Scielo RSS <![CDATA[Revista Brasileira de Epidemiologia]]> http://www.scielosp.org/rss.php?pid=1415-790X20080004&lang=en vol. 11 num. 4 lang. en <![CDATA[SciELO Logo]]> http://www.scielosp.org/img/en/fbpelogp.gif http://www.scielosp.org <![CDATA[<b>Carta de Porto Alegre - Rio Grande do Sul</b>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2008000400001&lng=en&nrm=iso&tlng=en <![CDATA[<B>Mobile Emergency Care Service (SAMU)</B>: <B>analysis of demand and its space distribution in a city of the Brazilian northeast</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2008000400002&lng=en&nrm=iso&tlng=en O município de Olinda, Pernambuco, criou instrumento para armazenamento de dados dos formulários das ocorrências do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU-192) e de forma pioneira georreferencia os atendimentos realizados. Objetiva-se descrever o perfil epidemiológico das ocorrências atendidas no município, de fevereiro (implantação do serviço) a junho de 2006, com ênfase na distribuição espacial das ocorrências mais relevantes. Foram utilizados dados secundários do banco de dados SAMU-192, considerando a freqüência das seguintes variáveis: sexo, faixa etária, tipo de ocorrências, dias da semana, tipo de causas clínicas, tipo de causas externas, tipo de acidentes de transportes e veículos envolvidos. Tendo por base as freqüências dos tipos de causas clínicas/externas, identificaram-se aquelas de maior magnitude para mapeamento e identificação dos aglomerados espaciais com o emprego de estimador de intensidade Kernel. Das 1956 ocorrências, 1114 foram por causas clínicas e 645 por causas externas; finais de semana acumularam 46,0% dos atendimentos; 55,1% das ocorrências por causas clínicas foram em mulheres, enquanto 72,1% das causas externas em homens. A média etária para as causas clínicas foi de 47 anos e 34 anos para causas externas. Destacaram-se as doenças do aparelho circulatório (23,1% das causas clínicas) e acidentes de transporte (52,7% das causas externas); desses 61,1% motivados por atropelamentos e 33,6% com motocicletas envolvidas. A análise espacial reforça a necessidade da integração entre a Secretaria de Saúde e órgãos afins para a implantação de medidas preventivas, e o perfil epidemiológico apresentou informações capazes de auxiliar na organização do serviço e na compreensão do perfil de morbidade.<hr/>The city of Olinda (Pernambuco, Brazil) created a tool for storing data from the Emergency Mobile Healthcare Service forms (SAMU-192) which is a pioneer in providing georeferenced information on the treatment given. The aim of the present study was to describe the epidemiological profile of care in the city from February (implementation of the service) to June 2006, with an emphasis on the spatial distribution of the most relevant events. Secondary data from the SAMU-192 database was used, considering the frequency of the following variables: gender, age, type of event, day of the week, type of clinical cause, type of external cause, type of traffic accident and vehicles involved. Based on the frequency of the types of clinical/external causes, those of greater magnitude were used for mapping and identifying spatial clusters using the Kernel intensity estimator. Among the 1,956 events, 1,114 were due to clinical causes and 645 were due to external causes; weekends totaled 46.0% of the events; 55.1% of events due to clinical causes were in women, whereas 72.1% of external causes were in men. The average age for clinical causes was 47 years and for external causes was 34 years. Circulatory system diseases accounted for 23.1% of clinical causes. Traffic accidents accounted for 52.7% of external causes, 61.1% of which were run overs and 33.6% involved motorcycles. The spatial analysis emphasized the need for integration between the Health Department and other agencies in order to implement preventive measures. The epidemiological profile offers information that can assist in the organization of the service and in the understanding of the morbidity profile. <![CDATA[<B>Within- and between-person variations as determinant factors to calculate the number of observations to estimate usual dietary intake of adolescents</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2008000400003&lng=en&nrm=iso&tlng=en This cross-sectional study describes the variation in the dietary intake of energy and macronutrients based on estimated coefficients of within- and between-person variation and intends to calculate the number of days required to evaluate the dietary intake of adolescents in Piracicaba, Brazil. The sample was made up by ninety-two adolescents aged between eleven and sixteen years. Interviews were performed to assess demographic, anthropometric and dietary variables, which were evaluated by the answers obtained through two 24-hour recalls. Descriptive analyses were performed and variances and Coefficients of variation within- and between-person were obtained by results of one-way ANOVA. The mean energy intake observed was 2,326.2 kilocalories; mean macronutrient intake came to 89.0 grams of fatty acids, 305.3 grams of carbohydrates and 82.2 grams of proteins. Coefficients of within-person variation ranged from 36% to 45%, while between-person coefficients varied from 26% to 31%. Variance ratios ranged from 1.35 (carbohydrate) to 2.62 (protein). The lowest number of observations required to correctly evaluate the usual diet calculated (r = 0.90) was six days, for carbohydrates while the highest was eleven, for proteins. Coefficients of variation were similar to those observed in international studies. We conclude that, in this study, two observations were sufficient to obtain reasonable correlations. However, six evaluations are necessary for these adolescents in order to obtain excellent correlations.<hr/>Este estudo transversal descreve a variabilidade do consumo alimentar de energia e macronutrientes a partir da estimativa dos coeficientes de variação intra e interpessoal e calcula o número de dias necessários para se avaliar a ingestão dietética de adolescentes de Piracicaba, Brasil. A amostra foi constituída por 92 adolescentes com idade entre 11 e 16 anos. Por meio de entrevistas, foram avaliadas variáveis demográficas, antropométricas e de ingestão dietética, levantada por meio de dois Recordatórios de 24h. Foram realizadas análises descritivas, sendo que as variâncias e os coeficientes de variação intra e interpessoal foram obtidos a partir dos resultados da ANOVA com um fator de classificação. O consumo médio de energia observado foi de 2.326,2 Kcal, e em relação aos macronutrientes foram observados valores de 89,0g de lipídios, 305,3g de carboidratos e 82,2g de proteínas. Os coeficientes de variação intrapessoal variaram de 36% a 45% enquanto os coeficientes de variação interpessoal variaram de 26% a 31%. A razão entre as variâncias variou de 1,35 (carboidrato) a 2,62 (proteína). O menor número de observações necessárias para avaliar corretamente (r = 0,90) a dieta habitual foi de 6 dias para carboidratos. O maior número foi para proteínas (11 dias). Os coeficientes de variação foram semelhantes aos observados em estudos internacionais. Conclui-se que, para o presente estudo, duas observações foram suficientes para a obtenção de coeficientes de correlação razoáveis. No entanto, para se obter ótimos coeficientes de correlação, são necessárias no mínimo seis avaliações destes adolescentes. <![CDATA[<B>Obesity and early sexual maturation among students from Florianopolis - SC</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2008000400004&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVOS: Investigar a associação entre maturação sexual precoce e obesidade em meninos e meninas de 10 a 14 anos de Florianópolis. MÉTODOS: Participaram do estudo 629 escolares entre 10 e 14 anos (277 meninos e 352 meninas), obtidos de duas escolas públicas e duas escolas privadas da região central do município. Foi utilizado o índice de massa corporal (IMC) para determinação de sobrepeso e obesidade. Os valores de Z escore para IMC, peso e estatura foram determinados de acordo com sexo e idade. Para obtenção dos valores de Z escore, utilizou-se o método LMS. A maturação sexual foi avaliada de acordo com planilha contendo 5 estágios de maturação sexual para cada sexo. Os indivíduos foram agrupados por tercis da idade de acordo com estágio e sexo. O 1º tercil foi considerado como maturação sexual precoce; e o 2º tercil, como grupo de referência. RESULTADOS: As meninas com maturação sexual precoce têm maiores valores de Z escore Peso (²=-0,21, p<0,05), Z escore estatura (²=-0,15, p<0,05) e Z escore IMC (²=-0,3, p<0,05) do que as meninas dos outros grupos. Já os meninos com maturação sexual precoce apresentam maiores valores de Z escore estatura (²=-0,21, p<0,05). As meninas com maturação sexual precoce têm duas vezes mais chances de ter sobrepeso, incluindo obesidade, do que meninas do grupo de referência, com associação significante (p=0,01) Nos meninos, não foi encontrada associação significante (p=0,648). CONCLUSÃO: Os achados deste estudo corroboram aqueles da literatura que afirmam que meninas com maturação sexual precoce têm maiores prevalências de sobrepeso, incluindo obesidade, do que as meninas do grupo de referência. Em relação aos meninos, o presente estudo não encontrou associação entre maturação sexual precoce e obesidade.<hr/>OBJECTIVE: To investigate the relationship between early sexual maturation and obesity among students aged 10-14 years from the city of Florianopolis. METHODS: A total of 629 students (277 males and 352 females) aged 10-14 years were included in the study. The sample was obtained from two private schools and two public schools in the city of Florianopolis. The body mass index (BMI) was used for determining overweight and obesity. The values of weight, height, and BMI Z score according to gender and age were determined. The LMS method was utilized to determine Z score values. Sexual maturation was evaluated by Tanner stages for both males and females. Subjects were grouped using age-adjusted tertiles for each Tanner stage and gender. Subjects in the first tertile were considered early maturing, while subjects in the second tertile were considered the reference group. RESULTS: Early maturing girls were heavier (²=-0.21, p<0.05), taller (²=-0.15, p<0.05) and had higher BMI values for age (²=-0.3, p<0.05) than girls of other groups. Early maturing boys were taller for age (²=-0.21, p<0.05) than boys of other groups. The prevalence of overweight including obesity of early maturing girls was higher than for the reference group (p=0.01). No association was found between overweight, including obesity, and early sexual maturation among boys (p=0.648). CONCLUSIONS: The results of this study are similar to other studies that declare that early maturing girls present a higher prevalence of obesity than non-early maturing girls. The present study did not show any association for boys regarding early sexual maturation and obesity. <![CDATA[<B>Validation of a Food Frequency Questionnaire by food groups for the adolescent population</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2008000400005&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVO: Verificar a validade do Questionário de Freqüência Alimentar para Adolescentes para avaliar o consumo de grupos de alimentos entre escolares de Piracicaba, São Paulo. MÉTODOS: Participaram do estudo 94 adolescentes, com idade entre 11 e 15 anos, matriculados em uma escola da rede pública. O consumo alimentar foi avaliado pelo Questionário de Freqüência Alimentar para Adolescentes (QFAA) e a média de dois Recordatórios de 24 horas (R24h) foi utilizada como método de referência. Os itens alimentares foram classificados em 18 grupos. Foram realizadas análises descritivas, teste t-Student pareado e de Wilcoxon, coeficientes de correlação de Pearson e de Spearman. Foram também utilizadas análise de quartis e estatística Kappa ponderado. Os coeficientes de correlação foram corrigidos pela variância intrapessoal dos R24h, estimada a partir de ANOVA com um fator de classificação. RESULTADOS: Não foram verificadas diferenças significativas entre os instrumentos para o arroz, massas, carnes, refrigerantes e sucos artificiais. Os coeficientes de correlação corrigidos pela variabilidade intrapessoal variaram de -0,26 a 0,78. A concordância de classificação dos indivíduos no mesmo quartil de consumo para ambos os métodos variou de 22% (massas) a 50% (feijão). Para quartis opostos, os grupos que tiveram mais de 10% dos indivíduos classificados incorretamente foram massas (19%), carnes (13%) e gorduras (11%). Os valores de Kappa ponderado variaram de - 0,15 (massas) a 0,56 (feijão). O QFAA superestimou o consumo de quase a totalidade dos grupos alimentares e subestimou os grupos dos óleos, feijão, carnes e refrigerantes. CONCLUSÃO: O instrumento apresentou boa validade para feijão, verduras e legumes, leite e derivados, biscoitos recheados e para o arroz.<hr/>OBJECTIVE: To verify the validity of the Food Frequency Questionnaire for Adolescents in order to evaluate food group consumption among adolescents from Piracicaba, São Paulo. METHODS: The study was carried out with 94 adolescents, ranging from 11 to 15 years of age, from the public education system. Food consumption was assessed by the Food Frequency Questionnaire for Adolescents (QFAA) and the average of two 24-hour recalls (R24h) was used as a reference method. The food items were classified into 18 groups. Descriptive analyses, paired t-test and Wilcoxon test, Pearson and Spearman coefficients were performed. Analysis of quartiles and Kappa test were used. Correlation coefficients were adjusted by the within-subject variance of the 24-hour recalls, from one-way ANOVA. RESULTS: No significant differences were found between the tools for rice, pasta, meat, soft drinks, and artificial juices. The correlation coefficients adjusted by within-subject variability ranged from -0.26 to 0.78. Agreement of individuals' classification in quartiles of food consumption for both methods ranged from 22% (pasta) to 50% (beans). For discordant quartiles, the groups that presented more than 10% of misclassified subjects were pasta (19%), meat (13%) and fats (11%). The values of the Kappa test ranged from -0.15 (pastas) to 0.56 (beans). The food frequency questionnaire over-estimated the consumption of almost all the food groups and under-estimated the groups of oils, beans, meats, and soft drinks CONCLUSION: The food frequency questionnaire revealed good validity for beans, vegetables, milk and dairy, cookies with filling, and rice. <![CDATA[<B>Using recommended intakes to estimate the prevalence of insufficient consumption of vitamin C and E by pregnant women</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2008000400006&lng=en&nrm=iso&tlng=en Na gestação ocorrem adaptações que conduzem a um aumento da taxa metabólica basal, caracterizando um estado de alto nível de estresse oxidativo, tornando relevante a avaliação do consumo de nutrientes antioxidantes por mulheres grávidas. Este estudo teve como objetivo estimar a prevalência de consumo insuficiente das vitaminas C e E em gestantes assistidas em serviços públicos de saúde. Estudou-se amostra (n=107) representativa das mulheres no segundo trimestre gestacional atendidas durante o pré-natal nas unidades de atenção básica do município de Botucatu/SP. O consumo foi investigado mediante dois inquéritos recordatórios de 24 horas. Para estimar a prevalência de inadequação de consumo na população, foi utilizado o método EAR como ponto de corte. Diferenças de consumo (em tercis) em relação a fatores socioeconômicos, obstétricos e hábitos de vida foram pesquisadas mediante análise estratificada, adotando-se p<0.05 como nível de significância. As prevalências estimadas de consumo insuficiente das vitaminas C e E foram 60% e 91,5%, respectivamente. Houve associação inversa entre o consumo de vitamina E com paridade e o consumo de vitamina C foi menor nas adolescentes em relação às adultas. Estes resultados indicam a necessidade de intervenções individuais e coletivas de promoção e apoio ao consumo de alimentação saudável por mulheres em idade fértil. Conclui-se que a prevalência de inadequação do consumo das vitaminas C e E é elevada e sem contrastes socioeconômicos.<hr/>The changes that occur during pregnancy lead to an increase in the basal metabolic rate, which characterizes a high oxidative-stress condition, thus making the evaluation of the intake of antioxidant nutrients by pregnant women a relevant issue. This study aimed at estimating the prevalence of insufficient intake of vitamin C and E by pregnant women assisted by public healthcare services. A representative sample (n=107) of women in the second gestational trimester was studied. Such women's prenatal care was provided by basic healthcare units in the city of Botucatu/SP. Intake was investigated by two 24-hour recalls. The EAR method was adopted as cutoff point in order to estimate the prevalence of intake inadequacy in the population. Intake differences (in terciles) in relation to social, economic and obstetric factors as well as lifestyle were investigated by means of stratified analysis and by adopting a level of significance of p<0.05. The prevalence rates estimated for the insufficient intake of vitamins C and E were 60% and 91.5%, respectively. There was an inverse association between vitamin E intake and parity, and the intake of vitamin C was lower among adolescents as compared to adults. Such results indicate the need for individual and collective interventions in order to promote and support the consumption of healthy food by women at childbearing age. The conclusion is that the prevalence of inadequate intake is high and presents no social or economic contrasts. <![CDATA[<B>Epidemiological Characteristics of cases of mouth cancer registered in a hospital in the city of Uberaba from 1999-2003</B>: <B>a warning toward the need for early diagnosis</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2008000400007&lng=en&nrm=iso&tlng=en Foi realizado estudo de 101 casos de carcinoma epidermóide de boca registrados em Hospital de Uberaba, no período de 1999 a 2003. Informações sobre sexo, idade, cor de pele, nível instrucional, tabagismo, etilismo, uso de prótese, localização da lesão, estado da doença ao final do seguimento, estádio clínico e origem do encaminhamento foram obtidos dos prontuários e analisados estatisticamente pelos testes de correlação linear, Qui-quadrado, t-Student e Kaplan-Meier. A relação homem/mulher foi de 3,8:1. A faixa etária prevalente foi de 50 a 60 anos, com a idade média de 58,55 anos para o sexo masculino e 54,66 anos para o sexo feminino; 88,12% eram caucasianos. A língua foi a localização anatômica mais freqüente; 74,48% estavam nos estádios III e IV. A sobrevida em 5 anos foi de 38,71%. Os baixos índices de sobrevivência e o grande percentual de estádios III e IV refletem a necessidade de uma maior atenção ao câncer bucal nessa população.<hr/>The authors performed a study of 101 cases of epidermoid carcinoma of the mouth registered at a Hospital in the city of Uberaba, from 1999 to 2003. Information on gender, age, skin color, schooling, smoking, alcoholism, prosthesis, site of lesion, disease outcome at the end of follow-up, clinical staging, and origin of referral were obtained from medical records. Statistical analysis was performed using linear correlation, chi-square, t-Student, and Kaplan-Meier tests. The male/female ratio was 3.8:1. The most prevalent age group was 50 to 60 years, with an average age of 58.55 years for men and 54.66 years for women; 88.12% were Caucasian. The most frequent anatomical site was the tongue and 74.48% were stages III and IV. Five-year survival was 38.71%. The low rates of survival and the high percentage of stages III and IV show the need for greater attention to mouth cancer in this population. <![CDATA[<B>Aesthetic perceptions of dental fluorosis among young university students</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2008000400008&lng=en&nrm=iso&tlng=en OBJETIVO: Identificar os níveis de aprovação da fluorose dentária entre adultos leigos e cirurgiões-dentistas, comparando os padrões de aceitação da aparência de dentes afetados por acadêmicos da área de Ciências Exatas, representando a população leiga, com os de formandos do curso de Odontologia, representando os profissionais. MÉTODO: Participaram 180 alunos dos cursos de Odontologia e da área das Ciências Exatas, os quais responderam a questionário acerca de fotografias de arcadas dentárias com fluorose nos níveis muito leve, leve e moderada de Dean, e moderada após aplicação da técnica de micro-abrasão do esmalte. Perguntou-se sobre aparência geral da boca; coloração, forma e posição dos dentes; aspecto da gengiva e possibilidade de sorrir sem constrangimento. A análise dos dados foi realizada utilizando-se o teste qui-quadrado e regressão logística com intervalos de confiança em nível de 95%. RESULTADOS: Houve maior percentual de aprovação quanto à aparência da boca e coloração dos dentes para o caso de fluorose muito leve. Para todos os casos os alunos dos cursos de Exatas mostraram-se mais exigentes do que os acadêmicos de Odontologia. Verificou-se associação significativa entre percepção de aparência da boca e coloração dos dentes. A análise multivariada revelou que, para o caso de fluorose muito leve, a coloração dos dentes foi incluída no modelo explicativo de percepção da aparência da boca apenas para o grupo dos formandos. CONCLUSÕES: Todos os níveis de fluorose foram percebidos pelos grupos estudados, porém os casos de fluorose muito leve parecem não comprometer a percepção positiva da aparência da boca para os grupos que representam indivíduos leigos.<hr/>OBJECTIVE: To identify the levels of approval of dental fluorosis among lay adults and dentists, comparing the standards of acceptance of the appearance of affected teeth among groups of university students attending the area of Exact Sciences, representing the lay population, and senior Dentistry students, representing dentists. METHODS: 180 students participated by answering questions concerning dental arch photographs, with Dean's very mild, mild and moderate fluorosis index, and moderate fluorosis after the application of the microabrasion enamel technique. The questionnaire comprised questions about the general appearance of the mouth; coloration, form and position of teeth; aspect of the gums and the possibility of smiling without embarrassment. Data was analyzed using the Chi-square test and reliable logistic regression with 95% confidence intervals. RESULTS: There were higher approval ratios, related to the appearance of the mouth and coloration of teeth, for the cases of very mild fluorosis. For all cases, Exact Sciences students were more demanding than Dentistry students. There was a significant association between perceived appearance of the mouth and discoloration of the teeth. The multivariate analysis revealed that, in the case of very mild fluorosis, the discoloration of teeth was included in the explanatory model of the perception of the appearance of the mouth only for the group of senior Dentistry students. CONCLUSIONS: All levels of fluorosis were perceived by the groups studied; however the cases of very mild fluorosis do not seem to compromise the positive perception of the appearance of the mouth, for the groups that represent lay individuals. <![CDATA[<B>Prevalence of dental caries and treatment needs among 12-year-old children in a small-sized municipality in the Amazon region</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2008000400009&lng=en&nrm=iso&tlng=en O conhecimento da prevalência da cárie dentária em municípios inseridos no contexto amazônico é pouco observado na literatura científica. O presente estudo visa investigar a prevalência e necessidade de tratamento da população de crianças de 12 anos de Rio Preto da Eva, Amazonas no ano de 2007, segundo o sexo e o tipo de localidade (rural e urbana). O estudo transversal foi de natureza descritiva e exploratória com a coleta de dados primários da doença, cujo desenho teve como base o levantamento epidemiológico SB-Brasil 2003. A amostra foi constituída por 344 crianças nas residências e escolas na zona rural e urbana do município. O índice CPO-D geral encontrado foi de 3,73 (+0,17) com predomínio do componente cariado. O percentual de crianças livres de cárie nas zonas urbana e rural foi de 12,5 e 13,6, respectivamente. Não houve diferença estatisticamente significante entre os sexos e os tipos de localidade. Na zona rural existem cerca de duas vezes mais dentes com necessidade de tratamento do que na zona urbana. O tratamento restaurador representou a maior necessidade de tratamento desta população (86,2%). A prevalência de cárie na população de 12 anos de idade, em Rio Preto da Eva-AM, é moderada e o CPO-D médio encontrado está acima da meta estabelecida para o ano 2.000 pela FDI/OMS. Os dados evidenciam a necessidade de implementação de medidas de atenção à saúde bucal que sejam capazes de intervir nos determinantes da cárie dentária na população estudada.<hr/>Scientific literature encloses little knowledge on the prevalence of dental caries in municipalities in the Amazon region. The present study aimed to investigate the prevalence and treatment needs in the population of 12-year-old children in the municipality of Rio Preto da Eva, Amazonas, in the year 2007, according to gender and type of locality (rural or urban). This was a cross-sectional study of descriptive and exploratory nature with collection of primary data on the disease. The design was based on the 2003SB-Brazil epidemiological survey. The sample comprised 344 children in homes and schools in the rural and urban zones of the municipality. The general DMF-T index found was 3.73 (± 0.17), with predominance of the decay component. The percentages of children free of caries in the urban and rural zones were 12.5 and 13.6, respectively. There were no statistically significant differences between genders or types of locality. In the rural zone there were around twice as many teeth needing treatment as in the urban zone. Restorative treatment was the major treatment needed in this population (86.2%). The prevalence of caries among the 12-year-old population in Rio Preto da Eva was moderate, and the mean DMF-T was above the target level established for the year 2000 by the FDI/WHO. The data show that there is a need to implement oral health care measures that are capable of intervening in relation to determinants of dental caries in the study population. <![CDATA[<B>Visible lesions in leprosy</B>: <B>the role of dentists in the identification of new cases</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2008000400010&lng=en&nrm=iso&tlng=en INTRODUÇÃO: A hanseníase permanece como problema de saúde pública em alguns países. No Brasil, essa enfermidade demanda a priorização das ações de saúde focadas em alguns Estados e municípios. OBJETIVO: Analisar as principais características epidemiológicas dos portadores de hanseníase com ênfase na área de localização das lesões MÉTODO: Estudo transversal de indivíduos com hanseníase diagnosticados entre 2001 a 2006, em Cáceres-MT. Foi definida como variável dependente a área de localização das lesões, categorizada em não-visível e visível, que inclui face, pavilhão auricular ou membros superiores. Utilizou-se ANOVA e regressão múltipla logística, com intervalo de confiança de 95%. RESULTADOS: 206 (33,8 %) indivíduos apresentaram lesões em áreas visíveis; não foi verificada diferença estatisticamente significante entre os grupos de idade ou sexo com área de localização das lesões. A probabilidade de um paciente multibacilar manifestar lesões em áreas visíveis foi 3 vezes aquela observada entre os pacientes paucibacilares (ORajust= 3,21; IC 95%: 2,13 - 4,86). Tal probabilidade entre os pacientes com incapacidade física localizada na região ocular e dos membros superiores foi 5 vezes aquela observada entre os pacientes com incapacidade física localizada em outra região do corpo (ORajust = 5,10; IC 95%: 1,41 - 18,39). CONCLUSÃO: A probabilidade de um indivíduo portador de hanseníase apresentar lesões em áreas visíveis independe de sexo e idade e essas se manifestam principalmente nos braços. Entre os indivíduos multibacilares, tal probabilidade foi maior que aquela observada entre os indivíduos paucibacilares, principalmente quando havia presença de incapacidade física localizada na região ocular e nos membros superiores.<hr/>INTRODUCTION: Leprosy remains a public health problem in some countries and in Brazil it demands health actions focused on some states and municipalities OBJECTIVE: To analyze the epidemiologic characteristics of leprosy cases with emphasis on the site of skin lesions. METHODS: Cross-sectional study of clinical records of leprosy cases diagnosed during 2001 to 2006 in the municipality of Cáceres-MT. The dependent variable was categorized in visible and not-visible areas including face, pinna, and upper limbs. The analysis was made using ANOVA and logistic regression with a 95% confidence interval. RESULTS: 206 individuals (33.8%) presented visible lesions. The probability of a multibacillary patient presenting a visible lesion was three times greater than that observed among paucibacilary patients, regardless of gender and age group (OR = 3.21; IC 95%: 2.13 - 4.86). Among multibacillary cases with physical disability located in the ocular region and upper limbs, this probability was five times greater than that observed among those with disability located in another regions of the body (ORajust = 5.10; CI 95%: 1.41 - 18.39) CONCLUSION: The likelihood of a Hansen's disease patient presenting lesions in visible areas is independent from gender and age, and they occur mainly in arms. However, among the multibacilary individuals such probability is greater than the one observed among paucibacillary individuals, especially when there is a physical disability located in the ocular region and in the upper limbs. <![CDATA[<B>Primary Health Care in the south of Santa Catarina</B>: <B>analysis of admissions for ambulatory care-sensitive conditions, in the 1999-2004 period</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2008000400011&lng=en&nrm=iso&tlng=en INTRODUÇÃO: A reorientação do modelo de atenção à saúde brasileira tem como principal estratégia a estruturação de uma rede de atenção primária que dê cobertura às necessidades de saúde da população através do acesso a equipes de saúde da família. A avaliação do impacto da atenção primária sobre a saúde da população pode ser feito a partir do monitoramento das internações hospitalares por condições sensíveis à atenção ambulatorial, iniciativa que vem se desenvolvendo nos últimos anos em vários países e também no Brasil. OBJETIVO: analisar o comportamento das internações hospitalares por algumas condições sensíveis à atenção ambulatorial na região da Associação de Municípios do Extremo Sul de Santa Catarina - AMESC, associando-o com a qualidade da atenção oferecida pelo Programa de Saúde da Família (PSF) MÉTODO: Pesquisa exploratória com características de estudo ecológico que qualificou a atenção primária oferecida a partir de questionário dirigido aos profissionais do PSF e informações colhidas através dos bancos nacionais de informação, definindo dois grupos de população: uma atendida por serviços de atenção básica com padrão adequado e outra servida por serviços abaixo desse padrão. As internações hospitalares por algumas causas selecionadas destas duas populações foram comparadas no período 1999-2004, analisando-se a sua tendência e associação estatística. RESULTADOS: A análise estatística sugeriu que houve tendência ao declínio das taxas de internações por pneumonia em menores de 5 anos e pneumonia em maiores de 60 anos na população com atenção ambulatorial básica adequada e não adequada. As internações por Diabetes Mellitus tiveram tendência ao declínio na população com atenção ambulatorial básica adequada. As taxas por diarréia apresentaram tendência à estabilidade nos dois grupos populacionais, mas nos municípios com atenção adequada a sua magnitude foi muito menor. As taxas de internação por Acidente Vascular Cerebral foram crescentes em município com atenção adequada, com tênue queda linear para a população atendida de forma não adequada. Em relação às internações por Infarto Agudo do Miocárdio, tanto nos municípios com atenção adequada quanto naqueles com atenção não adequada, as taxas apresentaram tendência ao aumento, com tendência um pouco menor nos municípios com PSF adequado. CONCLUSÃO: É possível perceber algumas mudanças positivas na evolução de algumas taxas de internações por condições sensíveis à atenção ambulatorial, que podem estar associadas a maior cobertura e a melhor atenção recebida pelo PSF.<hr/>INTRODUCTION: The reorientation of the health care model in Brazil is based on a strategy to structure a primary care network to cover the health needs of the population through access to family health teams. The impact of primary care on the health of the population can be assessed by tracking hospital admissions due to conditions sensitive to ambulatory care, an initiative that has been developed in recent years in several countries and also in Brazil OBJECTIVE: To analyze hospital admission trends for some conditions sensitive to ambulatory care in the Association of Cities of the South End of Santa Catarina - AMESC, associating it to the quality of care offered by the Family Health Program-PSF METHOD: An exploratory research with characteristics of an ecological study that qualified the primary care offered, based on a questionnaire directed to PSF professionals and information collected through national data information, defining two population groups: one assisted by services with a basic standard and another one assisted by services below this standard. Hospital admissions for some selected causes of these two populations were compared in the 1999-2004 period, analyzing their trend and statistical association. RESULTS: The statistical analysis suggested that there was a trend toward the decline of admissions due to pneumonia in <5 y-o and >60 y-o in both the population with appropriate basic and non-appropriate ambulatory care. Diabetes mellitus hospitalizations tended to decline in the population with adjusted basic ambulatory care. Diarrhea rates tended to stabilize in both groups, but in the cities with appropriate care its magnitude was much smaller. Strokes increased in cities with appropriate care, with a smooth linear decrease for the population assisted in a non-appropriate way. For Acute Myocardial Infarction, for cities with appropriate care, as for the ones with non-appropriate care, the rates showed a trend toward increase, although a little smaller in the cities with appropriate PSF CONCLUSION: Some positive changes can be perceived in the development of admission rates due to ambulatory care-sensitive conditions, that can be associated with the higher coverage and the best care received from the PSF. <![CDATA[<B>Characterization of victims of accidents and violence</B>: <B>emergency Service of Alta Floresta - MT (Brazil)</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2008000400012&lng=en&nrm=iso&tlng=en INTRODUÇÃO: Em Alta Floresta - MT, embora os acidentes e violências sejam responsáveis por importante parcela da morbidade hospitalar e da mortalidade, principalmente entre a população jovem, não se conhecia o que tais agravos representam, em termos de morbidade ambulatorial. OBJETIVO: Apresentar a caracterização das vítimas de violências e acidentes em serviço de emergência no município de Alta Floresta - MT. MATERIAL E MÉTODOS: Estudo descritivo dos registros de todos os atendimentos de emergência ocorridos em três meses de 2006, por meio de ficha de notificação específica para acidentes e violências. RESULTADOS: Dos 7.394 atendimentos no período, 583 (7,9%) foram prestados às vítimas de acidentes e violências, a maioria do sexo masculino, com idade entre 20 e 39 anos, branca, e com escolaridade inferior a 8 anos. Dentre as ocorrências, predominaram os acidentes: foram 239 (41,0%) acidentes de transportes, destacando-se os de motocicleta; 153 quedas (26,2%) e 167 (28,7%) outros acidentes. Dentre os registros de violências, 16 (2,7%) foram agressões e 8 (1,4%) tentativas de suicídio. A suspeita de uso de álcool, entre maiores de 18 anos, foi registrada em 12,0% das vítimas de acidentes e violências. No entanto, entre as vítimas de agressões este percentual foi muito mais elevado (91,7%). Observou-se também importante relação dos acidentes com a categoria trabalho. CONCLUSÃO: O conhecimento adequado das características das vítimas dos acidentes e violências é imprescindível para o processo de deflagração de medidas efetivas que visem reduzir tais agravos.<hr/>INTRODUCTION: Accidents and violence are important causes of hospital admissions and mortality in the municipality of Alta Floresta, especially among young people. However, the magnitude of the problem, in terms of outpatient services is not known OBJECTIVE: To characterize victims of accidents and violence at the emergency service of the city of Alta Floresta. METHODS: Descriptive study on the occurrence of emergencies resulting from accidents or violence, during three months of 2006. All cases were recorded on a specific form. RESULTS: Of the 7,394 outpatients in the period, 583 (7.9%) were victims of accidents and violence; most of them were male, between 20 and 39 years of age, white, and with less than eight years of formal education. Accidents were predominant: 239 (41.0%) traffic accidents, most of them by motorcycle (64.9%); 153 falls (26.2%) and 167 (28.7%) others. Regarding violence, 16 (2.7%) were assaults and 8 (1.4%) suicide attempts. Possible alcohol use was identified in 12% of accidents and violence victims, but among the assault victims this proportion was more relevant (91.7%). An important relation between other accidents and the "work" category was observed CONCLUSION: Adequate knowledge about the characteristics of accidents and violence victims is essential to identify effective measures to reduce such injuries. <![CDATA[<B>Analysis of hospitalizations of children under one year of age due to drug intoxication and adverse events in Brazil</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2008000400013&lng=en&nrm=iso&tlng=en O amplo uso de medicamentos sem orientação médica, quase sempre acompanhado do desconhecimento dos malefícios que pode causar, é apontado como uma das causas destes constituírem o principal agente tóxico responsável pelas intoxicações humanas registradas no país. As crianças são as maiores vítimas, pois sofrem com as conseqüências da prática da automedicação, erros de administração, prescrição médica inadequada; com a falta de pesquisas adequadas para a liberação do consumo destes medicamentos em sua faixa etária; e com a curiosidade natural da idade. Diante destes dados, objetivou-se identificar as principais classes terapêuticas presentes nas internações de crianças menores de um ano relacionadas a intoxicações e efeitos adversos de medicamentos, registradas pelo Sistema de Informações Hospitalares do SUS nos anos de 2003 a 2005. Foram analisadas 1.063 internações, sendo 151 de menores de um mês e 912 entre um e onze meses. Os antiepilépticos, sedativos-hipnóticos e antiparkinsonianos foram responsáveis por 15,2% das internações relacionadas a intoxicações e efeitos adversos de medicamentos em menores de um mês e 21,1% em crianças de um a onze meses. Os antibióticos sistêmicos responderam para essas mesmas faixas etárias por 12,6% e 18,5% das internações, respectivamente. Os analgésicos, antitérmicos e anti-reumáticos não opiáceos tiveram participação menor, com 7,3% das internações para menores de um mês e 6,6% para crianças de um a onze meses. Um grande número de casos foi observado para crianças de zero dias, levando a considerar possíveis intoxicações por via transplacentária e por aleitamento materno. Dessa forma, o estudo aponta para a importância de um bom acompanhamento pré-natal, bem como para uma criteriosa prescrição de medicamentos para a mãe e a criança.<hr/>The widespread use of drugs without medical prescription, nearly always ignoring the adverse events they may cause, is the leading factor accounting for human intoxications registered in Brazil. Children are the greatest victims of self-medication, administration errors, inappropriate medical prescription, lack of appropriate studies on the safe use of medicine in this age group, besides being susceptible to accidental ingestion driven by the curiosity natural to their age. The present study aims to identify the main therapeutic classes involved in drug intoxications or adverse events related to the hospitalization of children under one year of age, registered by the Hospital Information System of the Unified Health System in the years 2003-2005. A total of 1,063 hospitalizations were analyzed, 151 of them involving children aged less than one month old and 912 children aged 1-11 months. Sedative-hypnotics accounted for 15.2% of hospitalizations related to drug intoxication and adverse effects in children less than one month old, and for 21.2% of such events in children aged 1-11 months. Antibiotics accounted for 12.6% and 18.9% of hospitalizations in the same age groups, respectively. Analgesics/antipyretics had a smaller share, with 7.3% of hospitalizations in the group under 1 month and 6.7% in the group aged 1-11 months. A great number of cases were observed on zero day old children, leading us to consider possible intoxications through the placenta or nursing. Therefore, this study points toward the importance of good antenatal care, as well as the necessary extra attention when prescribing drugs to both mothers and infants. <![CDATA[<B>Profiles of early neonatal deaths</B>: <B>a study for a Public Maternity Hospital of Belo Horizonte (MG), 2001 - 2006</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2008000400014&lng=en&nrm=iso&tlng=en Trata-se de estudo seccional, com base em dados secundários, com o objetivo de traçar o perfil dos óbitos neonatais precoces ocorridos em uma Maternidade Pública de referência no Estado de Minas Gerais (Maternidade Odete Valadares), Belo Horizonte, no período de 2001 a 2006. Foram utilizadas variáveis relacionadas ao recém-nascido (período de ocorrência do óbito, idade ao óbito, sexo, idade gestacional e peso ao nascer), à mãe (tipo de gravidez, tipo de parto, idade, parturição e número de nascidos mortos), bem como causas múltiplas de mortalidade categorizadas. Obtiveram-se três perfis de óbitos neonatais precoces por meio do método Grade of Membership, que possibilitou também encontrar a prevalência destes perfis. O Perfil 1 foi caracterizado por óbitos de difícil redução e teve prevalência de 41,4%; o Perfil 2, pelos óbitos passíveis de redução (prevalência de 28,3%); e o Perfil 3, pelos óbitos redutíveis (prevalência de 30,4%). Estes perfis possibilitaram a compreensão da mortalidade neonatal precoce na Maternidade Odete Valadares e a análise da sua relação com a história reprodutiva e obstétrica materna, bem como com as condições do recém-nascido. Chama a atenção a elevada prevalência de óbitos evitáveis, realidade que deve ser enfrentada pelos profissionais e pela rede pública de saúde.<hr/>This is a cross-sectional study with the aim of describing the early neonatal deaths that took place at a Public Maternity Hospital, Maternidade Odete Valadares in Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil, from 2001 to 2006. It used variables related to the newborn (period the death took place, age at death, gender, gestational age, and birth weight), to the mother (type of pregnancy, type of delivery, age, parity, and number of stillborn children), and to the multiple causes of death. Three profiles of early neonatal death were obtained through the Grade of Membership method (GoM), which also made it possible to find the prevalence of such profiles in the study population. Profile 1 was characterized by deaths of difficult reduction (prevalence of 41.4%); Profile 2 was characterized by deaths amenable to reduction (prevalence of 28.3%); finally, Profile 3 was marked by preventable deaths (prevalence of 30.4%). These profiles provided an understanding of the spectrum of causes of early neonatal mortality at Maternidade Odete Valadares, along with the analysis of its relationship with the reproductive, obstetric and maternal history, as well as with newborn conditions. The high prevalence of preventable deaths is a reality at Maternidade Odete Valadares, which should be tackled by healthcare workers and public health authorities. <![CDATA[<B>Enteroparasitosis in food handlers in the city of Ribeirão Preto - SP, Brazil, 2000</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2008000400015&lng=en&nrm=iso&tlng=en INTRODUÇÃO: A segurança alimentar vêm adquirindo mundialmente uma importância crescente. As doenças transmitidas por alimentos (DTAS) têm impactos na saúde pública e socioeconômicos, acarretando custos hospitalares em tratamentos e internações. As pessoas envolvidas na produção de alimentos podem ser portadoras de enteroparasitos e vir a contaminar os alimentos, provocando surtos de origem alimentar. OBJETIVOS: Investigar a presença de enteroparasitoses em manipuladores de alimentos do município de Ribeirão Preto, SP, propondo medidas que assegurem a qualidade sanitária dos alimentos. MÉTODOS: Entre julho a dezembro de 2000, 429 manipuladores de alimentos (248 mulheres e 181 homens), com idades entre 16 e 77 anos, foram submetidos ao exame coproparasitológico por ocasião da obtenção ou renovação da carteira de saúde. As amostras de fezes foram examinadas pelos métodos de Kato e da sedimentação espontânea. A pesquisa de oocistos de Cryptosporidium spp foi realizada em 7,0% das amostras de fezes diarréicas através da técnica de concentração pelo formol-éter. RESULTADOS: Foram encontradas enteroparasitoses em 33,1% dos manipuladores, incluindo 20,0% de casos de poliparasitismo. Prevalências mais altas de infecções ocorreram entre os indivíduos envolvidos com atividades de manipulação direta dos alimentos (68%). CONCLUSÕES: Considerando os resultados obtidos, são necessários a educação sanitária e o treinamento dos manipuladores bem como a implementação da metodologia da Análise dos Perigos e Pontos Críticos de Controle (APPCC) em todas as etapas da cadeia de produção dos alimentos, para garantir produtos alimentícios seguros aos consumidores.<hr/>INTRODUCTION: Food safety has become increasingly importance worldwide. Food borne diseases have impacts on public health and socioeconomic factors, accounting for hospital costs in treatments and hospitalizations. People involved in food production can be carriers of enteroparasites and contaminate food, causing food borne diseases OBJECTIVE: The aim of this study was to investigate the presence of enteroparasites in food handlers in Ribeirão Preto, SP, proposing measures to ensure the sanitary quality of food. METHODS: From July to December 2000, 429 food handlers (248 women and 181 men), aged between 16 and 77 years, underwent coproparasitological analysis as a mandatory professional requirement. Fecal samples were analyzed by the Kato's and spontaneous sedimentation methods. Cryptosporidium spp oocysts were investigated in 7.0% of diarrheic fecal samples using the formalin-ether concentration technique. RESULTS: The results showed enteroparasitosis in 33.1% of food handlers, including 20.0% cases of multiple parasitic infections. A higher prevalence of infections (68.0%) was detected among the individuals involved in direct food handling activities. CONCLUSIONS: Considering these results, it is necessary to provide sanitary education and training to food handlers, and to implement the method of Hazard Analysis and Critical Control Points (HACCP) in all stages of the food chain so as to ensure food safety for consumers. <![CDATA[<B>Systematic review of spatial analysis studies on dengue in Brazil</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2008000400016&lng=en&nrm=iso&tlng=en O presente estudo objetivou realizar uma revisão sistemática sobre estudos de geoprocessamento do vetor da dengue e da doença no Brasil. A busca dos trabalhos foi realizada nas bases de dados Pubmed, Bireme e Scielo. A seleção foi realizada por critérios de inclusão, sendo estes: artigos originais sobre dengue e emprego de técnicas de geoprocessamento, publicados em inglês ou português de 1998 a 2007; trabalhos de finalização de curso; e trabalhos apresentados em congresso. Trabalhos que avaliaram essa doença em outros países foram excluídos. As palavras-chaves utilizadas na identificação dos artigos foram: "distribuição espacial e dengue", "dengue e geoprocessamento", "análise espacial e dengue", "Sistema de Informações Geográficas e dengue" e suas traduções para língua inglesa. Na base de busca do Scielo foram encontrados 15 artigos, dos quais selecionou-se 8; na Pubmed 11 trabalhos foram identificados, dos quais utilizou-se 3; e na Bireme, 20 trabalhos, dos quais selecionou-se 2. A revisão realizada permitiu analisar 7 estudos de espacialização dos casos de dengue, 5 trabalhos com vetores da dengue e um estudo que avaliou os casos e os vetores, simultaneamente. Foi freqüente a não-utilização de técnicas de geoprocessamento. Aspectos sociais foram freqüentemente associados à distribuição espacial da dengue. Desta forma, concluiu-se que os estudos de espacialização da dengue no Brasil, especialmente aqueles que avaliam os seus vetores, subutilizam as ferramentas do geoprocessamento. Os aspectos socioeconômicos são importantes para o entendimento da distribuição espacial da dengue.<hr/>The present study aimed to carry out a systematic review of geoprocessing studies on the dengue vector and the disease in Brazil. The search was conducted in the Pubmed and Bireme databases and in Scielo virtual library. The selection was carried out using inclusion criteria, such as: original articles on dengue and the use of geoprocessing techniques, published in English or in Portuguese, from 1998 to 2007; final course works; and studies presented at congresses. Studies which evaluated the disease in other countries were excluded. The key words used were "spatial distribution and dengue", "dengue and geoprocessing", "spatial analysis and dengue", "geographic information system and dengue" and their translations into Portuguese. In the Scielo database search, 15 articles were found, from which 8 were selected; in Pubmed, 11 articles were identified and 3 were selected; and in Bireme 20 articles were found, from which 2 were selected. The present review allowed the analysis of 7 studies on the spatial pattern of dengue cases, 5 studies on dengue vectors and one study that evaluated dengue cases and vectors, simultaneously. The non-utilization of geoprocessing techniques was frequent. Social aspects were frequently associated with the spatial distribution of dengue. The study concludes that spatial analyses of dengue in Brazil, especially those that evaluated vectors, used geoprocessing tools poorly. Socioeconomic aspects are important to understand the spatial distribution of dengue. <![CDATA[<B>Deterministic record linkage in Aids mortality databases</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2008000400017&lng=en&nrm=iso&tlng=en A vinculação determinística de bancos de dados sobre mortalidade por aids tem apresentado problemas causados por falhas nos arquivos. Assim, os objetivos deste estudo foram: avaliar o desempenho da vinculação determinística em bancos de óbito por aids do Programa de Aprimoramento das Informações de Mortalidade no Município de São Paulo (PRO-AIM) e da Fundação SEADE entre os anos de 2000 e 2004 e estimar a cobertura de cada banco. Utilizou-se a rotina merge de um software para vincular os bancos. A primeira etapa pareou os registros automaticamente e, na segunda etapa, cada banco foi conferido para localizar novos pares. Estimaram-se os óbitos pela soma entre casos pareados e não pareados para calcular a cobertura dos bancos. A primeira etapa da vinculação identificou 91,6% dos pares. A segunda etapa adicionou 457 pares. O total de óbitos foi estimado em 5.855, com cobertura de 97,1% do PRO-AIM e 96% do SEADE. O uso da vinculação determinística cobriu grande parte dos casos. O banco do PRO-AIM proporcionou a maior cobertura, com maior quantidade de informações completas e melhor localização geográfica dos casos.<hr/>Deterministic record linkage in AIDS mortality databases has presented problems caused by errors in files. Thus, the aims of this study were to assess the performance of deterministic record linkage in the Aids mortality databases of the Mortality Information Improvement Program of the city of Sao Paulo (PRO-AIM) and of the SEADE Foundation between the years 2000 and 2004 and to estimate the coverage of these databases. A software merge process was used to link the records. The first stage linked automatically and, in the second stage, each database was checked for possible matches. Deaths were estimated by summing the matches and non-matches for each database coverage calculation. The first stage of record linkage identified 91.6% matches. The second stage added 457 matches. Deaths were estimated to be 5,855 cases, PRO-AIM covering 97.1% and SEADE 96%. The use of deterministic record linkage covered a great part of the cases. PRO-AIM databases provided the best case coverage, with the largest amount of complete information and better geographic location. <![CDATA[<B>Nota do fórum de coordenadores de programas de pós-graduação em saúde coletiva sobre o novo qualis periódicos</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2008000400018&lng=en&nrm=iso&tlng=en A vinculação determinística de bancos de dados sobre mortalidade por aids tem apresentado problemas causados por falhas nos arquivos. Assim, os objetivos deste estudo foram: avaliar o desempenho da vinculação determinística em bancos de óbito por aids do Programa de Aprimoramento das Informações de Mortalidade no Município de São Paulo (PRO-AIM) e da Fundação SEADE entre os anos de 2000 e 2004 e estimar a cobertura de cada banco. Utilizou-se a rotina merge de um software para vincular os bancos. A primeira etapa pareou os registros automaticamente e, na segunda etapa, cada banco foi conferido para localizar novos pares. Estimaram-se os óbitos pela soma entre casos pareados e não pareados para calcular a cobertura dos bancos. A primeira etapa da vinculação identificou 91,6% dos pares. A segunda etapa adicionou 457 pares. O total de óbitos foi estimado em 5.855, com cobertura de 97,1% do PRO-AIM e 96% do SEADE. O uso da vinculação determinística cobriu grande parte dos casos. O banco do PRO-AIM proporcionou a maior cobertura, com maior quantidade de informações completas e melhor localização geográfica dos casos.<hr/>Deterministic record linkage in AIDS mortality databases has presented problems caused by errors in files. Thus, the aims of this study were to assess the performance of deterministic record linkage in the Aids mortality databases of the Mortality Information Improvement Program of the city of Sao Paulo (PRO-AIM) and of the SEADE Foundation between the years 2000 and 2004 and to estimate the coverage of these databases. A software merge process was used to link the records. The first stage linked automatically and, in the second stage, each database was checked for possible matches. Deaths were estimated by summing the matches and non-matches for each database coverage calculation. The first stage of record linkage identified 91.6% matches. The second stage added 457 matches. Deaths were estimated to be 5,855 cases, PRO-AIM covering 97.1% and SEADE 96%. The use of deterministic record linkage covered a great part of the cases. PRO-AIM databases provided the best case coverage, with the largest amount of complete information and better geographic location. <![CDATA[<B>Paper with an important error accepted for publication in the New England Journal of Medicine</B>: <B>why don't admit?</B>]]> http://www.scielosp.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2008000400019&lng=en&nrm=iso&tlng=en A vinculação determinística de bancos de dados sobre mortalidade por aids tem apresentado problemas causados por falhas nos arquivos. Assim, os objetivos deste estudo foram: avaliar o desempenho da vinculação determinística em bancos de óbito por aids do Programa de Aprimoramento das Informações de Mortalidade no Município de São Paulo (PRO-AIM) e da Fundação SEADE entre os anos de 2000 e 2004 e estimar a cobertura de cada banco. Utilizou-se a rotina merge de um software para vincular os bancos. A primeira etapa pareou os registros automaticamente e, na segunda etapa, cada banco foi conferido para localizar novos pares. Estimaram-se os óbitos pela soma entre casos pareados e não pareados para calcular a cobertura dos bancos. A primeira etapa da vinculação identificou 91,6% dos pares. A segunda etapa adicionou 457 pares. O total de óbitos foi estimado em 5.855, com cobertura de 97,1% do PRO-AIM e 96% do SEADE. O uso da vinculação determinística cobriu grande parte dos casos. O banco do PRO-AIM proporcionou a maior cobertura, com maior quantidade de informações completas e melhor localização geográfica dos casos.<hr/>Deterministic record linkage in AIDS mortality databases has presented problems caused by errors in files. Thus, the aims of this study were to assess the performance of deterministic record linkage in the Aids mortality databases of the Mortality Information Improvement Program of the city of Sao Paulo (PRO-AIM) and of the SEADE Foundation between the years 2000 and 2004 and to estimate the coverage of these databases. A software merge process was used to link the records. The first stage linked automatically and, in the second stage, each database was checked for possible matches. Deaths were estimated by summing the matches and non-matches for each database coverage calculation. The first stage of record linkage identified 91.6% matches. The second stage added 457 matches. Deaths were estimated to be 5,855 cases, PRO-AIM covering 97.1% and SEADE 96%. The use of deterministic record linkage covered a great part of the cases. PRO-AIM databases provided the best case coverage, with the largest amount of complete information and better geographic location.