SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 issue5Hair mercury levels in different occupational groups in Southern Bolivar (Columbia)Isolation of thermotolerant Campylobacter species from two populations of chickens bred in confinement and at liberty author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

RIBEIRO, Lindioneza Adriano; JORGE, Miguel Tanús  and  IVERSSON, Lygia Bush. Epidemiologia do acidente por serpentes peçonhentas: estudo de casos atendidos em 1988. Rev. Saúde Pública [online]. 1995, vol.29, n.5, pp. 380-388. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101995000500007.

Foram avaliados aspectos epidemiológicos de acidentes por serpentes peçonhentas no Estado de São Paulo, Brasil, com base em prontuários de 322 pacientes e em entrevistas feitas com 209 deles e/ou seus acompanhantes. Os acidentes ocorreram principalmente com pessoas de 10 a 20 anos de idade, do sexo masculino, nos meses de outubro a abril e no período diurno. As regiões anatômicas mais freqüentemente picadas foram os pés, as mãos e as pernas. Bothrops, Crotalus e Micrurus foram responsáveis por, respectivamente, 95,0%, 4,4% e 0,6% dos casos. Não ocorreram óbitos, mas 2,2% dos pacientes apresentaram seqüelas. Dentre os 209 entrevistados, a ocupação de lavrador foi a mais freqüentemente relacionada ao acidente que, em aproximadamente 60% das vezes, ocorreu durante o trabalho. O total de 160 pacientes (76,6%) submeteram-se a alguma forma de tratamento antes de chegarem a um serviço de saúde: foram mais comuns o uso de torniquete (50,2%), a expressão local na tentativa de retirar parte do veneno (33,5%), a colocação das mais diversas substâncias sobre o local da picada (36,8%) e a ingestão de outras (12,9%); pouco mais de um quarto dos pacientes submeteram-se a alguma forma de tratamento médico antes de chegar ao HVB sendo mais comum a antissepsia (8,2%), a administração do antiveneno (6,2%), de anti-histamínicos (5,7%) e de analgésicos (5,3%).

Keywords : Mordeduras de cobra [epidemiologia].

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese