SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 issue1Bridge-coding between revisions of the International Classification of Diseases: causes of deathParity and ovarian development of Anopheles albitarsis l.s. in irrigated agroecosystem field author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

MORAES, Ivany R de; DEL MASTRO, Nélida L; JAKABI, Miyoko  and  GELLI, Dilma S. Estudo da radiosensibilidade ao 60CO do Vibrio cholerae O1 incorporado em ostras. Rev. Saúde Pública [online]. 2000, vol.34, n.1, pp. 29-32. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102000000100006.

OBJETIVO: Avaliar a eficiência da radiação ionizante por 60CO na eliminação de Vibrio cholerae O1, El Tor Ogawa, não-toxigênico, incorporados laboratorialmente em ostras vivas da espécie Crassostrea brasiliana. MÉTODO: Foram selecionadas amostras de ostras provenientes de Cananéia (litoral sul de São Paulo, Brasil), as quais foram contaminadas com Vibrio cholerae e irradiadas com doses de 0,5 kGy e 1,0 kGy. RESULTADOS: Foram observadas diminuições significativas do número inicial do microrganismo indicado: de 3,4.107 para 103 e 102, respectivamente. Os valores de D10 correspondentes foram de 0,173 a 0,235. CONCLUSÃO: Adotando-se o fator 6 como nível de segurança, conclui-se que a dose de irradiação de 1,41 kGy é necessária para eliminar números elevados de células viáveis de V. cholerae em ostras. Os experimentos foram realizados com os controles respectivos.

Keywords : Ostras [microbiologia]; Vibrio cholerae [efeitos adversos]; Tolerância à radiação.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese