SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 issue5Determination of the composition and activity of Culicidae mosquitoes by the use of the CDC trap in the Ribeira Valley, S. Paulo State, BrazilA study of children's health in S. Paulo city (Brazil), 1984/1985: VI - Respiratory disease author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

VAZ, Jorge Faria et al. Levantamento planorbídico do Estado de São Paulo (Brasil): 4a Região Administrativa. Rev. Saúde Pública [online]. 1987, vol.21, n.5, pp. 371-379. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101987000500003.

A fim de conhecer a distribuição dos hospedeiros intermediários de S. mansoni no Estado de São Paulo (Brasil), a Superintendência de Controle de Endemias (SUCEN) procedeu a amplo inquérito malacológico em todos os municípios paulistas que teve a duração de 4 anos. As pesquisas realizadas na 4a Região Administrativa que tem sede em Sorocaba e que constituem o objeto do presente relato, mostraram que Biomphalaria tenagophila (d'Orbigny, 1835) ocorre em 26 dos 59 municípios nela compreendidos. Biomphalaria glabrata (Say, 1818) é encontrada em 9 municípios e Biomphalaria straminea (Dunker, 1848), em 2. Vários casos de esquistossomose em migrantes já foram observados na área estudada. B. tenagophila parece estar implicada na cadeia natural de transmissão de S. mansoni em Itu e em São Roque, municípios em que foram descobertos os dois únicos casos da doença, até agora considerados como autóctones em toda a região.

Keywords : Planorbídeos; Esquistossomose mansônica [prevenção e controle]; Coleta de dados; Vetores de doenças; Reservatórios de doenças.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese