SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 issue6Estimation of the dog and cat population in the State of São PauloValidation of Diabetes Mellitus knowledge (DKN-A) and attitude (ATT-19) questionnaires author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

BERGEL, Fernando Skazufka  and  GOUVEIA, Nelson. Retornos freqüentes como nova estratégia para adesão ao tratamento de tuberculose. Rev. Saúde Pública [online]. 2005, vol.39, n.6, pp. 898-905. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102005000600005.

OBJETIVO: Um dos principais obstáculos para o controle da tuberculose é o abandono de tratamento. O objetivo do estudo foi avaliar a estratégia de retornos freqüentes instituída no Programa de Controle da Tuberculose de Ubatuba, bem como o Programa como um todo, identificando e quantificando os potenciais fatores de risco associados ao abandono. MÉTODOS: O estudo foi realizado em Ubatuba, Estado de São Paulo. Foram incluídos todos os pacientes (n=224) notificados pelo Programa de Controle da Tuberculose, nos dois anos anteriores e posteriores à implementação dos retornos freqüentes (1999). Efetuaram-se a análise descritiva dos pacientes, análise dos resultados de tratamento e de indicadores de avaliação do Programa. Foram realizadas análises univariadas e multivariadas para identificar possíveis fatores de risco associados ao abandono. Também foi avaliada a estratégia de retornos freqüentes por meio do teste do qui-quadrado. RESULTADOS: A estratégia reduziu o risco de abandono de tratamento de tuberculose de 12,3% para 4,9%. Os fatores de risco associados ao abandono foram não ter nenhuma escolaridade (OR=3,01; p=0,051), estar desempregado (OR=3,36; p=0,046) e ser dependente de álcool (OR=3,56; p=0,014). CONCLUSÕES: A estratégia de retornos freqüentes reduziu o risco de abandono de tratamento de tuberculose, embora os resultados não tenham alcançado significância estatística devido ao número reduzido de desfechos. Todavia, mostrou ser uma alternativa ao tratamento supervisionado para todos os pacientes, como recomendado pela Organização Mundial de Saúde.

Keywords : Tuberculose; Programas nacionais de saúde; Aceitação pelo paciente de cuidados de saúde; Desistência do paciente; Recusa do paciente ao tratamento; Terapia diretamente observada.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese