SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 issue1Bridge-coding between revisions of the International Classification of Diseases: causes of deathParity and ovarian development of Anopheles albitarsis l.s. in irrigated agroecosystem field author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista de Saúde Pública

On-line version ISSN 1518-8787Print version ISSN 0034-8910

Abstract

MORAES, Ivany R de; DEL MASTRO, Nélida L; JAKABI, Miyoko  and  GELLI, Dilma S. Estudo da radiosensibilidade ao 60CO do Vibrio cholerae O1 incorporado em ostras. Rev. Saúde Pública [online]. 2000, vol.34, n.1, pp.29-32. ISSN 1518-8787.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102000000100006.

OBJETIVO: Avaliar a eficiência da radiação ionizante por 60CO na eliminação de Vibrio cholerae O1, El Tor Ogawa, não-toxigênico, incorporados laboratorialmente em ostras vivas da espécie Crassostrea brasiliana. MÉTODO: Foram selecionadas amostras de ostras provenientes de Cananéia (litoral sul de São Paulo, Brasil), as quais foram contaminadas com Vibrio cholerae e irradiadas com doses de 0,5 kGy e 1,0 kGy. RESULTADOS: Foram observadas diminuições significativas do número inicial do microrganismo indicado: de 3,4.107 para 103 e 102, respectivamente. Os valores de D10 correspondentes foram de 0,173 a 0,235. CONCLUSÃO: Adotando-se o fator 6 como nível de segurança, conclui-se que a dose de irradiação de 1,41 kGy é necessária para eliminar números elevados de células viáveis de V. cholerae em ostras. Os experimentos foram realizados com os controles respectivos.

Keywords : Ostras [microbiologia]; Vibrio cholerae [efeitos adversos]; Tolerância à radiação.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )