SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 suppl.2Factors associated with household and family in leprosy transmission in Rio de Janeiro, BrazilComparative studies on endemic areas of bancroftian filariasis in Greater Recife, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

FONTES, Gilberto et al. Situação atual da filariose bancroftiana na cidade de Maceió, estado de Alagoas, Brasil. Cad. Saúde Pública [online]. 1994, vol.10, suppl.2, pp. S293-S300. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X1994000800007.

Com o objetivo de determinar a prevalência e a distribuição da filariose linfática bancroftiana na área urbana de Maceió, estado de Alagoas, assim como identificar os insetos vetores na região, foram realizados inquéritos hemoscópicos e entomológicos. Foram examinadas, pelo método da gota espessa, amostras de sangue de 10.450 escolares oriundos de diferentes regiões da cidade, sendo detectado 0,66% de indivíduos microfilarêmicos por Wuchereria bancrofti. A parasitose tem distribuição focal com 80% dos indivíduos com infecção patente detectados em duas regiões vizinhas, cujas prevalências atingiram 1,24% e 5,25%. Estudos paralelos feitos em amostras populacionais com indivíduos de diferentes faixas etárias mostraram prevalências semelhantes às detectadas entre os escolares. No entanto, o exame dos familiares de indivíduos infectados pela W. bancrofti mostrou prevalência seis vezes mais alta, sugerindo maior transmissão no intradomicílio. A percentagem de parasitados foi maior no grupo etário mais jovem (< 20 anos). Mosquitos Culex quinquefasciatus capturados nos bairros onde a parasitose foi detectada apresentavam taxas de infecção natural de 0,28% até 4,62%. Esses dados descrevem a ocorrência da transmissão natural da filariose bancroftiana na área urbana de Maceió, Alagoas. Baseadas nesses dados, medidas de controle da filariose foram planejadas para conter sua expansão na região analisada.

Keywords : Filariose; Wuchereria bancrofti; Culicidae; Culex quinquefasciatus; Epidemiologia.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese