SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 issue6Integrative practice policy in Recife, northeastern Brazil: an analysis of stakeholder involvementCrack cocaine craving: behaviors and coping strategies among current and former users author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

SILVA, Líliam Barbosa; SOARES, Sônia Maria; FERNANDES, Maria Teresinha de Oliveira  and  AQUINO, Ana Luiza de. Comunicação sazonal sobre a dengue em grupos socioeducativos na atenção primária à saúde. Rev. Saúde Pública [online]. 2011, vol.45, n.6, pp. 1160-1167.  Epub Oct 14, 2011. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102011005000077.

OBJETIVO: Analisar como se estabelece a comunicação sazonal nos grupos socioeducativos das equipes de Saúde da Família para prevenção e controle da dengue. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS: Estudo qualitativo, descritivo e exploratório com 25 coordenadores de grupos socioeducativos, distribuídos em oito unidades básicas de saúde de Belo Horizonte, MG. A coleta de dados ocorreu de março a julho de 2009, por meio de observação não participante e entrevista semi-estruturada com os coordenadores. Na interpretação dos dados, empregaram-se a análise de conteúdo e os referenciais teóricos sobre comunicação e saúde. ANÁLISE DOS RESULTADOS: Foram encontrados três núcleos temáticos: comunicação sazonal; conteúdos discutidos e canais veiculadores de informações sobre a dengue; e informação versus comunicação para a ação. As ações de prevenção e controle da dengue nos grupos eram abordadas principalmente em épocas de surto, baseando-se em ações previamente programadas pelo Ministério da Saúde. Os temas abordados referiam-se a epidemiologia, ciclo de vida, modos de transmissão, sintomatologia, prevenção, visita domiciliar da equipe de zoonose e vacinação contra a dengue. CONCLUSÕES: A prática comunicativa predominante é o repasse de informações pelo coordenador, centrado no discurso comportamentalista e prescritivo. Recomendam-se práticas comunicativas pautadas no diálogo, permitindo ao coordenador e membros da equipe a liberdade em relação às situações emergentes do grupo e que aprendam a reconhecê-la e problematizá-la reflexivamente em seu contexto.

Keywords : Dengue [prevenção & controle]; Programa Saúde da Família; Educação em Saúde [recursos humanos]; Pesquisa Qualitativa.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese