SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 issue2Level of knowledge of the compositions of analgesic medication containing aspirinUse of antimicrobial drugs in an urban population author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

BERTOLDI, Andréa D; BARROS, Aluísio J D; HALLAL, Pedro C  and  LIMA, Rosângela C. Utilização de medicamentos em adultos: prevalência e determinantes individuais. Rev. Saúde Pública [online]. 2004, vol.38, n.2, pp. 228-238. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102004000200012.

OBJETIVO: Estudar os padrões de utilização de medicamentos, classificando-os por grupos farmacológicos e verificando os determinantes individuais desse uso. MÉTODOS: Delineamento transversal de base populacional. Amostra composta por 3.182 indivíduos com 20 anos de idade ou mais, residentes na região urbana do município de Pelotas, RS. O processo de amostragem foi conduzido em múltiplos estágios. O instrumento foi um questionário estruturado, utilizando um período recordatório de 15 dias e aplicado através de entrevistas individuais. Na análise bruta, foram utilizados os seguintes testes: qui-quadrado para comparação de proporções, teste t para comparação de médias e o teste de tendência linear. A análise ajustada foi conduzida através de uma regressão de Poisson. RESULTADOS: A prevalência de uso global de medicamentos foi de 65,9%. Os seguintes grupos apresentaram maiores prevalências de utilização de medicamentos após análise ajustada: mulheres, idosos, indivíduos de nível econômico mais elevado e com pior autopercepção de saúde. Os grupos farmacológicos mais utilizados foram os analgésicos, antiinflamatórios e anti-hipertensivos. CONCLUSÕES: A prevalência de uso de medicamentos foi superior às encontradas em outros estudos nacionais e internacionais. O estudo dos determinantes individuais de utilização de medicamentos indica os grupos mais sujeitos ao uso excessivo, o que pode embasar estratégias específicas para diminuir a utilização nesses grupos, tais como políticas mais restritivas para prescrição e venda de medicamentos.

Keywords : Uso de medicamentos; Farmacoepidemiologia; Prescrição de medicamentos; Prevalência; Estudos transversais.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese