SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 issue1Some bioecological data regarding Pomacea haustrum (Reeve, 1856) predator-competitor of intermediate hosts of Schistosoma mansoni Sambon, 1907Detection of rotavirus by counterimmunoelectrophoresis in cases of infantile diarrhea author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

On-line version ISSN 1518-8787

Abstract

MILWARD-DE-ANDRADE, Roberto; MARUCH, Sandra Maria  and  COSTA, Maria Joana. Alimentação e fecundidade de planorbídeos criados em laboratórios: IV - Helisoma duryi (Wetherby, 1879). (Pulmonata, Planorbidae). Rev. Saúde Pública [online]. 1978, vol.12, n.1, pp. 90-98. ISSN 1518-8787.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101978000100010.

Utilizando dois tipos distintos de alimentos: "Aquariol" (alimento utilizado para alimentar peixes ornamentais) e alface, isolados e associados, na criação de Helisoma (Seminolina) duryi (Wetherby, 1879) em laboratório, foi verificado que; 1. Os caramujos alimentados com alface fresca liberaram, em 17 semanas, 826 desovas on 17.707 ovos. 2. Os especimens alimentados com "aquariol" depuseram 534 desovas on 11.361 ovos. 3. O oferecimento dos dois materiais associados resultou no aumento da fertilidade, obtendo-se, assim, 1.355 desovas ou 34.645 ovos. 4. Em termos médios, cada conjunto de quinze exemplares (com 10 a 14 mm de diâmetro) liberou, diariamente, 95,5 - 148,8 e 291,1 ovos/dia, segundo o tipo de alimento consumido: "aquariol", alface fresca, ou ambos associados. O número de desovas/dia, na mesma ordem enunciada, foi de 4,5 - 6,9 e 11,4, respectivamente. 5, Os exemplares utilizados descendiam de uma cepa supostamente recém introduzida no município de Formosa, GO (Brasil)e originária da Região Neártica (EUA). Foi comentada a possibilidade de controle biológico de diferentes espécies de Biomphalaria através de H. duryi - questão sobre a qual vêm desenvolvendo investigações biológicas e ecológicas.

Keywords : Planorbideos; Helisoma duryi.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )