SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.37 issue6Assessment of urinary trans, trans-muconic acid as a biomarker of exposure to benzeneWHOQOL-OLD Project: method and focus group results in Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

KANEGANE, Kazue; PENHA, Sibele Sarti; BORSATTI, Maria Aparecida  and  ROCHA, Rodney Garcia. Ansiedade ao tratamento odontológico em atendimento de urgência. Rev. Saúde Pública [online]. 2003, vol.37, n.6, pp. 786-792. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102003000600015.

OBJETIVO: Avaliar a freqüência de pacientes com ansiedade ou medo do tratamento odontológico em um setor de urgência. MÉTODOS: Participaram do estudo 252 pacientes, com 18 anos ou mais, que compareceram ao setor de urgência de uma faculdade de odontologia, de São Paulo, SP, entre agosto e novembro de 2001. Para avaliar a ansiedade, foram utilizadas a Modified Dental Anxiety Scale (MDAS), e a Escala de Medo de Gatchel. O grupo estudado respondeu a questões sobre: tempo decorrido desde a última visita ao dentista e desde o início dos sintomas, escolaridade, renda familiar e história prévia de trauma. Os resultados foram analisados pelos testes estatísticos (c2 e Teste Exato de Fisher). RESULTADOS: Foram identificados 28,2% de indivíduos com algum grau de ansiedade, segundo a MDAS, na qual as mulheres foram consideradas mais ansiosas que os homens (c2=0,01); e 14,3% de pacientes com alto grau de medo segundo a Escala de Medo de Gatchel. Em 44,4% da amostra a demora para procura de alívio dos sintomas foi > sete dias. Mulheres ansiosas procuraram atendimento mais rapidamente e em maior número. Experiência traumática anterior ocorreu em 46,5% dos pacientes ansiosos. Não foi possível relacionar escolaridade e renda familiar com ansiedade e/ou medo. CONCLUSÕES: Pacientes ansiosos, com destaque para as mulheres, são freqüentes no atendimento odontológico de urgência. Experiência prévia traumática mostrou-se importante para o desenvolvimento da ansiedade em relação ao atendimento odontológico.

Keywords : Ansiedade ao tratamento odontológico; Emergências; Medo; Fatores socioeconômicos.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese