SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.40 issue5Fuzzy logic and logistic regression in the decision making for parathyroid scintigraphy studyPublic control and equity of access to hospitals under non-State public administration author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

OPROMOLLA, Paula A; DALBEN, Ivete  and  CARDIM, Márcio. Análise geoestatística de casos de hanseníase no Estado de São Paulo, 1991-2002. Rev. Saúde Pública [online]. 2006, vol.40, n.5, pp. 907-913. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102006000600022.

OBJETIVO: Analisar o padrão espacial da ocorrência dos casos de hanseníase para identificar áreas com probabilidade de riscos de transmissão da doença. MÉTODOS: Estudo ecológico, tendo como unidade de análise os municípios do Estado de São Paulo georreferenciados em seus centróides. A fonte de dados utilizada foi o banco informatizado dos casos de hanseníase notificados do Centro de Vigilância Epidemiológica do Estado de São Paulo, no período de 1991 a 2002. Utilizou-se de técnicas de geoestatística para a detecção das áreas de probabilidade de risco para hanseníase e quantificação da dependência espacial dos casos. RESULTADOS: Detectou-se o alcance de dependência espacial de 0,55 graus de coordenadas georreferenciadas, correspondendo aproximadamente a 60 km. As principais áreas de probabilidade de risco encontradas foram as regiões nordeste, norte e noroeste do Estado. CONCLUSÕES: A verificação de áreas com probabilidades de riscos de casos de hanseníase, utilizando-se a análise da dependência espacial, pode ser ferramenta útil para avaliar a situação de saúde e planejar alocação de recursos.

Keywords : Hanseníase [epidemiologia]; Distribuição espacial; Sistemas de informação geográfica; Estudos ecológicos.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese