SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.21 issue6Epidemiology of sudden infant deaths in cities of Rio Grande do Sul, Brazil. A comparative study of cases and controlsDetection of psychiatric morbidity in the primary medical care setting in Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

On-line version ISSN 1518-8787
Print version ISSN 0034-8910

Abstract

AMATO NETO, Vicente et al. Estudo experimental sobre a possibilidade de prevenção da malária pós-transfusional, através do uso da violeta de genciana. Rev. Saúde Pública [online]. 1987, vol.21, n.6, pp.497-500. ISSN 1518-8787.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101987000600005.

Levando em conta a comprovada ação preventiva da violeta de genciana quanto à transmissão da doença de Chagas, por transfusão de sangue e, também, possível idêntica eficácia a respeito da toxoplasmose, foi empreendida investigação para verificar se esse corante tem, da mesma forma, a capacidade de evitar a malária decorrente de hemoterapia. Foi investigada a infecção de camundongos pelo Plasmodium berghei. Usando parasitemia, mortalidade e alterações histopatológicas como parâmetros, verificou-se que a violenta de genciana, adicionada ao sangue, nas concentrações de 1/1.000 e 1/4.000, opõe-se efetivamente à ação infectante do protozoário, após permanência em geladeira (4°C) durante 24 horas. Conclui-se que se abre nova perspectiva quanto à profilaxia da malária induzida, em serviços de hemoterapia.

Keywords : Malária [prevenção e controle]; Violeta de genciana [farmacodinâmica]; Plasmodium berghei [efeitos de drogas]; Camundongos [parasitologia]; Transfusão de sangue [efeitos adversos].

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )