SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.46 issue5Bionomics of Culex quinquefasciatus within urban areas of Rio de Janeiro, Southeastern BrazilRSI/WRMSD in the third decade after restructuring of banking: new associated factors? author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

LENIS BALLESTEROS, Viviana; LOPEZ ARANGO, Yolanda Lucía  and  CUADROS URREGO, Yicenia Milena. Condições de saúde e trabalho informal em recuperadores ambientais da área rural de Medellin, Colômbia, 2008. Rev. Saúde Pública [online]. 2012, vol.46, n.5, pp. 866-874. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102012000500014.

OBJETIVO: Caracterizar as condições de trabalho, saúde e riscos ocupacionais de recicladores da área rural. MÉTODOS: Estudo transversal, com participação de 100 recicladores informais em cinco vilarejos de Medellin, em 2008. Foi usada uma fonte de informação primária: questionários estruturados avaliando as condições de trabalho, saúde, eventos ocupacionais e morbidade para caracterizar os riscos da população por meio de estatística descritiva e estabelecer associações com a morbidade. RESULTADOS: A reciclagem era praticada por 104 pessoas, das quais 100 foram incluídas no estudo: 34 estavam agremiadas em organizações de origem comunitária e 66 exerciam o trabalho de forma independente. Afiliação à segurança social, abastecimento de necessidades básicas, satisfação no serviço, receber capacitações e fornecimento periódico de elementos para o trabalho apresentaram diferenças de acordo com o grupo (p < 0,05). Os riscos biológicos, relacionados com postura corporal inadequada, e os riscos físicos e químicos expressaram frequência de exposição de acordo com o grupo. O conhecimento e o uso das medidas de proteção para os riscos laborais foram diferentes entre os grupos (p < 0,05). CONCLUSIONES: Os recicladores são potencial apoio para a gestão integral de resíduos em áreas rurais de Medellin, embora seu caráter informal os exponha a condições de trabalho que afetam diretamente sua saúde e a de seus próximos. O reconhecimento social da reciclagem deve ser acompanhado do aprimoramento das condições de trabalho das pessoas envolvidas nessa atividade. Da mesma forma, os recicladores agremiados apresentam condições de trabalho e de saúde precárias. A transformação dessas condições deveria ser uma das prioridades do Estado.

Keywords : Trabalhadores Rurais; Catadores; Reciclagem; Riscos Ocupacionais; Condições de Trabalho; Saúde do Trabalhador; Estudos Transversais.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Spanish     · pdf in English | Spanish