SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.22 issue6Viability of Schislosoma mansoni miracidia obtained from feces and liver granuloma of experimental mice infected with the BH strain author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

GERMANO, Pedro Manuel Leal; MIGUEL, Omar; ISHIZUKA, Masaio Mizuno  and  SILVA, Egon Vieira da. Avaliação de três cepas de vírus rábico, antigenicamente distintas, em camundongos: II - Estudo da disseminação viral por diferentes órgãos. Rev. Saúde Pública [online]. 1988, vol.22, n.6, pp. 473-478. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101988000600001.

Estudou-se, comparativamente, o grau de disseminação de três cepas de vírus rábico, duas de origem de cão, Jales e Nigéria, e uma de origem de morcego, DR 19, com perfis antigênicos do nucleocapside distintos. Estas cepas foram inoculadas por via intramuscular, na face interna da coxa, em dois grupos de camundongos, com 21 e 28 dias de idade. Os animais foram mantidos em observação por um período total de 30 dias, e dos animais vitimados pela infecção, foram coletados diferentes órgãos, músculo lingual, coração, pulmão, rim e fígado, além do cérebro e da medula espinal, para avaliar-se o grau de disseminação de cada cepa viral, através da prova de imunofluorescência direta (IFD). Os resultados obtidos evidenciaram que os decalques de cérebro e de medula espinal apresentaram total concordância na prova de IFD, constatando-se as maiores diferenças com as cepas Jales e Nigéria, situando-se a cepa DR 19, intermediariamente, a estas duas. O músculo lingual foi o órgão que apresentou maior freqüência de positividade para ambos os grupos etários e para as três cepas virais.

Keywords : Vírus da raiva; Raiva.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese