointing out some of the most relevant themes and problems. It also examines part of the difficulties faced by Brazilian epidemiologists. The main topic developed in the article is the specificity of the science's reasoning that guides acting of the public health and epidemiology with repercussions for the practice of scientific research in this field, plenty different from the science's reasoning that preside medical practice and biomedical research. Hence the inadequacy of the ethical recommendations in force, all of them based on biomedical research, particularly at that with experimental design. It concludes with the indication that procedures adopted by the system of the ethics in research should be reviewed, adapting such procedures to the characteristics of different kinds of research.<hr/>Este artigo reúne uma série de opiniões do autor sobre as dificuldades que o atual sistema de controle da ética em pesquisa representa para a prática da pesquisa epidemiológica no país. São apresentadas algumas posições referentes ao assunto presentes na literatura internacional, apontados alguns dos temas e problemas mais relevantes e discutidas algumas das dificuldades enfrentadas pelos epidemiologistas brasileiros. O argumento principal desenvolvido no artigo é a especificidade da lógica de atuação da saúde pública e da epidemiologia em seu interior com repercussões para a prática da pesquisa científica nesse campo, bastante diferente da lógica que preside a prática médica e a pesquisa biomédica. Daí a inadequação das recomendações éticas vigentes, todas elas baseadas na pesquisa biomédica, em particular, naquelas com desenho experimental. Conclui-se com a indicação da necessidade de revisão dos procedimentos adotados pelo sistema de revisão da ética em pesquisa adaptando-os às características dos diferentes tipos de pesquisa. <![CDATA[<B>Synthesis of the reflections of the meeting on ethics in qualitative health research, Guarujá, São Paulo State</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232008000200021&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este artigo apresenta uma síntese do relatório elaborado coletivamente na reunião sobre Ética em Pesquisa Qualitativa em Saúde, realizada no Guarujá, de 28 a 30 de agosto de 2006. Organizada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo- CEP/SMS, com apoio do Special Programme for Research and Training in Tropical Diseases(TDR), sponsored by UNICEF/UNDP/World Bank/WHO, a reunião apontou a necessidade de revisar as diretrizes brasileiras para análise dos aspectos éticos das pesquisas qualitativas em saúde.<hr/>This article presents a synthesis of the report collectively elaborated in the meeting on Ethics in Qualitative Health Research, which took place in Guarujá, São Paulo State, from August 28 to 30, in 2006. The meeting was organized by the Ethical Committee of the Municipal Health Office of São Paulo, supported by the Special Programme for Research and Training in Tropical Diseases (TDR), sponsored by UNICEF/UNDP/World Bank/WHO and stressed the need to review the Brazilian guidelines for the analysis of the ethical aspects of qualitative health research. <![CDATA[<B>Bodies and pleasures in male homosocial circuits of Downtown Rio de Janeiro</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232008000200022&lng=en&nrm=iso&tlng=en O artigo apresenta resultados de pesquisa etnográfica sobre as bases culturais que orientam a formação de eventos corporais, em especial os relacionados ao sexo-erotismo, no circuito de homossociabilidade do Centro do Rio de Janeiro. A coleta de dados envolveu a realização de observações participantes, entrevistas com enfoque biográfico e pesquisa-intervenção entre integrantes do circuito mencionado. O principal argumento apresentado neste texto é que os diferentes eventos corporais da comunidade investigada se alicerçam em uma mesma estrutura conceptual, que foca numa transgressão ao "corpo-carne", nos moldes da filosofia de São Paulo. Uma exaltação do 'tesão', o prazer erótico proibido, que só deveria ser "utilizado" para fins reprodutivos. 'Carne' que, em vez de sublimada, é exaltada; constantemente insuflada e encantada por acréscimos de mais 'tesão'.<hr/>This paper presents the results of an ethnographic research investigating the cultural bases that guide the construction of corporeal events, especially those related to sex/eroticism, in the homosocial circuits of downtown Rio de Janeiro. Data were gathered by means of biographic narrative interviews, direct observations and research-interventions. The main argument presented in this paper is that the diverse corporeal events in the studied community are based on the same conceptual structure that focuses on transgression of the "body/flesh" in the sense of St. Paul's concept: an exaltation of forbidden 'tesão', erotic pleasure only admissible for the purpose of reproduction. 'Flesh' instead of sublimated being exalted, constantly inspired and attracted to more and more erotic pleasure. <![CDATA[<B>Hypertension in impoverished social segments in the state of São Paulo</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232008000200023&lng=en&nrm=iso&tlng=en O objetivo deste trabalho foi verificar as relações entre fatores socioeconômicos, ambientais e biológicos com a hipertensão, segundo gênero. A população estudada foi formada por adultos residentes em dois municípios do Vale do Paraíba (SP), uma das regiões mais pobres do estado de São Paulo. Foi composta por 274 (39,8%) homens e 415 (60,2 %) mulheres. O estudo foi realizado por meio de um modelo de regressão logística hierarquizada, aplicado separadamente para homens e mulheres. Foram estimados os odds ratios ajustados (ORaj), com intervalo de confiança de 95% e a = 0,05. Para os homens, os seguintes fatores de risco estiveram associados à hipertensão: viver na zona rural (ORaj=2,00; p=0,01); etilismo (ORaj= 1,90; p=0,03) e idade acima de 40 anos (ORaj=3,10; p<0,0001). Famílias numerosas, com mais de seis pessoas exerceram efeito protetor (ORaj=0,46; p=0,02). Para mulheres, os fatores de risco associados foram: ausência de escolaridade (ORaj= 2,37; p=0,0003); sedentarismo (ORaj=1,71; p=0,04); obesidade acompanhada de baixa estatura (ORaj= 4,66; p <0,0001) e idade acima de 40 anos ( ORaj=5,29; p=0,01). A obesidade isolada não se associou à hipertensão, nos níveis pressóricos iguais ou maiores do que os correspondentes ao estágio II do padrão de referência.<hr/>The objective of the current study was investigating the relation between socio-economic, environmental and biological factors and hypertension according to gender, taking into consideration peculiar forms of work, leisure and life-style. The target population consisted of 677 adults of impoverished social segments of two cities in the State of São Paulo, Brazil, 274 (39.8%) men and 415 (60.2%) women. The study was conducted by applying a hierarchical logistic regression model to men and women separately. The adjusted Odds Ratio (ORaj), with a confidence interval of 95% and a = 0.05, were calculated. The risk of hypertension in men increases as a result of: living in a rural area (ORaj= 2.00; p= 0.01), alcohol use (ORaj= 1.90; p=0.03) and being over 40 years of age (ORaj=2.35; p=0.003). On the other hand, large families, i.e. families with more than six members, exercise a protective effect (ORaj= 0.45; p=0.02). Risk factors associated with hypertension in women were: lack of schooling (ORaj= 2.37; p=0,003); sedentary lifestyle (ORaj=1.71; p=0.04); obesity associated with low stature (ORaj=3.23; p=0,001) and age over 40 years (ORaj=5.29; 0.0001). Obesity alone was not associated with hypertension (stage II or greater) in this population. <![CDATA[<B>Breastfeeding protection, promotion and support at an university hospital</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232008000200024&lng=en&nrm=iso&tlng=en Estudo de natureza quantitativa descritiva em um Hospital Universitário do Estado de São Paulo, teve como objetivo avaliar a promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno através da verificação do cumprimento dos "dez passos para o sucesso do aleitamento" de acordo com a iniciativa Hospital Amigo da Criança, proposta pelo Ministério da Saúde. A avaliação revela práticas facilitadoras da amamentação, no entanto, faz-se necessário algumas mudanças nas rotinas hospitalares para a efetivação dos "dez passos". Em média, 79% das respostas foram afirmativas para o cumprimento dos passos, o que está próximo aos 80% preconizado. No entanto, se analisarmos as respostas para cada passo, identificamos pontos para serem melhorados. Chamou-nos a atenção o fato de que a prática de colocar o recém-nascido junto à mãe logo após o nascimento, permitindo a amamentação na primeira meia hora, foi relatada por 100% das mães entrevistadas que tiveram parto normal e por 80% daquelas que tiveram parto cesárea. Investimentos e mudanças em direção ao cumprimento dos dez passos contribuirão para um melhor atendimento à população e para a formação de profissionais amigos da criança.<hr/>A quantitative and descriptive study hold in a University Hospital in São Paulo State aimed at evaluating breastfeeding protection, promotion and support by ensuring compliance with the "Baby-Friendly Hospital's ten steps" for successful breastfeeding proposed by the Ministry of Health. The evaluation has found practices to facilitate breastfeeding, but some changes in the hospital routines in order to meet the "ten steps" must be made. On average, 79% of the answers were positive for the compliance with the "ten steps", which is close to the 80% suggested. However, if we analyze each step, we can identify items which need to be improved. The practice of placing the baby with the mother just after birth allowing breastfeeding at the first half hour, was reported by 100% and 80% of the interviewed mothers who had natural vaginal delivery and cesarean section, respectively. Investments and changes toward the compliance with the "ten steps" will improve the population assistance and education of baby-friendly professionals. <![CDATA[<B>Ayurveda diet and the nursing consultation</B>: <B>a care proposal</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232008000200025&lng=en&nrm=iso&tlng=en Neste trabalho, proponho a implementação de consultas de enfermagem, com o auxílio da compreensão ayurvédica sobre alimentação e nutrição, na realidade das Unidades Básicas de Saúde, como uma forma de cuidar de pessoas portadoras de diabetes mellitus (DM) e hipertensão arterial sistêmica (HAS). Para uma melhor compreensão, trago uma breve revisão sobre a medicina e sobre a dieta ayurvédica, dando destaque à harmonização dos doshas com o intuito de manter ou alcançar uma boa qualidade de vida. Acredito que, através da dieta ayurvédica, é possível para nós, enfermeiros, contribuirmos com a saúde de nossos pacientes através de algo que todos nós precisamos, a alimentação adequada ao nosso biótipo. Outro resultado positivo que se pode vislumbrar com a prática dessa proposta filosófica e metodológica diz respeito à convivência, ao relacionamento com o outro, ou seja, a importância de conhecer as características dos doshas, pois através desse conhecimento pode-se auxiliar as pessoas em suas conquistas e perdas.<hr/>The present text is based on the final paper on a subject from the graduate program of the Federal University of Santa Catarina. In this paper, I propose the implementation of nursing consultations providing ayurvedic dietary advice as part of the services offered in Primary Care Units for assisting patients with diabetes mellitus and high blood pressure. For a better understanding, I bring a brief revision on both ayurveda medicine and diet, emphasizing the importance of balance and harmony of the doshas for maintaining or reaching a good quality of living. I believe that through the ayurveda diet we nurses can contribute to the health of our patients offering something we all need, a correct diet according to our nutritional biotype. Another positive result that can be anticipated from practicing this philosophical and methodological proposal lies in the relationship we establish with other persons, in knowing the characteristics of their doshas, because it is this knowledge that enables us to aid people in their conquests and defeats. <![CDATA[<B>Prevalence of musculoskeletal symptoms and associated factors among metal industry workers in Canoas - RS</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232008000200026&lng=en&nrm=iso&tlng=en A saúde do trabalhador é um campo da saúde coletiva que vem criando espaços para a identificação e prevenção de doenças relacionadas ao trabalho, em especial as osteomusculares, em função da sua abrangência e magnitude. Desta forma, foi realizado um estudo objetivando conhecer os sintomas osteomusculares apresentados pelos trabalhadores de uma indústria metalúrgica do município de Canoas-RS e a associação destes com variáveis sociodemográficas e ocupacionais. Trata-se de um estudo transversal, realizado na maior indústria metalúrgica de Canoas-RS, com a utilização de dois questionários para coleta de dados, o primeiro para obtenção das variáveis demográficas, ocupacionais e hábitos de vida e o segundo para identificar a prevalência de sintomas osteomusculares (Questionário Nórdico de Sintomas Osteomusculares). Como resultado, encontrou-se que 75,2% dos trabalhadores relataram algum tipo de sintoma osteomuscular nos últimos doze meses, 53,3% nos últimos sete dias e 38,5% já tiveram afastamento devido ao problema. Observou-se, também, associação entre sintoma osteomuscular e as variáveis sexo, faixa etária, ocupação e escolaridade. Por conseguinte, constata-se que a prevalência de sintomas osteomusculares em trabalhadores é alta, necessitando de ações de prevenção e promoção à saúde nos ambientes de trabalho.<hr/>Workers health is a field of community health that has opened spaces for identifying and preventing work-related diseases, especially musculoskeletal disorders in view of their extent and magnitude. We conducted thus a cross-sectional study in the biggest metal industry in the city of Canoas - RS, aimed at identifying the musculoskeletal symptoms of a group of metal industry workers and the association of these symptoms with socio-demographic and occupational variables. Two questionnaires were employed for gathering data: the first one was used to collect information on demographic and occupational variables and individual life habits and the second for identifying the prevalence of musculoskeletal symptoms (Nordic Musculoskeletal Questionnaire). Results showed that 75.2 % of the workers had related some kind of musculoskeletal symptom during the last 12 months, 53.3% during the last 7 days and 38,5% had already taken a time off due to this problem. There was also an association between the musculoskeletal symptom and the variables sex, age, occupation and educational level. We conclude that there is a high prevalence of work-related musculoskeletal disorders among workers, calling for preventive actions and health promotion in the work environment. <![CDATA[<B>Supraspinatus tendon affection and sick leave</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232008000200027&lng=en&nrm=iso&tlng=en As afecções do manguito rotador, dentre elas as relacionadas ao tendão supra-espinal, são problemas comuns na população, sobretudo devido à sobrecarga ocupacional, o que leva a altos índices de afastamento do trabalho. Buscou-se, então, comparar a necessidade de afastamento de trabalho entre os diferentes estados da afecção do tendão supra-espinal e entre cinco diferentes grupos profissionais, tendo a participação de pacientes que apresentavam diagnóstico da afecção. Os indivíduos foram agrupados quanto ao estado da doença (tendinite, ruptura parcial, ruptura total) e quanto aos aspectos biomecânicos da ocupação (ramo de serviços, construção civil, trabalhadores domésticos, lavradores e seguranças). Teste qui-quadrado de Pearson, análise de dependência e teste exato para uma proporção foram realizados. Os resultados apontaram que 62 (55%) estavam afastados da atividade laboral e que os grupos com maior número de afastados foram o do ramo de serviços (38,71%) e lavradores (22,58%), segundo Pearson. A maior freqüência de casos de afastamento foi registrada no estágio de tendinite (p<0,05) pela análise de dependência e a ocupação de lavrador parece deixar o indivíduo por mais tempo afastado (p=0,02), segundo teste de Pearson.<hr/>Rotator cuff disease, among others damage of the supraspinatus tendon mainly caused by work overload, is a common problem in the population resulting in a high incidence of sick leaves. In the present survey we sought to compare the need for sick leaves in relation to different stages of supraspinatus tendon affection and in relation to five different groups of workers. Our study counted with the participation of patients who were diagnosed with this condition. The individuals were grouped according to stages of the disease (tendonitis, partial rupture, total rupture) and according to the biomechanical aspects of their occupation (general services, civil construction, domestic workers, farm workers and security guard services). Statistical analysis was performed using Pearson's chi-square test, dependence analysis and exact test. Results revealed that 62 (55%) of the individuals were on sick leave. The highest rates of sick leaves according to Pearson's test occurred in the groups general services (38,71%) and farm workers (22,58%). According to the dependence analysis, tendonitis (p<0,05) was the most frequent reason for sick leaves and, according to Pearson's test, farm work seems to keep the individual for a longer space of time unfit for duty (p=0,02). <![CDATA[<B>The Family Health Program (FHP) and human resources</B>: <B>perceptions of students from two different dentistry schools</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232008000200028&lng=en&nrm=iso&tlng=en O Programa Saúde da Família - PSF foi instituído pelo governo federal objetivando reverter o modelo assistencial. Os recursos humanos envolvidos devem estar preparados para alcançar os objetivos que o PSF propõe. O propósito desse artigo foi avaliar os desejos, percepções e preparo de acadêmicos de Odontologia, em relação aos princípios do PSF, de duas diferentes Faculdades de Odontologia, aqui denominadas Faculdades 1 e 2. Buscou-se ainda analisar se as faculdades tiveram potencial transformador sobre os acadêmicos, graduando-os com compromisso social e sensibilidade humanitária, considerados importantes para aqueles que querem trabalhar no PSF. Questionários individuais foram aplicados por um único pesquisador. As respostas foram analisadas pelo programa Epi-Info. Os resultados mostraram que prevalece entre os acadêmicos o desejo de trabalhar no PSF por razões ligadas às dificuldades do mercado de trabalho e os mesmos citam freqüentemente a técnica como a principal característica necessária a um dentista para que o mesmo atue no PSF. Por outro lado, diferenças estatisticamente significativas foram encontradas entre os acadêmicos, apontando uma provável influência do Estágio Supervisionado, ministrado sob a forma de internato rural, sobre a formação do acadêmico da Faculdade 1, possivelmente habilitando-o melhor para o PSF.<hr/>The purpose of this study was to evaluate the perceptions and opinions of dental students from two different Dentistry Schools in Brazil, both known here as Dentistry Schools 1 and 2 about the Family Health Program - FHP. The study analyzed if the Dentistry Schools had any influence on the students, graduating professionals with humanitarian and social sensibility, which are considered very important prerequisites for those who wish to work on this governmental health program, as well as searching for professional expectation of the students. Individual questionnaires were applied by only one researcher among the students who took part in the study. Answers were analysed by the Epi-Info program and results showed that difficulties related to the job market may be influencing students to join the FHP. Results also reveal that students consider technician an important prerequisite for dentists who wish to work on this governmental program. Significant statistical differences between the students were found: those who were graduating in Dentistry School 1 seemed more adequate to FHP and the reason for this difference may be the Supervised Training Program, a unit available on this Dentistry School that enables the students face the reality of FHP, as well the social and economical reality of the families assisted by this program. <![CDATA[<B>Occupational risk due to use of mercury in dentistry</B>: <B>a bibliographic review</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232008000200029&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este trabalho visa apresentar dados referentes ao gerenciamento de resíduos perigosos na área da saúde, com ênfase no uso de mercúrio em odontologia. Foi elaborado com base numa revisão bibliográfica sobre o uso do mercúrio em amálgama dentário e seus potenciais riscos toxicológicos ligados à exposição, tanto de profissionais quanto de pacientes. Os estudos levantados baseiam-se também em recomendações de alguns organismos internacionais e nacionais em relação ao uso do mercúrio e seus limites de exposição ocupacional. Os dados da literatura revelam o potencial tóxico do mercúrio, tanto para o ambiente quanto para a saúde humana. Tendo em vista que o amálgama ainda é muito utilizado na odontologia, considera-se necessário uma tomada de decisão político-administrativa que vise minimizar os riscos relacionados ao uso de amálgama em procedimentos odontológicos, voltados para a segurança ocupacional, dos indivíduos e do ambiente, baseada em diretrizes e orientações técnicas sobre seu uso, descarte e disposição final.<hr/>The aim of this study is to present data concerning hazardous waste management in the health area, with emphasis to the utilization of mercury in dentistry. The study was based on a bibliographic review regarding the use of mercury in dental fillings and its potential toxicological risks for patients and due to occupational exposure. The studies also take into consideration national and international recommendations on the use of mercury and its occupational exposure limits. The review of the literature reveals the potential toxic effects of mercury both on the environment and on human health. Given that the use of dental amalgam is still very frequent in dentistry, there is a need for safety regulations in order to minimize the risks posed by dental amalgam in dentistry proceedings based on technical guidelines for its use, discard and final disposal. <![CDATA[Walking the tightrope: ethical issues for qualitative researchers]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232008000200030&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este trabalho visa apresentar dados referentes ao gerenciamento de resíduos perigosos na área da saúde, com ênfase no uso de mercúrio em odontologia. Foi elaborado com base numa revisão bibliográfica sobre o uso do mercúrio em amálgama dentário e seus potenciais riscos toxicológicos ligados à exposição, tanto de profissionais quanto de pacientes. Os estudos levantados baseiam-se também em recomendações de alguns organismos internacionais e nacionais em relação ao uso do mercúrio e seus limites de exposição ocupacional. Os dados da literatura revelam o potencial tóxico do mercúrio, tanto para o ambiente quanto para a saúde humana. Tendo em vista que o amálgama ainda é muito utilizado na odontologia, considera-se necessário uma tomada de decisão político-administrativa que vise minimizar os riscos relacionados ao uso de amálgama em procedimentos odontológicos, voltados para a segurança ocupacional, dos indivíduos e do ambiente, baseada em diretrizes e orientações técnicas sobre seu uso, descarte e disposição final.<hr/>The aim of this study is to present data concerning hazardous waste management in the health area, with emphasis to the utilization of mercury in dentistry. The study was based on a bibliographic review regarding the use of mercury in dental fillings and its potential toxicological risks for patients and due to occupational exposure. The studies also take into consideration national and international recommendations on the use of mercury and its occupational exposure limits. The review of the literature reveals the potential toxic effects of mercury both on the environment and on human health. Given that the use of dental amalgam is still very frequent in dentistry, there is a need for safety regulations in order to minimize the risks posed by dental amalgam in dentistry proceedings based on technical guidelines for its use, discard and final disposal. <![CDATA[O Método 6: ética]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232008000200031&lng=en&nrm=iso&tlng=en Este trabalho visa apresentar dados referentes ao gerenciamento de resíduos perigosos na área da saúde, com ênfase no uso de mercúrio em odontologia. Foi elaborado com base numa revisão bibliográfica sobre o uso do mercúrio em amálgama dentário e seus potenciais riscos toxicológicos ligados à exposição, tanto de profissionais quanto de pacientes. Os estudos levantados baseiam-se também em recomendações de alguns organismos internacionais e nacionais em relação ao uso do mercúrio e seus limites de exposição ocupacional. Os dados da literatura revelam o potencial tóxico do mercúrio, tanto para o ambiente quanto para a saúde humana. Tendo em vista que o amálgama ainda é muito utilizado na odontologia, considera-se necessário uma tomada de decisão político-administrativa que vise minimizar os riscos relacionados ao uso de amálgama em procedimentos odontológicos, voltados para a segurança ocupacional, dos indivíduos e do ambiente, baseada em diretrizes e orientações técnicas sobre seu uso, descarte e disposição final.<hr/>The aim of this study is to present data concerning hazardous waste management in the health area, with emphasis to the utilization of mercury in dentistry. The study was based on a bibliographic review regarding the use of mercury in dental fillings and its potential toxicological risks for patients and due to occupational exposure. The studies also take into consideration national and international recommendations on the use of mercury and its occupational exposure limits. The review of the literature reveals the potential toxic effects of mercury both on the environment and on human health. Given that the use of dental amalgam is still very frequent in dentistry, there is a need for safety regulations in order to minimize the risks posed by dental amalgam in dentistry proceedings based on technical guidelines for its use, discard and final disposal.