SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 número1Padrão temporal das internações e óbitos por diarréia em crianças, 1995 a 1998, Rio de JaneiroDeterminantes sociais e padrões de consumo de álcool na Bahia, Brasil índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Page  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista de Saúde Pública

versão On-line ISSN 1518-8787versão impressa ISSN 0034-8910

Resumo

VICO, Eneida S Ramos  e  LAURENTI, Ruy. Mortalidade de crianças usuárias de creches no Município de São Paulo. Rev. Saúde Pública [online]. 2004, vol.38, n.1, pp.38-44. ISSN 1518-8787.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102004000100006.

OBJETIVO: Descrever o comportamento da mortalidade em crianças usuárias de creches. MÉTODOS: Trata-se de estudo descritivo da mortalidade de crianças da faixa etária de zero a seis anos e 11 meses, matriculadas em toda a Rede Pública Municipal de Creches de São Paulo (Br), no período de 1995 a 1999. As variáveis de interesse foram sexo, idade, causa básica de morte, tempo de permanência na creche e sazonalidade. RESULTADOS: O coeficiente médio de mortalidade observado para o período foi de 36,4 por cem mil crianças. Do total das mortes, 32,7% ocorreram em menores de um ano e 78,4% em crianças com até três anos. Quanto ao tempo de permanência, 54,2% não chegaram a completar seis meses, destacando os três meses iniciais que concentraram 36,3% das mortes. A maioria dos óbitos ocorreu nos meses de inverno e outono, respectivamente, 31,8% e 29,6%. As causas de morte mais freqüentes foram de origem infecciosa: pneumonias (29,6%), infecção meningocócica (13,0%), meningites não meningocócicas (8,5%), gastroenterites (7,6%), varicela (5,4%). As causas externas representaram 13,5% devido a quedas, atropelamentos, afogamentos, queimaduras e agressões. CONCLUSÕES: A maior parte das mortes ocorreu em menores de três anos e decorreu de causas evitáveis, algumas delas preveníveis por vacinas.

Palavras-chave : Mortalidade infantil; Creches; Causa básica de morte; Coeficiente de mortalidade; Variações sazonais.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf ) | Inglês ( pdf )