SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 issue3Breast cancer's secondary prevention and associated factorsDrug use during in-hospital birth delivery stay author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

GIGLIO, Margareth Rocha Peixoto; LAMOUNIER, Joel Alves  and  MORAIS NETO, Otaliba Libânio de. Via de parto e risco para mortalidade neonatal em Goiânia no ano de 2000. Rev. Saúde Pública [online]. 2005, vol.39, n.3, pp. 350-357. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102005000300004.

OBJETIVO: Determinar os fatores responsáveis pela associação entre via de parto normal e maior mortalidade neonatal, em coorte de recém-nascidos. MÉTODOS: Estudo de coorte retrospectiva, constituído por meio do sistema de linkage a partir dos arquivos do Sistema de Informações de Nascimentos e do Sistema Informações de Mortalidade, onde foram incluídos todos os recém-nascidos de Goiânia, no ano de 2000. Foi realizada análise estratificada da via de parto e das categorias de hospital de nascimento por fatores de risco para a mortalidade neonatal, com cálculo do Risco Relativo, com nível de significância de 5%. As associações estatísticas foram analisadas utilizando o teste qui-quadrado com nível de significância de 5%. RESULTADOS: O parto normal foi mais realizado que o operatório em situações de maior risco para a morte neonatal. Os hospitais públicos, onde o parto normal foi mais freqüente, atenderam a população de maior risco para a morte neonatal. Os hospitais privados sem atendimento ao Sistema Único de Saúde realizaram a cesariana em 84,9% dos casos. Nesses serviços, o parto normal foi realizado principalmente em situações de risco para a morte neonatal como: prematuridade extrema e muito baixo peso ao nascer. CONCLUSÕES: A associação entre parto normal e maior ocorrência de óbito neonatal decorreu de viés de seleção devido à distribuição das gestantes na rede hospitalar e, ainda, da realização quase universal de cesarianas em gestações de baixo risco e do parto normal nas gestações de alto risco para a morte neonatal.

Keywords : Parto normal [estatísticas e dados numéricos]; Parto obstétrico [estatísticas e dados numéricos]; Mortalidade neo-natal [saúde pública]; Fatores de Risco; Recém-nascido de baixo peso; Hospitais privados; Hospitais públicos; SUS (BR).

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese