SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 issue1Accidents, poisonings and violences as causes of death in resident inhabitants of the city of S. Paulo, BrazilA modified culture medium for the characterization of positive lactose strains of Salmonella author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

KAWAZOE, Urara. Alguns aspectos da biologia de Biomphalaria glabrata (Say, 1818) e Biomphalaria tenagophila (D'Orbigny, 1835) (Pulmonata, Planorbidae): I - Duração do período embrionário. Rev. Saúde Pública [online]. 1976, vol.10, n.1, pp. 57-64. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101976000100005.

Foram realizadas observações sobre a duração do período embrionário de Biomphalaria glabrata e Biomphalaria tenagophila, durante um ano, em condições de laboratório. As médias, expressas em dias, encontradas para Biomphalaria glabrata e Biomphalaria tenagophila foram respectivamente de 7,6 e 8,0 dias. Essas diferenças não foram significativas ao nível de 5%. O desenvolvimento mais rápido dos embriões até a eclosão verificou-se na estação quente, em ambas as espécies, quando a temperatura média da água foi de aproximadamente 28°C. Após a análise da matriz de correlação verificou-se que a influência da temperatura sobre o tempo de desenvolvimento embrionário foi pouco intensa: Biomphalaria glabrata apresentou maior correlação com a temperatura mínima do ambiente (36,2%) e com a temperatura da água (36,0%) enquanto Biomphalaria tenagophila apresentou maior correlação com a temperatura mínima do ambiente (27,0%).

Keywords : Planorbídeos, biologia; Biomphalaria glabrata; Biomphalaria tenagophila; Esquistossomose mansônica.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese