SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 issue6Epidemiology of sudden infant deaths in cities of Rio Grande do Sul, Brazil. A comparative study of cases and controlsDetection of psychiatric morbidity in the primary medical care setting in Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

AMATO NETO, Vicente et al. Estudo experimental sobre a possibilidade de prevenção da malária pós-transfusional, através do uso da violeta de genciana. Rev. Saúde Pública [online]. 1987, vol.21, n.6, pp. 497-500. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101987000600005.

Levando em conta a comprovada ação preventiva da violeta de genciana quanto à transmissão da doença de Chagas, por transfusão de sangue e, também, possível idêntica eficácia a respeito da toxoplasmose, foi empreendida investigação para verificar se esse corante tem, da mesma forma, a capacidade de evitar a malária decorrente de hemoterapia. Foi investigada a infecção de camundongos pelo Plasmodium berghei. Usando parasitemia, mortalidade e alterações histopatológicas como parâmetros, verificou-se que a violenta de genciana, adicionada ao sangue, nas concentrações de 1/1.000 e 1/4.000, opõe-se efetivamente à ação infectante do protozoário, após permanência em geladeira (4°C) durante 24 horas. Conclui-se que se abre nova perspectiva quanto à profilaxia da malária induzida, em serviços de hemoterapia.

Keywords : Malária [prevenção e controle]; Violeta de genciana [farmacodinâmica]; Plasmodium berghei [efeitos de drogas]; Camundongos [parasitologia]; Transfusão de sangue [efeitos adversos].

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese