SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.42 suppl.1Drug and alcohol use: main findings of a national survey, Brazil 2005Intimate partner sexual violence among men and women in urban Brazil, 2005 author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

BASTOS, Francisco I; CUNHA, Cynthia B; BERTONI, Neilane  and  GRUPO DE ESTUDOS EM POPULACAO, SEXUALIDADE E AIDS. Uso de substâncias psicoativas e métodos contraceptivos pela população urbana brasileira, 2005. Rev. Saúde Pública [online]. 2008, vol.42, suppl.1, pp. 118-126. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102008000800014.

OBJETIVO: Analisar a relação entre os padrões de utilização de preservativos e outros métodos contraceptivos e o consumo de álcool e drogas. MÉTODOS: Estudo exploratório com base em dados de amostra probabilística com 5.040 entrevistados residentes em grandes regiões urbanas do Brasil, com idades entre 16 e 65 anos, em 2005. Os dados foram coletados por meio de questionários. Empregou-se a técnica de árvores de classificação Chi-square Automatic Interaction para estudar o uso de preservativos por parte de entrevistados de ambos os sexos e de outros métodos contraceptivos entre as mulheres na última relação sexual vaginal. RESULTADOS: Entre adultos jovens e de meia idade, de ambos os sexos, e jovens do sexo masculino vivendo relacionamentos estáveis, o uso de preservativos foi menos freqüente entre os que disseram utilizar substâncias psicoativas (álcool e/ou drogas ilícitas). O possível efeito modulador das substâncias psicoativas parece incidir de forma mais clara sobre as práticas anticoncepcionais de mulheres maduras, com inter-relações mais complexas, entre as mulheres mais jovens, onde a inserção em diferentes classes sociais parece desempenhar papel mais relevante. CONCLUSÕES: Apesar das limitações decorrentes de um estudo exploratório, o fato de se tratar de amostra representativa da população urbana brasileira, e não de populações vulneráveis, reforça a necessidade de implementar políticas públicas integradas dirigidas à população geral, referentes à prevenção do consumo de drogas, álcool, infecções sexualmente transmissíveis e HIV/Aids e da gravidez indesejada nos marcos de promoção da saúde sexual e reprodutiva.

Keywords : Anticoncepção [utilização]; Preservativos [utilização]; Consumo de Bebidas Alcoólicas; Drogas ilícitas; Estudos Populacionais em Saúde Pública; Brasil; Estudos transversais.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese