SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.10 suppl.2Comparative studies on endemic areas of bancroftian filariasis in Greater Recife, BrazilEpidemiological, social, and sanitary aspects in an area of the Rio Negro, State of Amazonas, with special reference to intestinal parasites and Chagas' disease author indexsubject indexarticles search
Home Page  

Cadernos de Saúde Pública

Print version ISSN 0102-311X

Abstract

STRUCHINER, Claudio J. et al. Vacinas anti-maláricas: lições aprendidas em ensaios de campo. Cad. Saúde Pública [online]. 1994, vol.10, suppl.2, pp. S310-S326. ISSN 0102-311X.  http://dx.doi.org/10.1590/S0102-311X1994000800009.

Vacinas candidatas contra a malária já foram testadas, e novos ensaios estão sendo realizados. Os autores apresentam uma breve descrição das questões específicas de validade que são relevantes para uma avaliação da eficácia de vacinas em campo e mostram como a aplicação desses princípios poderiam melhorar a interpretação dos dados coletados atualmente pelos ensaios de campo de vacinas anti-maláricas. A discussão pressupõe que a avaliação de vacinas compartilha os mesmos princípios gerais de validade com a inferência causal epidemiológica, i.é., o processo de fazer inferências a partir dos dados epidemiológicos, objetivando identificar as causas das doenças. A aplicação criteriosa desses princípios indica que, para haver uma interpretação significativa, as medidas de eficácia vacinal requerem definições baseadas em argumentos condicionais à quantidade de exposição à infecção e a especificação dos estados inicial e final onde acredita-se que ocorre o evento de interesse para o ensaio.

Keywords : Malária; Vacina; Eficácia da Vacina; Ensaio de Campo.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English