SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.1 issue2A esquistossomose e o Nordeste semi-árido: I - o estudo preliminarAnticoncepcionais orais e pressão arterial: pesquisa epidemiológica de hipertensão arterial no Rio Grande do Sul author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

KLEIN, Carlos Henrique  and  ARAUJO, José Wellington Gomes de. Fumo, bebida alcoólica, migração, instrução, ocupação, agregação familiar e pressão arterial em Volta Redonda, Rio de Janeiro. Cad. Saúde Pública [online]. 1985, vol.1, n.2, pp. 160-176. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X1985000200004.

Em 1979, tendo por objetivo estimar a prevalência de hipertensão arterial e examinar associações entre diversos fatores e a pressão arterial, foi realizada uma pesquisa epidemiológica do tipo seccional na cidade de Volta Redonda, tendo sido examinadas cerca de 650 pessoas, de 20 a 74 anos de idade, residentes em domicílios selecionados ao acaso. O hábito de fumar, a ingestão de bebida alcoólica, o baixo grau de instrução escolar e o trabalho em ocupações subalternas da prestação de serviços são características dos indivíduos de maior risco de hipertensão arterial e de médias mais elevadas de pressão. Também as pessoas que sabiam que seus pais eram hipertensos tiveram médias mais elevadas de pressão arterial e maior chance de serem hipertensas, segundo o critério da OMS (sistólica > 160 e/ou diastólica > 95 mmHg). Finalmente, migrantes e naturais de Volta Redonda não se diferenciaram significativamente de acordo com suas médias de pressão e prevalências de hipertensão arterial.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese