SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 issue3Mortality problems in Brazil and in Germany: past-present-future. Learning from each other?Multivariate analysis: an example of the use of a log-linear model author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

PAES, Neir Antunes. Mortalidade em Recife: aplicação de um modelo de riscos competitivos. Rev. Saúde Pública [online]. 1985, vol.19, n.3, pp. 251-262. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101985000300006.

É apresentada a metodologia de Chiang para a construção de Tábuas de Vida de Múltiplo Decremento, aplicadas à população residente do município de Recife, em 1979, para se avaliar a magnitude de incidência de alguns grupos de causas de morte, segundo a probabilidade de morte, sobrevivência e esperança de vida. A média de vida encontrada para os homens foi de 55,43 anos e para as mulheres foi de 62,41 anos. A eliminação total dos grupos de causas como fatores de risco de morte, propiciou os seguintes ganhos na esperança de vida, para homens e mulheres, respectivamente: doenças infecciosas e parasitárias (7,9 e 8,1 anos), neoplasmas malignos (6,0 e 6,6 anos), doenças do aparelho circulatório (10,4 e 10,8 anos), doenças do aparelho respiratório (6,5 e 6,7 anos) e causas externas (7,0 e 5,2 anos). Concluiu-se que o nível de saúde do município de Recife refletiu, em 1979, um quadro social e econômico não homogêneo, com uma alta mortalidade por doenças degenerativas, características de regiões desenvolvidas e, também, por doenças infecciosas e parasitárias, próprias de regiões pouco desenvolvidas.

Keywords : Mortalidade [Recife, PE, Brasil]; Tábuas de vida [múltiplo decremento]; Riscos competitivos; Esperança de vida.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese