SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.41 issue6Validity of self-reported diabetes and its determinants: evidences from the Bambuí studyUse of theories and models on papers of a Latin-American journal in public health, 2000 to 2004 author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

FIGUEIREDO, Valeska Carvalho et al. Determinantes dos níveis de cotinina salivar: um estudo de base populacional no Brasil. Rev. Saúde Pública [online]. 2007, vol.41, n.6, pp. 954-962.  Epub Oct 26, 2007. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102006005000048.

OBJETIVO: Realizou-se um estudo transversal para analisar a relação entre número de cigarros fumados e outras características com a concentração de cotinina salivar entre fumantes. MÉTODOS: Fumantes ativos de 15 anos ou mais foram selecionados por meio de amostra probabilística em múltiplos estágios no ano 2000, município do Rio de Janeiro, Brasil. O estudo incluiu 401 fumantes. A concentração de cotinina salivar foi determinada utilizando-se cromatografia gasosa com detector de nitrogênio/fósforo. Coletaram-se informações demográficas e sobre o comportamento tabágico utilizando-se questionário padronizado. A relação entre o número de cigarros fumados nas últimas 24h e o nível de cotinina foi analisada utilizando técnica não paramétrica baseada em regressões robustas locais ponderadas. RESULTADOS: O nível médio ajustado de cotinina foi significativamente (p<0,05) mais elevado entre indivíduos que fumaram o primeiro cigarro até cinco minutos depois de acordar e entre os que fumaram de um a 20 cigarros nas últimas 24h e tragavam mais de metade das vezes. Considerando-se fumantes de um a 20 cigarros, a inclinação da curva de regressão foi significativamente maior entre os que, após acordar, esperam mais de cinco minutos para fumar e para os que consumiam cigarros "suaves", quando comparados a seus opostos. Essas heterogeneidades desaparecem ao se excluir indivíduos com cotinina inferior a 40 ng/ml/cigarro. CONCLUSÕES: Houve associação positiva entre referir fumar até cinco minutos depois de acordar e tragar mais da metade das vezes e níveis de cotinina salivar. Essas informações podem ser marcadores de dependência e maior absorção de nicotina entre fumantes. A cotinina salivar mostrou-se útil como biomarcador do uso recente de tabaco a ser usado em estudos epidemiológicos e programas de cessação de fumar.

Keywords : Tabagismo; Cotinina [farmacocinética]; Estudos transversais.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English