SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.43 suppl.1Alcohol prevention within primary care in municipalities in the state of Minas Gerais, Southeastern BrazilCognitive behavioral group therapy for sexually abused girls author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

LINDNER, Leandro Mendonça; MARASCIULO, Antonio Carlos; FARIAS, Mareni Rocha  and  GROHS, Geder Evandro Motta. Avaliação econômica do tratamento da esquizofrenia com antipsicóticos no Sistema Único de Saúde. Rev. Saúde Pública [online]. 2009, vol.43, suppl.1, pp. 62-69. ISSN 0034-8910.

OBJETIVO: Avaliar as relações de custo-utilidade entre medicamentos antipsicóticos de primeira e segunda gerações no tratamento da esquizofrenia. MÉTODOS: Foi construído um modelo de Markov de cinco anos, a partir de um levantamento em prontuários de pacientes atendidos em um centro de atenção psicossocial em Florianópolis (SC), 2006. Os custos foram avaliados sob a perspectiva o Sistema Único de Saúde. As utilidades foram medidas em anos de vida ajustados pela qualidade obtidas na literatura. RESULTADOS: No modelo de Markov, a alternativa mais custo-efetiva foi a utilização de risperidona e haloperidol antes de olanzapina. CONCLUSÕES: Os antipsicóticos haloperidol e risperidona apresentaram melhor relação de custo-efetividade quando comparados à olanzapina. Estratégias que priorizem a utilização de antipsicóticos com melhor relação de custo-efetividade podem otimizar recursos, sem necessariamente implicar prejuízos à saúde dos pacientes atendidos no Sistema Único de Saúde.

Keywords : Agentes Antipsicóticos; Esquizofrenia; Custos de Cuidados de Saúde; Anos de Vida Ajustados por Qualidade de Vida; Serviços de Saúde Mental; Sistema Único de Saúde; Avaliação de Custo-efetividade.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese