SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 issue6Geographical patterns of proportionate mortality for the most common causes of death in BrazilFactors associated with the non-utilization of contraceptives in adolescence author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

ANJOS, Luiz A.. Índice de massa corporal (massa corporal.estatura-2) como indicador do estado nutricional de adultos: revisão da literatura. Rev. Saúde Pública [online]. 1992, vol.26, n.6, pp. 431-436. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101992000600009.

São discutidas as virtudes, limitações e possíveis aplicações do índice de massa corporal (IMC), também chamado de índice de Quételet, que é calculado pela divisão da massa corporal em quilogramas pelo quadrado da estatura em metros, como indicador do estado nutricional de adultos. Baseado numa revisão ampla da literatura, os limites de corte para a definição de sobrepeso (IMC ³ 25) e desnutrição energética crônica (IMC < 18,5) são apresentados e discutidos. Conclui-se que apesar de não representar a composição corporal de indivíduos, a facilidade de sua mensuração e a grande disponibilidade de dados de massa corporal e estatura parecem ser motivos suficientes para a utilização do IMC em estudos epidemiológicos, em associação (ou não) a outras medidas antropométricas, até que metodologias de campo que expressem a composição corporal sejam desenvolvidas para tais estudos.

Keywords : Estado nutricional; Índice de massa corporal; Obesidade; Desnutrição protéico-calórica.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese