SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.41 issue3Rabies virus in naturally infected bats in the State of São Paulo, Southeastern BrazilKnowledge and practices by adolescents in preventing occupational injuries: a qualitative study author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

VIEIRA, Denise Leite; RIBEIRO, Marcelo; ROMANO, Marcos  and  LARANJEIRA, Ronaldo R. Álcool e adolescentes: estudo para implementar políticas municipais. Rev. Saúde Pública [online]. 2007, vol.41, n.3, pp. 396-403. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102006005000022.

OBJETIVO: Traçar um perfil de estudantes em relação ao consumo de álcool e comportamentos de risco. MÉTODOS: Participaram do estudo 1.990 alunos, com idade entre 11 e 21 anos, de ambos os sexos, matriculados em escolas públicas e privadas de Paulínia, SP, 2004. Um questionário de auto-preenchimento foi respondido em sala de aula, sem a presença do professor. Analisou-se a percepção da disponibilidade e facilidade de acesso às bebidas alcoólicas, contexto do beber e conseqüências do consumo. RESULTADOS: A prevalência de uso de álcool na vida foi de 62,2%. Em relação aos últimos 30 dias, 17,3% dos alunos relataram pelo menos um episódio de abuso agudo. Os adolescentes reportaram que adquiram facilmente bebidas alcoólicas de estabelecimentos comerciais e também em contextos sociais com parentes e amigos. Apenas 1% dos menores de idade relatou que tentou, mas não conseguiu comprar bebida alcoólica. Como conseqüências negativas do consumo nos últimos 12 meses, os estudantes relataram ter passado mal por ter bebido (17,9%), arrependimento por algo que fizeram sob o efeito do álcool (11%), blackout (9,8%) e ter brigado após beber (5%). Mais da metade (55%) dos estudantes conhecia alguém que sofreu acidente de trânsito provocado por motorista embriagado. CONCLUSÕES: Os dados revelaram alta prevalência de consumo de álcool entre os adolescentes estudados e fácil acesso às bebidas alcoólicas, inclusive por menores de idade. Os jovens se colocaram em risco e apresentaram conseqüências negativas do consumo de álcool. Há necessidade de ações imediatas em relação às políticas públicas para o consumo de álcool no Brasil.

Keywords : Adolescente; Consumo de bebidas alcoólicas [efeitos adversos]; Consumo de bebidas alcoólicas [prevenção e controle]; Política social; Estudantes; Comportamento do adolescente; Questionários.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese