SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 issue1Effects of environmental tobacco smoke on lower respiratory system of children under 5 years oldDietary fiber consumption in an adult population author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

SILVA, Nilza N da; PEDROSO, Glaura C; PUCCINI, Rosana F  and  FURLANI, Wellington J. Desigualdades sociais e uso de serviços de saúde: evidências de análise estratificada. Rev. Saúde Pública [online]. 2000, vol.34, n.1, pp. 44-49. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102000000100009.

OBJETIVO: Identificar os grupos populacionais não alcançados pelo programa local de saúde materno-infantil, buscando caracterizar os possíveis pontos de exclusão, com vistas ao estudo de intervenções capazes de ampliar o acesso e a utilização das principais ações de saúde oferecidas pelo programa. MÉTODOS: Estudou-se uma amostra de 465 menores de um ano residentes no Município de Embu, SP (Brasil). A análise estatística, orientada pela hipótese que esperava maior disponibilidade de planos de saúde entre as famílias que não usavam o programa local de saúde infantil, consistiu em análises de associação estratificadas que buscaram detectar heterogeneidade entre os quatro estratos de famílias e no interior deles, definidos segundo diferentes padrões de condições de vida. RESULTADOS: Apesar de apenas 85,4% das crianças estudadas serem matriculadas nas unidades básicas de saúde, 91,2 % eram assistidas pelas principais ações de saúde. No estrato 3, onde reside a população periférica, estão concentradas as crianças não alcançadas pelo programa. O estudo de diferenças dentro dos estratos revelou que também no estrato 3 encontra-se a possibilidade de que algumas famílias estejam usando convênios ou planos de saúde como alternativa ao programa local de saúde. Os resultados apontam ainda que a população com piores condições de vida (favelas) dispõe do sistema público do município como única alternativa para cuidar de sua saúde. CONCLUSÕES: É na população residente na periferia do município que se concentram as crianças não assistidas pelo programa local de saúde infantil e existe maior heterogeneidade entre as famílias quanto à disponibilidade de outros recursos para os cuidados de saúde de suas crianças.

Keywords : Serviços de saúde infantil [utilização]; Eqüidade; Acesso aos serviços de saúde; Necessidades e demanda de serviços de saúde; Sistemas locais de saúde.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese