SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.42 suppl.1Knowledge and risk perception on HIV/AIDS by Brazilian population, 1998 and 2005Changes in HIV testing in Brazil between 1998 and 2005 author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

GARCIA, Sandra; KOYAMA, Mitti Ayako Hara  and  GRUPO DE ESTUDOS EM POPULACAO, SEXUALIDADE E AIDS. Estigma, discriminação e HIV/Aids no contexto brasileiro, 1998 e 2005. Rev. Saúde Pública [online]. 2008, vol.42, suppl.1, pp. 72-83. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102008000800010.

OBJETIVO: Identificar a prevalência de atitudes discriminatórias em dois momentos da epidemia brasileira de HIV/Aids e possíveis mudanças ocorridas. MÉTODOS: O Índice de Intenção de Discriminação foi obtido por pontuação, somando 1 para situações de discriminação ou 0, para o caso contrário. As faixas de intenção de discriminação foram estabelecidas por meio da técnica de cluster, compatibilizadas entre os estudos de 1998 e 2005. Para verificar associação entre o índice e as variáveis sociodemográficas, utilizou-se comparações de médias, teste qui-quadrado, e modelos ajustados de regressão logito ordenado. RESULTADOS: Houve redução estatisticamente significante na proporção de pessoas entre as pesquisas de 1998 e 2005 que responderam sim à obrigatoriedade do teste anti-HIV para: a admissão no emprego, antes do casamento, ingresso nas forças armadas, usuários de drogas, entrada de estrangeiros no país, profissionais do sexo e para todas as pessoas. Possuir menor escolaridade, ser do sexo feminino, ter acima de 45 anos e residir na região Norte/Nordeste são fatores associados ao maior nível de intenção de discriminação. CONCLUSÕES: O crescimento da intenção de discriminação mostra que as informações sobre formas de transmissão e não transmissão da Aids ainda necessitam de melhor elaboração e divulgação, principalmente entre as populações de menor escolaridade, residentes nos estados do Norte/Nordeste, do sexo feminino e pertencentes à faixa etária acima de 45 anos.

Keywords : Síndrome de Imunodeficiência Adquirida; Estigma; Preconceito; Conhecimentos [Atitudes e Prática em Saúde]; Estudos Populacionais em Saúde; Brasil; Estudos transversais; Brasil.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese