SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 issue5The use of tobacco by school children in ten Brazilian state capitals: possible contributions of multivariatc statistical analysis to an understandingHealth, nutrition and social class: the empirical link demonstrated author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

LIMA, Eronides da Silva; EUCLYDES, Marilene Pinheiro; CRUZ, Tancredo Almada  and  CASALI, Albino Dias. Condições sócio-econômicas, alimentação e nutrição da população urbana de uma localidade do Estado de Minas Gerais (Brasil). Rev. Saúde Pública [online]. 1989, vol.23, n.5, pp. 410-421. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101989000500008.

O objetivo do estudo foi identificar e caracterizar a situação alimentar e nutricional de diferentes estratos sócio-econômicos, da população urbana de Ponte Nova, MG, Brasil. A amostra foi constituída por 161 famílias estratificadas em faixas salariais, codificadas em 6 estratos. Analisou-se além dos dados sócio-econômicos, a adequação calórica e de nutrientes da cesta básica e o estado nutricional das crianças de O a 6 anos, utilizando-se os critérios de Gomez e Seoane-Lathan. Os resultados indicaram que 40% da amostra percebe renda inferior a dois salários mínimos, enquanto que 12% atinge o nível de renda superior a 10 salários. A população ocupada exerce relações apenas indireta com a produção, sendo absorvida pelo setor de serviços. Os serviços de saneamento cobrem extensivamente os estratos de renda mais elevados, os quais também têm melhores condições de habitações e recursos de saúde. A análise da cesta básica revela que a adequação nutricional amplia-se com o aumento da renda, atingindo níveis mais adequados apenas no estrato com renda superior a dez salários mínimos. O nível de percepção apresentado pelas famílias quanto à "suficiência" da alimentação, reforçou os resultados da adequação da cesta, em cada estrato. Quanto ao estado nutricional das crianças, verificou-se que a prevalência de desnutrição apresentou-se coerentemente com as condições sócio-econômicas, diminuindo com o aumento da renda e desaparecendo acima de dez salários mínimos.

Keywords : Inquéritos nutricionais; Fatores sócio-econômicos; Consumo de alimentos; Necessidades nutricionais.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese