SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 issue3Assessment of the quality of information on basic causes of infant death in Rio Grande do Sul (Brazil)Anthropometric indices and nutritional status of low-income school-aged children of a county of the State of Rio de Janeiro, Brazil: a pilot study author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

GROSS, Rainer et al. O impacto das medidas de melhoria do abastecimento de água e esgoto sobre a diarréia e parasitose intestinal: experiência brasileira com crianças de comunidades de baixa renda. Rev. Saúde Pública [online]. 1989, vol.23, n.3, pp. 214-220. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101989000300006.

Em 1986 pesquisou-se, junto a 254 crianças de até 6 anos de idade, residentes em duas favelas de Belo Horizonte (Brasil), o impacto das medidas de melhoramento do abastecimento de água e esgoto na incidência de diarréia e parasitose intestinal. Até então, a incidência de diarréia era estimada em 6,2 casos por criança e ano, com uma duração predominante de 31,0 dias por caso/criança/ano. A taxa de difusão de parasitose alcançava 70,7% (Ascaris lumbricoides: 55,4%, Trichuris trichiura: 19,6%; Giardia lamblia: 17,9%). Após os melhoramentos no abastecimento de água e esgoto, a incidência de diarréia caiu para 45% e 44%, respectivamente. Quanto à parasitose, entretanto, não se constatou nenhum impacto estatisticamente significante. Também verificou-se que o grau de educação escolar e práticas de desmame são determinantes de grande importância na incidência de diarréia.

Keywords : Diarréia [incidência]; Helmintíase [incidence]; Abastecimento de água; Saneamento.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English