SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 issue2Loss of potential years of life, according to cause of death in Fortaleza (Brazil) 1978-1980The evolution of immunoglobulins involved in the immune response to mice infected with Schistosoma mansoni author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista de Saúde Pública

On-line version ISSN 1518-8787Print version ISSN 0034-8910

Abstract

BARROS, Marilisa Berti de Azevedo. Considerações sobre a mortalidade no Brasil em 1980. Rev. Saúde Pública [online]. 1984, vol.18, n.2, pp.122-137. ISSN 1518-8787.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101984000200005.

Com base na publicação das estatísticas de mortalidade do Brasil, de 1980, foram elaborados alguns indicadores de saúde e índices de mortalidade proporcional por causa básica do óbito. Os dados apontaram, além da precariedade da informação existente, em termos quantitativos e qualitativos, especialmente nas regiões Norte, Nordeste e Centro Oeste, a deficiente situação de saúde da população brasileira, ainda em 1980, com 24,2% dos óbitos ocorridos em crianças menores de um ano, indicador de Swaroop-Uemura de 48,8%, curva Nelson de Moraes do tipo III e quantificação de Guedes de 8,0. É intensa a desigualdade dos indicadores entre as regiões e verifica-se que as populações residentes nas capitais não apresentam índices muito diversos dos constatados para a população do respectivo Estado. As doenças cardiovasculares representaram 32,1% das causas básicas dos óbitos, as infecciosas e parasitárias 11,8%, as neoplasias 10,4% e as causas externas 11,8%. Comparados com os valores observados em outros trabalhos, para períodos anteriores, verifica-se tendência à piora dos indicadores de saúde nas regiões Norte e Nordeste.

Keywords : Mortalidade [Brasil]; Indicadores de saúde.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )