SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 issue4Prevalence of dental caries and treatment needs in 6 to 12 year-old schoolchildren at public schoolsAssessment of the health program for the non-insured population author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

FARIA, Neice MX; FACCHINI, Luiz A; FASSA, Anaclaudia G  and  TOMASI, Elaine. Estudo transversal sobre saúde mental de agricultores da Serra Gaúcha (Brasil). Rev. Saúde Pública [online]. 1999, vol.33, n.4, pp. 391-400. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101999000400011.

OBJETIVO: Considerando a escassez de estudos rurais de base populacional, buscou-se avaliar as associações entre características do trabalho rural e a ocorrência de morbidade psiquiátrica menor- MPM. MÉTODOS: Utilizando delineamento transversal, estudaram-se 1.282 agricultores de 446 estabelecimentos. As informações foram coletadas por entrevista direta, a partir da percepção do trabalhador. O índice de Kappa foi adotado para controle de qualidade. Caracterizaram-se as condições produtivas, dados sociodemográficos e indicadores de saúde mental. RESULTADOS: A prevalência de MPM afetou 37,5% dos agricultores. As prevalências foram maiores entre produtores de feijão e menores entre os de maçã. Encontrou-se risco aumentado nos estabelecimentos de 26 a 50 ha, e risco reduzido associado à maior mecanização e aumento de escolaridade. A ocorrência de intoxicação por agrotóxicos mostrou forte associação com MPM, embora não se possa definir a direção dessa associação. CONCLUSÕES: Os resultados alertam para a dimensão dos problemas e para a urgência de medidas que visem a proteger a saúde dos agricultores.

Keywords : Saúde mental; Trabalhadores rurais; Praguicidas [envenenamento]; Escolaridade.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese