SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.36 issue3Aspects of anticontraception methods used on São Paulo State, BrazilSurvival of adult AIDS patients in a reference hospital of a metropolitan area in Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

DUARTE, Graciana Alves et al. Perspectiva masculina acerca do aborto provocado. Rev. Saúde Pública [online]. 2002, vol.36, n.3, pp. 271-277. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102002000300003.

OBJETIVO: Analisar a perspectiva de homens de uma comunidade universitária que viviam em união legal ou consensual acerca do aborto provocado. MÉTODOS: Estudo descritivo de corte transversal em que se analisaram informações de 361 entrevistados, pertencentes a diferentes categorias de uma universidade. Utilizou-se o teste de qui-quadrado para avaliar a associação das variáveis dependentes com as independentes. RESULTADOS: Dos entrevistados, 53% afirmaram que as mulheres têm direito a interromper a gestação; as situações de maior aceitação foram: risco de vida da gestante (85%), gravidez resultante de estupro (80%) e anomalia fetal (75%). As variáveis associadas à opinião masculina favorável ao aborto foram: maior escolaridade dos homens e das parceiras e o grupo (docente/aluno) a que pertencia o entrevistado. CONCLUSÕES: Os entrevistados tenderam a ser mais favoráveis ao aborto nas situações já legitimadas legal e/ou socialmente. O maior grau de escolaridade, tanto deles quanto das parceiras, apareceu como relevante para determinar a postura em relação ao aborto.

Keywords : Aborto induzido; Conhecimentos, atitudes e prática; Homens; Planejamento familiar; Saúde reprodutiva; Fatores socioeconômicos; Escolaridade; Universidades; Relações de gênero; Perspectiva masculina.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese