SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 issue1Prevalence of smoking and associated factors in a metropolitan area of southern BrazilQualitative research in health studies: methodological reflections on the oral account and narrative technique in a study on the medical profession author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

BASTOS, Francisco Inácio  and  BARCELLOS, Christovam. Geografia social da AIDS no Brasil. Rev. Saúde Pública [online]. 1995, vol.29, n.1, pp. 52-62. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101995000100009.

São divulgados os primeiros resultados da avaliação da dinâmica da epidemia da AIDS no Brasil através de técnicas de análise da distribuição espacial. São revisadas questões metodológicas, apontando as dificuldades de estabelecer regiões geográficas homogêneas no Brasil. Descrevem-se tendências recentes da dinâmica da epidemia da AIDS no Brasil - pauperização, interiorização e alteração na participação proporcional das categorias de exposição. Avalia-se a distribuição de casos de AIDS por Unidades da Federação (UFs), confeccionando-se mapas relativos à disseminação da epidemia no período 1987-1993 nas diversas UFs, estabelecendo-se os Centros Gravimétricos (CGs) relativos a esses anos. A análise do posicionamento e deslocamento pluri-anual desses CGs indica a força atrativa do Estado de São Paulo como pólo de difusão da epidemia e uma expansão simultânea da epidemia em direção às fronteiras de ocupação. Essas tendências colocam dificuldades adicionais às atividades de prevenção ao acrescentarem novos segmentos populacionais e regiões geográficas ao quadro observado inicialmente nas principais regiões metropolitanas e segmentos mais afetados.

Keywords : Síndrome de imunodefidência adquirida [epidemiologia]; Distribuição espacial; Fatores socioeconômicos.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese