SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 issue4Hearing findings in subjects after meningitisAflatoxins in foodstuffs: current concepts on mechanisms of toxicity and its involvement in the etiology of hepatocellular carcinoma author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

REQUEJO, Henry I. Z.. Comportamento imunológico das vacinas anti-meningocócicas. Rev. Saúde Pública [online]. 1997, vol.31, n.4, pp. 402-416. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101997000400010.

A doença meningocócica continua sendo um grande problema de saúde pública em todos os continentes, e as vacinas anti-meningocócicas têm sido indicadas na prevenção e controle de epidemias. As vacinas polissacarídicas A e C são relativamente eficazes, com comportamentos imunológicos distintos frente às faixas etárias; no entanto, para o sorogrupo B, embora existam numerosos estudos internacionais até agora já desenvolvidos, ainda não se tem uma vacina altamente segura e eficaz de ampla aceitação. O polissacáride capsular do meningococo B não é imunogênico devido ao seu mimetismo com componentes celulares do hospedeiro. Tentativas de se introduzir carreadores protéicos vêm sendo feitas para se obter uma vacina que seja imunogênica em todas as faixas etárias e de preferência protetora contra todos os meningococos. Foi feita revisão da literatura com o objetivo de estudar o comportamento imunológico de todas as vacinas, até então desenvolvidas, e mostrar os esforços que estão sendo empreendidos no sentido de se buscar um produto seguro e eficaz para o controle da doença meningocócica

Keywords : Vacinas bacterianas; Meningite meningocócica [imunologia]; Imunidade.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese