SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue6Adolescence and contraception: 1- A study of knowledge and use among women interned for childbirth or abortionCivil responsibility of physicians in liberal practice context: ethical-juridical aspects author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

CORDEIRO, Cláudia C.; SILVA, Egon V.; MIGUEL, Ornar  and  GERMANO, Pedro M. L.. Avaliação da vacina anti-rábica ERA, frente a variantes antigênicas do vírus da raiva, em diferentes períodos pós-imunização. Rev. Saúde Pública [online]. 1990, vol.24, n.6, pp. 512-517. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101990000600010.

Avaliou-se, em camudongos, os níveis de proteção conferidos por uma vacina anti-rábica atenuada, preparada em cultura de tecido renal a partir da amostra ERA, frente a diferentes variantes antigênicas dos vírus da raiva. Utilizaram-se dois esquemas de vacinação, representados por uma única dose e por 6 doses aplicadas em dias alternados. Os diferentes camundogos dos grupos experimentais foram desafiados, em diversos períodos pós-imunização (15, 30, 60 e 120 dias), com variantes procedentes de cães (São Paulo e Nigéria), de morcego (DR-19 e Pernambuco), de raposa (Rio Grande do Norte) e CVS "Challenge Virus Standard". Os resultados obtidos permitiram constatar que a vacina ERA foi eficaz contra todas as variantes de rua e silváticas do vírus rábico, independentemente do esquema vacinal. Contra as cepas adaptadas no laboratório DR-19 e CVS, quando aplicada em uma única dose, sua eficácia foi menor do que quando aplicada em 6 doses.

Keywords : Vacina antí-rábica; Eficácia; Raiva [prevenção].

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese