SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 issue6RC-IAL: rabbit kidney cell line - characteristics and substrate for viral multiplicationPrevalence of dental caries in schoolchildren in a metropolitan region of the Córdoba Province, Argentina author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

SANTOS, Ubiratan P. et al. Síndrome dos edifícios doentes em bancários. Rev. Saúde Pública [online]. 1992, vol.26, n.6, pp. 400-404. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101992000600005.

Foram identificadas associações entre conforto ambiental e sinais e sintomas entre trabalhadores expostos a ambientes fechados, ou seja, ambientes com ventilação e climatização artificiais. A população de estudo compreendeu 312 trabalhadores bancários distribuídos em dois edifícios localizados na Cidade de São Paulo. O delineamento é transversal com questionários autodirigidos, e a técnica de análise foi a regressão logística. A Síndrome dos Edifícios Doentes definida pela Organização Mundial da Saúde foi dividida em uma síndrome de sintomas gerais e em uma síndrome de sintomas de irritação de membrana mucosa. Foram relevantes para sintomas gerais, o sexo feminino, a organização do trabalho e a temperatura inadequada. Para sintomas de irritação de membrana mucosa, foram relevantes o sexo feminino e a temperatura inadequada. A organização do trabalho foi relevante para absenteísmo.

Keywords : Exposição ambiental; Doenças ocupacionais [epidemiologia]; Poluição do ar [efeitos adversos].

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese