SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.46 issue1Respiratory diseases and associated factors: population-based study in São Paulo, 2008-2009Hospitalizations due to primary care-sensitive cardiovascular conditions in municipalities of Central-West Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

HABERMANN, Mateus  and  GOUVEIA, Nelson. Tráfego veicular e mortalidade por doenças do aparelho circulatório em homens adultos. Rev. Saúde Pública [online]. 2012, vol.46, n.1, pp. 26-33.  Epub Dec 13, 2011. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102011005000079.

OBJETIVO: Analisar a associação entre indicadores de exposição à poluição por tráfego veicular e mortalidade por doenças do aparelho circulatório em homens adultos. MÉTODOS: Foram analisadas informações sobre vias e volume de tráfego no ano de 2007 fornecidas pela companhia de engenharia de tráfego local. Mortalidade por doenças do aparelho circulatório no ano de 2005 entre homens > 40 anos foram obtidas do registro de mortalidade do Programa de Aprimoramento de Informações de Mortalidade do Município de São Paulo, SP. Dados socioeconômicos do Censo 2000 e informações sobre a localização dos serviços de saúde também foram coletados. A exposição foi avaliada pela densidade de vias e volume de tráfego para cada distrito administrativo. Foi calculada regressão (α = 5%) entre esses indicadores de exposição e as taxas de mortalidade padronizadas, ajustando os modelos para variáveis socioeconômicas, número de serviços de saúde nos distritos e autocorrelação espacial. RESULTADOS: A correlação entre densidade de vias e volume de tráfego foi modesta (r² = 0,28). Os distritos do centro apresentaram os maiores valores de densidade de vias. O modelo de regressão espacial de densidade de vias indicou associação com mortalidade por doenças do aparelho circulatório (p = 0,017). Não se observou associação no modelo de volume de tráfego. Em ambos os modelos - vias e volume de tráfego (veículos leves/pesados) - a variável socioeconômica foi estatisticamente significante. CONCLUSÕES: A associação entre mortalidade por doenças do aparelho circulatório e densidade de vias converge com a literatura e encoraja a realização de mais estudos epidemiológicos em nível individual e com métodos mais acurados de avaliação da exposição.

Keywords : Doenças Cardiovasculares, mortalidade; Poluição do Ar; Emissões de Veículos; Poluentes do Ar, efeitos adversos.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese