SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 issue2Smoking habits among students at the Pelotas Medical School: prevalence in 1986 and 1991Representation, attitudes, and practices related to Cutaneous Leishmaniasis in people from Acosta Country, San Jose province, Costa Rica: an exploratory anthropological astudy author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

FERNANDES, João Claudio L.. Práticas educativas para a prevenção do HIV/AIDS: aspectos conceituais. Cad. Saúde Pública [online]. 1994, vol.10, n.2, pp. 171-180. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X1994000200004.

A importância e complexidade do trabalho educativo voltado para prevenção do HIV demandam o constante aprofundamento de seus conteúdos. Do ponto de vista ideológico, é preciso levar em conta que, com a epidemia, a medicina alcança um terreno até então relativamente preservado do seu projeto hegemônico: a vida sexual das pessoas. Uma postura normatizadora coercitiva em relação a este campo pode levar a uma reação prejudicial à adoção de comportamentos mais seguros. Para evitar este tipo de prática, deve-se considerar a importância da participação e auto-responsabilização dos indivíduos na prevenção da infecção. O estado deve também assumir sua própria responsabilidade em garantir os meios de facilitação necessários à mudança de comportamentos. A partir destas premissas, o autor propõe três aspectos a serem avaliados no planejamento dos trabalhos educativos destinados à prevenção da AIDS: a informação a ser divulgada, e seus efeitos sobre os conhecimentos, percepções e atitudes da população frente ao HIV; a facilitação da resposta e a abertura de espaços para reflexão individual e coletiva.

Keywords : Educação em Saúde; AIDS; HIV; Prevenção.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese