SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.46 issue1The characteristics and factors of emergency service visits for fallsPredictive factors for institutionalization of the elderly: a case-control study author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

CRUZ, Danielle Teles da et al. Prevalência de quedas e fatores associados em idosos. Rev. Saúde Pública [online]. 2012, vol.46, n.1, pp. 138-146.  Epub Dec 20, 2011. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102011005000087.

OBJETIVO: Estimar a prevalência de quedas em idosos e analisar fatores associados. MÉTODOS: Estudo transversal com 420 idosos (60 anos ou mais) residentes em Juiz de Fora, MG, em 2010. Foi realizado inquérito domiciliar e descrita a ocorrência de queda nos últimos 12 meses. Para a análise dos fatores associados ao desfecho, foi construído um modelo teórico de determinação com três blocos hierarquizados. As variáveis foram ajustadas entre si dentro de cada bloco; aquelas com nível de significância < 0,20 foram incluídas no modelo de regressão de Poisson e ajustadas ao nível superior ao seu, com o nível de 5% de significância. RESULTADOS: A prevalência de quedas entre os idosos foi de 32,1% (IC95% 27,7;36,9). Entre aqueles que sofreram queda, 53% tiveram uma única queda e 19% tiveram fratura como conseqüência. Maior parte das quedas (59%) ocorreu no domicílio do idoso. A ocorrência de quedas associou-se com idade avançada, sexo feminino, necessidade de auxílio para locomoção e diagnóstico auto-referido de osteoporose. CONCLUSÕES: As quedas são freqüentes entre idosos. O conhecimento dos fatores associados à ocorrência desse evento pode auxiliar na elaboração de estratégias de prevenção e serviços de saúde adequados.

Keywords : Idoso; Acidentes por Quedas; Fatores de Risco; Estudos Transversais.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese