SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 issue2Loss of potential years of life, according to cause of death in Fortaleza (Brazil) 1978-1980The evolution of immunoglobulins involved in the immune response to mice infected with Schistosoma mansoni author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

BARROS, Marilisa Berti de Azevedo. Considerações sobre a mortalidade no Brasil em 1980. Rev. Saúde Pública [online]. 1984, vol.18, n.2, pp. 122-137. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101984000200005.

Com base na publicação das estatísticas de mortalidade do Brasil, de 1980, foram elaborados alguns indicadores de saúde e índices de mortalidade proporcional por causa básica do óbito. Os dados apontaram, além da precariedade da informação existente, em termos quantitativos e qualitativos, especialmente nas regiões Norte, Nordeste e Centro Oeste, a deficiente situação de saúde da população brasileira, ainda em 1980, com 24,2% dos óbitos ocorridos em crianças menores de um ano, indicador de Swaroop-Uemura de 48,8%, curva Nelson de Moraes do tipo III e quantificação de Guedes de 8,0. É intensa a desigualdade dos indicadores entre as regiões e verifica-se que as populações residentes nas capitais não apresentam índices muito diversos dos constatados para a população do respectivo Estado. As doenças cardiovasculares representaram 32,1% das causas básicas dos óbitos, as infecciosas e parasitárias 11,8%, as neoplasias 10,4% e as causas externas 11,8%. Comparados com os valores observados em outros trabalhos, para períodos anteriores, verifica-se tendência à piora dos indicadores de saúde nas regiões Norte e Nordeste.

Keywords : Mortalidade [Brasil]; Indicadores de saúde.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese