SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 issue3The impact of living on the streets on latency children's friendships author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

BRICKS, Lucia Ferro. Indicação de vacinas e imunoglobulinas em indivíduos que apresentam comprometimento da imunidade. Rev. Saúde Pública [online]. 1998, vol.32, n.3, pp. 281-294. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101998000300012.

Com base na literatura, foi feita revisão sobre as recomendações para uso de vacinas e imunoglobulinas em indivíduos que apresentam comprometimento total ou parcial da imunidade, sobretudo relativa à decada de noventa. A análise de 75 referências permite chegar às principais conclusões: as vacinas contendo agentes vivos, geralmente são contra-indicadas para indivíduos que apresentam condições que determinam acentuado comprometimento da imunidade; as vacinas que contêm agentes mortos ou apenas frações antigênicas, apesar de serem menos imunogênicas e conferirem menores taxas de proteção aos imunodeprimidos, quando comparadas aos normais, são seguras e devem ser administradas a esses indivíduos. A imunização passiva é indicada nas mesmas doses para indivíduos imunodeprimidos e pessoas normais, com exceção da imunoglobulina contra o sarampo, que deve ser administrada aos imunodeprimidos no dobro das doses habituais, sempre que tiverem contato com sarampo, independentemente de sua situação vacinal anterior. Para aumentar a proteção dos imunodeprimidos contra a varicela e a influenza, recomenda-se vacinar contra essas doenças os familiares e os profissionais que atendam esses indivíduos.

Keywords : Vacinas; Imunidade; Imunoglobulinas.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese