SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue5The prevalence of anemia in first consultation pregnant women of health centers in a metropolitan area, BrazilResting places of mosquitoes Culex (Culex) in rural zones (Diptera: Culicidae) author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

HARDY, Ellen E.; PINOTTI, José A.; OSIS, Maria J. D.  and  FAUNDES, Anibal. Variáveis reprodutivas e risco para doenças benignas de mama: estudo caso-controle. Rev. Saúde Pública [online]. 1990, vol.24, n.5, pp. 387-393. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101990000500006.

Foram estudadas 257 mulheres com diagnóstico de doença benigna de mama (DBM), atestado por anatomopatológico ou citologia, e um controle para cada uma delas. Foram apresentados resultados das possíveis relações entre variáveis reprodutivas e o risco para DBM. Os casos e controles foram comparados levando em conta a idade na menarca e na menopausa, o número de gravidezes, de meses em que amamentaram e de ciclos menstruais ovulatórios, e os antecedentes familiares de câncer de mama. Mostraram influência significativa, em relação às DBM, a nuliparidade, aumentando o risco enquanto a idade de 30 ou mais anos no primeiro parto o reduziu; o número de ciclos ovulatórios, que foi significativamente maior para os casos, e a média de meses de uso de pílula, menor entre as mulheres com DBM. O uso de contraceptivos orais apresentou um efeito protetor apenas quando a duração total do uso foi maior que dois anos. Os resultados não se revelaram novos ou diferentes se comparados com outros estudos, mas confirmam a relativa concordância entre os fatores de risco para DBM e para câncer de mama, ainda que as relações entre esses fatores e as DBM não sejam tão claras como o são para o câncer, e existam também algumas discrepâncias.

Keywords : Doenças mamárias [epidemiologia]; Fatores de risco.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese