SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 issue2Autonomy and work in medicineNoise-induced hearing loss and its association with cumulative working time among urban bus workers author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

BARBOSA, Frederico S.  and  BARBOSA, Constança S.. Bioecologia dos caramujos vetores da esquistossomose no Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 1994, vol.10, n.2, pp. 200-209. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X1994000200007.

Aspectos ecológicos de duas espécies brasileiras de Biomphalaria, transmissoras da esquistossomose mansônica, são discutidos no presente artigo. B. glabrata e aB. straminea têm sido intensamente estudadas no Brasil e em outros países desde a década de 50. Este artigo enfatiza três momentos que marcaram o desenvolvimento histórico de nosso conhecimento sobre a biologia destes caramujos: 1. o acervo antigo acumulado de estudos de laboratório e de campo; 2. o desenvolvimento de modelos ecológicos quantitativos; 3. o desenvolvimento de metodologia alternativa para o cultivo dos caramujos em condições seminaturais.

Keywords : Ecologia de Moluscos; Biomphalaria sp.; Esquistossomose.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English