SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 issue1Radiosensibility of Vibrio cholerae o1 incorporated in oysters, to 60COEffects of environmental tobacco smoke on lower respiratory system of children under 5 years old author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

KAKITANI, Iná  and  FORATTINI, Oswaldo Paulo. Paridade e desenvolvimento ovariano de Anopheles albitarsis l.s. em área de agroecossistema irrigado. Rev. Saúde Pública [online]. 2000, vol.34, n.1, pp. 33-38. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102000000100007.

OBJETIVO: Conhecer a paridade, o desenvolvimento ovariano e a razão de sobrevivência da espécie Anopheles albitarsis, visando a estimar o potencial de transmissão malárica. MÉTODOS: Duas populações de Anopheles albitarsis, denominadas A e B, foram capturadas na Fazenda Experimental do Instituto Agronômico de Campinas, situada no Município de Pariquera-Açu, Estado de São Paulo. As capturas foram feitas no período crepuscular vespertino das 17h às 20h, utilizando-se armadilha tipo Shannon. As dissecções foram feitas utilizando-se a técnica de Polovodova, e a avaliação do desenvolvimento folicular segundo o critério de Christophers e Mer. Adotou-se o método de Vercrusse para se estimar a sobrevivência diária e o método de Davidson para se determinar a duração do ciclo gonotrófico. RESULTADOS: Foram dissecados 2.612 exemplares, sendo 237 da população A e 2.375 da B. As sobrevivências diárias para as populações A e B foram de 0,5339±0,047 e 0,5566±0,015, respectivamente, e a duração do ciclo gonotrófico para a população A foi de 1.990 dias e para a B de 2.046 dias. CONCLUSÕES: Os resultados contribuem para a avaliação do potencial de transmissão malárica na região.

Keywords : Anopheles [fisiologia]; Paridade [fisiologia]; Análise de sobrevivência.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese